segunda-feira, 17 de maio de 2010

Caso 'Mensalinho' faz Câmara instaurar CPI

Depois de muita badalação ocorrida nos últimos dias na cidade, o Caso Mensalinho veio a tona oficialmente na Câmara Municipal na noite desta segunda, 17. O ex-secretário municipal de esportes Ernane Oliveira denunciou ao plenário, que quando recebia seu salário, era obrigado a repassar R$ 1.500, 00 todo mês a filha mais velha de Haroldo Queiroz.
Segundo Ernane, quando era feito seu pagamento, a filha do prefeito sempre aparecia pedindo-lhe o dinheiro. O ex-secretário até filmou uma cena de quando ele estava supostamente acertando com ela. O video está postado no youtube como 'mensalinho', assista http://www.youtube.com/watch?v=utT8TcNai3Q&feature=player_embedded(copia aqui).
Diante das denúncias, o Presidente da Cãmara Municipal Carlos Roberto Gontijo nomeou a comissão parlamentar de inquérito (CPI) para apurar o caso. Ela será formada pelos vereadores Fernando Cabral, Marcos Fidélis e Gilmar Iru. A decisão foi presenciada por mais de 300 pessoas no plenário.

Um comentário:

Revistacidadesol disse...

Valmir, saiu no SBT? Eu vi uma história de rebelião na cadeia que nem tinha ouvido falar...

Postar um comentário