Prefeito Haroldo some e trabalhos da CPI ficam parados

A CPI está fazendo seus trabalhos normalmente durante o recesso parlamentar, que irá terminar somente na primeira semana de agosto. Mas para continuar, a comissão precisar notificar seu acusado, Prefeito Haroldo Queiroz, o qual não está sendo localizado há mais de 10 dias.

De acordo o presidente da CPI, vereador Fernando Cabral, todos podem ser ouvidos novamente. A próxima oitiva está marcada para quinta-feira, 15 de julho. Porém, caso o acusado não seja encontrado, haverá possível mudança.

A CPI foi instaurada dia 17 de maio após denúncia do ex-secretário Ernane Chipanzé dizer que estava sendo obrigado a repassar R$ 1500,00 todo mês a Tereza Queiroz, filha do prefeito Haroldo Queiroz.

Comentários