sábado, 16 de outubro de 2010

Horário de Verão começa à Zero Hora deste domingo, 17

O horário de verão 2010/2011 inicia à zero hora deste domingo (17) e termina à zero hora do dia 21 de fevereiro de 2011, totalizando 126 dias de duração. A medida abrange as regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do Brasil, onde os relógios serão adiantados em uma hora. As regiões Norte e Nordeste ficam fora, uma vez que os benefícios são praticamente nulos, pelo fato de a proximidade com a Linha do Equador fazer com que a duração dos dias naqueles locais não apresente alterações significativas ao longo do ano.

A medida vigora em Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e no Distrito Federal.

De acordo com o engenheiro de operação do sistema da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), Wilson Fernandes Lage, o principal objetivo do horário de verão é reduzir a demanda por energia durante o período de pico (das 18 às 22 horas). “Adiantar o relógio em uma hora alivia o carregamento em linhas de transmissão e distribuição, transformadores e unidades geradoras, proporcionando um atendimento mais eficiente”, explica o engenheiro. “Além disso, a confiabilidade e a segurança da operação do sistema elétrico aumentam, reduzindo o risco de ocorrência de apagões”, ressaltou.

Em Minas Gerais está prevista a diminuição de 3,6% na demanda por energia durante o horário de ponta, 260 MW equivalentes a 30% da carga de pico de todo o Triângulo Mineiro ou 12% da Região Metropolitana de Belo Horizonte. No Brasil, a redução esperada é de 4,5%, ou 2.300 MW, potência que corresponde a 30% da carga de Minas Gerais no horário de ponta.

Economia de energia

Segundo Wilson Lage, o horário de verão contribui para a redução do consumo de energia nas residências, uma vez que é possível aproveitar melhor a luz natural ao final do dia.

Em Minas Gerais, espera-se uma economia de 95 mil MWh (0,5%), energia suficiente para atender toda a carga de Belo Horizonte durante 10 dias. No Brasil, a expectativa de economia é de 570 mil MWh (0,5%), o que corresponde ao consumo de energia de Belo Horizonte durante 55 dias.

O horário de verão brasileiro está em sua 40ª edição e, desde 2008, possui data fixa de início e término. De acordo com o Decreto Federal 6.558, a mudança no horário ocorre, todos os anos, no terceiro domingo de outubro e termina no terceiro domingo de fevereiro. Se a data coincidir com o domingo de Carnaval, o final do horário de verão é transferido para domingo seguinte.

Resíduos das obras do estádio Mineirão são reaproveitados

BELO HORIZONTE (15/10/10) - As obras do projeto de modernização do Estádio Governador Magalhães Pinto, o Mineirão, estão em sua segunda fase, que prevê a demolição de estruturas e o rebaixamento do campo de jogo. Todos os resíduos resultantes das intervenções estão sendo reaproveitados, em acordo com o conceito de Estádio Verde.

O foco das intervenções, que ocorrem até o final deste ano, está na demolição de estruturas e na remoção de terra. A previsão é de que a demolição da geral e de parte da arquibancada inferior gere, aproximadamente, 3,8 mil metros cúbicos de concreto e 1,4 mil de alvenaria. Já o rebaixamento do campo de jogo, 90% concluído, implicará a retirada de 68,8 mil metros cúbicos de terra. Ao todo, estima-se que serão utilizados 5.700 caminhões para a retirada de todo o entulho gerado durante as obras.

Mas o que era para ser um problema ambiental, no Mineirão tornou-se uma solução. Noventa dias após o início das obras da segunda fase, os resíduos gerados nas primeiras demolições (concreto armado, alvenaria, blocos e argamassa), depois de preparados, estão sendo usados na construção de rampas de acesso ao interior do estádio para as máquinas. Os resíduos da demolição integral da geral e de parte da arquibancada inferior (já 100% concluída) estão sendo encaminhados para a Usina de Reciclagem da Prefeitura de Belo Horizonte, localizada no Km 531 da BR 040, distante aproximadamente 14 quilômetros do Mineirão.

No canteiro de obras do Estádio, uma máquina (britador) tritura o material demolido e separa objetos metálicos (pregos e parafusos) dos não-metálicos. A separação, por tipo de material e por tamanho, é que permite a reciclagem. O concreto, livre das chamadas impurezas e reciclado, poderá ser usado na construção de passeios, calçamento de ruas ou utilizado como base para a aplicação do asfalto. Os resíduos metálicos são encaminhados para uma segunda recicladora específica.

Já a terra extraída no processo de escavação para o rebaixamento do campo está sendo utilizada em uma obra de Requalificação Urbana e Ambiental do Ribeirão Arrudas, executada pelo Departamento de Obras Públicas do Estado de Minas Gerais (Deop/MG). Ela é empregada em um aterramento, onde ocorre a pavimentação de uma via urbana que dará continuidade à avenida Teresa Cristina, entre os municípios de Belo Horizonte e Contagem.

Os dois exemplos mostram que um novo Mineirão começa a surgir antes mesmo de ficar pronto para a Copa das Confederações (2013) e a Copa do Mundo (2014). Além de responsável na perspectiva econômica e financeira - a terceira e última fase das obras será bancada por meio de uma parceria público-privada, dividindo os custos e riscos entre o Governo do Estado e a concessionária -, a modernização do estádio busca alternativas para assegurar a utilização racional de recursos. Esta preocupação está presente em todas as fases do projeto, das obras civis até a operação.

Água da chuva, energia e arquitetura

O projeto de modernização do Mineirão prevê a implantação, durante a operação do estádio, de sistema de captação de água de chuva, com capacidade de armazenamento de 6.270.000 litros. Esse volume é suficiente, por exemplo, para suprir a antiga necessidade de consumo de água mensal do estádio (o consumo médio era de 4.400.000 litros ao mês, considerando-se sete jogos no período, o funcionamento administrativo e o atendimento a visitantes).

Outro bom exemplo é a produção de energia por meio de células fotovoltaicas. Essas células são dispositivos capazes de transformar a energia luminosa em energia elétrica. Estudo desenvolvido pela Cemig aponta para a possibilidade de instalar no Mineirão um sistema com a capacidade de gerar, aproximadamente, 1 megawatt - energia equivalente à alimentação de 700 residências de médio porte.

Outro aspecto positivo é que os projetos de arquitetura e complementares foram desenvolvidos atendendo aos preceitos de sustentabilidade ambiental, conforme orientações e requisitos da Certificação LEED, concedida a empreendimentos que apresentam alto desempenho ambiental e energético. As principais premissas adotadas foram: conectividade de transporte público do entorno com a cidade; priorização de áreas livres de construção; controle na quantidade de escoamento superficial da água de chuva; uso racional de água com economia de até 40% de água potável; economia de água potável para irrigação; adoção de estratégias para otimização da eficiência energética do empreendimento; e otimização do depósito de resíduos sólidos (separação de lixo reciclado).

Obras

O andamento das obras do Mineirão está totalmente em dia com o cronograma firmado entre Governo de Minas e Fifa. A primeira etapa, já concluída, fez a correção de anomalias estruturais das vigas de sustentação do estádio. Na terceira e última etapa, programada para ser iniciada em dezembro deste ano, será feita toda a adequação final do Mineirão aos padrões exigidos pela Fifa, garantindo mais segurança, visibilidade e conforto ao torcedor, além de melhores condições de trabalho para os profissionais que atuam no estádio em eventos esportivos e não-esportivos. Durante a terceira etapa, será feita a cobertura adicional das arquibancadas e a esplanada no entorno do estádio, onde funcionarão o estacionamento coberto e área de serviço, com a abertura de lojas e restaurantes. Nessa fase, será construída a passarela ligando o Mineirão ao Mineirinho, arena que será usada como centro de apoio às atividades da Copa.

As obras da terceira etapa deverão ser financiadas pela iniciativa privada. A abertura dos envelopes com as propostas para participação do edital de concessão administrativa do Estádio Governador Magalhães Pinto aconteceu em agosto, e a expectativa é de que o resultado final do processo de licitação seja conhecido ainda neste mês.

Amanhã tem a final do Municipal 2010

Amanhã no estádio Chico Marques acontece as partidas da decisão do Campeonato Municipal de 2010. Os jogos começam a partir das 13h30 com o confronto Famorine x Cristalino, pela categoria aspirantes. Logo depois, a Associação enfrenta o SE Palmeiras pela categoria amador-adulto.

Nas primeiras partidas da decisão Famorine e Associação deram a melhor diante dos rivais. O verdão do Bairro de Fátima derrotou o Cristalino por 2 a 1, deixando a equipe a um empate do título. Já a Associação entra em campo podendo perder por até por uma diferença de 1 gol, para conquistar o caneco de campeão.

A emoção deverá rolar a solta no estádio Chico Marques, onde um grande público poderá estar presente nas arquibancadas na tarde do próximo domingo.

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

PM divulga Nota Oficial sobre o caso Zé Paulo

SÉTIMA REGIÃO DA POLÍCIA MILITAR
7º BATALHÃO DE POLÍCIA MILITAR


NOTA À IMPRENSA


DESDE O FATÍDICO FATO OCORRIDO NO DIA 08 DE OUTUBRO DO CORRENTE ANO, DECORRENTE DE UMA OCORRÊNCIA POLICIAL, ENVOLVENDO O MENOR JOSÉ PAULO DE CARVALHO LACERDA, A POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE MINAS GERAIS, ATRAVÉS DOS INTEGRANTES DO 7° BATALHÃO DE POLÍCIA MILITAR EXTERNIZOU E, NESTA NOTA, MANIFESTA, MAIS UMA VEZ, A TODOS, SUAS CONDOLÊNCIAS PELO TRÁGICO ACONTECIMENTO QUE REDUNDOU NA MORTE DESSE JOVEM DE 16 ANOS.

AOS FAMILIARES, AMIGOS E POPULAÇÃO BONDESPACHENSE, O COMANDO DO 7° BATALHÃO DE POLÍCIA MILITAR RATIFICA O SEU POSICIONAMENTO JÁ EXPRESSADO AOS ÓRGÃOS DE IMPRENSA E ATRAVÉS DE INÚMEROS CONTATOS COM OS FAMILIARES DA VÍTIMA, E ENFATIZA NA PRESENTE NOTA QUE, EM RELAÇÃO À APURAÇÃO DOS FATOS, EM CARÁTER PRIORITÁRIO, FOI DESIGNADO UM OFICIAL PARA ATUAR ESPECIFICAMENTE NESSE CASO, VISANDO A CELERIDADE DO PROCEDIMENTO APURATÓRIO, QUE EM SÍNTESE CONSISTE NA COLETA DE CÓPIAS DOS LAUDOS MÉDICOS, LAUDOS PERICIAIS E AUDIÇÃO DOS ENVOLVIDOS DIRETAMENTE NOS FATOS E TESTEMUNHAS, RESPEITANDO-SE O DIREITO E INTERESSE DE TODOS, FAMILIARES DAS VÍTIMAS E TAMBÉM DOS POLICIAIS ENVOLVIDOS NA OCORRÊNCIA, PARA QUE A JUSTIÇA SEJA FEITA COM A DEVIDA ISENÇÃO E ZÊLO.

OPORTUNO LEMBRAR QUE A POLÍCIA MILITAR, ATRAVÉS DO 7° BATALHÃO, ESTÁ PRESENTE NESTE MUNICÍPIO DESDE O ANO DE 1931, FAZENDO, PORTANTO, PARTE DA HISTÓRIA DE BOM DESPACHO E DO POVO BONDESPACHENSE, SENDO ASSIM 79 ANOS DE PRESTAÇÃO DE UM TRABALHO DIUTURNO EM PROL DA SEGURANÇA PÚBLICA E DA PAZ SOCIAL, TENDO SEMPRE COMO OBJETIVO MAIOR A PROTEÇÃO À VIDA.

É SOB A ÉGIDE DE NOSSO LEMA, NOSSA PROFISSÃO SUA VIDA, CONJUGADO COM OS INTERESSES DE NOSSA MUNICIPALIDADE E DE TODOS OS CIDADÃOS A QUEM TEMOS O DEVER DE PROTEGER, QUE OS FATOS SERÃO APURADOS, JÁ QUE TODOS NÓS, INSTITUIÇÃO, FAMÍLIA E POPULAÇÃO E OS POLICIAIS ENVOLVIDOS, TÊM IGUAL INTERESSE EM ESCLARECER RAPIDAMENTE O OCORRIDO, ALCANÇANDO ASSIM A VERDADE, PARA ADOÇÃO DAS MEDIDAS SUBSEQUENTES.

POR FIM, LAMENTAMOS, NOVAMENTE, O OCORRIDO E ESCLARECEMOS QUE, CASO HAJA INTERESSE DE PROFISSIONAIS DA MÍDA, DE POPULARES E FAMILIARES, O 7° BATALHÃO ESTARÁ PERMANENTEMENTE À DISPOSIÇÃO PARA MAIORES ESCLARECIMENTOS SOBRE O QUE FOR SENDO APURADO POR MEIO DE CONTATOS PESSOAIS OU ATRAVÉS DOS TELEFONES (037) 3521-9705 OU (037) 3521-9721.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO ORGANIZACIOAL DO 7º BPM

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Incêndio na Cadeia Pública de Bom Despacho, leia a ocorrência

DATA: 14 de outubro de 2010 – OUTRAS AÇÕES DE DEFESA SOCIAL - INCÊNDIO EM CELA DE CADEIA PÚBLICA - BOM DESPACHO: Em 13Out10-Qua, por volta de 10:12h, uma GuRp deslocou em apoio a cadeia pública, onde o Agente Penitenciário L. S. C., 29 anos, relatou que a cela nº 05, que se encontrava em manutenção teria pegado fogo, e que o motivo seria devido um funcionário da Prefeitura, o soldador conhecido por "MONTANHA", que durante a manutenção teria deixado pingos de solda cair em colchões provocando o incêndio. No local compareceram todas as viaturas do turno, que apoiaram na retirada dos presos para o pátio, sendo acionado um caminhão “pipa” da Prefeitura que apagou o foco do referido incêndio, ainda na cadeia pública foram conduzidos 03 (três) detentos ao pronto atendimento com problemas respiratórios, os quais logo após serem medicados retornaram para suas celas. Diante do ocorrido foi acionada a perícia técnica que realizou seus trabalhos, a após os presos retornaram para suas celas.

fonte: Assessoria de Comunicação Organizacional 7 BPM

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Familiares e amigos de José Paulo fazem protesto de frente ao Forum



Conforme havia dito em entrevista ao Jornal Fique Sabendo, a família e alguns amigos de José Paulo foram ao Forum de Bom Despacho para pedirem justiça. Mais de cem pessoas acompanharam o protesto, marcado por gritos e muito barulho causado pelos manifestantes.

Uma equipe de reportagem da TV Integração também esteve presente e fez algumas imagens da manifestação. "Queremos Justiça, Covardia", este era o grito do protesto.

A PM fez o policiamente de frente ao Forum, mas o protesto acabou sendo pacífico. "Nós não pedermos um irmão, e sim um anjo", frase escrita em um dos cartazes feitos pelas irmãs de Zé Paulo.

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Matéria divulgada na TV Alterosa sobre a morte de Zé Paulo

Copie e cole o link:
http://www.alterosa.com.br/divinopolis/html/noticia_interna,id_sessao=51&id_noticia=42104/noticia_interna.shtml

Família de Zé Paulo promete faz manifestação de frente ao Forum


O Pai Willian Lacerda

A Família de José Paulo está muito revoltada com a sua morte. Na quarta-feira, eles prometem fazer uma manifestação de frente ao Forum de Bom Despacho. Ontem, houve na cidade uma carreata pedindo Justiça.

Em conversa com o Jornal Fique Sabendo, o pai Willian Lacerda afirmou que o filho foi espancado pelos policias militares que fizeram a ocorrência. A PM não confirma a acusação e disse que irá apurar as verdadeiras causas do acidente.

De acordo com a PM, o garoto junto com o garupeiro com o nome de Italo, estavam praticando direção perigosa numa moto e por isso foram perseguidos. Segundo os militares, o menor perdeu o controle da moto e bateu de frente a um barranco, vindo logo após a falecer.

domingo, 10 de outubro de 2010

Verdão e Tricolor na frente da final do Super Municipal

Ontem aconteceram as primeiras partidas da final do Super Municipal. Na categoria aspirantes o Famorine derrotou o Cristalino por 2 a 1 e na categoria amador-adulto Associação venceu a SE Palmeiras por 2 a 0.

Com os resultados, Verdão e Tricolor dependem apenas de 1 empate para conquistar o título. As próximas partidas serão realizadas no domingo, 17 de outubro, no estadio Chico Marques.