Brasileiro Bradesco é a sexta marca de banco mais valiosa do mundo

Bank of America ocupa a primeira posição do ranking “Brand Finance Global Banking 500 – 2011”


Por Sylvia de Sá, do Mundo do Marketing | 02/02/2011
sylvia@mundodomarketing.com.br

O Bank of America é a marca de banco mais valiosa do mundo. Segundo a nova edição do “Brand Finance Global Baking 500 – 2011”, a empresa ocupa a primeira colocação no ranking com o valor de US$ 30,6 bilhões. Em seguida, aparecem Wells Fargo (US$ 29 bilhões), HSBC (US$ 27,6 bilhões), Santander (US$ 26,2 bilhões), Chase (US$ 19,2 bilhões), Bradesco (US$ 18,7 bilhões), Barclays (US$ 17,4 bilhões), ICBC (US$ 17,2 bilhões), Citi (US$ 17,1 bilhões) e China Construction Bank (US$ 17 bilhões).

Comparado à listagem de 2010, o Bradesco saiu do nono para o sexto lugar, sendo a única marca dos países emergentes a ocupar pela primeira vez uma posição entre as seis mais valiosas de banco do mundo. Já o Barclays deixou a décima posição para ocupar a sétima, enquanto o Chase, que estava na oitava colocação, passou para a quinta. Ainda em relação ao levantamento anterior, o HSBC caiu duas posições e o Santander desceu uma.

O valor de mercado de todos os bancos listados em bolsa no mundo cresceu 13% em comparação a 2010, atingindo o total de US$ 6 trilhões. Já a soma das marcas subiu 30%, o que corresponde a um montante de US$ 851,4 bilhões. Com o resultado, o valor das marcas passa a representar 14% do valor total de mercado destes bancos. Em 2010, a proporção era de 12%. No Brasil, o valor de mercado dos bancos listados em bolsa cresceu 37%, atingindo US$ 244 bilhões. Por outro lado, o valor total de suas marcas cresceu 66%, totalizando US$ 46,9 bilhões.

Além do Bradesco, o ranking conta também com as brasileiras Itaú, na 11ª posição, (US$ 16,7 bilhões), Banco do Brasil (22ª, US$ 9,5 bilhões), Nossa Caixa (174ª, US$ 789 milhões), Banrisul (319ª, US$ 319 milhões), Banco do Nordeste (323ª, US$ 310 milhões), Panamericano (363ª, US$ 259 milhões), Redecard (462ª, US$ 186 milhões) e BicBanco (465ª, US$ 184 milhões). As três marcas brasileiras de maior valor (Bradesco, Itaú e Banco do Brasil) representam mais de 95% da soma total de bancos do país e apenas o Bradesco tem 39% do total.

Comentários