Chuva na estrada exige cautela e procedimentos adequados


Ao que tudo indica as chuvas não virão mais tão intensas como no início do mês de janeiro, mas continuarão a cair em algumas regiões do Estado. O período chuvoso, segundo a meteorologia, é considerado ainda até o mês de abril. Por isso, o Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de Minas Gerais (DER/MG) ressalta a importância de os motoristas não só circularem com cautela nas estradas, como também adotarem os procedimentos adequados em casos de incidentes na pista.

A coordenadora do Núcleo de Educação para o Trânsito do DER/MG, Rosely Fantoni, alerta para os cuidados básicos, como usar sempre o cinto de segurança, inclusive dentro das cidades; estar descansado quando for dirigir; trocar os pneus carecas e mantê-los calibrados; só ultrapassar se tiver total segurança e visibilidade; manter distância do veículo da frente, pois ele pode frear de repente; evitar parar, mesmo no acostamento e, caso seja inevitável, ligar pisca-pisca, colocar triângulo a uma distância 110 metros do veículo, além de galhos de árvores para alertar aos outros motoristas e retirar todos os ocupantes do veículo, de forma que fiquem longe da pista; ainda no caso de parar no acostamento, colocar sinalizações nas curvas, para que os motoristas percebam o problema antecipadamente; reduzir a velocidade aos poucos e não frear bruscamente; usar farol baixo sob chuva ou neblina; e não fumar dentro do veículo para evitar que os vidros fiquem embaçados.

Além disso, a especialista indica procedimentos no caso de imprevistos na estrada, como queda de barreiras ou defeitos no veículo. Ela destaca que, diante qualquer problema, a sinalização deve ser a primeira providência. “O número de acidentes aumenta muito durante as chuvas. É nesse período que se deve redobrar a atenção, pois são comuns quedas de barreiras e deslizamentos nas estradas. A sinalização é a primeira atitude por parte do motorista, e deve ser feita da forma adequada para garantir a segurança dos passageiros e de outros veículos. Por isso é importante que as pessoas tenham conhecimento dos procedimentos, distâncias adequadas para sinalização, retirada dos passageiros, entre outros”, ressalta. Chuva na estrada exige cautela e procedimentos adequados

Ao que tudo indica as chuvas não virão mais tão intensas como no início do mês de janeiro, mas continuarão a cair em algumas regiões do Estado. O período chuvoso, segundo a meteorologia, é considerado ainda até o mês de abril. Por isso, o Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de Minas Gerais (DER/MG) ressalta a importância de os motoristas não só circularem com cautela nas estradas, como também adotarem os procedimentos adequados em casos de incidentes na pista.

A coordenadora do Núcleo de Educação para o Trânsito do DER/MG, Rosely Fantoni, alerta para os cuidados básicos, como usar sempre o cinto de segurança, inclusive dentro das cidades; estar descansado quando for dirigir; trocar os pneus carecas e mantê-los calibrados; só ultrapassar se tiver total segurança e visibilidade; manter distância do veículo da frente, pois ele pode frear de repente; evitar parar, mesmo no acostamento e, caso seja inevitável, ligar pisca-pisca, colocar triângulo a uma distância 110 metros do veículo, além de galhos de árvores para alertar aos outros motoristas e retirar todos os ocupantes do veículo, de forma que fiquem longe da pista; ainda no caso de parar no acostamento, colocar sinalizações nas curvas, para que os motoristas percebam o problema antecipadamente; reduzir a velocidade aos poucos e não frear bruscamente; usar farol baixo sob chuva ou neblina; e não fumar dentro do veículo para evitar que os vidros fiquem embaçados.

Além disso, a especialista indica procedimentos no caso de imprevistos na estrada, como queda de barreiras ou defeitos no veículo. Ela destaca que, diante qualquer problema, a sinalização deve ser a primeira providência. “O número de acidentes aumenta muito durante as chuvas. É nesse período que se deve redobrar a atenção, pois são comuns quedas de barreiras e deslizamentos nas estradas. A sinalização é a primeira atitude por parte do motorista, e deve ser feita da forma adequada para garantir a segurança dos passageiros e de outros veículos. Por isso é importante que as pessoas tenham conhecimento dos procedimentos, distâncias adequadas para sinalização, retirada dos passageiros, entre outros”, ressalta.


Fonte Ag. Minas

Comentários