Governador Antonio Anastasia participa de abertura da feira de calçados de Nova Serrana

O governador Antonio Anastasia participou, nesta terça-feira (15/02), em Nova Serrana (Centro-Oeste), da abertura da 8ª Nova Serrana Feira e Moda, um dos principais eventos calçadistas do Estado. Durante a solenidade, o governador destacou a importância do setor calçadista para o crescimento da economia mineiro e para a geração de empregos no Estado.

“Somos testemunhas de que Nova Serrana é a cidade que mais cresce em Minas e cresce exatamente em razão do polo calçadista. Estou extremamente satisfeito com essa visita e muito honrado em ser o primeiro governador de Minas a abrir oficialmente essa feira, que é um evento muito importante porque demonstra a capacidade empreendedora dos empresários de Nova Serrana e da região. Percebemos que Minas tem, no polo calçadista, grande possibilidade de geração de empregos”, afirmou o governador.

Realizada pelo Sindicato Intermunicipal da Indústria do Calçado de Nova Serrana (Sindinova), com o apoio institucional do Governo de Minas, da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) e do Sebrae-MG, a Nova Serrana Feira e Moda reúne lojistas e os principais fabricantes de calçados de Nova Serrana e região. Até 17 de fevereiro, serão expostas 250 marcas de produtos infantis, masculinos, femininos e esportivos em 170 estandes. A expectativa é de que sejam comercializados R$ 35 milhões, com média de público de 10 mil visitantes.

Incentivo ao setor

Durante a visita à feira, o governador ressaltou a importância da redução da alíquota do ICMS para o setor calçadista, que possibilitou maior competitividade ao setor. No ano passado, o Governo de Minas reduziu o ICMS de 12% para 3% sobre o faturamento mensal das indústrias calçadistas.

“Tínhamos a necessidade dessa redução do ICMS para dar mais competitividade ao produto mineiro, tanto no mercado interno quanto também no mercado internacional. Foi uma redução que era reivindicada pelas lideranças já há muito tempo e veio para colocar Minas nessa ponta de vanguarda”, disse Antonio Anastasia.

A nova alíquota passou a vigorar a partir de 1º de outubro do ano passado, oferecendo condições de igualdade à indústria mineira em relação aos concorrentes instalados em outros estados, contemplados com benefícios fiscais.

O Polo Calçadista de Nova Serrana conta com 850 empresas que, em 2010, produziram e comercializaram 110 milhões de pares de calçados – aumento de 22% em relação a 2009. A expectativa para este ano é o aumento de 15% da produção e venda. No ano passado foram gerados 22 mil empregos diretos e 19 mil indiretos.

Homenagem

Em razão do apoio ao setor calçadista, o governador recebeu do presidente do Sindinova, Ramon Alves Amaral, a homenagem “Promotor do Desenvolvimento do Polo Calçadista em 2010”.
Nova Serrana é a cidade-polo do Arranjo Produtivo Local (APL) calçadista que abrange 12 municípios do Centro-Oeste. Juntos, eles reúnem 800 empresas responsáveis por 47% dos empregos gerados no setor calçadista no Estado. O APL de Nova Serrana gera mais de 32 mil postos de trabalho diretos no Estado, além de outros 30 mil empregos indiretos. Também fazem parte deste APL, os municípios de Perdigão, Araújos, São Gonçalo do Pará, Bom Despacho, Conceição do Pará, Divinópolis, Igaratinga, Leandro Ferreira, Onça do Pitangui, Pará de Minas, Pitangui.

“É um orgulho muito grande para Nova Serrana sediar um evento desta importância e magnitude. Nosso orgulho este ano é especial e ainda maior porque, pela primeira vez, um governador do Estado participa da abertura da feira, o que demonstra seu compromisso e reconhecimento com o setor calçadista”, afirmou o prefeito de Nova Serrana, Paulo César de Freitas.

Nova unidade do Sine

Durante a abertura da 8ª Nova Serrana Feira e Moda, o governador Antonio Anastasia e o secretário de Estado de Trabalho e Emprego, Carlos Pimenta, inauguraram simbolicamente a unidade de atendimento ao trabalhador do Sistema Nacional de Emprego (Sine) de Nova Serrana. Eles descerraram uma placa em homenagem ao governador Antonio Anastasia, que será fixada na sede do Sine de Nova Serrana.

A unidade vai funcionar no Centro Administrativo de Prefeitura de Nova Serrana e será a 119ª unidade do Sine em Minas. Com capacidade para 150 atendimentos por dia, a unidade oferecerá serviços de emissão de carteira de trabalho, alistamento militar, seguro desemprego, banco e cadastro de empregos, além de cursos de capacitação através do fundo de amparo do trabalhador.
O número de trabalhadores colocados pelos postos do Sine em todo o Estado cresceu 7,66% de 2009 para 2010, chegando a 101.683. No ano anterior, foram 94.425 trabalhadores empregados.

fonte: Ag. Minas

Comentários