Escolas da rede estadual vão receber recursos para compra de kit de informática

Cada uma das 3.808 escolas da rede estadual de Minas Gerais vai receber recursos da Secretaria de Estado de Educação (SEE) para adquirirem um kit de informática para ajudar no trabalho administrativo e acadêmico nas instituições. O kit é composto por um computador, um estabilizador, impressora, projetor de mídia, notebook, roteador wireless e um no-break.

Os recursos para compra dos Kits de informática foram liberados pelo Projeto Escolas em Rede, da SEE, e até o fim do mês de março passam a estar disponíveis na caixa escolar de cada escola. A compra do kit será de responsabilidade da própria instituição de ensino. Ao todo a Secretaria de Estado de Educação vai disponibilizar R$ 34,3 milhões para a compra dos kits, sendo que cada escola vai receber R$ 9 mil.

Segundo a Diretora de Tecnologias Aplicadas à Educação, Leyde Lelise Barbosa Caldeira, a composição dos kits obedeceu a demandas das próprias escolas. “Nas salas de aula o notebook e o projetor de mídia vão ajudar o professor a inovar. Já o novo computador vai auxiliar no suporte da demanda da secretaria de cada escola”, explica.

Professor de geografia, Vilmar Pereira de Sousa, da Escola Estadual Maurício Murgel, localizada na região Oeste de Belo Horizonte, utiliza o laboratório de informática para aulas expositivas, por meio da apresentação de vídeos e imagens. Para o docente, mesmo a escola já tendo 21 computadores e dois projetores a compra do kit vai facilitar o acesso às mídias. “A partir do momento que eu posso levar um notebook e um projetor de mídia para a sala de aula o trabalho do professor fica mais tranquilo, já que eu não preciso ficar dependente da reserva de uma sala especifica”. Além disso, segundo Vilmar Pereira de Sousa com o uso de novas tecnologias aluno e professor compartilham um conhecimento que antes era restrito.

As escolas deverão adquirir equipamento seguindo as especificações técnicas que estão disponíveis no site do Dtae (www.educacao.mg.gov.br/webdtae) e terão orientação dos técnicos dos Núcleos de Tecnologia Educacional das Superintendências Regionais de Ensino do Estado.

Escolas em Rede

O projeto Escolas em Rede foi criado em 2004 e tem por objetivo propiciar às escolas do sistema estadual de ensino de Minas Gerais um acesso democrático às novas tecnologias. Desde que foi instituído pela Secretaria de Estado de Educação, o Projeto já capacitou mais de 18 mil professores em cursos de informática e já foram gastos cerca de R$ 133 milhões na compra, manutenção e implantação de equipamentos de informática nas escolas do Estado.

fonte: Ag. Minas

Comentários