Consumo de frutas no Brasil está abaixo do recomendado pela OMS, mostra pesquisa


Uma pesquisa feita pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) avaliou o consumo de frutas e hortaliças pelos brasileiros e apontou que apenas 18,2% ingerem a quantidade recomendada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que é 400 gramas por dia. Além disso, somente 6,2% da renda dos brasileiros é destinada à aquisição de frutas, legumes e verduras.
O baixo consumo dos alimentos no país vai de encontro com a produção nacional de frutas – que é a terceira maior do mundo, aponta a CNA. A entidade levou quatro meses ouvindo 1.420 pessoas responsáveis pela alimentação de suas famílias, com diferentes níveis de escolaridade, de todas as classes sociais e regiões do país.

Para o presidente da Comissão Nacional de Fruticultura da CNA, Carlos Prado, a pesquisa poderá ajudar nas próximas ações da entidade, que a utilizará para debater o problema da alimentação com outras instituições .

“Atribuo esses resultados, primeiro, à alimentação brasileira, que ainda não é muito saudável. Segundo, ao volume de produção do Brasil, que ainda tem que crescer e, com isso, conseguir uma redução de custo para que todos comam mais”, informou Prado à Agência Brasil.

A presidente da CNA, a senadora Kátia Abreu, acredita que é necessário fazer uma pesada campanha de marketing para aumentar o consumo de frutas. “Nós estamos constatando, por meio dos números da saúde, que os problemas nutricionais têm trazido uma carga muito pesada para o SUS [Sistema Único de Saúde]. O aumento do consumo de frutas serviria não só para o privilégio das questões econômicas, mas, principalmente, para as questões da saúde”, disse.

Portal Eco Desenvolvimento

Comentários