Municípios do Sul e Centro-Oeste de Minas recebem mamógrafo móvel para combater câncer em mulheres

Para ajudar no combate ao câncer de mama, Varginha, no Sul de Minas, recebeu o mamógrafo móvel, caminhão que está circulando em 12 cidades no Estado como ferramenta representativa do Outubro Rosa. Cinquenta mamografias foram realizadas no último sábado (29), durante todo o dia, por mulheres que se enquadravam na faixa etária de 45 a 69 anos.

Para o superintendente Regional de Saúde de Varginha, José Richardson Pereira, o mamógrafo móvel desperta a atenção de toda a população para esta causa. “É uma iniciativa inovadora e de extrema importância para a saúde da mulher”, afirmou.

Dentre as mulheres que realizaram o exame, estava Heliene Isabel Silva Paiva, servidora pública. Foi a terceira vez que Heliene realizou a mamografia, e, segundo ela, “foi uma chance muito boa de cuidarmos da saúde. Todas as mulheres têm de despertar para oportunidades como esta”.

Para as mulheres que se interessaram na realização do exame e que não estavam inclusas na listagem das 50 mamografias, foi disponibilizado encaminhamento para uma unidade de saúde mais próxima de suas residências para agendamento do exame.

Divinópolis

Na última quinta-feira (27), o município de Divinópolis, no Centro-Oesterealizou 50 mamografias disponibilizadas pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG). A ação aconteceu na Praça da Catedral, no centro da cidade. O mamógrafo móvel chegou a sua décima cidade, com o objetivo de diagnosticar precocemente o câncer de mama em mulheres de 45 a 69 anos.

Além do caminhão, foram montadas tendas para orientação e uma “Espaçonave da Alegria”, enfeitada com faixas e balões rosas, que rodou pelas ruas da cidade para lembrar à população que outubro é o mês da prevenção ao câncer de mama.

Comemorar o Outubro Rosa, conhecido mundialmente como o mês da prevenção ao câncer de mama, com mutirão de mamofrafias em 12 cidades mineiras, é apenas uma das iniciativas do Governo do Estado. O programa de detecção precoce do câncer é um recorte do Programa Viva Vida.

“O mamógrafo móvel está percorrendo estas cidades neste mês de outubro, sendo Divinópolis a 10ª, não só para realizar os exames, mas também para sensibilizar mulheres para que façam o preventivo. Para isso, o Estado de Minas irá ampliar e facilitar o acesso ao exames de mamografia até 2014”, destacou o superintendente Regional de Saúde de Divinópolis, Jeferson de Almeida.

Para Neuzira Jusena Sousa, 53 anos, a prevenção é sempre válida. “A  prevenção é a melhor opção. Faço a minha mamografia todo ano. A prevenção é fácil, porque se descobrir o tumor, o tratamento é rápido e a cura também”, lembrou Neuzira.

A referência da Saúde da Mulher de Divinópolis, Rita de Cássia, destacou a importância de se realizar a mamografia anualmente por permitir a detecção de alguma lesão na mama, mesmo que seja bem pequena. “Quando a lesão é descoberta no início, o tratamento é rápido e 100% curável. Por isso, a prevenção é um desafio da saúde pública. Não podem procurar só quando ficam doentes”, ressaltou Rita.

Opinião compartilhada pela enfermeira responsável pela prevenção e rastreamento da Associação de Combate ao Câncer do Centro-Oeste de Minas (Acccom), Sara lemos. Ela reforça que a mulher deve assumir que é responsável pela sua saúde. “Fazemos campanha todo o ano. Quando conseguimos sensibilizar estas mulheres, elas passam a realizar seus exames preventivos”, concluiu.


Ag. Minas

Comentários