sábado, 5 de fevereiro de 2011

Show de Fernando e Sorocaba promete ter 'Casa Cheia'


O Show de Fernando e Sorocaba está sendo aguardado desde novembro do ano passado, quando a empresa do triângulo mineiro Abadá Promoções anunciou a realização do evento. A interdição do Parque de Exposições impossibilitou a sua apresentação, mas desta vez, tudo leva a crer que o local terá casa cheia.

Durante esta semana, por exemplo, o blog do Jornal Fique Sabendo, parceiro do evento, recebeu mais de 800 acessos. As postagens que tiveram mais visualizações foram relacionada ao show da dupla.

Fernando e Sorocaba é atualmente um das melhores duplas sertanejas do Brasil. Os sucessos mais tocados são De São Paulo a Madri, Delegada, Bala de Prata, além de outras músicas de aceitação nacional.

Para este show está montada uma super estrutura. A reportagem do Jornal Fique Sabendo soube que a produção da dupla pode coloca uma bola com os cantores dentro, sendo levados pelos fãs, algo que já aconteceu com eles em Divinópolis.

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Mulheres são maioria entre jovens fora da escola e do mercado de trabalho

Cerca de 3,4 milhões de jovens brasileiros entre 18 e 24 anos não estudam e nem trabalham, número que representa 15% dessa faixa etária. Um estudo do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) mostra que as mulheres são mais afetadas por esse problema, muitas vezes em função da maternidade e do casamento.



Do total de jovens fora da escola e do mercado de trabalho, 1,2 milhão concluiu o ensino médio, mas não seguiu para o ensino superior e não está empregado. A proporção de jovens nessa situação aumentou de 2001 a 2008, segundo o Inep, e quase 75% são mulheres. Uma em cada quatro jovens nessa situação tinha filhos e quase metade delas (43,5%) era casada em 2008.

Para Roberto Gonzales, do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), o estudo reflete que a desigualdade de gênero ainda persiste não apenas na diferença salarial, mas no próprio acesso ao mercado de trabalho. “Isso tem muito a ver com a divisão do trabalho familiar, seja doméstico ou de cuidados com o filho. É uma distribuição muito desigual e atinge em especial as mulheres, por isso você tem tantas meninas fora do mercado e da escola”, argumentou.

Entre as mulheres de 18 a 24 anos que estão na escola e/ou no mercado de trabalho, o percentual daquelas que têm filhos é cinco vezes menor. Segundo o estudo, os dados comprovam que “existe forte correlação entre casamento/maternidade e a saída, mesmo temporária, da escola e do mercado de trabalho observada para as mulheres”.

Uma vez que o processo de escolarização foi quebrado, o retorno aos estudos é bem mais difícil. Para Gonzales, esse afastamento do jovem do mercado de trabalho ou dos estudos pode não ser apenas uma situação “temporária”, como sugere o estudo. Um dos fatos que corroboram essa teoria é a queda da matrícula entre 2009 e 2010 nas turmas de Educação de Jovens e Adultos (EJA), segundo dados do último censo escolar.
Gonzales afirma ainda que as políticas públicas precisam ser mais flexíveis e acompanhar os “novos arranjos” da sociedade para garantir mais apoio a esse grupo de jovens mães. “As pessoas costumam ter uma ideia mais tradicional de educação em que os pais provêm o sustento para que o filho termine a escolaridade, depois ele segue para o ensino superior e entra no mercado de trabalho."

De acordo com o representante do Ipea, na realidade, esses eventos não se dão necessariamente nessa ordem. "Assim como temos muitos jovens casais, também temos famílias monoparentais chefiadas por mulheres com filho e isso, muitas vezes, abre espaço para outras trajetórias de vida”, explicou.

Uma das estratégias básicas para garantir que a jovem consiga prosseguir com seus estudos ou ingressar no mercado é a ampliação da oferta em creche. Atualmente, menos de 20% das crianças até 3 anos têm acesso a esse serviço no país. “Essa é uma das principais barreiras alegadas pelas mulheres inativas”, observou Gonzales.

fonte: Portal Eco.

Corpo de Bombeiros emite alvará que regulariza o Parque de Exposições


O Corpo de bombeiros emitiu alvará que regulariza o Parque de Exposições de Bom Despacho para a realização de eventos. Amanhã noite,5, haverá a apresentação de Fernando e Sorocaba, o show mais aguardado do ano.

Segundo os organizadores, está sendo montada um super estrutura para a realização do evento. Mais de 2 lotes de ingressos já foram vendidos. "Bom Despacho e região terão o prazer de participar desta produção", diz Sullivan Marcus, promoter responsável pelo evento.

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Brasileiro Bradesco é a sexta marca de banco mais valiosa do mundo

Bank of America ocupa a primeira posição do ranking “Brand Finance Global Banking 500 – 2011”


Por Sylvia de Sá, do Mundo do Marketing | 02/02/2011
sylvia@mundodomarketing.com.br

O Bank of America é a marca de banco mais valiosa do mundo. Segundo a nova edição do “Brand Finance Global Baking 500 – 2011”, a empresa ocupa a primeira colocação no ranking com o valor de US$ 30,6 bilhões. Em seguida, aparecem Wells Fargo (US$ 29 bilhões), HSBC (US$ 27,6 bilhões), Santander (US$ 26,2 bilhões), Chase (US$ 19,2 bilhões), Bradesco (US$ 18,7 bilhões), Barclays (US$ 17,4 bilhões), ICBC (US$ 17,2 bilhões), Citi (US$ 17,1 bilhões) e China Construction Bank (US$ 17 bilhões).

Comparado à listagem de 2010, o Bradesco saiu do nono para o sexto lugar, sendo a única marca dos países emergentes a ocupar pela primeira vez uma posição entre as seis mais valiosas de banco do mundo. Já o Barclays deixou a décima posição para ocupar a sétima, enquanto o Chase, que estava na oitava colocação, passou para a quinta. Ainda em relação ao levantamento anterior, o HSBC caiu duas posições e o Santander desceu uma.

O valor de mercado de todos os bancos listados em bolsa no mundo cresceu 13% em comparação a 2010, atingindo o total de US$ 6 trilhões. Já a soma das marcas subiu 30%, o que corresponde a um montante de US$ 851,4 bilhões. Com o resultado, o valor das marcas passa a representar 14% do valor total de mercado destes bancos. Em 2010, a proporção era de 12%. No Brasil, o valor de mercado dos bancos listados em bolsa cresceu 37%, atingindo US$ 244 bilhões. Por outro lado, o valor total de suas marcas cresceu 66%, totalizando US$ 46,9 bilhões.

Além do Bradesco, o ranking conta também com as brasileiras Itaú, na 11ª posição, (US$ 16,7 bilhões), Banco do Brasil (22ª, US$ 9,5 bilhões), Nossa Caixa (174ª, US$ 789 milhões), Banrisul (319ª, US$ 319 milhões), Banco do Nordeste (323ª, US$ 310 milhões), Panamericano (363ª, US$ 259 milhões), Redecard (462ª, US$ 186 milhões) e BicBanco (465ª, US$ 184 milhões). As três marcas brasileiras de maior valor (Bradesco, Itaú e Banco do Brasil) representam mais de 95% da soma total de bancos do país e apenas o Bradesco tem 39% do total.

Mortalidade infantil mantém queda em Minas Gerais


Em Minas Gerais a luta para redução da mortalidade infantil segue avançando. Números demonstram que a taxa de óbitos infantis em menores de um ano para cada mil nascidos vivos caiu de 17,55, em 2003, para 14,06 em 2009, o que representou uma redução de 19,9% do índice. A meta até 2023 é reduzir para 8 por mil nascidos vivos, atingindo um dígito, o que é considerado tolerável pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Houve também queda na Razão da Morte Materna (RMM), de 39,31 para 26,24, entre 2003 e 2010, uma diminuição de 33,25%.

Um dos fatores para se alcançar estes objetivos é o programa estruturador Viva Vida. A partir de sua implantação em 2003, o Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES), investiu R$ 129,5 milhões em aproximadamente 700 municípios mineiros. O recurso do Tesouro do Estado foi destinado para a estruturação, qualificação e mobilização social da Rede Viva Vida, voltada para redução da mortalidade infantil e materna.

Os investimentos estão garantindo a construção e custeio de materiais de 37 Centros Viva Vida em todas as regiões do Estado. As unidades oferecem serviços que abrangem consultas ginecológicas, exames de prevenção de câncer de mama e de colo uterino e atendimento especializado a gestantes e recém-nascidos de alto risco. “O Viva Vida realizou mais de dois milhões de mamografias e dobrou o número de UTIs neonatais, cobrindo uma população de mais de oito milhões de gestantes e crianças em todo o território mineiro”, explica o gestor do programa, Alisson Faria.

Do total, 23 centros já foram inaugurados nos municípios de Brasília de Minas, Itabirito, Santo Antônio do Monte, Janaúba, Capelinha, Frutal, Governador Valadares, Sete Lagoas, São Lourenço, Lavras, Taiobeiras, Januária, Juiz de Fora, São João del-Rei, Leopoldina, Santa Luzia, Patrocínio, Campo Belo, Jequitinhonha, Manhuaçu, Diamantina, Itabira e Viçosa. Outros quatro centros devem ser implantados em 2011, nos municípios de Teófilo Otoni, Ribeirão das Neves, Pirapora e Patos de Minas. A expansão do programa prevê atingir 51 Centros Viva Vida até 2014.

Método

O Governo de Minas é responsável pela implantação dos Centros Viva Vida, o financiamento das despesas a título de custeio destes centros e o monitoramento dos resultados e das ações que são realizadas nos municípios. Os servidores que trabalham nos centros são contratados pelas prefeituras municipais. Neste sentido, o Estado tem cumprido o seu papel e isso tem impacto até mesmo sobre o prêmio de produtividade que os servidores da SES recebem, incluindo aqueles que atuam no programa dentro da Secretaria.

O cálculo do valor a ser pago como Prêmio por Produtividade aplica a nota alcançada, em termos percentuais, e à remuneração mensal do servidor. Em 2009, a nota da SES foi 8,94. Com essa nota o prêmio referente para os servidores da área, pago em 2010, representou 90% do salário de um mês.

O pagamento é proporcional à nota recebida pelas equipes no cumprimento das metas fixadas no Acordo de Resultados, bem como proporcional aos dias trabalhados. Por exemplo, caso uma equipe obtenha uma avaliação de 80%, o servidor, que não teve nenhum tipo de afastamento do seu trabalho poderá receber, como prêmio, o valor relativo a 80% de duas remunerações somadas.

fonte: Ag. Minas

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Dirigentes decidem fazer sede da Copa Alterosa em BD

Depois de haver especulações sobre a possibilidade de Bom Despacho ter ou não a sede da Copa Alterosa, ficou definido em reunião realizada ontem, 1, que os clubes da cidade irão disputar o torneio.

Os clubes de BD confirmados são Famorine, Operário, Cristalino, Lefer e Palmeiras da Garça para disputar a Copa Alterosa, além de Esplanada, terceiro colocado da última edição do torneio e Associação, atual campeão. Este dois times entram na segunda fase da competição.

- Associação Campeão da Copa Alterosa de 2010.


Apesar da confirmação da participação deste clubes, o início do Campeonato Municipal será dia 20 de fevereiro, disputado por 8 equipes. Os jogos serão realizados em turno único.

Papo de Bola: um programa da TV Alterosa dedicado aos clubes do centro-oeste

O Campeonato Mineiro deste ano tem uma novidade fora dos campos. Na próxima segunda-feira, estreia na TV Alterosa o Papo de Bola, um programa dedicado aos clubes do centro-oeste que disputam os módulos I e II da elite do futebol mineiro. De segunda a sexta, às 11h50, o Papo de Bola irá apresentar a cobertura dos jogos, resultados, preparativos para as partidas e, claro, um bate-papo com quem entende do assunto.


"Nossas equipes de jornalismo irão acompanhar o dia-a-dia dos times da nossa região. Trata-se de um espaço importantíssimo para o esporte do Centro-Oeste de Minas, que só mesmo a TV Alterosa é capaz de oferecer. É por isso que a Alterosa é a TV que o mineiro vê", destaca o jornalista Evandro Araújo, que irá apresentar o programa. "Além de reportagens sobre os jogos e a preparação dos times para as partidas, receberemos diariamente convidados especiais. E depois da cobertura regional, os telespectadores ainda terão o melhor do esporte em Minas e no Brasil, com o Alterosa Esporte e a bancada democrática', conclui Evandro Araújo.


Kleyton Santos
Aux. Adm. - Comunicação
TV Alterosa - Divinópolis
Diários Associados
Tel.: (37) 3229.8933 / 8801.8630

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Classe C lidera consumo de produtos e serviços para manutenção do lar

Por Juliana Castro, do Mundo do Marketing | 31/01/2011
pauta@mundodomarketing.com.br

A Classe C é líder no consumo de produtos e serviços para a manutenção do lar, como aponta uma pesquisa realizada pelo Data Popular. Os dados mostram que estes consumidores se destacaram no último ano, representando 43% das operações realizadas no país, o equivalente a R$ 242 bilhões. Já as Classes A e B juntas gastaram juntas R$ 343 bilhões, sendo 38,7% do consumo do país.

Os números também surpreendem se comparados a 2002, quando a Classe C consumia 11 vezes menos. Os gastos registrados há oito anos representavam o montante de R$ 21,7 bilhões. Naquele ano, as classes altas detinham 56% do consumo nacional e a classe média 26,9%.

DER/MG avalia eficácia de radares nas rodovias estaduais


O Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de Minas Gerais (DER/MG) está realizando estudo de eficácia de 92 radares instalados nas rodovias estaduais. O trabalho teve início em dezembro e deverá ser finalizado no final deste mês.

Por meio do estudo, o DER/MG vai avaliar o volume de tráfego em cada ponto, o posicionamento do equipamento, a visibilidade e a eficácia com relação à redução do número de acidentes e da severidade dos casos. O gerente de operação de trânsito do DER/MG e coordenador do estudo de eficácia, Ivan Godoi, ressalta que o trabalho é uma obrigação legal e oferece um direcionamento para a implantação dos equipamentos. “Pode ser necessário o reposicionamento do radar, alteração na velocidade permitida e até mesmo a transferência do equipamento de um ponto para outro. O estudo vai nos mostrar tudo isso”, conta.

Os radares avaliados foram instalados no início de 2010, por meio do Programa de Aumento da Capacidade de Segurança dos Corredores de Transporte (Proseg), com foco na segurança viária. “Os radares são utilizados com o intuito de preservar a vida, não só do motorista, mas também de ciclistas, pedestres, enfim, todos que passam pelas vias”, relata Godoi. Ele comenta, ainda, que, em geral, as estatísticas apontam não só para a redução de acidentes, como também para a redução da gravidade dos casos. “Quando um dispositivo de redução de velocidade é instalado, é quase que inevitável que haja queda no número de acidentes e na severidade”, afirma.

Novos Radares

O estudo de eficácia é parte das ações do Proseg, coordenado pela Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop). O programa, além dos 92 radares, instalou recentemente outros três equipamentos na região de Itabira, totalizando 95 equipamentos de monitoramento do excesso de velocidade nas rodovias estaduais, dos quais 39 são lombadas eletrônicas que foram implantadas em trechos urbanos, visando aumentar a segurança nas travessias dos pedestres.

Os três novos radares implantados na região de Itabira começaram a autuar a partir da zero hora do dia 30 de janeiro (domingo). Eles estão localizados na MG-129 (km 32,50 e 29,40) e na MGC-120 (km 451,70), sujeitando os infratores ao Código de Trânsito Brasileiro. Desde dezembro de 2010 os três equipamentos estavam instalados, funcionando em caráter educativo e devidamente aferidos pelo Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro).

fonte: Ag. Minas

Reunião decide hoje o futuro da Copa Alterosa

A diretoria da Liga Municipal de Desportos de BD e mais os dirigentes dos clubes em participar da Copa Alterosa em Bom Despacho fazem reunião hoje com o objetivo de decidir o futuro da competição na cidade.

Segundo o presidente da Liga Antônio Morato, a maior entidade de futebol de Bom Despacho não irá arcar com nenhum custo. No entanto, o presidente do Cristalino Tarcísio Jacó acredita na possibilidade de ter a sede, pois ele ofertou o aluguel por apenas R$ 25,00 por clube que irá disputar o jogo no estádio Antônio Leite de Oliveira, sem se preocupar com os gastos de arbitragem.

Vale lembrar que cada jogo custa R$ 50,00 a serem pagos ao organizador da competição, Leo Sports, e mais o trio de arbitragem, com o valor em média de R$ 150,00 por partida.

A reunião acontece hoje a partir das 19 horas.

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Dia 07/02 tem distribuição de fichas para tratamento dental

A Secretaria Municipal de Saúde, através do setor de Atenção à Saúde Bucal, informa aos moradores dos bairros Rosário, Santa Ângela, Realengo, São João, São Geraldo, Palmeiras e Rosário II que no próximo dia 7 de fevereiro estarão sendo distribuídas fichas de consulta para tratamento dentário.

As fichas serão distribuídas no PSF do Rosário e será exigido como comprovante de residência somente o talão da Copasa. Todas as pessoas que chegarem até as 7h30 serão agendadas. Importante também levar o documento de identidade.

domingo, 30 de janeiro de 2011

Site da Prefeitura divulga Carnaval 2011


Um dos assuntos mais comentados entre os jovens de Bom Despacho é se haverá Carnaval na cidade. Segundo a Secretária de Cultura Rossalva Flores Fernandes Leandro a festa será realizada novamente na Praça da Estação, de 4 a 8 de março, porém com algumas adaptações em relação ao que foi apresentado no ano passado.

Conforme a Secretária, o processo licitatório já foi encaminhado para o Departamento Jurídico da Prefeitura. Isso para que não ocorra futuros empecilhos com a legislação municipal.

Ainda de acordo com ela, o evento terá mais brilho com mais enfeites e possivelmente revendas de abadás para as áreas de camarote e pista.

O Carnaval de Bom Despacho viveu os seus melhores momentos nos anos de 2003 a 2008. Naquela época, a cidade recebia foliões de outras localidades. Os setores mais beneficiados foram de hotelaria, alimentação e bebidas.

Bom Despacho fica sem sede da Copa Alterosa


A Copa Jornal Agora/TV Alterosa promovida pela empresa Léo Sports não terá sede em Bom Despacho este ano. Os altos custos e a dificuldade de alguém se responsabilizar pela fase de grupos na cidade foram os principais fatores que levaram a isso acontecer.

Segundo o presidente da Lga Antônio Morato, para que haja a sede em Bom Despacho, seria necessário que todos os clubes de Bom Despacho arcassem com as despesas da compeitção. Até agora, somente dois clubes bom-despachenses confirmaram participação: Associação e Esplanada.

As outras equipes como Famorine, Cristalino e Operário têm interesse, mas ainda decidiram definitivamente se vão ou não competir."Ninguém de Bom Despacho solicitou sede para haver jogos aí na cidade", diz Leo Sports em conversa pelo telefone com o Jornal Fique Sabendo.

O atual campeão do torneio Associação deverá vir para esta disputa com um time forte. Isso porque a base da equipe foi mantida para as competições que o clube irá participar em 2011.