sábado, 19 de fevereiro de 2011

Horário de Verão termina hoje a noite

O Horário de Verão 2010/2011 termina à zero hora do de domingo (20). Com isso, às 24 horas do sábado (19), os relógios deverão ser atrasados em uma hora.

A medida, que começou à zero hora de 17 de outubro do ano passado, abrangeu os estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, além do Distrito Federal. Os estados das regiões Norte e Nordeste não adotam o Horário de Verão, devido à proximidade da Linha do Equador, o que faz com que a duração dos dias nesses estados não apresente alterações significativas ao longo do ano, e o Horário de Verão teria efeito praticamente nulo.

No total, essa edição do Horário de Verão contará com 126 dias de duração, mesma duração do ano passado. Desde 2008, através do Decreto 6.558, do Ministério de Minas e Energia, foram fixadas datas para seu início e término: ficou definido que, todos os anos, a medida entrará em vigor sempre à zero hora do terceiro domingo de outubro e se estenderá ao terceiro domingo de fevereiro. No ano em que houver coincidência entre o domingo previsto para o término do Horário de Verão e o domingo de carnaval, o encerramento ocorrerá no domingo seguinte.


Minas Gerais


Na área de concessão da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), verificou-se, segundo o balanço parcial, uma redução na demanda máxima, ou seja, no pico diário da carga que ocorre no período das 18h às 22h, de 4%, correspondendo a cerca de 300 MW, 0,5 ponto percentual a mais que o ano passado. Essa potência equivale a:

. geração a plena carga de 2,3 usinas do porte da Usina Térmica de Igarapé (131 MW) ou

• geração de 4,5 geradores da usina de Três Marias, também a plena carga (66 MW cada) ou

• 30% da carga de pico de todo o Triângulo Mineiro com seus 66 municípios ou

• 15% da carga de pico da Região Metropolitana de Belo Horizonte (34 municípios – 4.9 milhões de habitantes) ou

• demanda de pico de uma cidade de 700 mil habitantes.

No consumo, estima-se que a economia de energia registrada no Horário de Verão dos últimos dois anos se manteve no período atual, chegando a 0,5%, o que representa 31 MWméd (megawatts médios). “Essa economia é suficiente para abastecer, durante dez dias, a capital Belo Horizonte”, afirma o engenheiro de operação do sistema da Cemig, Wilson Fernandes Lage.

Para o consumidor residencial, a economia se dá na menor utilização da iluminação artificial, que pode chegar a uma redução de até 5% no consumo mensal de energia.


No Brasil


A economia no sistema elétrico interligado brasileiro, de acordo com avaliações do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), deverá ser de 4,6% de redução na demanda máxima, superando o valor de 2.530 MW, o que equivale, aproximadamente, a 30% da carga de Minas Gerais no horário de ponta.

Já a redução do consumo de energia deverá atingir 220 MWmédios, correspondentes a 0,5% da carga dos subsistemas Sul/Sudeste/Centro-Oeste ou ao consumo mensal de uma cidade de 470 mil habitantes. Os valores oficiais deverão ser divulgados duas semanas após o término do Horário de Verão.

Objetivo

A adoção do Horário de Verão visa à redução da demanda máxima do Sistema Interligado Nacional no período de ponta. “Com isso, obtém-se o alívio do carregamento dos sistemas de geração, transmissão e distribuição, aumentando a segurança e a confiabilidade operativa, pois é reduzido o carregamento de todo o sistema elétrico nos momentos de pico, sendo melhoradas as condições de controle, principalmente em situações de emergências”, explica Wilson Lage.

Segundo o engenheiro, essa redução ocorre no período do ano em que o sistema é, de modo geral, submetido a condições operacionais mais críticas, reduzindo os riscos de desligamentos de linhas de transmissão, principalmente devido a descargas atmosféricas. “Proporciona também melhores condições de suprimento, em termos de continuidade e qualidade de atendimento às diversas áreas dos sistemas.”

Ainda como resultado do Horário de Verão, houve uma menor utilização da iluminação artificial, com redução do consumo de energia, principalmente nas classes de consumidores residenciais e comerciais.

Como funciona


O Horário de Verão provoca o adiantamento do horário civil em relação ao horário padrão, tardando a ligação da iluminação artificial, que é acionada mais tarde do que aconteceria normalmente. O efeito provocado é a não coincidência da entrada desse tipo de iluminação com o consumo demandado ao longo do dia pelo comércio e pela indústria, cujo montante se reduz após as 18h, e com outros tipos de consumo nas residências, cuja carga aumenta significativamente nesse horário, motivados principalmente pelo uso de chuveiro elétrico.


A adoção do Horário de Verão é bastante antiga, tendo sido usada durante as guerras mundiais, com finalidades econômicas, evitando-se a geração térmica. O primeiro país a adotá-lo foi a Alemanha, em 1916.

Esta é a 37ª edição do Horário de Verão brasileiro. Foi adotado 11 vezes entre 1931 e 1968, de forma descontinuada, voltando depois no verão 1985/1986 e a partir daí em todos os anos até hoje, durante 26 edições consecutivas. Sua utilização tem sido associada à redução do risco de crises energéticas e aumento da segurança operativa e confiabilidade do fornecimento, devido à redução dos picos de consumo, propiciando a redução do risco de apagões, por meio do melhor aproveitamento da luz natural e ganhos em armazenamento de energia.

Além do Brasil, o Horário de Verão é implementado em aproximadamente 80 países, como, por exemplo, nos países da União Européia (entre março e outubro) e da América do Norte (entre março e novembro), além da Rússia, Turquia e Cuba. No Hemisfério Sul, a medida é adotada entre outubro e março na Austrália, Nova Zelândia, Chile, Paraguai, Uruguai, entre outros.


Fonte: Ag. Minas

Hoje começa o Campeonato Municipal 2011

Hoje a tarde, a partir das 14h, começa a edição 2011 do Campeonato Municipal, que será disputado por 7 equipes de Bom Despacho.

No estádio Pedro Almeida, o Operário recebe o Esplanada pelas categorias aspirantes e amador-adulto. Já no estádio Pedro Lino da Costa, a AAB enfrenta o Palmeiras da Garça.

O torneio é realizado pela Liga Municipal de Desportos de Bom Despacho.

Mulher é o foco da campanha de prevenção à Aids neste carnaval


A terça-feira de carnaval deste ano será no dia 8 de março, Dia Internacional da Mulher. Aproveitando a data, a campanha de prevenção contra a Aids, que acontece em todo o Estado, terá como público-alvo a ala feminina. Com o slogan “Bote camisinha nas suas histórias de carnaval”, a campanha pretende incentivar as mulheres a promoverem o autocuidado, usando preservativo em todas as relações sexuais.

“Estamos seguindo o tema proposto pelo Departamento Nacional de DST/Aids. O foco será o público jovem, com idade entre 15 e 24 anos, que geralmente se expõe mais durante a folia. E já que o período do carnaval coincide com o Dia internacional da Mulher, aproveitamos para reforçar junto ao público feminino a importância da prevenção”, explica a referência técnica estadual em DST/Aids, Janaína Mesquita.

A ênfase dada às mulheres não se deve somente à coincidência de datas. As estatísticas também foram levadas em consideração, já que elas apontam que o número de casos de Aids no público feminino cresceu, consideravelmente, desde o início da epidemia. Nos quatro anos que se seguiram após o surgimento da doença, não houve nenhuma notificação entre as mulheres. Já a partir de 1986, os registros crescem ano a ano.

Em razão desses números, os materiais educativos a serem distribuídos foram elaborados com apelo para as mulheres. Ao todo, são 700 mil porta-preservativos, 500 mil leques e 300 mil volantes. Além disso, serão distribuídos 1,5 milhão de camisinhas masculinas.

“Todo esse material será entregue à população por meio das Gerências Regionais de Saúde, municípios e parceiros, como ONGs, Polícia Militar, Escola de Saúde Pública e outras secretarias. A primeira ação já acontece no dia 26 de fevereiro, durante o desfile da Banda Mole”, conta Janaína.

As ações de rua prosseguem no dia seguinte, com a distribuição de materiais em bares de Belo Horizonte. Na semana do carnaval, também haverá atividades na rodoviária, estações do metrô, aeroportos e na Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves. A população será abordada por promotores, que passarão mensagens educativas e entregarão os materiais. A abordagem ocorrerá ainda em diversas cidades, especialmente naquelas que recebem mais foliões, como Abaeté, Diamantina, Itabirito, Mariana, Ouro Preto, Pirapora e Tiradentes.

O grupo Vhiver, uma Organização Não Governamental que oferece apoio às pessoas portadoras do vírus HIV, será um dos parceiros da Secretaria de Estado de Saúde (SES) durante o carnaval. A ONG, que vai realizar atividades em municípios da Zona da Mata, Jequitinhonha e Região Metropolitana de Belo Horizonte, receberá materiais para distribuir durante as abordagens.

“Estamos trabalhando em parceria com o Governo do Estado há vários anos e temos obtido muito sucesso. Para 2011, estamos ainda mais animados, nos preparando, inclusive, para incluir Ouro Preto em nosso roteiro. Sem dúvida, será mais um carnaval de muito trabalho e conscientização da população”, destaca o presidente do Grupo Vhiver, Valdecir Fernandes Buzón.

Durante todo o carnaval, será veiculado um spot nas principais rádios do Estado e afixados outdoors nas principais saídas de Belo Horizonte e em municípios do interior. Tais mídias vão reproduzir o tema da campanha.

Terminada a folia, a campanha continua com foco no incentivo à realização do exame para diagnóstico. O material educativo vai exibir a mensagem “Não usou camisinha, faça o teste Aids, sífilis e hepatites. Para quê ficar na dúvida? Os testes são gratuitos, sigilosos e seguros”. Nessa fase, serão distribuídos 20 mil cartazes e 30 mil adesivos de banheiro.

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Hemominas realiza coleta de sangue em Bom Despacho

A Fundação Hemominas convida toda a população de Bom Despacho para participar da coleta de sangue que será realizada neste sábado, 19/02, das 8h às 17h, na Associação de Doadores de Sangue de Bom Despacho, localizada na Praça Olegário Maciel, 831, Centro.

A expectativa é atender cerca de 200 candidatos à doação de sangue. Aqueles que não puderem comparecer na coleta de sangue em Bom Despacho podem agendar a doação na Unidade de Coleta em Betim pelo telefone (31) 3595.1010.

Podem doar sangue cidadãos com boa saúde, idade entre 18 e 65 anos, peso acima de 50 quilos, que não tenham ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas, não tenham tido hepatite após os 10 anos de idade, e que não tenham doença de Chagas. Outros critérios serão avaliados durante a triagem clínica. Para realizar o gesto de cidadania, o candidato à doação também deve apresentar um documento oficial com foto e dentro do prazo de validade.

Fonte: Ag. Minas

PAC da Mobilidade vai destinar R$ 18 bilhões para melhorar transporte público


As 24 maiores cidades do país, todas com mais de 700 mil habitantes (39% da população), poderão apresentar propostas de obras na área de transportes urbanos no site do Ministério das Cidades a partir do dia 21 de fevereiro. O Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) - Mobilidade Grandes Cidades foi lançado nesta quarta-feira (16) no Palácio do Planalto, em solenidade fechada à imprensa.

O evento marca o início do processo seletivo para projetos de infraestrutura na área de transporte público coletivo. Serão destinados R$ 18 bilhões para este novo PAC. Destes, R$ 6 bilhões terão como origem investimentos diretos da União e R$ 12 bilhões virão de financiamentos. O objetivo é ampliar a capacidade de locomoção e melhorar a infraestrutura do transporte público nessas cidades.

De acordo com informe divulgado pela Presidência da República, serão selecionados projetos para a aquisição de equipamentos voltados à integração, ao controle e à modernização dos sistemas, além dos relativos à implantação e à melhoria da infraestrutura de transporte público coletivo.

Os projetos podem incluir sistemas de transporte sobre pneus, como corredores de ônibus exclusivos (BRT), de veículos leves sobre pneus e sistemas sobre trilhos, como trens urbanos, metrôs e veículos leves sobre trilhos (VLT).

A cerimônia de abertura do processo de seleção contou com a presença da ministra do Planejamento, Orçamento e Gestão, Miriam Belchior, e do ministro das Cidades, Mário Negromonte.

O governo dividiu os 24 municípios atendidos pelo PAC Mobilidade em três grupos. O MOB 1 atende às capitais de regiões metropolitanas com mais de 3 milhões de habitantes. Ele corresponde a 31% da população brasileira e abrange o Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Porto Alegre, Brasília, Recife, Fortaleza, Salvador e Curitiba.

O MOB 2 inclui municípios com população entre 1 milhão e 3 milhões milhões de habitantes, e corresponde a 4% da população do país. Nesse grupo, estão as cidades de Manaus, Belém, Goiânia, Guarulhos, Campinas e São Luís. O MOB 3 está voltado para cidades de 700 mil a 1 milhão de habitantes. Ela também corresponde a 4% da população brasileira. Nesse grupo serão beneficiados os municípios de Maceió, Teresina, Natal, Campo Grande, João Pessoa, São Gonçalo, Duque de Caxias e Nova Iguaçu (RJ) e São Bernardo do Campo (SP).

Para serem selecionados, os projetos devem ser apresentados pelos estados e/ou municípios seguindo critérios pré-estabelecidos para enquadramento. Entre as contrapartidas estão a garantia de sustentabilidade operacional dos sistemas, a compatibilidade entre a demanda e os modais propostos e a adequação às normas de acessibilidade.

Também terão prioridades projetos que beneficiem áreas com população de baixa renda, que já contem com projeto básico pronto e que tenham situação fundiária regularizada.

Fonte: Portal Eco

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Campeonato Municipal 2011 começa neste fim de semana

O Campeonato Municipal de 2011 começa neste fim de semana em Bom Despacho. Os jogos serão realizados no sábado e no domingo. A competição contará com 7 equipes, sendo disputada turno único.

No estádio Pedro Lino da Costa, a AAB recebe o Palmeiras da Garça e o Operário encara o Esplanada no Estádio Pedo Almeida, jogos a serem realizados, dia 19 de fevereiro, com horários a partir das 14h30. Já no domingo, haverá a partida entre Ipiranga x Cristalino no Engenho do Ribeiro.

O torneio é promovido pela Liga Municipal de Desportos de Bom Despacho. "Esperamos fazer um campeonato forte este ano", diz Antônio Morato, presidenta da entidade organizadora.

Educação abre 50 mil vagas para aulas complementares no ensino médio


Escolas de todo o Estado já podem se inscrever no Programa de Aprofundamento de Estudos da Secretaria de Estado de Educação (SEE). O Programa oferece aos estudantes do ensino médio das escolas estaduais de Minas Gerais a oportunidade de aumentar a carga horária de estudos no contraturno das aulas. O intuito é melhorar o desempenho dos alunos em sala de aula, além de preparar para o Enem, exames vestibulares, concursos públicos e outros testes de seleção. O Programa foi criado em 2006 e já atendeu a 190 mil estudantes no Estado. Nesta edição, a SEE oferece 50 mil vagas para escolas de Minas Gerais.

O Aprofundamento de Estudos permite diferentes organizações curriculares. Este ano, a matriz de referência para os estudos será a mesma do Enem, mas pode variar de acordo com a demanda de determinada escola. As aulas do programa podem ser organizadas por área de conhecimento ou por disciplinas isoladas, além disso podem ter como foco o reforço escolar ou a preparação para um exame específico. “O Aprofundamento de Estudos dá condições para que os estudantes aprimorem habilidades e competências em disciplinas ou áreas de conhecimento nas quais apresentam mais dificuldades. E também é uma oportunidade para que esses estudantes se preparem melhor para o Enem e para os vestibulares”, explica a subsecretária de Desenvolvimento da Educação Básica, Raquel Elizabete de Souza Santos.

O estudante pode optar por cursar de duas a cinco disciplinas no programa, sempre no contraturno ou aos sábados. As atividades têm duração de quatro ou cinco horas/aula por dia e a escola pode ofertar o programa no máximo três vezes por semana. As disciplinas de Português e Matemática são obrigatórias, exceto nas escolas que optarem por ofertar o aprofundamento apenas uma vez na semana. Para disponibilizar o Aprofundamento de Estudos, a escola deve fazer um levantamento dos estudantes interessados e cadastrá-los no site do Programa (http://www.squarcio.com.br/aprofunda), por meio dos números de CPF.

Diante do interesse dos alunos, a escola repassa a demanda para a secretaria, que faz a seleção dos professores. Eles podem ser designados especificamente para lecionar no Aprofundamento de Estudos ou serem selecionados na própria escola. Nesse caso, o professor que sair de sala de aula para trabalhar no projeto é substituído por outro designado. A SEE autoriza a designação dos professores a partir da demanda verificada no cadastramento. Além do investimento na designação de docentes, a secretaria também reserva R$1 milhão para que as escolas comprem material de consumo para o projeto.

A Escola Estadual Santos Dumont desenvolve o Aprofundamento de Estudos desde o início do projeto, em 2006. Segundo a diretora Ana Maria Costa Diniz, o programa atende alunos dos três anos do ensino médio e já obteve bons resultados. “Vários alunos já passaram no vestibular desde que o programa começou. Hoje a primeira turma que fez o Aprofundamento está formando nas faculdades”, explica Ana Maria.

Mais do que garantir a aprovação nos exames de seleção, o Aprofundamento de Estudos também serve de reforço para os conteúdos aprendidos. “Antes nos fazíamos o Aprofundamento só no 3º ano, como um cursinho pré-vestibular, mas hoje nós trabalhamos em todo o ensino médio. Para os alunos de 1º e 2º ano, o programa serve como aula de reforço”, completa a diretora.

Ag. Minas

Vereador Roberto Gontijo diz que poderá ser candidato a Prefeito

A maior parte da população de Bom Despacho vive atualmente a expectativa de saber quem serão os candidatos a prefeito em 2012. Nos bastidores da política local já começam surgir nomes que poderão concorrer ao pleito do próximo ano. Especulações estão dando como certos mais de 2 candidatos na disputa.

Um deles poderá ser o vereador Carlos Roberto Gontijo (PMDB), ex-presidente da Câmara Municipal. O parlamentar está no seu sétimo mandato no legislativo local, e garantiu em conversa com o jornal Fique Sabendo, que cogita a possibilidade de tentar a cadeira do Executivo.

Tudo indica que o vereador Carlos Roberto Gontijo terá outro vereador como vice na sua chapa. “Estou vivendo esta possibilidade de ser candidato a prefeito”, diz o parlamentar em conversa com o jornal Fique Sabendo.

Além de Carlos Roberto Gontijo para prefeito, outros nomes estão sendo especulados como do presidente do PSDB de Bom Despacho Vital Guimarães, o vereador Fernando Cabral, o ex-vice-prefeito Dr. Marco Túlio Quirino e o empresário Zé do Nô.

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Colégio Tiradentes reinaugura sua quadra da frente

A diretoria do Colégio Tiradentes não está medindo esforços para continuar desenvolvendo um trabalho diferenciado na escola. Recentemente, o colégio reinaugurou a sua quadra poliesportiva da frente, que agora conta com grades e uma nova pintura.

Dentro dos próximos dias, a Escola ganhará mais recursos para continuar com a reforma. De acordo com a diretora Maria Aparecida Santos, haverá a segunda licitação para a construção de novas salas, que irá compor a secretaria administrativa e a coordenação pedagógica, e mais espaço para oferecer às séries iniciais, que são do primeiro ao quinto ano.

Na primeira licitação foram reformados os banheiros, o laboratório, a fachada da frente do colégio e mais a construção da quadra coberta. Para a segunda, existe o projeto para as reformas do refeitório, 3 banheiros para professores e da arquibancada da quadra coberta.

O Colégio Tiradentes de Bom Despacho é apontado como um dos melhores da rede de ensino público da região. Em 2010, obteve o segundo lugar no Índice de Desenvolvimento de Educação Básica e o primeiro lugar do ENEM da quadragésima quintaregião da Superintendência Regional de Ensino.

Novo diretor Administrativo

O Tenente-Coronel Wagner Sant’ana, comandante do Sétimo Batalhão da Polícia Militar de Minas Gerais, é o novo diretor administrativo do Colégio Tiradentes de Bom Despacho. Esta é a primeira vez que o oficial assumirá o cargo.

Governador Antonio Anastasia participa de abertura da feira de calçados de Nova Serrana

O governador Antonio Anastasia participou, nesta terça-feira (15/02), em Nova Serrana (Centro-Oeste), da abertura da 8ª Nova Serrana Feira e Moda, um dos principais eventos calçadistas do Estado. Durante a solenidade, o governador destacou a importância do setor calçadista para o crescimento da economia mineiro e para a geração de empregos no Estado.

“Somos testemunhas de que Nova Serrana é a cidade que mais cresce em Minas e cresce exatamente em razão do polo calçadista. Estou extremamente satisfeito com essa visita e muito honrado em ser o primeiro governador de Minas a abrir oficialmente essa feira, que é um evento muito importante porque demonstra a capacidade empreendedora dos empresários de Nova Serrana e da região. Percebemos que Minas tem, no polo calçadista, grande possibilidade de geração de empregos”, afirmou o governador.

Realizada pelo Sindicato Intermunicipal da Indústria do Calçado de Nova Serrana (Sindinova), com o apoio institucional do Governo de Minas, da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) e do Sebrae-MG, a Nova Serrana Feira e Moda reúne lojistas e os principais fabricantes de calçados de Nova Serrana e região. Até 17 de fevereiro, serão expostas 250 marcas de produtos infantis, masculinos, femininos e esportivos em 170 estandes. A expectativa é de que sejam comercializados R$ 35 milhões, com média de público de 10 mil visitantes.

Incentivo ao setor

Durante a visita à feira, o governador ressaltou a importância da redução da alíquota do ICMS para o setor calçadista, que possibilitou maior competitividade ao setor. No ano passado, o Governo de Minas reduziu o ICMS de 12% para 3% sobre o faturamento mensal das indústrias calçadistas.

“Tínhamos a necessidade dessa redução do ICMS para dar mais competitividade ao produto mineiro, tanto no mercado interno quanto também no mercado internacional. Foi uma redução que era reivindicada pelas lideranças já há muito tempo e veio para colocar Minas nessa ponta de vanguarda”, disse Antonio Anastasia.

A nova alíquota passou a vigorar a partir de 1º de outubro do ano passado, oferecendo condições de igualdade à indústria mineira em relação aos concorrentes instalados em outros estados, contemplados com benefícios fiscais.

O Polo Calçadista de Nova Serrana conta com 850 empresas que, em 2010, produziram e comercializaram 110 milhões de pares de calçados – aumento de 22% em relação a 2009. A expectativa para este ano é o aumento de 15% da produção e venda. No ano passado foram gerados 22 mil empregos diretos e 19 mil indiretos.

Homenagem

Em razão do apoio ao setor calçadista, o governador recebeu do presidente do Sindinova, Ramon Alves Amaral, a homenagem “Promotor do Desenvolvimento do Polo Calçadista em 2010”.
Nova Serrana é a cidade-polo do Arranjo Produtivo Local (APL) calçadista que abrange 12 municípios do Centro-Oeste. Juntos, eles reúnem 800 empresas responsáveis por 47% dos empregos gerados no setor calçadista no Estado. O APL de Nova Serrana gera mais de 32 mil postos de trabalho diretos no Estado, além de outros 30 mil empregos indiretos. Também fazem parte deste APL, os municípios de Perdigão, Araújos, São Gonçalo do Pará, Bom Despacho, Conceição do Pará, Divinópolis, Igaratinga, Leandro Ferreira, Onça do Pitangui, Pará de Minas, Pitangui.

“É um orgulho muito grande para Nova Serrana sediar um evento desta importância e magnitude. Nosso orgulho este ano é especial e ainda maior porque, pela primeira vez, um governador do Estado participa da abertura da feira, o que demonstra seu compromisso e reconhecimento com o setor calçadista”, afirmou o prefeito de Nova Serrana, Paulo César de Freitas.

Nova unidade do Sine

Durante a abertura da 8ª Nova Serrana Feira e Moda, o governador Antonio Anastasia e o secretário de Estado de Trabalho e Emprego, Carlos Pimenta, inauguraram simbolicamente a unidade de atendimento ao trabalhador do Sistema Nacional de Emprego (Sine) de Nova Serrana. Eles descerraram uma placa em homenagem ao governador Antonio Anastasia, que será fixada na sede do Sine de Nova Serrana.

A unidade vai funcionar no Centro Administrativo de Prefeitura de Nova Serrana e será a 119ª unidade do Sine em Minas. Com capacidade para 150 atendimentos por dia, a unidade oferecerá serviços de emissão de carteira de trabalho, alistamento militar, seguro desemprego, banco e cadastro de empregos, além de cursos de capacitação através do fundo de amparo do trabalhador.
O número de trabalhadores colocados pelos postos do Sine em todo o Estado cresceu 7,66% de 2009 para 2010, chegando a 101.683. No ano anterior, foram 94.425 trabalhadores empregados.

fonte: Ag. Minas

Executivo pede cassação do Vereador Fernando Cabral

O executivo de Bom Despacho, comandado pelo prefeito Haroldo Queiroz (PDT), entrou com um pedido de cassação do vereador Fernando Cabral (PPS), por falta de decoro parlamentar. A denúncia foi apresentada ontem via documento à Mesa Diretora da Câmara Municipal.

Segundo o presidente vereador Marcos Fidelis, duas comissões ficaram encarregadas de avaliar o caso."Para que não seja tomada nenhuma decisão precoce do assunto" disse o parlamentar em conversa com o Jornal Fique Sabendo.

Junto ao documento enviado a Câmara Municipal, foram anexadas várias cópias de um jornal local, que contém acusações do vereador Fernando Cabral ao Executivo de Bom Despacho.

O documento foi assinado pelos secretários José Eustáquio Dornellas Penido do Meio Ambiente, Oranício Menezes de Administração, Conceição Maria de Sousa (Zica) Finanças, Acir Parreiras Júnor Assessor Executivo e o Prefeito Haroldo Queiroz.