sábado, 12 de março de 2011

Associação goleia Famorine no Pedro Lino

O Famorine foi surpreendido pela Associação em casa neste sábado. O tricolor da Vila Aurora derrotou o rival fora de casa por 3 a o. O resultado manteve as duas equipes na briga pela classificação.

"Realmente, não sei o que aconteceu com a nossa equipe neste jogo. Mas procuraremos mudar na próxima partida", disse Arone, técnico do Famorine em conversa com o Jornal Fique Sabendo, após a derrota da equipe.

A vitória obtida fora de casa, colocou a AAB no páreo rumo a classificação das semifinais do Campeonato Municipal edição 2011. O outro jogo da tarde, o Esplanada venceu o Ipiranga por 1 x 0, e também continua forte na disputa.

Na categoria aspirantes, o Famorine empatou em 1 a 1 com a AAB e o Esplanada derrotou o Ipiranga por 3 a 1. Amanhã, acontece mais um confronto da competição. No estádio Antônio Leite de Oliveira, jogam Cristalino x Operário a partir das 13h30.

sexta-feira, 11 de março de 2011

Mulheres preferem lojas de rua, diz estudo

Roupas femininas foram produtos mais comprados nos últimos 30 dias

Por Sylvia de Sá, do Mundo do Marketing
sylvia@mundodomarketing.com.br


A maioria das mulheres brasileiras prefere lojas de rua. É o que diz um levantamento do Ibope Mídia, baseado nas informações da ferramenta Target Group Index. Segundo o estudo, 69% das consumidoras fizeram compras nos últimos 30 dias. Dessas, 84% preferiram pontos de venda de rua, contra 60% que foram aos shoppings. Já 18% afirmaram ter feito compras pela internet, um aumento de 10% comparado à pesquisa anterior, quando o número era de apenas 10%. Em 2010, o mesmo estudo também indicou a liderança das lojas de rua, com 48%, enquanto os shoppings ficaram com 33% e as lojas de departamento, 24%.

As roupas femininas destacaram-se nas compras, sendo a opção de 79% das mulheres. Em seguida, aparecem calçados (61%), roupas para homens (44%) e roupas para crianças e bebês (40%). O ticket médio das compras foi de R$ 190,83. Ao explicar seus hábitos de consumo, as consumidoras destacam que procuram ofertas e descontos (82%), que vale a pena pagar mais por produtos de
higiene pessoal de boa qualidade (80%), que são fiéis à marca quando gostam do produto (70%), que planejam a compra de itens caros (68%) e que costumam experimentar novas marcas (50%). O estudo foi realizado nas regiões metropolitanas de São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Curitiba, Belo Horizonte, Salvador, Recife, Fortaleza, Brasília e nos interiores de São Paulo e das regiões Sul e Sudeste.

Famorine enfrenta Associação neste sábado

A Associação, atual time campeão municipal de Bom Despacho, terá um difícil pela frente neste sábado no estádio Pedro Lino da Costa. Com apenas 1 ponto, o tricolor pega o Famorine, que venceu a partida de estreia por 3 a 0 contra o Operário.

Caso o Famorine obtenha novamente o resultado positivo, o Verdão poderá conquistar a liderança provisória do campeonato até domingo.

Além deste jogo, acontecem outros confrontos pelo Campeonato Municipal edição 2011. Domingo, no estádio Antônio Leite de Oliveira, jogam Operário x Cristalino e no estádio Antônio Odílio Torres há a partida de Esplanada x Ipiranga

quinta-feira, 10 de março de 2011

Cerca de 70 milhões de adolescentes estão fora da escola, alerta Unicef

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) lançou na sexta-feira, 25 de fevereiro, o relatório Situação Mundial da Infância 2011 - Adolescência: Uma fase de Oportunidades. O estudo sugere que investimentos na proteção e no desenvolvimento da população dos 1,2 bilhão de adolescentes no mundo podem romper ciclos de pobreza.

Segundo o relatório, em todo o mundo, mais de 70 milhões de adolescentes em idade escolar estão fora das salas de aula.

Entre 1998 e 2008, o Brasil conseguiu reduzir a taxa de mortalidade infantil preservando a vida de 26 mil crianças. Mas durante o mesmo período, 81 mil adolescentes brasileiros, entre 15 e 19 anos, foram assassinados. Para o Unicef, a situação evidencia a falta de investimentos na população jovem.

O diretor-exectutivo do Unicef, Anthony Lake, destacou que é preciso investir mais nos adolescentes, em educação, saúde e em outras medidas de qualidade de vida.

A grande maioria dos adolescentes, 88%, vive em países em desenvolvimento. Muitos enfrentam uma série de problemas como desemprego, violência e vida precária.

Segundo o Unicef, existem poucas oportunidades de inserção social e produtiva para esses jovens no Brasil, que tem atualmente 21 milhões de adolescentes.

Lake acredita que proporcionar a todos as ferramentas necessárias promoverá uma geração de cidadãos economicamente independentes.

fonte: Portal Eco

quarta-feira, 9 de março de 2011

7º BPM DIVULGA SALDO DO CARNAVAL 2011.

Proporcionar um ambiente seguro, livre das mazelas sociais, é algo desafiador para qualquer repartição pública do sistema de Defesa Social, sem a cooperação da sociedade que busca constantemente a paz.

Esta situação se agrava quando a população se inflama com eventos sociais de massa, como é o caso do período carnavalesco que mistura diversão, bebida, imprudência e adrenalina.
Em Minas Gerais, com a participação comunitária, proteger a vida, reduzindo o crime e o seu medo, garantindo a execução lei de forma cristalina, pela vontade popular, tornou-se uma meta a ser cumprida nas cidades.

O 7º Batalhão, de forma inteligente, utilizando-se de mecanismos e estratégias de participação comunitária na segurança pública, aproveita o espaço da mídia, para prestar contas sobre o período de festas do Carnaval 2011.

Em relação aos períodos carnavalescos de 2010 e 2011, embora tenha ocorrido um aumento nos registros de homicídios, isto é, em 2010 não foi registrado, enquanto que no corrente, foram registrados 02 casos, nenhum deles foi relacionado ao evento carnavalesco. Os trabalhos de identificação dos respectivos autores iniciaram logo após os registros. A Polícia Militar e a Polícia Civil iniciaram os levantamentos para conjuntamente, com o apoio dos demais Órgãos do Sistema de Defesa Social, dar a resposta imediata a estes crimes e a sociedade.

Este trabalho integrado refletiu nos demais registros. Houve queda nos índices de roubo à mão armada (redução de 60%), seqüestro e cárcere privado (redução de 100%), furtos qualificados a residências urbanas (redução de 36,84%), a residência rural (redução de 66,67%) e a estabelecimentos comerciais (redução de 33,33%).

Houve um aumento significativo nos números de operações no período carnavalesco, se comparados os anos de 2010 e 2011, foram registradas no primeiro 307 e no corrente 461 (aumento de 50,16%). Foram apreendidas mais armas de fogo em 2011 (aumento de 33,33%), o que também foi verificado nas apreensões de entorpecentes, isto é, dos registros de cocaína, foram apreendidos 252g em 2011 (aumento de 500%), em relação à maconha, foram apreendidos 70g (aumento de 150%), crack, foram apreendidos 143g (aumento de 182,61%), lança perfume em frascos (aumento de 100%).
Em relação à prisões, em 2011, foram presos 15 traficantes (aumento de 150%) e menores apreendidos foram 30 (aumento de 3,45%).

As campanhas preventivas ligadas ao carnaval, foram intensificadas e apoiadas pelos parceiros (mídia escrita, falada e televisada), ocasião em que os acidentes de trânsito sem mantiveram estáticos em relação ao último período carnavalesco, exceto o acidente com vítimas não fatais que houve uma redução na ordem de 41, 67%.

A Polícia Militar esclarece que os trabalhos para redução dos índices não irão parar e conta com a participação de todos, inclusive com a sua, denunciante, através do Disque Denúncia – telefone 181.

O objetivo é tornar realmente Minas Gerais o melhor Estado para se viver, obedecendo às leis, garantindo direitos e deveres, fortalecendo a vontade pública e coletiva, contribuindo socialmente para o crescimento sustentável.

Seja nosso parceiro... Colabore de alguma forma... Denuncie, divulgue e participe dessa nova sociedade!


Assessoria de Comunicação Organizacional – 7º BPM

terça-feira, 8 de março de 2011

Acesso à internet pode se tornar direito social garantido pela Constituição

Por Natalia Mazotte (Blog Jornalismo das Américas)
Read in English Lea en Español


Tramita no Senado uma proposta de emenda à Constituição (PEC 6/11) que quer tornar o acesso à internet um direito social do cidadão brasileiro. O senador Rodrigo Rollemberg, autor da proposição, pretende popularizar o acesso à rede, garantindo que o Estado seja provedor deste direito.

Na justificativa de apresentação da PEC, protocolada nesta quarta (2/03), o senador argumenta que a internet se tornou uma ferramenta importante para a formação pessoal, intelectual e profissional de todos os cidadãos. “A nossa motivação, ao apresentar a PEC, não se cinge a uma mera admiração ingênua relacionada às novas tecnologias de informação e comunicação, mas à óbvia constatação que o acesso a tais tecnologias se torna cada vez mais importante para a formação pessoal, intelectual e profissional de todos os cidadãos”, esclarece.

Para o senador, a iniciativa se faz necessária em função da precariedade do acesso à web para estudantes pobres e moradores de regiões menos desenvolvidas do país. De acordo com o estudo "Lápis, Borracha e Teclado", realizado pelo pesquisador Julio Jacobo Waiselfisz e apresentado por Rollemberg como argumento em favor de sua proposta, há uma grande diferença no que diz respeito ao acesso à internet entre escolas públicas e privadas no país.

Segundo o estudo, no ensino fundamental, 17,2% dos alunos das escolas públicas usam a internet, enquanto que nas escolas particulares o número é de 74,3%. No ensino médio, o percentual de estudantes das escolas públicas com acesso à internet é de 37,3%, contra 83,6% nas escolas privadas.

O levantamento ainda aponta que entre os 10% mais pobres do Brasil na época, apenas 0,6% tinham acesso a computador com acesso à internet, índice que alcançava 56,3% entre os 10% mais ricos.

Na análise por raça constatou-se que apenas 13,3% dos negros tinham acesso à web, realidade presente entre 28,3% dos brasileiros brancos. As disparidades regionais também se reproduzem nessa área. Enquanto o índice de acesso à rede mundial de computadores chegava a 26,6% no Sul,limitava-se a 11,9% no Nordeste.

Rollemberg também destacou que o Brasil ocupa o 69º lugar entre 193 países, em matéria de acesso à Internet, de acordo com dados de 2008 da União Internacional de Telecomunicações (UIT). Apenas 17,2% de sua população brasileira, na época, estava inserida no mundo virtual, abaixo dos vizinhos Argentina (17,8%), Uruguai (20,6%) e Chile (28,9%).

“Tal situação, que compromete nosso futuro como nação e reduz drasticamente as oportunidades educacionais, sociais e profissionais dos cidadãos que não têm acesso ao mundo virtual, não pode continuar”, afirma Rollemberg, na apresentação da PEC. “Nosso ainda grave apartheid social não será efetivamente superado se não abolirmos o apartheid digital”, conclui.

Domingos pede apoio ao Hospital Público

O deputado Domingos Sávio também participou, nesta quarta-feira, de uma reunião com técnicos do Ministério da Saúde para apresentar o projeto do Hospital Público regional. No encontro, o parlamentar reivindicou o apoio do Governo Federal para a obra, que beneficiará todo o Centro-Oeste de Minas com mais de 500 leitos quando concluída.

Recebido pelo assessor especial do ministro Alexandre Padilha, o deputado lembrou da importância da iniciativa e demonstrou sua intenção de somar forças com o Governo de forma suprapartidária em prol da nova unidade hospitalar.

“Temos uma situação de grande carência de leitos em Divinópolis, e todos os anos vemos pessoas morrendo em filas de espera”, afirmou o parlamentar. “Fiz questão de ir até o Ministério e mostrar que, com o apoio do Governo Federal, conseguiremos mais recursos para agilizar a obra e entregá-la para a população o mais rápido possível”.

Em parceria com o prefeito Vladimir Azevedo, Domingos Sávio conseguiu do então governador Aécio Neves o apoio para a obra, que conta com recursos de mais de R$ 36 milhões do Governo de Minas e com contrapartida da Prefeitura Municipal.

De acordo com o assessor especial do ministro, Edson Pereira, em breve uma reunião será agendada para que o ministro Alexandre Padilha receba o deputado Domingos Sávio, o prefeito municipal, parlamentares votados na região e outras lideranças para tratar da participação do Governo Federal no tema.

“Fomos muito bem recebidos, e espero em breve podermos contar com o apoio do Governo Federal”, disse Domingos Sávio. “Sempre defendi que devemos trabalhar de maneira suprapartidária em favor da saúde, e faço questão de que a União, o Estado e o município somem forças por mais leitos disponíveis para Divinópolis”.

segunda-feira, 7 de março de 2011

Chuva atrapalha Carnaval em Bom Despacho, mas não nas cidades vizinhas

Parece que o Carnaval de Bom Despacho perdeu seu prestígio. Depois do fiasco de 2008 e da não realização em 2009, a festa já não consegue atrair os mesmos foliões dos anos anteriores.

Desde sexta-feira, 4, a chuva não deu trégua na cidade. Com isso, inúmeros bom-despachenses não puderam acompanhar a realização do evento na Praça da Estação.

Entretanto, nas cidades vizinhas Abaeté, Martinho Campos, Lagoa da Prata e Pompeu, a história é bem diferente, isso porque os visitantes tomaram conta das ruas e das casas dos moradores dos muncípios.

"Não paro de trabalhar desde quando começou o carnaval", diz um dos comerciantes de Abaeté. Este ano, segundo matéria divulgada no Jornal Super, mais de 8 mil pessoas estão se divertindo na carnaval no Abaeté Folia.