sábado, 4 de junho de 2011

Escolas estaduais escolhem seus diretores e vices em votação neste domingo

As escolas estaduais de todo o estado escolhem neste domingo os seus novos diretores. Professores, funcionários, alunos e pais de alunos participam da votação do processo de indicação de diretores e vices. A eleição acontece das 8h às 17h em 3.568 escolas de Minas Gerais. A votação acontece por meio de cédulas e o voto é secreto. A expectativa é que os diretores sejam nomeados até o final de julho e comecem a exercer o cargo no princípio do mês de agosto.

Podem votar todos os servidores da instituição, pais ou responsáveis por alunos menores de 14 anos, estudantes com idade igual ou superior a 14 anos e todos os alunos do ensino médio. Nas instituições onde não existem chapas inscritas ou aprovadas, quem indica os candidatos é o colegiado.

Para assegurar o bom andamento do processo existem nas escolas as Comissões Organizadoras, que são compostas por três ou cinco membros do colegiado. O grupo é composto por alunos, pais, professores, especialistas da educação e demais funcionários das instituições de ensino. Um dos membros da comissão é eleito coordenador dos trabalhos. Entre as atribuições da comissão está a de planejar, organizar e coordenar o processo eleitoral.

No dia da votação, os votantes devem comparecer às escolas portando um documento de identidade.  Nas escolas onde mais de uma chapa está inscrita vence a que tiver maioria simples dos votos. Já nas instituições de chapa única, para ser declarada vencedora, uma chapa deve obter mais de 50% dos votos. Votos brancos ou nulos também são contados como votados válidos. Se a chapa única não conseguir atingir a porcentagem mínima dos votos é realizada uma nova consulta à comunidade escolar. Outra consulta também ocorre se, nas escolas com mais de uma chapa, houver empate. Neste caso, uma nova votação acontece no dia 12 de junho.

Resultado

Nas escolas em que não houver empate, o candidato vencedor é conhecido no mesmo dia. Após o processo, as comissões enviam o resultado para a Superintendência Regional de Ensino (SRE), que encaminha à SEE. A Secretaria é a responsável por providenciar os atos de nomeação dos diretores e designação dos vices-diretores.

Plantão nas Superintendências

Para esclarecer dúvidas que possam surgir durante a votação todas as SREs farão plantão das 8h às 18h.  Além disso, todas as escolas terão um representante de cada SRE. As comissões que tiverem dúvidas poderão ligar ou enviar e-mail para a Superintendência de sua jurisdição.

fonte: Ag.Minas

Associação goleia em casa, Famorine e Cristalino são derrotados na Copa Alterosa

A segunda fase da Copa jornal Agora TV Alterosa está chegando a sua reta final. Neste sábado em Bom Despacho, 3 time locais participaram da competição.

No estádio Pedro Lino da Costa, o Famorine foi derrotado pelo Abadia de Martinho Campos por 2 a 1. Em Pompeu,  o Cristalino sofreu uma sonora goleada para o Cap por 7 a 0, que agora enfrenta o Verdão do bairro de Fátima na próxima fase.  Em Bom Despacho, a Associação demonstrou que está realmente forte para a disputa do título, ao vencer o Jusa Fonseca por 5 a 0.

Amanhã acontecem mais jogos da competição na região.

sexta-feira, 3 de junho de 2011

Inscritos para os Exames Supletivos já podem emitir comprovante definitivo de inscrição

Os cerca de 36 mil inscritos para os Exames Supletivos dos ensinos Fundamental e Médio já podem emitir o comprovante definitivo de inscrição (http://www.supletivomg.caedufjf.net) que deve ser apresentado nos dias das provas, 16 e 17 de julho de 2011. É pelo comprovante que o candidato pode confirmar os dados de sua inscrição, além da data, horário e local dos exames. As provas serão realizadas em 95 escolas das sedes de todas as Superintendências Regionais de Ensino (SREs), com exceção da SRE de Governador Valadares, que também terá prova no município de Mendes Pimentel. Na Região Metropolitana de Belo Horizonte, além da capital, os candidatos ainda fazem provas nos município de Betim, Contagem, Esmeraldas, Nova Lima, Ribeirão das Neves, Santa Luzia e Vespasiano.

O candidato que não conseguir obter o comprovante definitivo de inscrição deverá entrar em contato com a Fundação Fadep/Caed, responsável pela realização das provas, pelo e-mail supletivomg@caedufjf.br. Além do comprovante definitivo de inscrição, o candidato deve levar um documento oficial de identificação que contenha fotografia, data de nascimento, assinatura e filiação, preferencialmente o mesmo documento utilizado para fazer a inscrição. Apenas em Belo Horizonte, 9.148 pessoas se inscreveram para fazer a prova do ensino médio e 2.054 vão prestar o exame no ensino fundamental.

Faltando pouco mais de um mês para a realização das provas, a diretora de Jovens e Adultos da Secretaria de Estado de Educação, Edir Petruceli, orienta aos candidatos a estudar nesse período que antecede as provas. “Agora que os candidatos já fizeram a inscrição devem dar continuidade aos estudos. O programa com os conteúdos a serem cobrados nas avaliações está disponível na página do supletivo”, lembra a diretora.

Data das Provas

Os Exames Supletivos do Ensino Fundamental e Médio serão oferecidos por área de conhecimento. No ensino médio, as provas de Linguagem, Códigos e suas Tecnologias e Redação; Matemáticas e suas Tecnologias serão realizadas no dia 16 de julho. Já os exames de Ciências da Natureza e suas Tecnologias; Ciências Humanas e suas Tecnologias serão no dia 17. Os candidatos do Ensino Fundamental farão provas de Língua Portuguesa, Língua Estrangeira Moderna, Artes, Educação Física, Redação e Matemática no dia 16 de julho e de História, Geografia e Ciências Naturais no dia 17.

As provas serão realizadas nos períodos da manhã e da tarde, e os gabaritos oficiais serão divulgados no dia seguinte à realização do exame pelo site do supletivo. Serão considerados aprovados os candidatos que obtiverem um mínimo de 50% dos pontos em cada área de conhecimento. O resultado oficial dos Exames Supletivos será divulgado a partir do dia 22 de agosto, nos sítios eletrônicos www.educacao.mg.gov.br/supletivo e www.supletivomg.caedufjf.net.

 fonte: Ag. Minas

Presidente do Cruzeiro ameaça repórter após matéria que expõe seus bens


quinta-feira, 2 de junho de 2011

UNIPAC Bom Despacho promove 1º Encontro Técnico da Cadeia Produtiva de Leite e Derivados do Centro Oeste de Minas

Evento vai ocorrer dentro das Semanas Integradas do curso de Medicina Veterinária e será voltado para alunos e profissionais do laticínio de toda a região

De 8 a 11 de junho, a Faculdade Presidente Antônio Carlos de Bom Despacho e os acadêmicos do curso de Medicina Veterinária, participarão da Semana Integrada do curso de  Medicina Veterinária e do 1º Encontro Técnico da Cadeia Produtiva de Leite e Derivados do centro-oeste de Minas, com realização do Programa para o Desenvolvimento do Campo (PRODECAMPO).

O evento pretende integrar os alunos da área, além de envolver profissionais ligados ao setor de laticínios. As palestras ocorrem de 13h às 19h no Lions Clube de Bom Despacho, na sede da Faculdade e na cidade de Inhaúma.

Durante o primeiro dia do encontro, os alunos e profissionais terão palestras com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e com o Diretor de Captação e Transporte do leite da Embaré.  Para os próximos dias, também acontecem palestras sobre Queijo Minas Artesanal, com o Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA); Gestão de Laticínios, com o gerente geral do laticínio Luce; Importância Social do Búfalo na Produção do Leite e Derivados, com o diretor da Associação Mineira de Bubalinocultura); Mini-Curso Qualidade do Leite X Detecção de Fraudes e no último dia de evento visita técnica à Fazenda São João “True Type” – em Ihaúma/MG.

De acordo com o coordenador adjunto do curso de Medicina Veterinária, Fabrício Rodrigues Amaral, a Semana Integrada e o 1º Encontro Técnico foram pensados dentro da realidade do profissional da área e da atualização pessoal. “É muito importante para os alunos a interação com empresas diversas e os temas do setor que estão estudando, entender as dinâmicas e manter contato com as pessoas da área. O evento é direcionado a proprietários de laticínios, técnicos e todos os profissionais do setor”, explica.

Em parceria com a Cooperativa Agropecuária de Bom Despacho - Cooperbom, Embaré, Mavero e Laticínios Bom Destino, o evento é de grande atrativo para que profissionais tenham planejamentos e conheçam caminhos que devem ser seguidos para alcançar metas. Além de motivar alunos, professores e comunidades, a estratégia gera resultados positivos para todos que participam.

Programação

08/06 – Quarta-Feira – local: Lions Club de Bom Despacho
13h às 15h20 – Mastite: Ações para prevenir e controlar perdas (Prof. Mônica Maria de Oliveira).
15h50 às 16h – Momento empresarial Laticínios Bom Destino
16h às 17h – Mudanças na Instrução Normativa 51 (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento).
17h às 18h - Situação atual do mercado de lácteos (Dr. José Antônio Bernardes).

09/06 - Quinta-Feira – local: Lions Club de Bom Despacho
14h às 15h – Queijo Minas Artesanal (Dra. Ana Cristina Paiva).
15h às 16h – O papel do responsável técnico no laticínio (Messias Francisco Lobo Junior – Fiscal do CRMV – MG).
16h30 às 17h40 – Gestão de Laticínios (Antônio Carlos Oliveira – Gerente Geral do Laticínio Luce).
17h40 às 18h40– Importância social do búfalo na produção de leite e derivados (Dr. Eduardo Bastianetto. Pesquisador do INCT, Diretor de relações  institucionais da Associação Mineira de Bubalinocultura).

10/06 – Sexta-Feira – local: Faculdade Antônio Carlos de Bom Despacho
Mini-curso: Qualidade do Leite X Detecção de Fraudes

11/05 – Sábado – local: Inhaúma, MG.
Visita Técnica à Fazenda São João “True Type.






 Nara Lúcia Tavares
Analista de Comunicação e Marketing
Faculdade Presidente Antônio Carlos de Bom Despacho(37)3521-9550

Mitos e verdades sobre o câncer

Quando temos contato com uma pessoa que está com câncer sempre surgem diversas dúvidas: a doença é contagiosa? Afrodescendentes não desenvolvem câncer de pele? Desodorantes podem causar câncer de mama?


Para tirar as dúvidas dos familiares e dos pacientes com câncer, o Instituto Oncoguia, especializado em pesquisas sobre a doença, possui um artigo no qual explica se essas questões são mitos ou verdades. Confira algumas:

O câncer é contagioso?
Mito - Mesmo o câncer causado por vírus não é contagioso, ou seja, não passa de uma pessoa para a outra por contágio como ocorre com resfriados, por exemplo. No entanto, alguns vírus oncogênicos, isto é, capazes de produzir câncer, podem ser transmitidos através do contato sexual, de transfusões de sangue ou de seringas contaminadas utilizadas para injetar drogas.

O câncer tem cura?
Verdade - Embora a medicina indique, sempre, o tratamento individualizado e cada paciente responda de uma maneira particular às terapias, o câncer é curável, desde que diagnosticado precocemente e acompanhado corretamente.

Desenvolver um câncer é um castigo?
Mito - Há várias causas para o câncer, sobretudo tabagismo, consumo exagerado de álcool, maus hábitos alimentares, sedentarismo que são os principais responsáveis pelos casos de câncer.

Pessoas na minha família tiveram câncer, terei também porque o câncer é hereditário?
Mito - Em geral, o câncer não é hereditário. Há apenas alguns raros casos que são herdados, tal como o retinoblastoma, um tipo de câncer de olhos que ocorre em crianças. Entretanto, existem alguns fatores genéticos que tornam determinadas pessoas mais sensíveis à ação de carcinógenos, isto é, agentes que provocam o desenvolvimento de um câncer ou tumor maligno no organismo, o que explica por que algumas delas desenvolvem câncer e outras não, quando expostas a um mesmo carcinógeno ambiental. Mas, repetimos: o câncer não é comprovadamente hereditário.

A destruição da camada de ozônio aumenta as chances de se desenvolver algum tipo de câncer, principalmente o câncer de pele?
Verdade - Com a destruição da camada de ozônio, os raios UV-B e UV-C aumentam sobre a Terra. Os raios UV-B estão diretamente relacionados ao surgimento do câncer de pele e os raios UV-C são potencialmente mais carcinogênicos do que os UV-B.

Pessoas afrodescendentes não correm risco de ter câncer de pele?
Mito - Qualquer pessoa pode ter câncer de pele, no entanto aquelas com maior concentração de melanina na pele, como as pessoas afro-descendentes, apresentam menor incidência de tumores de pele. Embora seja raro, podem ter câncer de pele, principalmente na palma das mãos ou na planta dos pés. Por isso, todos devem proteger-se do sol usando chapéus e filtros solares adequados.

O uso de filtro solar protege contra todos os raios ultravioleta?
Mito - Nem todos os filtros solares oferecem proteção completa para os raios UV-B e UV-A. Como eles disfarçam os sinais de excesso de exposição ao sol, as pessoas não vêem as queimaduras e continuam se expondo. O problema é que radiações como as infravermelhas não são bloqueadas pelos filtros solares.

Câncer de pele é mais comum em pessoas com idade acima de 40 anos?
Verdade - Os efeitos nocivos do sol são cumulativos, por isso é comum que o câncer de pele e suas lesões apareçam após os 40 anos.

Charutos e cachimbos provocam menos câncer de pulmão que cigarros comuns?
Mito - Tanto os cigarros como os charutos e fumo para cachimbos consistem em folhas de tabaco secas, além de outras substâncias. Dentre aquelas já identificadas no tabaco e na sua fumaça, 43 são comprovadamente cancerígenas. Como há mais fumantes de cigarros do que de charutos e cachimbos, a ocorrência de c
âncer por cigarro é maior, no entanto charutos e cachimbos são igualmente perigosos.

O tabaco causa apenas câncer de pulmão?
Mito - O hábito de fumar é a principal causa do câncer de pulmão, laringe, faringe, cavidade oral e esôfago. Também contribui para o surgimento do câncer de bexiga, pâncreas, útero, rim e estômago, além de algumas formas de leucemia.

Um tumor pode ser causado por um trauma, por exemplo, uma pancada durante uma batida de automóvel?
Mito - A batida pode formar um caroço, que, em exames rotineiros, se assemelha a um câncer, mas é benigno. Outra coisa comum é que, a partir do choque, a preocupação da pessoa aumente e, através do toque mais freqüente ou outro exame, ela descobre um nódulo que já estava presente em seu corpo.

A maior incidência de câncer de pele ocorre na cabeça, no rosto e no pescoço?
Verdade - Isto porque estas são as áreas mais expostas à radiação.

Alimentos cozidos em forno de microondas podem provocar câncer?
Mito - As microondas não tornam o alimento radioativo, nem apresentam risco de exposição à radiação desde que usadas de acordo com as instruções. A exposição a altas doses de radiação por microondas pode ocasionar queimaduras ou cataratas nos olhos, mas a pequena quantidade que pode vazar de um forno caseiro não causa problemas.


Desodorante antiperspirante pode causar câncer de mama?
Mito - De forma alguma. Esse é um boato que circula na Internet, mas nada tem de verdadeira. Na axila nem existem células mamárias. Não existem pesquisas ou estudos que demonstrem haver qualquer ligação entre as duas coisas. O que pode acontecer é o entupimento de algumas glândulas sudoríparas, mas isso não afeta a mama.

Anemia transforma-se em leucemia?
Mito - A leucemia causa anemia, devido à diminuição do número da fabricação das células vermelhas. Quase todas as crianças que têm leucemia apresentam anemia. Mas nem todas as que têm anemia vão desenvolver leucemia. A anemia tem diversas causas como o excesso de menstruação e má alimentação.

Encontrei um nódulo em meu pescoço. Estou com câncer?
Mito - O auto-exame da tireóide é muito importante para detectar nódulos precocemente. No entanto, localizar um nódulo na tireóide não significa que você esteja com câncer. Procure seu médico que irá solicitar exames para verificar a importância do nódulo encontrado. A maioria dos caroços encontrados na tireóide é benigna.

Hipotireoidismo ou hipertireoidismo podem ser sintomas do câncer de tireóide?
Mito - Todas as pessoas que têm alguma alteração na atividade da tireóide devem consultar um médico e realizar os exames para verificar a causa desta alteração. Nesta avaliação, a ultra-sonografia pode detectar um nódulo. E muitos nódulos da tireóide são benignos.

É melhor ter vários nódulos que um só?
Mito - Estudos indicam que o fato de ter um ou vários nódulos não influencia na gravidade da doença. É importante lembrar também que nódulo nem sempre é câncer. 


Amamentar protege o peito do câncer de mama?
Verdade - Quando o bebê mama, as células mamárias ficam ocupadas com a produção de leite e se multiplicam menos, o que reduz o risco de contrair a doença.

Se eu faço o autoexame de mamas todos os meses não preciso fazer mamografia?
Mito - Normalmente, se você fizer o autoexame todos os meses e visitar seu médico anualmente, uma mamografia por ano é suficiente. Nem o autoexame, nem o exame médico, nem a mamografia são eficientes sozinhos. Alguns cânceres de mama são detectados apenas com a mamografia. Outros são detectados apenas com exame médico, por esta razão, a American Cancer Society (ACS) recomenda a mamografia, junto com o autoexame e o exame físico feito por um profissional de saúde.

O câncer de próstata causa diminuição de virilidade?
Mito - O toque retal não afeta o desempenho sexual de quem é submetido ao exame. Se a doença for descoberta ainda no início, o tratamento não influenciará a atividade sexual do paciente. Portanto não haverá riscos de perda de apetite ou desempenho sexual.

Um paciente com câncer de próstata pode ter perda da masculinidade?
Mito - A única alternativa médica possível para verificar se a próstata está normal ou se há alterações é realizar o exame de toque retal (pois o reto é a via natural de acesso à próstata por ter sua parede ligada a esse órgão). O exame em nada influencia a orientação sexual do paciente.
A frequência sexual interfere na ocorrência de câncer?
Mito - Especialistas afirmam que não há relação alguma entre a frequência sexual e o surgimento de câncer. Cabe aqui informar que a atividade sexual não ajuda a proteger as mamas contra o câncer. O que pode protegê-las contra doenças mamárias é a gravidez e a lactação.

Portal Eco Com informações do Oncoguia


Escola de Formação vai capacitar diretores da rede estadual sobre mediação de conflitos

Os diretores da rede estadual de ensino vão ter a oportunidade de receber orientações sobre a mediação de conflitos. “Com o lançamento da Escola de Formação, em agosto, a prioridade para a capacitação de diretores não vai ser apenas o campo da gestão, mas as questões relacionadas à mediação de conflitos”, destacou a secretária de Estado de Educação, Ana Lúcia Gazzola, na abertura da “Jornada de Sensibilização – Mediação de Conflitos nas Escolas da Rede Pública de Minas Gerais”, que teve início nesta quarta-feira (1º), na Secretaria de Estado de Educação (SEE). Além de representantes da SEE, a jornada contou com a participação dos órgãos do Governo de Minas que integram o Grupo de Trabalho Intersetorial para o enfrentamento das condições de violência nas escolas e os 47 diretores das Superintendências Regionais de Ensino (SREs).

Além de levar ao público participante o papel da Escola de Formação na mediação de conflitos, a jornada vai promover atividades de sensibilização e discussões que envolvem a participação das superintendências na adoção de princípios e práticas de mediação de conflitos nas áreas em que estão situadas. “Este é o momento certo. Estamos em busca de um caminho ideal, uma orientação para mobilizar a comunidade escolar para ações preventivas e de mediação”, lembra a diretora da SRE de Araçuaí, Elvane Chaves.

Na jornada, a diretora da SRE de Governador Valadares, Sandra Márcia Ferreira, destacou o trabalho já desenvolvido pela SRE, em parceria com a Polícia Civil, na cidade do Leste de Minas. “É um trabalho que fazemos desde o início do ano com professores das escolas estaduais que temos no município. São reuniões nas quais já discutimos o papel do educador e da escola no combate às drogas e questões relacionadas à violência doméstica e familiar. Isso tem facilitado muito o trabalho do tema dentro das escolas”, ressaltou a diretora da SRE de Governador Valadares.

Ações como as já desenvolvidas pela SRE de Governador Valadares vão contribuir para os trabalhos de mediação de conflito nas escolas estaduais. “A troca de experiência nesse momento é muito importante. A Escola de Formação tem que buscar experiências bem sucedidas como esta e trabalhar com todas as superintendências regionais de Ensino”, avalia a chefe de gabinete da SEE e coordenadora do Grupo de Trabalho Intersetorial, Sueli Pires.

Durante a manhã, os participantes puderam conhecer dois projetos desenvolvidos pelo Governo de Minas na área de mediação de conflitos. O primeiro deles é o Programa Mediação de Conflitos (PMC) da Secretaria de Estado de Defesa Social. Ele foi apresentado pela diretora de Resolução Pacífica de Conflitos, Ariane Gontijo Lopes. O projeto orienta as comunidades participantes em questões jurídicas, além de promover a articulação e organização de medidas preventivas. Já o Programa Mediar da Polícia Civil foi apresentado pela delegada da Superintendência de Investigações e Polícia Judiciária, Letícia Gramboge. Com essa ação, a Polícia Civil busca estreitar os laços de confiança entre polícia e comunidade com a resolução de conflitos e o estabelecimento de canais de relacionamentos.

No período da tarde, os participantes assistiram a uma palestra da subcoordenadora do Programa Polos de Cidadania e professora Associada da Faculdade de Direito da UFMG, Miracy Barbosa de Sousa Gustin, e participaram de debates sobre a mediação de conflitos no âmbito das SREs.

fonte: Ag. Minas

terça-feira, 31 de maio de 2011

No Dia Mundial sem Tabaco, OMS alerta que o cigarro pode matar 8 milhões até 2030


O cigarro deve matar em 2011 quase 6 milhões de pessoas em todo o mundo – dessas, 600 mil são fumantes passivos. O número representa uma morte a cada seis segundos. Até 2030, a estimativa da Organização Mundial da Saúde (OMS) é que 8 milhões de pessoas possam morrer em consequência do fumo.

A OMS classificou o tabaco como um dos fatores que mais contribuem para a epidemia de doenças não contagiosas como ataques cardíacos, derrames, câncer e enfisema. O grupo é responsável por 63% de todas as mortes no mundo. Dados indicam que metade dos fumantes deve morrer em razão de uma doença relacionada a esse hábito.

No Dia Mundial sem Tabaco, lembrado nesta terça-feira, 31 de maio, a OMS listou avanços no enfrentamento ao cigarro. Entre os destaques estão países como o Uruguai, onde os alertas sobre o risco provocado pelo cigarro ocupam 80% das embalagens. China, Turquia e Irlanda também receberam elogios por leis que proíbem o fumo em locais públicos.

Entretanto, menos da metade dos países que aderiram à Convenção de Controle do Tabaco (2003) e que enviaram relatórios à OMS registraram progresso no combate ao fumo. Apenas 35 de um total de 65, por exemplo, tiveram aumento nos investimentos para pesquisas no setor..

Um estudo feito pelo Ministério da Saúde mostra que entre 2006 e 2010 a proporção de brasileiros fumantes caiu de 16,2% para 15,1%. Entre os homens, a queda foi maior – o hábito de fumar passou de 20,2% para 17,9%. Entre as mulheres, o índice permaneceu estável em 12,7%. Pessoas com menor escolaridade (até oito anos de estudo) fumam mais (18,6%) que as pessoas mais escolarizadas - 12 anos ou mais (10,2%).

fonte: Portal Eco

Cadastramento Escolar 2012 começa na próxima segunda-feira, 6 de junho

Pais e responsáveis interessados em garantir vaga em uma escola pública próxima à residência para seus filhos devem ficar atentos a partir da próxima semana. Entre os dias 6 e 10 de junho será realizado o Cadastramento Escolar 2012. O levantamento é feito pelo Estado, em parceria com os municípios, e permite o planejamento das vagas para atender aos alunos que vão ingressar no Ensino Fundamental da rede pública no próximo ano.

Devem se cadastrar crianças com seis anos ou que irão completar até 31 de março de 2012 (inclusive na Educação Especial), alunos que estão se transferindo de outras localidades ou vindo de escolas particulares e os interessados em retornar aos estudos em qualquer ano do Ensino Fundamental (1º ao 9º ano). Em Belo Horizonte, o cadastramento deve ser feito nas agências dos Correios.

Os pais ou responsáveis devem levar originais e cópias da certidão de nascimento da criança e uma conta de luz recente. Na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH) e interior do Estado, o cadastramento deve ser feito nos postos definidos pelas comissões municipais de cadastramento. Além da certidão de nascimento, deve ser apresentado, original e cópia de comprovante de residência (conta de luz ou água). Os interessados em retornar aos estudos ou alunos de escolas particulares que desejam se transferir para a rede pública também devem apresentar o comprovante de escolaridade (original e cópia). Para informações sobre a localização dos postos de cadastramento, os interessados devem procurar as secretarias municipais de educação.

De acordo com a superintendente de Organização e Atendimento Educacional da Secretaria de Estado de Educação (SEE), Vera Vidigal, é importante ficar atento ao período da inscrição. “O cadastro é uma garantia de vaga na escola pública mais próxima de sua casa. Aquele candidato que não fizer o cadastramento, não fica sem uma vaga, mas será encaminhado, após a matrícula dos cadastrados, a uma escola que apresente vaga remanescente”, lembra a superintendente. Os alunos já matriculados no Ensino Fundamental na rede pública têm vaga garantida e, por isso, não precisam se inscrever.

Educação especial

Na Resolução nº 1.849, publicada no Diário Oficial do Estado em 14 de maio deste ano, a Subsecretaria de Desenvolvimento da Educação Básica da SEE, orienta que a inscrição para o cadastro escolar de candidatos com deficiência e/ou transtornos globais do desenvolvimento deve ser feita no mesmo período. No momento da inscrição, deve ser informado no formulário do cadastro escolar o tipo de deficiência e/ou transtorno global do desenvolvimento do candidato. Nesse caso, deverá ser feita a mesma classificação do Censo Escolar 2011.

A indicação da escola para a matrícula do aluno com necessidade especial deverá ser feita pela Comissão Municipal de Cadastro e Matrícula observando critérios como: escola pública comum da rede regular de ensino mais próxima da residência do candidato e em melhores condições de acesso; melhores condições de acessibilidade, conforme necessidade especial apresentada; existência de professores capacitados em educação inclusiva e/ou na área de deficiência e/ou transtornos globais do desenvolvimento a serem atendidos; existência de Atendimento Educacional Especializado - sala de recursos para o atendimento complementar, conforme necessidade do aluno.

Matrícula

O cadastrado em Belo Horizonte receberá no final de novembro ou início de dezembro, uma carta pelos Correios, com a indicação da escola para a qual foi encaminhado. Já na RMBH e interior do Estado, o comunicado será feito pela Comissão Municipal de Cadastro e Matrícula. O período de matrícula vai do dia 12 a 16 de dezembro de 2011. Os candidatos e alunos que possuírem carteira de identidade deverão apresentá-la no ato de matrícula. Em nenhuma hipótese, o cadastramento ou a matrícula em escola pública poderá ser condicionada a pagamento de taxa ou a qualquer forma de contribuição compulsória.

O Planejamento do Atendimento Escolar para 2012, formulado com base nos dados obtidos no Cadastro Escolar, na análise do fluxo escolar e na capacidade física das escolas, permite a expansão e/ou reorganização da rede pública de ensino para compatibilizar a demanda e oferta de vagas com o objetivo de atender os estudantes com mais qualidade. O último cadastramento, feito em 2010 para ingresso dos alunos em 2011, contou com 137.305 inscritos em todo Estado. De 2003 a 2009 foram mais de 1,5 milhão de inscritos para estudar nas escolas da rede pública de Minas Gerais.


 Fonte: Ag. Minas