Depois de 2010, quando Bom Despacho registrou mais de 3 mil casos de Dengue, a cidade revive mais um período crítico da doença. Segundo matéria divulgada no Jornal Estado de Minas, o índice de infestação já chega a 11,4%, enquanto que é permitido somente 1% pelo Ministério da Saúde.


Neste mês, os agentes de saúde do município percorreram vários bairros com o fumacê. Os lugares mais abrangidos foram lotes vagos, construções e casas abandonadas. O objetivo é notoriamente evitar o que ocorreu em 2010, quando a doença quase atingiu 10% da população.

Os dados são preocupantes, e a Secretaria de Saúde promete reunir os agentes para que os focos sejam reduzidos o mais rápido possível. A intenção é acabar com qualquer risco de dengue na cidade.

Os casos da Dengue mais graves são as do tipo 3 e 4, que podem até levar a morte do paciente. Em Bom Despacho, somente a primeira chegou a ser registrada pela Secretaria Municipal de Saúde, a outra, ainda gera preocupação dos principais órgãos de saúde da cidade.

Minas tem Queda no índice ( Trecho da reportagem do Jornal Estado - Publicação: 10/01/2012)


Em 2011, foram registrados 64.480 casos de dengue em Minas Gerais. Assim como aconteceu em Bom Despacho, o número de pacientes com doença caiu consideravelmente: em 2010 foram 183.607 pessoas infectadas. No ano passado foram registradas 23 mortes por complicações da dengue, enquanto no ano anterior, foram registrados 106 óbitos. Os casos de morte por dengue hemorrágica, também tiveram uma queda de 179 em 2010 para 47 em 2011.

Comentários