Caixa abre lotéricas em cerca de 300 municípios até o fim do ano


A Caixa Econômica Federal quer abrir até o fim deste ano lotéricas em cerca de 300 municípios. Nessas localidades, nenhuma loja foi inaugurada até hoje. A meta  coincide com o aniversário de 50 anos das loterias da Caixa, comemorados neste sábado (15).
O gerente nacional de Loterias da Caixa, Edilson Carreira, explica que por uma série de exigências que devem ser flexibilizadas, os empresários encontravam dificuldades para abrir uma loja. “A Caixa está atuando para  ter até o fim do ano licitações adequadas à realidade de cada um desses municípios e democratizar o acesso a serviços nas lotéricas”, disse Carreira à Agência Brasil.
Ele lembra que além de oferecer dez modalidades de apostas (Mega-Sena, Lotofácil, Quina, Dupla Sena, Lotomania, Timemania, Loteca, Lotogol, Loteria Instantânea e Loteria Federal) e ter oficializado o bolão, as lotéricas facilitam uma série de serviços, como agentes bancários. Lá, as pessoas podem pagar e abrir contas, além de receber benefícios.
A principal atividade das lotéricas, no entanto, são as apostas. O porteiro Nelson Ramos conta que joga quase toda semana,  nos mesmos números. “Eu vou jogar até vencer”, diz, com a confiança de quem já  ganhou alguns trocados. “Persigo a sorte e ela me persegue”, completa. A comerciante  Márcia Lucas, que conheceu um vencedor da Mega Sena, acredita que “sua hora chegará”.
Devido a mudanças na maneira como os jogos são feitos nas últimas cinco décadas, a Caixa não tem o total pago em prêmios até hoje. Nos últimos cinco anos, foram arrecadados R$ 36,8 bilhões, dos quais R$ 17 bilhões foram destinados a ações nas áreas de seguridadade social, saúde, segurança e esporte, outro incentivo para que o brasileiro continue apostando, diz o gerente.
“A sétima colocação do Brasil nas Paralimpíadas de Londres demonstra o grande investimento e os resultados que eles trazem para o esporte brasileiro, se você pensar que o maior incentivo do paradesporto são as Loterias Caixa que proporcionam”, destacou. Neste ano, os atletas brasileiros com deficiência  conseguiram a melhor colocação da história.
Para comemorar os 50 anos das loterias da Caixa será feito hoje um sorteio de R$ 1 milhão, às 20h25, pelo Caminhão da Sorte. com show de Martinho da Vila, na Lapa, centro do Rio.

fonte: Ag. Brasil

Comentários