sexta-feira, 17 de maio de 2013

PROCON-MG multa Coca-cola por não informar quantidade exata de refrigerante em embalagens


Fabricante da marca terá que pagar R$ 460 mil por mudança não ter sido comunicada. Garrafas de Sprite, Fanta, Kuat e Coca-Cola tiveram suas embalagens reduzidas de 600ml para 500ml



A Refrigerantes Minas Gerais Ltda, fabricante de Coca-Cola, terá que pagar uma multa definida pelo Procon-MG e mantida pelo Superior Tribunal de Justiça por ter reduzido o volume de refrigerante das embalagens de 600ml para 500ml. A fabricante, que foi comprada pela Coca-Cola Femsa em 2008, terá que pagar quase R$ 460 mil por ser acusada de reduzir as garrafas de Coca-Cola, Sprite, Fanta e Kuat sem informar adequadamente os consumidores, mesmo tendo diminuído proporcionalmente o preço. 

Para o órgão mineiro, a empresa “maquiou” o produto, praticando aumento disfarçado de preços. Segundo a Femsa Brasil, a mudança ocorreu em 2006 em partes de Minas Gerais e da Região Serrana do Rio de Janeiro e outras fabricantes continuam produzindo embalagens de 600ml. Por meio de nota enviada ao Mundo do Marketing, a Coca-Cola Femsa informou que tem como política não se pronunciar sobre detalhes de processos judiciais em andamento.

fonte: mundo do marketing 

Nenhum comentário:

Postar um comentário