Suspeito de atropelar policial em blitz na LMG-801 se apresenta à polícia

Jovem de 25 anos se prestou depoimento e foi liberado. Ele responderá ao processo em liberdade




Simone Lima - Jornal Estado de Minas



O motorista Michel Antônio da Silva, de 25 anos, que atropelou um policial militar neste domingo em Leandro Ferreira, no Centro-Oeste de Minas, se apresentou no final da tarde de segunda-feira na Delegacia de Nova Serrana. Ele estava acompanhado de um advogado, prestou depoimento e saiu em liberdade. 

Ao perceber que seria parado por uma blitz, que estava sendo realizada na LMG-801, que liga a BR-262 a Leandro Ferreira, Michel acelerou o carro em cima do tenente Hudson Silva Oliveira, de 49 anos. Ao perceber que seria atropelado, o militar pulou em cima do capô do veículo. O suspeito, ao invés de parar, decidiu acelerar ainda mais o carro.

O policial agarrou-se ao limpador de para brisa e ficou pendurado por mais de 1 quilômetro. Quando o motorista entrou em uma estrada vicinal, o tenente pulou. Ele teve várias escoriações e quebrou o pé. 

A namorada do suspeito, uma jovem de 22 anos, também estava no veículo e foi detida no final da tarde de domingo. Ela foi ouvida e liberada. Michel permaneceu foragido por mais de 20 horas, até que decidiu se entregar. Ele responderá ao processo em liberdade.

Comentários