sexta-feira, 31 de maio de 2013

Dez cidades que multam quem joga lixo no chão


A partir de julho o Rio de Janeiro vai começar a multar o cidadão que jogar lixo no chão das ruas. Enquanto a cidade brasileira espera esse momento, outras ao redor do mundo já penalizam quem pratica essa ação. Conheça dez cidades onde a lei está dando certo, listadas pelo site Green Savers.


Austin, Estados Unidos

Austin é apenas uma das cidades do Texas que prevê multas de até € 390 (cerca de R$ 1.030) para quem coloca até dois quilos de entulho na rua. O lixo atirado no chão entra nesta regra, sendo que a multa aumenta conforme o peso dos resíduos. Se estivermos falando de resíduos comerciais, a multa pode chegar aos € 7.750 (algo em torno de R$ 20.500).


Cidade do Cabo, África do Sul

Na Cidade do Cabo, as multas variam entre € 40 (R$ 105) e € 800 (2.120). Em alguns casos, pode ocorrer a prisão de seis meses a dois anos para situações mais sérias. A lei determina que é ilegal atirar qualquer tipo de lixo em locais públicos ou que tenham acesso público, o que inclui ruas e propriedades desocupadas.

Dubai, Emirados Árabes Unidos

 É considerada uma das cidades mais limpas do mundo, sendo proibido cuspir em público, atirar lixo ou pontas de cigarro no chão.

Dublin, Irlanda

Dublin é uma das muitas cidades globais onde há multas para quem atira lixo nas ruas. A cidade gasta mais de € 31 milhões (R$ 82,5 milhões), todos os anos, com a remoção de entulho e limpeza. As multas variam entre € 150 euros (R$ 400) e € 3 mil (R$7.960).
Edimburgo, Escócia

Atirar lixo na rua, em Edimburgo, pode valer uma multa de € 58 (R$155). Se a multa não for paga o valor aumenta e é feito um relatório ao procurador fiscal.
Hong Kong, China

Esta cidade não perdoa quem destina inadequadamente o lixo. Deixá-lo na rua ou deixar fezes de animais em locais públicos vale uma multa de € 155 (R$ 410). Também é proibido alimentar pombos e outros pássaros.
Londres, Inglaterra

É outra cidade britânica que impõe, desde 2005, regras duras para quem comete crimes ambientais que degradam as ruas. Atirar bitucas de cigarros está na lista.
Miami, Estados Unidos

Uma lei estadual determina uma multa para quem atirar lixo nas ruas de Miami. As multas vão de € 40 (R$105) até € 7.750 (R$20.565). Ah, e tem a obrigatoriedade de retirar o respectivo lixo.
Paris, França

Há uma campanha de publicidade, nas ruas de Paris, que avisa os cidadãos para as multas de jogar lixo no chão. Os pagamentos podem ir até aos € 65 (R$ 175).

Singapura

Esta é outra das cidades com pesadas multas para quem joga lixo no chão. A multa começa nos € 235 (R$ 615) e pode ir até aos € 3.875 (R$ 10.285). A cidade já foi considerada a mais limpa do mundo.

quinta-feira, 30 de maio de 2013

Faculdade de Educação de Bom Despacho (FACEB) lança Cursos Técnicos



       A Faculdade de Educação de Bom Despacho (FACEB), atendendo à sua Missão Institucional, que é “Contribuir para a formação e fixação de profissionais de qualidade para o mercado de trabalho de Bom Despacho e região centro-oeste de Minas, por meio de uma gestão focada na satisfação do aluno e de parcerias autossustentáveis com o setor governamental e produtivo que estimulem o desenvolvimento socioeconômico regional, assegurando o diferencial de seus resultados educacionais”, oferecerá em seu portifólio, cursos técnicos, que funcionarão a partir do 2º semestre de 2013 na sede da Faculdade, localizada na BR 262, Km 480, Bom Despacho/MG.

       A FACEB destaca-se entre as 15 melhores Faculdades de Minas Gerais e é considerada a melhor instituição de ensino do centro-oeste mineiro, de acordo com o último censo realizado pelo Ministério da Educação. Visa alcançar uma formação superior que possa contribuir e influenciar no desenvolvimento das áreas sociais, políticas e educativas através da preparação de profissionais para a sociedade.

       A Faculdade de Educação Bom Despacho tem em seu portifólio, 11 (onze) títulos de cursos técnicos: Administração; Contabilidade; Enfermagem; Meio Ambiente; Segurança do Trabalho; Manutenção e Suporte em Informática; Edificações; Design de Interiores; Eletrônica; Agricultura e Agropecuária. Os cursos serão oferecidos nos turnos manhã e noite (dependendo da formação de turma). Os preços foram adequados à realidade da região após pesquisas de mercado.

       De acordo com a Diretora dos cursos técnicos da FACEB, Giane Ferreira, a demanda por profissionais de nível técnico nas empresas é cada vez maior, e consequentemente, os alunos egressos do ensino médio ou que estejam cursando, cada vez mais buscam a formação técnica. “Com este projeto temos a possibilidade de atendermos a demanda do mercado com a excelência educacional que é a marca da instituição, fornecendo às empresas profissionais com competências técnicas e comportamentais e permitindo aos alunos o acesso mais rápido ao mercado de trabalho”.

       Os cursos técnicos prezam pela profissionalização do técnico de nível médio e destinam-se a pessoas que já concluíram o ensino médio ou estão cursando este nível de ensino pela via regular (qualquer série) ou pela Educação de Jovens e Adultos – EJA (cursos presenciais, semipresenciais ou à distância, ou exames supletivos) nos termos do artigo 36 da Lei nº 11.741/2008. Nas situações em que o candidato estiver cursando o Ensino Médio concomitante com o curso técnico, ele deverá comprovar, por ocasião da rematrícula no

       Módulo seguinte, que o Ensino Médio está em andamento ou foi concluído.

       O horário de funcionamento será de segunda a sexta-feira, nas dependências da UNIPAC Bom Despacho, localizada às margens da BR 262, Km 480, próximo ao trevo de Bom Despacho/MG.

       A FACEB oferece como diferenciais em seus cursos técnicos: corpo docente com ampla experiência de mercado e na docência, infraestrutura adequada com salas amplas, arejadas, rede de acesso à internet, salas com aparelhos multimídia, laboratórios, biblioteca totalmente equipada e com acervo bibliográfico diversificado, além da metodologia de ensino que privilegia a prática.

       Para mais informações sobre os cursos técnicos ligue no 0800 283-0880 ou acesse o site institucional: www.facebcursostecnicos.com.br




Prefeito espera que Código de Postura seja aprovado pela Câmara Municipal

O Prefeito Fernando Cabral (PPS), muito cobrado até o momento, disse em entrevista concedida à rádio Difusora que espera que o Código de Posturas seja aprovado pela Câmara Municipal. O projeto prevê multas de R$ 600 a R$ 6,4 mil para o cidadão que descumprir qualquer artigo do conjunto de normas.

O Código de Posturas é um dos projetos mais polêmicos da história da cidade. O chefe do Executivo disse que alguns 'boatos estão sendo feito por gente desempregada na Praça da Matriz' sobre o Código de Posturas Municipais.

Além deste projeto, o Prefeito lembrou que a cidade está em Operação Tapa Buracos, como é o caso da Avenida Dr. Juca. Ele também esclareceu que é mentira a cobrança de imposto de quem tem sepultura no Cemitério.

A entrevista  está na íntegra no FACEBOOK  e foi editada pelo radialista Rosemberg Rodrigues.

quarta-feira, 29 de maio de 2013

Cemig informa atendimento e previsão do tempo para o Feriado Corpus Christi e Final de Semana



A Companhia Energética de Minas Gerais – Cemig informa que, em função do feriado de Corpus Christi, nas cidades em que houver feriado municipal, como Belo Horizonte, as agências e postos de atendimento da Empresa não funcionam nesta quinta-feira (30/5). Nesse dia, solicitações de serviços e reclamações podem ser feitas pelo Fale com a Cemig, no telefone 116 – que funciona 24 horas por dia. A Agência Virtual, disponível no site da Cemig (www.cemig.com.br), também oferece diversos serviços com conforto e segurança para os clientes da Companhia.
Pelo celulartambém é possível comunicar com a Cemig pelo Cemig Torpedo, falta de energia, consultar última fatura vencida não paga ou enviar leitura com mensagens de texto (SMS) para o número 29810. O serviço é gratuito.
As agências e postos de atendimento da Cemig voltam a funcionar normalmente na sexta-feira (31/5), a partir das 8h.

Previsão do tempo

Condições atmosféricas

De acordo com o meteorologista da Cemig, Arthur Chaves, nos próximos dias, uma frente fria está se deslocando entre a região Sudeste e o Sul da Bahia, contribuindo para a ocorrência de chuvas e queda de temperatura nessas regiões.

“As temperaturas continuarão baixas na quinta e na sexta, variando entre 15°C e 24°C. Já no fim de semana, a temperatura mínima cai, ficando em torno de 13°C, enquanto  que as máximas ficam em torno de 25°C”, afirma.


Capital e RMBH

Em Belo Horizonte e Região Metropolitana, na quinta-feira, a previsão é de céu nublado ao longo de todo o dia, com possibilidade de chuva a qualquer hora. Na sexta-feira, a nebulosidade diminui, mas ainda há chance de chuvas isoladas. Nos dias 1º e 2 de junho, o céu varia entre o claro e parcialmente nublado, com baixa probabilidade de chuvas.

Interior

Durante o feriado, a previsão é de chuvas isoladas em boa parte das regiões do Estado, com destaque para o Sul, Triângulo, Oeste, Zona da Mata e Centro, no dia 30, com as chuvas deslocando-se para o Norte e Vales do Rio Doce, Mucuri e Jequitinhonha entre os dias 30 e 31. Já no dia 1º de junho, a previsão é de chuvas na faixa Norte, na divisa com a Bahia, enquanto que nas demais regiões diminuem as chances de chuva. Finalmente, no domingo (2/6) uma nova frente fria chega ao Estado, provocando chuvas na divisa de Minas com São Paulo, ou seja, no Sul e Triângulo Mineiro. Devido à alta nebulosidade, as temperaturas mínimas não caem tanto e permaneceram em torno dos 11°C no Sul, enquanto que as máximas, também devido à alta nebulosidade, não passam dos 28°C no Norte de Minas.

terça-feira, 28 de maio de 2013

Prefeitura informa programação de 1º de Junho

Bom Despacho terá dia de gala no seu 101º aniversário. A festa começará às 8 horas com hasteamento da bandeira e hino nacional tocado pela Banda Militar do 7º Batalhão. Depois virá o desfile na Rua Dr. Miguel. Neste ano, com muito mais animação.
Depois do desfile virão atrações artísticas e esportivas. Os espetáculos e apresentações começarão às 10h30 e irão até as 23 horas.
É primeira vez que Bom Despacho comemora seu aniversário com 15 horas de festas e atividades para toda a família: crianças, jovens, idosos, adultos. Há lugar para todos.
A festa continuará no dia 2, com corridas e caminhadas.
Clique no Cartaz!

Jovens comemoram revogação da Lei Complementar 22/2011

Os vereadores de Bom Despacho  votaram ontem, 27,  a revogação da Lei Complementar 22/2011, que autoriza eventos de grande porte de 3 em 3 meses. O pedido foi feito pelo vereador Dr. Fernando Lamounier (PHS), aprovado por 8 a 1. 

"Não acredito no  argumento sobre que realização de shows artísticos tiram dinheiro da cidade", lembrou  Dr. Fernando Lamounier no plenário. 

Entre os presentes no plenário estavam membros da diretoria do Sindicato Rural de Bom Despacho, promotores de evento, além de alguns jovens. 

A Lei Complementar 22/2011 foi aprovada por unanimidade em 2011. A determinação foi para evitar a realização de shows artísticos de 3 em 3 meses. Agora com a sua revogação, eventos deste perfil poderão ocorrer sem que haja algum limite de tempo. 

segunda-feira, 27 de maio de 2013

Bom Despacho volta a sofrer com a falta da coleta de lixo

 Desde o final do ano passado, o povo de Bom Despacho tem de conviver com o lixo espamarrado pela cidade inteira. Neste final de semana, o bairro Esplanada ficou com as suas esquinas cheias , devido falta de coleta, realizada pela última vez na sexta-feira, 24.  

Na manhã desta segunda-feira, caminhões da Prefeitura já estavam coletando o lixo que ficou amontoado nas ruas do bairro.

Desde o seu início de mandato, o Prefeito Fernando Cabral tem tentado regular este serviço na cidade, mas até agora os bondespachenses  ainda convivem com o problema. No último mês de abril, apenas um caminhão coletor estava em condições de uso. Com isso, a coleta passou ser feita somente caminhões caçamba.   


domingo, 26 de maio de 2013

Bolsas femininas têm mais micróbios do que sanitários

Estudo feito por companhia britânica revela que o creme de mãos, batons e estojos de maquiagem são os itens mais sujos que as mulheres carregam nas bolsas


Alana Gandra, da 

Rio de Janeiro - O professor do Instituto de Microbiologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Maulori Cabral, confirmou à Agência Brasil que bolsas femininas têm mais micróbios do que na maioria dos vasos sanitários, como é apontado porestudo da empresa Initial Washroom Hygiene, do Reino Unido, especializada em limpeza de banheiros públicos.
“Tem mais micróbios na superfície das bolsas das mulheres do que na superfície dos vasos sanitários. As mulheres colocam a bolsa em tudo que é lugar. Pegam na bolsa o tempo todo e ficam passando micróbios da mão para a bolsa. E ninguém passa água sanitária na bolsa”, diz.
O estudo feito pela companhia britânica revela que o creme de mãos, batons e estojos demaquiagem são os itens mais sujos que as mulheres carregam nas bolsas. Maulori Cabral concorda com a pesquisa. “É o que ela [mulher] toca mais, mas, pelo lado de fora”. Ele explicou que os batons, sozinhos, já têm agentes antimicrobianos. O mesmo ocorre em relação ao creme para mãos. Já os frascos que contêm o creme estão a todo momento sendo segurados pelas mãos femininas.
Maulori Cabral esclareceu que quando uma pessoa segura algum objeto, transfere para ele parte da sua microbiota. “Todo bicho vivo que você conhecer tem uma população de micróbios associada ao próprio corpo. Cada pessoa tem as suas populações bacterianas. Esse conjunto de populações bacterianas que está associada ao corpo denomina-se microbiota”, disse.
Cabral descartou, entretanto, que o fato de as bolsas femininas apresentarem mais micróbios que a superfície de vasos sanitários põe em risco a saúde humana. “De maneira nenhuma. Isso tudo é injeção de pânico”. A microbiota faz parte da evolução dos seres vivos. Cada pessoa carrega cerca de 100 trilhões de bactérias. “O corpo adulto é formado por 10 trilhões de células que são descendentes da fecundação, ou seja, da nossa origem embrionária”. Quando a criatura nasce, se contamina com bactérias, inclusive da própria mãe e, quando fica adulta, carrega dez vezes mais bactérias do que células embrionárias. “Quando você encosta em uma coisa, passa para ela seus micróbios”.
Na avaliação do virologista, lavar as mãos de forma frequente não reduz o número de bactérias presentes nas bolsas das mulheres. O que precisa é lavar as mãos sempre antes das refeições e depois de ir ao banheiro. “Quando lava as mãos, você não se livra dos seus micróbios; você se livra dos micróbios dos outros. Porque os seus fazem parte da sua microbiota. Os dos outros é que podem fazer mal a você, ou não”.