sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Energia obtida por cientistas através do esgoto pode ajudar a tratar água


esgoto-ecod.jpg

Cientistas norte-americanos podem ter descoberto uma nova forma de produzir energia limpa a partir da águas residuais, segundo um novo estudo de cientistas da Universidade de Stanford, publicado na segunda-feira, 16 de setembro, no periódico Proceedings of National Academy of Sciences (PNAS).

Engenheiros desenvolveram um método mais eficiente que consiste em utilizar micróbios para obter eletricidade a partir da água residual, informou à AFP. Eles esperam que esta técnica possa ser usada em usinas de tratamento de esgoto para neutralizar os poluentes orgânicos em "zonas mortas" de lagos e mares onde o desague de fertilizantes exaure o oxigênio, sufocando a vida marinha.

Por enquanto, a equipe de pesquisadores da Universidade de Stanford começou a trabalhar em pequena escala, com um protótipo do tamanho de uma pilha D, que consiste em dois eletrodos (um positivo e um negativo) mergulhados em uma garrafa de água residual, cheia de bactérias.

À medida que as bactérias consumiram a matéria orgânica, os micróbios se concentraram em torno do eletrodo negativo, expulsando os elétrons, que foram capturados, por sua vez, pelo eletrodo positivo. "Chamamos isto de pesca de elétrons", explicou o engenheiro ambiental Craig Criddle, um dos principais autores do estudo. "É possível ver que os micróbios constroem nanofios para descarregar o excesso de elétrons", acrescentou Criddle.

Os cientistas há muito conhecem estes micróbios, denominados de exoeletrogênicos, que vivem em ambientes sem ar (anaeróbicos) e que são capazes de "respirar" óxidos de minerais no lugar de oxigênio para gerar energia.

Eficiência energética

Ao longo dos últimos 12 anos, alguns grupos de pesquisa testaram abordagens diferentes para transformar estes micróbios em biogeradores, mas se mostrou difícil aproveitar a eficiência energética.

Segundo os cientistas, seu novo modelo é simples, porém eficiente, e consegue aproveitar cerca de 30% da energia potencial das águas residuais, aproximadamente a mesma taxa de painéis solares disponíveis comercialmente.
Eles admitiram existir menos energia potencial disponível nas águas residuais do que nos raios solares, mas afirmaram que o processo tem um benefício adicional: limpar a água. Isto significa que pode ser usado para compensar parte da energia utilizada atualmente para tratar o esgoto.

Portal: Ecodesenvolvimento

Após caso do rato, Coca-Cola abre as portas de fábricas

Iniciativa é uma resposta da marca ao caso do consumidor que alega ter encontrado uma cabeça de rato em uma garrafa do refrigerante. Filme mostra processo de produção


Por Luisa Medeiros | 26/09/2013

luisa@mundodomarketing.com.br

A Coca-Cola publicou nesta quinta-feira, 26, no seu canal do YouTube um vídeo que mostra o processo de fabricação da bebida e sua trajetória ao longo de 127 anos de história. No filme “Conheça a Verdade Sobre a Coca-Cola” a marca afirma: “O segredo para se manter como a maior marca de bebidas do mundo durante todo este tempo é simples de entender: é porque levamos muito a sério a qualidade do nosso produto”.

Ao final da produção, a companhia convida os consumidores para conhecerem uma de suas fábricas e disponibiliza um telefone para agendamento. Enquanto mostra cenas das máquinas em funcionamento a narração diz: “Cada garrafa de Coca-Cola passa por um rigoroso controle de qualidade (...) os padrões de fabricação de Coca-Cola são repletos de cuidados e segurança. Um sensor de alta precisão avalia cada garrafa fabricada. O que estiver fora dos padrões mundiais de qualidade de Coca-Cola é descartado, eliminando as possibilidades de que uma garrafa saia de nossas fábricas sem estar em perfeitas condições (...)  Venha conhecer uma de nossas fábricas”.

A equipe de reportagem do Mundo do Marketing entrou em contato pelo telefone informado para agendar uma visita. Não há opção no menu eletrônico para este agendamento, mas no atendimento com a telefonista os dados pessoais foram solicitados e fomos informados de que uma fábrica mais próxima entraria em contato dentro de no máximo cinco dias. O prazo para a visita depende da disponibilidade de cada unidade. A iniciativa é uma resposta da marca ao caso do consumidor que alega ter encontrado uma cabeça de rato em uma garrafa de dois litros do refrigerante. O caso foi noticiado em diversos veículos de comunicação, inclusive no Mundo do Marketing, ao longo da semana do dia 13, e se espalhou nas redes sociais com a hashtag #ratocola.
Em nota, a Coca-Cola se posicionou sobre a iniciativa:
"Produzimos o vídeo para apresentar aos nossos consumidores os padrões de qualidade e segurança que utilizamos na produção das nossas bebidas. A maioria das fábricas já recebe visitas diariamente e este é um programa permanente do Sistema Coca-Cola Brasil que só deverá crescer a partir deste convite feito no vídeo".
Veja o vídeo: 

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Prefeitura anuncia concurso para diversos cargos


Após agradecer aos seis vereadores que aprovaram a criação de mais de 100 vagas na prefeitura, o prefeito Fernando Cabral anunciou que já iniciou o processo para realizar o concurso para provimento dos cargos.

No total, são 110 vagas, sendo 35 para gestor público, 50 para técnicos em gestão pública, 10 para  auditor fiscal e 15 para Fiscal Municipal. (Os projetos de lei do prefeito previam 115 vagas, mas emendas defendidas pelos vereadores José Ivo e Pedro Paula reduziram as vagas para 110).

Os vereadores que aprovaram as leis necessárias para a criação das vagas foram: Roberto Gontijo, Keké, Ricardinho Alvarenga, Robertão Cordeiro, Mauro Cintico e Maurício do IMA.



Segundo o prefeito Fernando Cabral "esses vereadores compreenderam a importância de modernizar a administração municipal. Reconheceram, também, a importância de criar empregos para os bom-despachenses que estão preparados para melhorar ainda mais a atuação da prefeitura."

Mas, segundo prefeito, "o concurso não será fácil. Os interessados devem começar a estudar. As provas devem demorar quatro ou cinco meses. É tempo suficiente para todos se prepararem. Recomendo que os interessados comecem a estudar hoje mesmo".

Sobre os vereadores que votaram pela aprovação da lei, o prefeito comentou: "esses vereadores compreenderam a importância de fazemos concursos públicos para acabarmos com os contratos temporários e acabarmos com a falta de profissionalização no serviço público." Depois, acrescentou: onde há muitos contratos temporários há sempre prejuízo para o trabalhador e para o contribuinte. Vamos continuar lutando para fazer mais concursos, até que os contratos temporários sejam coisa do passado."


PROERD REALIZA PALESTRAS NA SEMANA NACIONAL DO TRANSITO EM BOM DESPACHO

Nos dias 20 e 24 de Setembro de 2013, os militares do PROERD da Cidade de Bom Despacho, Sargento Aurélio e Cabo Cristiane realizaram palestras sobre o tema da Semana Nacional do Trânsito deste ano: “Álcool, outras drogas e segurança no trânsito: efeitos, responsabilidades e escolhas". Palestras foram ministradas para 260 alunos do 5º ano das Escolas Egídio Benício de Abreu, João Dornas e Millenium. Na oportunidade foram distribuídos panfletos de Dicas PM.
                       
O objetivo das atividades foi envolver os alunos de maneira educativa e participativa, conscientizando-os sobre assuntos importantes inerentes à segurança no trânsito, responsabilidades e deveres de pedestres e condutores.



Assessoria de Comunicação Organizacional - 7º BPM

Promotor abre inquérito civil para apurar abandono da Biquinha

Praça da Biquinha está sumindo, diz promotor de Bom Despacho.  Prefeito diz que local precisa de revitalização, mas falta verba.
Foto tirada antes do abandono da praça. (Foto: Giovani Vieira/ Arquivo Pessoal)
Foto tirada antes do abandono da praça.
(Foto: Giovani Vieira/ Arquivo Pessoal)

Foto mais recente tirada no dia 19 de setembro mostra atual situação. (Foto: Giovani Vieira/ Arquivo Pessoal)
O promotor de Meio Ambiente e Patrimônio Histórico e Cultural, Giovani Vieira, iniciou um inquérito civil para apurar o abandono de uma praça de Bom Despacho. O local que é tombado pelo patrimônio tem aos poucos perdido suas características.
A Praça da Biquinha fica bem no Centro da cidade, próximo da matriz. Segundo o promotor, o local era cercado por árvores e bambuzais, cenário que hoje está bem diferente. O prefeito da cidade, Fernando Cabral, diz que praça precisa de revitalização, mas, falta verba.
O representante do Ministério Público afirma que está agindo de ofício, ou seja, não foi provocado pela população. Ele mesmo observou que a praça estava “sumindo” e o que antes era um espaço com bastante verde agora só tem mesmo a fonte (bica), que é um dos marcos da história da cidade. O promotor aguarda um laudo pericial que será expedido pela Promotoria de Justiça do Patrimônio Histórico, com sede em Belo Horizonte. “Deve levar ainda uns dez dias para esse laudo comprobatório ficar pronto, mas, é certo que a praça está praticamente destruída”, lamentou.
A preocupação do promotor é principalmente em relação aos crimes ambientais que ocorreram na praça, segundo a Lei 9605/98. “É preciso responsabilizar todos aqueles que concorreram para esse ato. Acredito que houve uma intervenção indevida no local, sem amparo técnico, crime previsto nos artigos 62 e 63 da referida lei”, comentou.
Os artigos citados pelo promotor dizem, em suma, respeito a: “destruir, inutilizar ou deteriorar bem protegido por lei ” e ” alterar o aspecto ou estrutura de edificação ou local especialmente protegido por lei”. Além disso ele acredita que a situação possa caracterizar ainda “improbidade administrativa”. Situação que segundo o promotor não pode continuar desta forma. ” A praça está descuidada, abandonada, é um bem público entregue ao descaso, faltou empenho”, esclareceu.
O promotor informou ainda que a responsta dada pelo prefeito sobre o caso não convenceu. ” Ele informou que o local era esconderijo de marginais e que por isso retirou a folhagem. Se for assim não teremos mais praças porque esses locais em todos as cidades podem servir de ponto para usuários”, desabafou.
O prefeito Fernando Cabral informou à reportagem do G1 que prestou as informações necessárias requisitadas pela promotoria. Segundo ele a Praça Biquinha não tinha árvores, mas, somente alguns arbustos do tipo “pingo de ouro”, plantas que para ele são consideradas ornamentais e portanto, passíveis de serem retiradas da praça e de outros locais da cidade onde elas existiam sem causar prejuízos. “Nenhuma árvore foi removida. O que tinha lá era uma  moita de bambu que foi incendiado pelos próprios marginais que costumam frequentar o local. Eles colocaram fogo na base, aí caiu, isso é bem comum às margens das rodovias. Provavelmente foi um incêndio criminoso. Tivemos que cerrar para permitir que o bambu volte a brotar, mas, tive notícia que voltaram a colocar fogo”, explicou.
Fernando Cabral disse que a Praça da Biquinha precisa de revitalização, tem uma cruz que está quebrada há algum tempo, e outros itens que precisam de um trabalho mais significativo. “Só não revitalizei ainda porque falta verba”, comentou. Por Valquíria Souza
Fonte: em.com.br

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Secretaria Municipal de Cultura prepara mais um curso em Bom Despacho

A Secretaria Municipal de Cultura, um dos destaques do Governo Cabral, prepara mais um curso em Bom Despacho. Desta vez, é o LEV (Laboratório de Produção e Reflexão Artística Contínua), a ser ministrado de outubro a dezembro deste ano. 

O curso é provido da Parceria do Grupo Arcelor, Escola Guinard e Prefeitura Municipal. O objetivo do curso é aproximar a comunidade da arte produzida na cidade e dos profissionais no campo da arte da educação. 

As inscrições começam no dia 1º de Outubro e podem ser realizadas na Secretaria de Cultura e Turismo. Mais informações podem ser obtidas através do telefone: (37) 3521-4206 e pelo email cultura@bomdespacho.gov.br e www.lev.arte.br/site. 

terça-feira, 24 de setembro de 2013

Vereador Ricardo Alvarenga cobra Guarda Municipal para Bom Despacho

O vereador Ricardo Alvarenga (PSDB) entrou com um requerimento cobrando a implantação da Guarda Municipal em Bom Despacho, promessa de campanha do Prefeito Fernando Cabral (PPS), quando ainda era candidato. 

De acordo com o parlamentar, 'é importante que Bom Despacho tenha a sua guarda municipal, uma vez que seja sempre conservado o patrimônio público. "Temos que cobrar  para o município, porque este tipo de serviço oferece mais segurança a população", destacou o vereador, no plenário na noite de segunda-feira, 23. 

Em algumas cidades de Minas Gerais, existe a Guarda Municipal, que além de auxiliar os trabalhos da Polícia Militar, sempre atua na prevenção de crimes contra o patrimônio público. 

Executivo cria 115 cargos na Prefeitura

O Prefeito Municipal Fernando Cabral (PPS) enviou a Câmara Municipal o projeto que cria 115 cargos na Prefeitura. Os cargos são para Técnico em Gestão Pública , Auditor Fiscal ,  Gestor Municipal e Fiscal Municipal, que serão preenchidos em concurso público, provavelmente a partir de 2014. 

A proposta do Executivo já estava sendo analisada ha alguns meses pelos vereadores. Apesar da aprovação, os vereadores Ze Ivo e Pedro Paulo alertaram  aos demais colegas, que o Código de Posturas ainda não foi votado no plenário.  

Os cargos propostos pelo Executivo 'e para intensificar o trabalho de fiscalização da Prefeitura Municipal, já que foi criado o Código de Posturas Municipais, ainda não aprovado pela Câmara Municipal. 

Câmara Municipal acaba com o Voto Secreto

Os vereadores de Bom Despacho votaram  na noite de ontem, 23, o fim do Voto Secreto na Câmara Municipal. De acordo com os edis, a aprovação dos projetos terão mais transparência com o voto aberto a partir de agora.

A autoria do projeto foi dos vereadores Dr. Fernando Lamounier (PHS), Zé Ivo (PHS), Keké (PP). "O  voto aberto nos dá mais liberdade de mostrar o nosso interesse pela  população", destacou Dr. Fernando, presidente da Câmara, no plenário. 

A aprovação do projeto foi por unanimidade, e altera o artigo 45  do Regimento interno da Câmara Municipal, que previa o voto secreto.