Governo de MG entrega 90 veículos para a Polícia Civil


Veículos não são caracterizados como viaturas, porque se destinam a trabalhos estratégicos
Omar Freire/Imprensa MG
Veículos não são caracterizados como viaturas, porque se destinam a trabalhos estratégicos
Download
Com investimentos de R$ 3,6 milhões, o governadorAlberto Pinto Coelho entregou, nesta sexta-feira (30/05), na Cidade Administrativa, 90 veículos para a Polícia Civil, beneficiando 53 municípios. São 70 Focus e 20 Sanderos, todos equipados para a atividade policial. Os veículos não são caracterizados como viaturas, porque se destinam a trabalhos estratégicos, nos quais a presença do investigador deve ser mantida de forma velada.
“Esses carros vão atender imediatamente mais de 50 municípios, mas o total de veículos adquiridos para as nossas forças policiais, em 2013 e 2014, é de 3.283 para atender Polícia Militar, Polícia Civil eCorpo de Bombeiros. Estamos preparando as nossas forças policiais cada vez mais, aumentando os contingentes e qualificando-as também com treinamentos e ensinamentos permanentes para fazer face ao desafio da segurança pública”, destacou o governador.
Dos equipamentos entregues nesta sexta-feira, 24 novos veículos serão destinados para Belo Horizonte com o objetivo de reforçar o trabalho de departamentos como os de investigação de crimes contra o patrimônio, de homicídios e de investigação antidrogas. Dos municípios da Região Metropolitana, serão beneficiadas unidades policiais de Contagem, Betim, Ribeirão das Neves, Ibirité, Santa Luzia, Nova Lima, Sabará e Vespasiano.
O chefe da Polícia Civil, delegado-geral Oliveira Santiago Maciel, explicou os critérios que estão sendo utilizados para a distribuição das viaturas entre os municípios mineiros. “Fizemos um planejamento bastante específico, técnico institucional e criterioso. Estamos atendendo as 296 comarcas do Estado, que têm policiais civis e delegados, os municípios que estão envolvidos com a Copa do Mundo, e também os 15 municípios tidos como os mais violentos. Todos esses critérios foram levados em conta”, detalhou. 
Ag. Minas

Comentários