Prefeitura averiguará denúncias de sorteados que não atendam requisitos do Residencial Dona Branca

Rose
A Prefeitura disponibilizou formulários para que as pessoas preencham, caso conheçam qualquer motivo que não permita as famílias sorteadas dia 15 de junho receber as unidades do Residencial Dona Branca.
Assistentes Sociais da Secretaria de Desenvolvimento Social farão visitas para averiguar as denúncias. “Queremos garantir que a pessoa contemplada com a casa realmente precise dela”, afirma a secretária de Desenvolvimento Social Rosimaire Santos.
A identidade do denunciante será mantida em sigilo, mas o mesmo deve indicar indícios da irregularidade, como por exemplo, nome do sorteado e endereço do imóvel que ele possui. As denúncias podem ser feitas na Secretaria de Desenvolvimento Social (Praça Irmã Albuquerque, 45 – Centro), no Bolsa Família (Rua Olaria, 112 – Centro), no CREAS (Rua João XXIII, 45, centro) ou no CRAS (Rua Alisson Justino 1009, Bairro São Vicente).
Para participar do Programa habitacional Minha Casa, Minha Vida, as famílias sorteadas não podem possuir imóveis e devem ter renda bruta familiar igual ou menor que R$ 1.600,00.
www.bomdespacho.mg.gov.br

Comentários