“As pessoas precisam de mais proteção que o meio ambiente”

Com essas palavras o jovem ambientalista Elano Ferraz iniciou conversa com o Fique Sabendo, afirmando que vai ouvir as pessoas carentes de BD e atender suas necessidades, enviando recursos dos governos estadual e federal



 Ele tem 20 anos e é conhecido por suas ações em defesa do meio ambiente através da ONG que criou em Bom Despacho: a Rede PECA de Proteção Ambiental, que conta hoje com 09 escritórios no Brasil e dois no exterior. Elano Ferraz, junto com o Comitê Mata do Batalhão, foi o responsável pela criação do Parque Municipal Mata do Batalhão – hoje pertencente à Prefeitura Municipal e em total descaso pelo órgão público. Ele é afilhado do ex-governador de Minas, Antonio Anastasia, e trabalha como consultor de prefeitos da região centro-oeste, sendo interlocutor do envio de recursos para as prefeituras, tendo já enviado mais de R$ 10.000.000,00 (dez milhões de reais) somente no ano passado.

Ferraz diz que as questões sociais de BD estão mais preocupantes que as ambientais, e que por isso vai iniciar trabalhos e obras sociais em bairros de menor poder aquisitivo da cidade.

“Recentemente recebi a visita de um senhor pedindo ajuda. Ele mora no Rosário II, é catador de papelão nas ruas e afirmou receber apenas R$ 300,00 por mês. Ele é pai de quatro crianças. Isso me comoveu muito e decidi dedicar mais tempo para ajudar essas pessoas” – disse Elano.

Questionado sobre como vai trabalhar, ele diz que “Vamos formar grupos de pessoas em cada bairro da cidade e levantar as necessidades das pessoas; quero ouvir os moradores simples, do que eles precisam, como podemos ajudá-los. Depois iremos formar associações, e através de parcerias que mantenho com os governos estadual e federal, enviaremos recursos para atendermos às necessidades levantadas, logo que terminar o período eleitoral, sem ser necessária a intervenção da prefeitura” – afirma Elano.


Os interessados em contribuir com idéias e sugestões devem enviar e-mail para o endereço: elano.ferraz.gov@gmail.com

Comentários