Prefeitura quer obrigar alunos a estudarem em escolas mais próximas de suas residências

A Prefeitura Municipal de Bom Despacho, através da resolução de número 2623 da Secretaria Estadual da Educação, enviou inúmeras  cartas às mães que pretendem matricular seus filhos em  escolas públicas de Bom Despacho, com o grau de série do quinto ao nono ano a partir de 2015. No documento, o órgão determina que o estudante deverá ser matriculado na escola mais próxima de sua residência.

Em entrevista concedida a um jornal local, a Secretária de Educação Simone Mamede diz que ' Facilita o acesso do estudante, evita despesas com transporte e estimula a identificação da criança com a comunidade onde vive. Favorece também a participação das famílias na vida escolar dos filhos”.

Entretanto, a maioria das mães não agradaram com a notícia, pois limitam o direito de escolha de seu filho por uma escola melhor. " É lamentável, porque terei que matricular o meu filho numa escola, onde eu não quero que ele estude. E que conta a prefeitura tem com as despesas de transporte dele, sabendo que sou eu que vai pagar ao final do mês", afirmou Valdirene Aparecida, em conversa com o Jornal Fique Sabendo. 

Já Valéria Aparecida de Melo Venâncio também se diz indignada com a situação. " O meu filho está matriculado no Coronel Praxedes, quero que ele continue estudando lá, mas agora terei que muda-lo de escola?", questionou. 

Até o momento, a nova determinação da prefeitura não tem agradado a maioria dos pais que tem seus filhos matriculados nas escolas públicas de Bom Despacho. 




Comentários