quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Prefeitura instala Tachões em ruas de BD e não obedece norma do CONTRAN

A Prefeitura Municipal de Bom Despacho instalou tachões em várias ruas da cidade. Recentemente, no plenário da Câmara Municipal,  o vereador Zé Ivo questionou a utilização das conhecidas tartaruguinhas, já que é proibido pelo Contran, órgão nacional  que normatiza as leis  de trânsito no Brasil. 

Para o vereador Zé Ivo, a utilização dos tachões é proibida por lei, e  que cada peça custa em média R$ 50,00. " É lamentável que os cidadãos de Bom Despacho pagam por algo que foi feito errado na cidade", destacou  em plenário, na primeira reunião do segundo semestre de 2014. 

Entre as vias que foram instalados os tachões estão as  Rua Pitangui, Enfermeira Jona Darc as Avenidas Governador Valadares e Martinho Campos. 

O CONTRAN (Conselho Nacional  publicou, no dia 25 de novembro de 2009, a resolução Nº 336, que altera a Resolução nº 39, de 21 de maio de 1998, que estabelece os padrões e critérios para a instalação de ondulações transversais e sonorizadores. Com esta nova resolução fica proibida a utilização de tachas e tachões, aplicados transversalmente à via pública, como sonorizadores e dispositivos redutores de velocidade.

Há poucos dias, a Prefeitura Municipal de BD reformou vários quebra-molas que foram construídos fora do padrão exigido pela Lei. Agora, enfrenta várias reclamações de inúmeros motoristas por causa dos tachões. 

Leia a norma através do link:

Informações através dos sites: Trânsito em Foco e via-seguras.com

Proposta orçamentária prevê salário mínimo de R$ 788,06 para 2015

dinheiroA partir de 1º de janeiro de 2015, o salário mínimo deve ser R$ 788,06, segundo o Projeto de Lei Orçamentária Anual (Ploa) 2015. Um reajuste de 8,8%. O anúncio foi feito hoje (29) pela ministra do Planejamento, Miriam Belchior, depois de entregar a proposta ao presidente o Congresso, Renan Calheiros (PMDB-AL). A ministra antecipou que o texto prioriza investimentos em saúde, educação combate à pobreza e infraestrutura.

A peça orçamentária traz uma mensagem da presidenta Dilma Rousseff com um diagnóstico sobre a situação econômica do país e suas perspectivas.

Pela Constituição, o prazo de entrega do projeto pelo Executivo termina no dia 31 de agosto. Mas, com a expectativa de conclusão da votação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), que define as metas e prioridades da administração pública federal, só na semana que vem, durante o esforço concentrado, o governo se antecipou. A LDO deveria orientar a elaboração da peça orçamentária.

O Orçamento Geral da União (OGU) é formado pelo orçamento fiscal, da seguridade e pelo orçamento de investimento das empresas estatais federais. A Constituição determina que a proposta seja votada e aprovada até o dia 22 de dezembro.“Coloquei  toda a equipe do ministério [do Planejamento] à disposição, para os esclarecimentos necessários, para que o Congresso possa fazer uma análise rápida do Orçamento e votá-lo até o fim do ano, prazo que o presidente do Senado [Renan Calheiros], confirmou que é possível fazer”, explicou a ministra.


No projeto de lei, também consta a estimativa para a inflação, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), em 5%, no próximo ano.

A projeção para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), soma de todos os bens e serviços produzidos no país, ficou em 3% (R$ 5,756 trilhões).

O governo estima que o superávit primário para o setor público consolidado será R$ 143,3 bilhões, valor que corresponde a 2,5% do Produto Interno Bruto (PIB) – soma de todos os bens e serviços produzidos no país. Com o abatimentos, o superávit primário vai para R$ 114,7 bilhões, correspondentes a 2% do PIB.

O superávit primário é a poupança para pagar os juros da dívida que o governo seus credores. Na medida em que o país consegue alcançar as metas de superávits primários, tem condições de pagar dividas.

Ag. Brasil

POLÍCIA MILITAR APREENDE QUASE 1 TONELADA DE MACONHA EM MARTINHO CAMPOS

Na noite do dia 25 de Agosto de 2014, a Polícia Militar recebeu denúncia anônima sobre tráfico de drogas na Fazenda Poções, próximo a Ibitira, Distrito de Martinho Campos, segundo a qual um indivíduo utilizava um caminhão com um fundo falso na carroceria para transportar os entorpecentes até a fazenda e, posteriormente, distribuí-los na região metropolitana. 

Diante das informações, uma equipe policial deslocou-se ao local onde visualizou um veículo evadindo sentido ao Distrito de Ibitira. Os militares abordaram o veículo que possuía dois ocupantes, ambos com passagem criminal por tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo e homicídio.

 Em seguida, os autores foram conduzidos até a fazenda onde foram localizados: uma pistola calibre .380 carregada e alimentada por um carregador com 08 munições; um carregador com 09 munições calibre .380; um rifle calibre .22 com dispositivo silenciador de ruído, mira de precisão e luneta, alimentado e carregado com 12 munições. No galpão da fazenda havia um caminhão boiadeiro com o selo violado e a placa adulterada, uma balança eletrônica e 902,700 kg (novecentos e dois quilos e setecentas gramas) de maconha prensada e embalada em tabletes. 

Os autores receberam voz de prisão e foram conduzidos à Delegacia de Polícia  juntamente com o material apreendido e os veículos foram removidos para serem vistoriados pelo identificador.


Assessoria de Comunicação Organizacional - 7º BPM


quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Ex-prefeito de Bom Despacho é condenado por improbidade administrativa

Ação foi proposta pelo MPMG após constatação de irregularidades nos serviços de urgência, emergência e obstetrícia da Santa Casa

A pedido do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), a Justiça condenou ex-prefeito de Bom Despacho, no Centro-Oeste de Minas, por improbidade administrativa. A decisão da juíza Sônia Helena Tavares de Azevedo condena o réu à suspensão dos direitos políticos por cinco anos, a partir do trânsito em julgado; ao pagamento de multa civil equivalente a 10 vezes o valor da maior remuneração por ele percebida no exercício de suas funções públicas como chefe do Poder Executivo; e à proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, também por cinco anos.

Em outubro de 2009, o promotor de Justiça Luciano Moreira instaurou Inquérito Civil para apurar a regularidade dos serviços de urgência, emergência e obstetrícia prestados pela Santa Casa de Bom Despacho. Com a constatação de irregularidades, o MPMG buscou solução consensual para o problema. No entanto, as partes se mantiveram irredutíveis, deixando de atender às responsabilidades legais e contratuais. 

De acordo com a ação, a Santa Casa disponibilizaria um único clínico geral de segunda a sexta-feira e dois nos fins de semana para atender casos de urgência e emergência. Tal postura do prestador de serviços, destaca o promotor de Justiça, "contraria a Portaria 2.048/02, do Ministério da Saúde, que estabelece regras para o funcionamento dos serviços de urgência e emergência, uma vez que, para atender 100 mil habitantes, deve-se dispor de um clínico geral e pediatra em plantão presencial 24 horas por dia”. Além disso, apesar de se tratar de maternidade de referência, a Santa Casa não dispunha de obstetra de plantão.

Diante das irregularidades, o MPMG ajuizou Ação Civil Pública (ACP) para regularização dos serviços, na qual foi concedida tutela antecipada. Ainda assim, não foram tomadas providências e a decisão judicial foi descumprida. O MPMG, então, promoveu ação por ato de improbidade administrativa, contra o ex-prefeito e contra o Lactário e Posto de Puericultura Menino Jesus, associação civil mantenedora da Santa Casa.

Segundo a ação, Bom Despacho não dispõe de unidade hospitalar própria, razão pela qual mantém convênio com a Santa Casa. Ela é referência para os atendimentos de média complexidade dos municípios de Dores do Indaiá, Estrela do Indaiá, Luz, Martinho Campos, Moema e Serra da Saudade, devendo atender 100 mil habitantes. Como o município é sede de microrregião de saúde e a Santa Casa é prestadora de serviços do Sistema Único de Saúde (SUS), ambos estão vinculados ao cumprimento de várias normas e ao desempenho de responsabilidades.

fonte: Assessoria de Imprensa do Ministério Público de Minas Gerais

terça-feira, 26 de agosto de 2014

SUS terá aparelho para pessoas com diabetes tipo 2 e com lesões em vasos finos

Aline Leal - Repórter da Agência Brasil Edição: Fábio Massalli
O Ministério da Saúde deve publicar nos próximos dias portaria que incorpora o stent (tubo minúsculo, expansível e em forma de mola) farmacológico ao Sistema Único de Saúde. Esse tipo de stent é indicado principalmente para pessoas com DIABETES tipo 2 e para quem tem lesões em vasos finos.

Para o endocrinologista do Instituto do Coração (InCor) e membro da Sociedade Brasileira de DIABETES, Roberto Betti, é um avanço importante para os DIABÉTICOS, porque o diabetes tipo 2 está relacionado à aterosclerose, o entupimento das artérias, o que pode provocar o infarto no miocárdio, que mata mais da metade das pessoas que têm a doença.

O especialista explica que os DIABÉTICOS que usam o stent comum, que mantém as artérias desobstruídas depois que houve a obstrução  de artéria, muitas vezes voltam a ter a artéria obstruída, o que pode causar posteriormente um infarto.

stent farmacológico evita essa reobstrução, pois diferentemente do comum, é recoberto por duas substâncias, sirolimus e paclitaxel, que evitam a proliferação celular. Estima-se que cerca de 30% dos pacientes candidatos a receber um stent, diabéticos ou não, tem indicação para receber o farmacológico, mas a escolha é sempre decisão do médico.

Ainda que haja esta tecnologia disponível agora pela rede pública, Betti relembra que o melhor modo de paciente com DIABETES tipo 2 evitar infartos é controlar a glicose, o colesterol e a pressão, não fumar e praticar esportes.

A expectativa do Ministério da Saúde é que a incorporação beneficie cerca de 38 mil pacientes ao ano. A portaria deve ser publicada nos próximos dias e vai COMEÇAR a valer 180 dias depois da publicação.

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

POLÍCIA MILITAR APREENDE MENOR INFRATOR POR TRÁFICO DE DROGAS EM BOM DESPACHO

No dia 21 de agosto de 2014, durante patrulhamento pelo Bairro Ozanan, policiais militares da 50ª Companhia de Policiamento visualizaram um menor infrator em atitudes suspeitas que, ao avistar a viatura, arremessou um objeto debaixo de um veículo. 

Os policiais procederam abordagem ao menor G.J.S., 16 anos, conhecido no meio policial pelo envolvimento com o tráfico de drogas e, ao verificarem o objeto dispensado,  constataram que se tratava de um maço de cigarro contendo 12 (doze) pedras de crack, devidamente embaladas e prontas para o comércio. 

Diante dos fatos, o menor recebeu voz de apreensão e, acompanhado de sua genitora, foi encaminhado à Delegacia de Polícia de Bom Despacho juntamente com os entorpecentes e uma bicicleta apreendidos.


Assessoria de Comunicação Organizacional do 7º BPM



domingo, 24 de agosto de 2014

Goleiro Fernando ajuda a Associação manter 100% de Aproveitamento no Campeonato Municipal

Mesmo  tendo apenas 4 equipes na disputa do Campeonato Municipal de futebol amador-adulto deste ano em Bom Despacho, pode-se dizer que há ainda bons jogos para se ver. Foi o que aconteceu no último sábado, dia 23 de agosto, no estádio Chico Marques. O jogo entre Associação 2  x  0 Cristalino ficou marcado pela disputa e rivalidade entre os dois times. 

De um lado a Associação que vinha de 2 vitórias consecutivas  e no outro o Cristalino,  com um time mais experiente, mas que não conseguiu derrotar o adversário. O jogo ficou marcado por um  lance polêmico. O goleiro Israel do Cristalino  espalmou a bola na frente do meia tricolor  Dodô,  que  em posição duvidosa  aproveitou a sobra para abrir o placar do Estádio Chico Marques.

A partir daí, os jogadores colorados foram reclamar com a arbitragem,  e  o zagueiro Francisco foi expulso pelo árbitro da partida Valdomiro Lúcio. Mesmo com um a menos, o Cristalino partiu em busca da vitória , criou alguns lances de perigo, mas não furou  a meta de Fernando, arqueiro do Tricolor, que acabou sendo o destaque do jogo, após  fazer duas defesas difíceis. 

A   atuação do goleiro  deu moral ao time no momento em que havia um domínio maior do adversário, e minutos depois,  o segundo gol saiu do chute do lateral esquerdo Canhoto. O placar final  de 2 a 0 para a Associação, manteve o time na liderança do campeonato com 9 pontos e  100% de aproveitamento com 3 vitórias em 3 jogos.  

Recreativo x Famorine

No outro jogo da rodada da categoria amador-adulto, o Recreativo venceu o Famorine por 3 a 0 no estádio Verde Vale no Distrito do Engenho do Ribeiro, na tarde de  domingo, dia 24. O resultado ainda deixou a equipe vencedora com chances de disputar o título, já que Cristalino e Famorine tem os mesmos 3 pontos. 

Conforme o regulamento da competição, os dois melhores times disputam o título de Campeão Municipal de 2014.