quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Estudantes de Bom Despacho já podem providenciar financiamento de ensino superior

Um das opções é o PRAVALER, maior crédito universitário privado do Brasil, que                                        já beneficiou mais de 30 mil estudantes


Uma das maiores dificuldades para quem tem interesse em ingressar na vida universitária é o alto custo das mensalidades. Muitas vezes os estudantes até começam o curso, mas não conseguem se manter. E é tanto para quem quer iniciar os estudos como para quem já começou, mas não tem condições de continuar pagando que nasceu, há oito anos, o PRAVALER, hoje o maior programa privado de crédito universitário do país. Com ele, o estudante pode fazer o curso que deseja porque a mensalidade é dividida em duas parcelas. Assim, o valor a ser pago por mês cabe no bolso. A contratação é fácil, rápida e sem burocracia.

“O crédito universitário tornou-se uma das principais ferramentas de inclusão à educação superior. Mais de 40 mil alunos já se beneficiaram dele. Atualmente, mais de 15% dos alunos que ingressam nas instituições parceiras recorrem ao PRAVALER. A vantagem é que o financiamento permite que o aluno não adie o sonho da graduação, o que abre oportunidades para evolução profissional”, explica Rafael Baddini, diretor da Ideal Invest, companhia gestora do PRAVALER, que pode ser adotado tanto para o financiamento de cursos degraduação e técnicos, quanto de pós-graduação e MBA.

Para que tem interesse em contratar o crédito, cujos juros vão de 0% a 2,19% ao mês, basta consultar no sitewww.portalpravaler.com.br a lista de mais de 300 instituições em todo o Brasil que permitem o uso do financiamento.  “Lá é possível ainda checar quais são os passos necessários para a contratação e simular a operação. Assim quem está na iminência de iniciar a vida universitária terá ideia precisa do valor mensal a ser pago”, explica Baddini.

Além dos jovens que começam agora a faculdade, o PRAVALER também pode ser usado por estudantes que já estão matriculados, mas que precisam do financiamento.  Ao todo, mais de 15 mil cursos universitários podem ser realizados no Brasil por quem conta com o financiamento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário