Fernando Pimentel anuncia concurso público para aumento do efetivo do Corpo de Bombeiros

O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, anunciou nesta quinta-feira (2/7) a autorização para concurso público para aumento do efetivo do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Minas Gerais (CBMMG). O anúncio foi feito durante as comemorações do Dia Nacional do Bombeiro e da entrega a 161 personalidades e entidades da Medalha da Ordem Imperador Dom Pedro II, realizada na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte.

“Nós vamos aumentar imediatamente, claro que dentro do prazo do concurso e da formação da tropa, em torno de 8,5% a 9% do efetivo atual. Não é o suficiente ainda, nós queremos mais do que isso, mas é importante darmos o primeiro passo, e nós estamos dando agora”, afirmou. Hoje, o efetivo da corporação é de 6.280 bombeiros.

Pimentel, que foi agraciado com a Comenda Bombeiro Honorário, ressaltou outras ações desenvolvidas pela atual gestão para valorizar a carreira dos Bombeiros e auxiliar no trabalho da corporação, apontada pelo governador como umas das mais admiradas pela população. 

“Nesses primeiros meses, foram instalados três comandos operacionais no interior, que são unidades de comando mais próximas das regiões. Há um esforço grande da corporação para tentar tornar mais próximo o Corpo de Bombeiros em todas as regiões do Estado. Também estamos renovando e modernizando os equipamentos”, afirmou. Estão previstas, por exemplo, instalação de comandos em Diamantina, Leopoldina e Ipatinga, além de outros municípios.

Segundo o governador, apesar das dificuldades financeiras enfrentadas pela administração, há um esforço para melhorar o serviço público como um todo, “em especial as atividades que têm a ver diretamente com a vida das pessoas”, levando a atual gestão para mais próximo da população.

“Nós estamos fazendo um grande esforço. Mesmo nesse quadro (de dificuldade financeira), temos dedicado aquilo que podemos a recuperar a capacidade operacional do governo, assegurar uma coisa que, no ano passado, eu escutei muito percorrendo o Estado: o desejo de que os bombeiros estejam mais próximos da população. Com certeza, nesses primeiros seis meses, estamos conseguindo mudar a atitude de governar Minas Gerais. Uma atitude mais próxima da população, mais aberta. E aí os problemas começam a ser resolvidos”, finalizou.

O governador também recebeu do comando dos Bombeiros o Plano de Comando da corporação para 2015 e 2016. Segundo o diretor de Assuntos Institucionais da instituição, coronel Edgard Estevo, o objetivo para os próximos dois anos é aumentar a capilaridade da corporação, atendendo mais pessoas e mais municípios, como já havia determinado o governador. “O programa principal é o de expansão do território, com a criação de novas unidades. O plano está perfeitamente alinhado ao plano do governador de desenvolver os 17 territórios de desenvolvimento no Estado”, explicou. Os territórios de desenvolvimento integram o programa de fóruns regionais do governo mineiro.

Condecoração

Ao todo, 161 pessoas foram agraciadas pela Medalha da Ordem Imperador Dom Pedro II, entre secretários, prefeitos, presidentes de empresas, jornalistas, militares e outras personalidades. Ela é a maior honraria da corporação.

Entre outras autoridades, participaram da solenidade o presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, Adalclever Lopes, o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, Luiz Henrique Gualberto Moreira, e o presidente do Tribunal de Justiça Militar do Estado, juiz coronel Sócrates Edgard dos Anjos.


Ag. Minas

Comentários