Prefeitura de BD gastou mais de R$ 50 mil com publicidade em 2015

O marketing tem sido uma das principais características do atual governo de Bom Despacho. Como está realizando algumas obras, a Prefeitura de Bom Despacho tem usado mecanismos para divulgar os atos do executivo, como o uso das redes sociais, principalmente o Facebook, envio de emails e portal da transparência. 
Imagem de quando o Jornal Boa Notícia foi parar o no lixo. 

Um dos princípios da leis da administração pública é a publicidade e talvez seja por esse item, que a Prefeitura de Bom Despacho não se exime em gastar  dinheiro. Em 2015, o Executivo licitou em até R$ 225 mil para serem usados na impressão do Jornal Boa Notícia e mais  R$ 129 mil para propaganda no rádio.  

"Sendo assim, a Prefeitura licitou a impressão do jornal. Trata-se de um Registro de Preço. Isto significa que a Prefeitura não é obrigada a contratar todo o valor licitado. Este ano por exemplo, foram investidos apenas R$ 38 mil. O Credenciamento de Rádios também foi feito para manter a população bem informada. Este ano, a Prefeitura investiu R$ 16 mil em divulgação de rádio. Qualquer rádio que atenda aos critérios estabelecidos no credenciamento pode participar", destacou a Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Bom Despacho em email enviado à redação do Jornal Fique Sabendo. 

'Por engano no Lixo'

Em agosto de 2015, mais de 10 caixas fechadas do Jornal Boa Notícia foram encontradas no lixo. Segundo a Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Bom Despacho, os informativos foram 'parar  por engano na sede da Catabom (Asssociação dos Catadores de Lixo de Bom Despacho)'. 

Comentários