sábado, 7 de fevereiro de 2015

Estrutura armazena até 95% da água do banho e possibilita reutilização do recurso

pisos-ecod.jpg
O "Gris" é composto por quatro peças montáveis com um leve declive no centro
Fotos: Alberto Vasquez/Igen Design
Portal Ecodesenvolvimento

O excedente da água do banho costuma cair pelo ralo, o que significa um considerável desperdício do recurso, que poderia ser reutilizado em outras atividades. Ao pensar nisso, o designer Alberto Vasquez, do estúdio Igen Design, acredita ter construído uma solução acessível para a questão: uma estrutura que armazena até 95% da água que vem do chuveiro.

O "Gris" é composto por quatro peças montáveis com um leve declive no centro. A água que cai é afunilada e preenche os quatro recipientes simultaneamente. As células podem ser desmontadas e carregadas de forma individual, e a água, usada para regar plantas, lavar calçadas e quintais ou reaproveitada para o vaso sanitário.

O preço para o varejo deve ficar em torno de US$ 20 e US$ 40, o mais acessível possível para o público.
Vasquez tem ascendência húngara e colombiana e cresceu em um vilarejo em que a água era preciosa, por isso sentiu na pele desde cedo os efeitos da falta do recurso. "Quando uma pessoa toma banho lá, levam um balde junto. Minha ideia é usar o mesmo processo, mas de uma forma mais eficiente. Os baldes armazenam em torno de 30% da água. Meu dispositivo consegue guardar até 95%.", explicou ao portal FastCompany. "Não é apenas um problema ecológico, é um problema social também. E causa muito conflito."

O engenheiro produziu um protótipo, mas ainda busca financiamento para levar o produto ao mercado. Ele imagina que o preço para o varejo fique em torno de US$ 20 e US$ 40, o mais acessível possível para o público.
 Para mais informações, clique aqui.

GALERIA DE FOTOS (clique na imagem para ampliar)


Mercearia é assaltada no Bairro Novo São Vicente

   PM conseguiu prender os autores


Na tarde de sexta-feira, 06, dois indivíduos entraram numa armados com arma de fogo  e anunciaram o assalto numa mercearia, localizada no bairro Novo São Vicente.

De acordo com a vítima, uma atendente de 16 anos,  os autores levaram R$ 200, em dinheiro e mais netbook. No momento do assalto, os bandidos usavam capuz preto e bermudas, sendo morenos e com estatura em em torno de 1,75 cm. 

Logo após, a PM conseguiu localizar os autores, devido as características de cada um  relatada pela vítima. Por isso, foi possível rastrear-los e prendê-los. 

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

Indefinição pode atrapalhar realização do Carnaval de BD

                   Prefeitura de BD ainda não confirmou se haverá Carnaval na Praça da Estação

Fendas do Kibini_n
Logomarca do Bloco  Fenda de Bikini
Em meados de Janeiro de 2015, a Prefeitura Municipal de Bom Despacho publicou o edital de licitação que contratava uma empresa disposta a realizar o Carnaval de Bom Despacho. Houve interessados, porém até o momento  a empresa vencedora não apresentou toda documentação  documentação necessária  para a promoção do evento. 

O fato é que a  Prefeitura Municipal de Bom Despacho ainda  não confirmou a realização da festa na Praça da Estação, local onde está programada para acontecer a festa conforme o edital de licitação. O certo é que em seu site www.bomdespacho.mg.gov.br está publicado que haverá saída de rua do Bloco Fenda de Bikini e que apoiará o Bloco Café com Leite. 

Com isso, alguns foliões que pretendiam ficar na cidade  durante o carnaval, podem seguir outro rumo neste período de festividade. A prova disso é que inúmeros foliões bondespachenses já procuram carnavais de cidades vizinhas para divertirem, como já em anos anteriores. 

Em 2008, ano da última micareta de Bom Despacho, mais de 20 mil foliões passaram pelas ruas da cidade. Desde então, a festa de cidade tem convivido com fracassos e o número de participantes diminuiu muito nos últimos anos. 

Jogador bondespachense do Atlético-MG é emprestado ao Tupi de Juiz de Fora

Emerson Tupi-MG (Foto: Bruno Ribeiro)
Emerson treina no clube há duas semanas (Foto: Bruno Ribeiro)
O bondespachense Emerson Ribeiro, 20 anos,  mais conhecido como Mérson, jogador de futebol que está no Atlético-MG desde as categorias de base, foi emprestado ao Tupi de Juiz de Fora para a disputa do Campeonato Mineiro 2015. 

Mérson com os pais. 
O atleta estava no Galinho de Carijó desde o início do mês e foi aprovado nos testes. O jogador, que é lateral de origem, deverá também atuar como volante para suprir a carência do setor na equipe. 

"Uma oportunidade muito boa de estar atuando profissionalmente e vou trabalhar pra corresponder a altura e buscar o meu espaço na equipe", disse em conversa com o Jornal Fique Sabendo.

Mérson chegou ao Atlético quando tinha 13 anos. Ainda na categoria juniores do Galo chegou a ser um dos destaques da equipe. Ele é filho de João Evangelista dos Santos e Vilma rosa da Silva Santos, moradores do Bairro São Vicente.

Esta passagem pelo Tupi será a primeira vez que atuará como profissional.

Governo estuda ampliação do horário de verão neste ano

Horário de verãoA ampliação do horário de verão por mais um mês é uma das alternativas que estão sendo estudadas pelo governo para diminuir o consumo de energia neste ano. Segundo o Ministério de Minas e Energia, uma reunião na próxima quinta-feira (12), com a presença de representantes da Agência Nacional de Energia Elétrica e da Empresa de Pesquisa Energética, vai discutir se o prazo do horário diferenciado deverá ou não ser ampliado.

O horário de verão começou no dia 19 de outubro para os estados das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste e, em princípio, acabaria no dia 22 de fevereiro. O principal objetivo da medida é reduzir o consumo de energia no horário de pico, registrado a partir das 18h, aproveitando melhor a luminosidade natural.

Um dos argumentos que será debatido pelos técnicos é o deslocamento que vem sendo verificado neste horário de maior consumo de energia, que ultimamente tem sido registrado por volta das 14h. Neste caso, a prorrogação do horário de verão não seria necessária.

Segundo o ministério, não há, em princípio, uma predisposição do governo em ampliar o período de vigência do horário de verão, esta é apenas uma das alternativas que estão em estudo, mas não há nada definido. No início do horário de verão deste ano, a estimativa do governo era uma economia de R$ 278 milhões, com geração de energia térmica no horário de pico. Na edição anterior, a economia foi R$ 405 milhões. 

Sabrina Craide - Repórter da Agência Brasil 

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

Sétimo Batalhão fará troca de comando na próxima quarta

Tenente Coronel Rodrigo T. Coimbra
Tenente Coronel Wagner Soares Santana passará o posto ao Tenente Coronel Rodrigo T. Coimbra



Na próxima quarta-feira, 11, o  Sétimo Batalhão da Polícia Militar de Minas Gerais, em Bom Despacho,  será palco da mudança de comando da unidade. O Tenente Coronel Wagner Soares Sant'ana, atual comandante, passará o posto ao Tenente Coronel Rodrigo Teixeira Coimbra.

Tenente Coronel Rodrigo já foi assessor da  comunicação organizacional da Sétima Região da Polícia Militar de Minas Gerais e também comandante da Cia de Meio Ambiente. 

Dinâmico e diplomático, o oficial  entrará para a galeria de retratos dos comandantes de um batalhões mais tradicionais de Minas Gerais. 

Já  a solenidade da troca de comando está confirmada para a partir das 10h  de quinta-feira, 12, no Espaço Cultural Da Vinci em Divinópolis. 

Prefeitura convoca mais 31 candidatos do Concurso Público 1-2014

concurso publico destaque 1-2014A Prefeitura convocou mais 31 candidatos aprovados nas primeiras etapas do Concurso Público 1-2014. Nos dias 9 e 10, eles devem apresentar documentação no setor de Protocolo da Prefeitura. Em seguida devem fazer os exames médicos, já marcados para os dias 12 e 13.
O próximo passo é participar e passar no Curso de Formação de Servidores. Se aprovados nessa última etapa, os candidatos serão nomeados Auditor Fiscal, Fiscal Municipal, Gestor Público e Técnico em Gestão Pública Municipal. “Os novos servidores continuarão o legado desta Administração. Mas todos os servidores estão sendo preparados para zelar pelo dinheiro público, oferecer bons serviços e sempre atender bem a população”, afirma o Prefeito Fernando Cabral.
Mais convocações - Na última semana, a Prefeitura também convocou 14 professores e três técnicos em Gestão Pública Municipal do Concurso 2-2014. Amanhã, outros 18 educadores serão convocados para reforçar o trabalho das escolas municipais.
www.bomdespacho.mg.gov.br

Anatel aprova redução de 22% para custo de ligações de telefone fixo para móvel

Sabrina Craide - Repórter da Agência Brasil 
As ligações locais e interurbanas de telefone fixo para celular ficarão mais baratas para o usuário. As mudanças, aprovadas hoje (5) pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), resultará em uma redução média de 22% no valor das ligações de telefone fixo para móvel em que os DDDs são iguais. As novas tarifas devem entrar em vigor no próximo dia 24 de fevereiro.


O valaor homologado para a Oi, no Rio de Janeiro, por exemplo, cairá de R$ 0,36 por minuto para R$ 0,28. No caso de São Paulo, também no caso de chamadas fixo-móvel com o mesmo DDD, o valor da tarifa da Telefônica reduzirá de R$ 0,35 por minuto para R$ 0,27.A queda é consequência da redução dos valores de referência para tarifas de remuneração de redes móveis e abrange chamadas da telefonia fixa para celular, sejam ligações locais ou de longa distância, originadas das redes de concessionárias da telefonia fixa (Oi, Telefônica, CTBC, Embratel e Sercomtel) e destinadas a operadoras móveis. 


Nas chamadas de fixo para móvel em que os DDDs dos telefones de origem e de destino da ligação têm apenas o primeiro dígito igual (DDDs 61 e 62), haverá queda média de 14%. O valor homologado para Oi da tarifa de conexão para esse tipo de chamada cairá de R$ 0,80 por minuto para R$ 0,69.
Nas ligações em que os primeiros dígitos dos DDDs dos telefones fixo e móvel são diferentes (DDDs 31 e 41), a redução média será 12%. O valor homologado da tarifa no caso Vivo/Telefônica, por exemplo, cairá dos atuais R$ 0,93 por minuto para R$ 0,82.

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

O maior festival de música do Brasil abre as inscrições

Músicos de todo país devem participar da edição histórica do Fenac que completa 45 anos com novidades.

Marcus Viana
Tradição e inovação. É assim desde 1971 e não seria diferente agora. O Festival Nacional da Canção, que completa 45 anos, atencipou as inscrições e anunciou mais uma cidade no mapa da música boa: É São Lourenço que fica no sul do estado e compõe o Circuito das Águas. Com mais este município, o Fenac contará com sete sedes – cidades onde acontecem as etapas do evento. Outra novidade é a entrada de São Thomé das Letras que também participa pela primeira vez do evento. Mas antes de chegarem lá os músicos e compositores precisam de muito capricho, criatividade e pontualidade. 

Os participantes tem até o dia quatro de junho para se inscreverem nesta edição do evento. As informações já estão no site do Fenac (www.festivalnacionaldacancao.com.br). Nesse endereço os concorrentes vão entender as regras e conhecer a história do festival. E é bom mesmo os músicos ficarem atentos. Afinal, o primeiro desafio é passar pela fase de triagem dos inscritos. Só em 2014 foram cerca de 3000 inscrições. Este ano o Fenac vai selecionar 156 músicas.

Com os concorrentes devidamente escolhidos, a caravana do festival pega estrada no final de julho. Os artistas serão dividos em seis fases classificatórias, que vão acontecer em São Lourenço (24 e 25/7), Extrema (31 e 1/8), Varginha (7 e 8/8), São Thomé das Letras (14 e 15/8), Guapé (21 e 22/8) e Três pontas (28 e 29/8). Cada cidade receberá 26 músicas. Os participantes serão colocados a prova por um júri especializado. Eles vão selecionar cinco músicas por etapa. Um total de 30 privilegiados vão para as semifinais em Boa Esperança (4/9 e 5/9) - completando as sete sedes - onde disputam dez vagas para a grande final (6/9). Foi nessa cidade onde o evento surgiu há 45 anos.

Quem garante vaga para o berço do festival, também garante prêmio. Em 2015 o Fenac vai distribuir 250 mil reais em prêmios. “O que possibilita a participação de artistas de todo o país. Quem ganha com isso é o público das cidades sedes que todos os anos presenciam uma mistura de ritmos e sotaques no palco do festival", comenta a coordenadora do Fenac, Cristina Marques. Os últimos a levantarem o troféu Lamartine Babo foram os músicos de Chapecó (SC). “A vitória é gratificante, mas aquele momento passa. Agora os admiradores do trabalho da gente, a divulgação e o reconhecimento é o que fica”, conta Márcio Pazin intérprete da música “KD o Ç de Você” juntamente com Diego Morais. Dos novos aos consagrados, o Festival Nacional da Canção é referencia para muitos músicos brasileiros. Nesses 45 anos de história nomes importantes da música passaram pelo evento. Marcus Viana é um deles.

 O instrumentista consagrado participou do festival quando acontecia apenas em Boa Esperança. “Foi muito legal porque em Boa Esperança era assim o grande festival. Mesmo no inicio [do evento] já tinha uma moral muito grande. Eu participei duas vezes. Na época era década de 70 e participar do Fenac em Boa Esperança era uma efervecência”. E continua sendo. “Os festivais são extremamente necessários para a cultura nacional e Boa Esperança convenhamos ficou sendo o nosso grande festival. A gente só pode celebrar, dar os parabéns e desejar que essa iniciativa se espalhe e se propague”, comentou o músico que hoje é reconhecido internacionalmente. 

Deputado estadual Fábio Avelar é empossado na Assembleia e inicia suas atividades parlamentares

O deputado estadual Fábio Avelar (PT do B) foi empossado na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), no último domingo (1º/2). Ele será o representante de Nova Serrana e região Centro-Oeste, na 18ª Legislatura do Poder Legislativo mineiro.  A cerimônia, ocorrida no Palácio da Inconfidência, contou com a presença de autoridades e representantes dos três poderes do Estado, além de lideranças de todas as regiões de Minas Gerais.

Ainda no domingo, Fábio Avelar iniciou suas atividades parlamentares. Ele participou de um momento histórico, no Parlamento mineiro, durante a eleição da Mesa Diretoria da ALMG para o biênio 2015/2016. Foi a primeira vez na história que a Mesa da Assembleia foi eleita pelo voto aberto, através do painel eletrônico. 

Participação em Comissões e definição de blocos partidários

Nesta primeira semana de atividades na Assembleia de Minas, teve início a costura de acordos partidários, para a composição de Comissões Permanentes e também de blocos de atuação parlamentar.

Através do PT do B, o deputado estadual Fábio Avelar solicitou participar das comissões de Esporte, Lazer e Juventude e também Turismo, Indústria, Comércio e Cooperativismo. Para ele é importante ter assento nestas comissões, baseado na vocação de sua base eleitoral e também suas aptidões. “Solicitei à liderança de meu partido a participação nas Comissões Permanentes de Esporte, Lazer e Juventude e também Turismo, Indústria, Comércio e Cooperativismo. Tenho um carinho especial com a juventude, pois são os futuros cidadãos. Como desportista, quero trabalhar em prol do esporte, incentivando a prática esportiva, principalmente entre crianças e jovens. Já a Comissão de Turismo, Indústria, Comércio e Cooperativismo é outra importante comissão estratégica para Nova Serrana e todo o Centro-Oeste de Minas. Quero poder trabalhar pelos nossos empresários, da indústria e do comércio, sendo um elo junto ao Governo de Minas e este importante seguimento de nossa economia”, concluiu Avelar.

Perfil de Fábio Avelar

Fábio José de Oliveira “Fábio Avelar” é natural de Nova Serrana. Jovem liderança do Centro-Oeste de Minas assume em 2015 seu primeiro mandato na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Fábio Avelar foi vice-prefeito de Nova Serrana, e é empresário calçadista há mais de 17 anos. Foi eleito em 2014 com 40.909 votos.

terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

PM apreende menores no centro da cidade

Na noite de sábado, 31, durante patrulhamento pela região central de Bom Despacho, a PM abordou um menor de 15 anos que estava na Praça João Helfs, local próximo  a Praça da Inconfidência. Após a busca pessoal, foi localizado junto ao menor um cigarro e uma bucha de maconha. 

Em relato a PM, o menor disse que havia comprado a bucha de maconha de um outro rapaz  de 16 anos. Após obter a informação, a PM localizou outros dois menores, um sendo suspeito pela venda da droga e o outro que o estava  acompanhando. Os dois possuíam  a quantia de R$ 26,00 em dinheiro.

Logo após o flagrante, a PM apreendeu a droga e o dinheiro e encaminhou os menores para a Delegacia de Polícia Civil. Os responsáveis pelos jovens acompanharam o registro da ocorrência feita pela Polícia Militar. 

Chuva causa estragos em Bom Despacho

Imagem do carro no B. Santa Lúcia
Na noite da última segunda-feira, 02, uma forte chuva caiu em Bom Despacho. Com isso, alguns estragos acabaram acontecendo pelos arredores da cidade. 

No bairro Santa Lúcia, parte do telhado da garagem desabou sobre o veículo de um morador. Além disso, árvores também caíram. 

Funcionários da Secretaria Municipal do Meio Ambiente precisaram ir à  Avenida Dr. Norte Sul  e também à  rua Enfermeira Joana Darc, para apanharem galhos de árvores que caíram nas vias. 

Também na Rua Enfermeira Joana Darc, parte de um muro também desabou por causa do temporal. 

Bandeira tarifária de fevereiro é vermelha

                                          Consumidor continuará a pagar R$ 0,03 por kWh nas contas de fevereiro.

A partir do dia 1º de fevereiro, a bandeira tarifária em vigor será vermelha para todos os consumidores brasileiros, exceto para os estados do Amazonas, Amapá e Roraima, conforme divulgou a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), na última sexta-feira (30/01). A bandeira vermelha significa um acréscimo de R$0,03 para cada kWh (quilowatt-hora) consumido.

O sistema de Bandeiras Tarifárias é composto por três bandeiras: verde, vermelha e amarela. Elas foram criadas para sinalizar se a energia custará mais ou menos em função das condições de geração de energia, para os quatro subsistemas do Sistema Interligado Nacional (SIN).

Sistema de bandeiras tarifárias
Desde junho de 2013, a Cemig avisa ao consumidor, por meio da Conta de Energia Elétrica, a bandeira tarifária que estaria em vigor no mês. Isso se deu em caráter de teste, com o objetivo de facilitar a compreensão do consumidor sobre esse novo sistema. Vale ressaltar que na Conta de Energia Elétrica não haverá nenhuma imagem de bandeira sinalizando a cor da tarifa vigente, mas será destacado, no campo "Valores Faturados", o custo adicional relativo à aplicação da bandeira tarifária vigente no período. Além disso, o consumidor poderá consultar, no site da Cemig e da Aneel a Bandeira Tarifária vigente naquele mês. 


Consumo  kWh por mês
Fatura Residencial Baixa Renda Resolução 1.700/14  sem impostos
Fatura Residencial Normal
Resolução 1.700/14  sem impostos

Bandeira Verde (sem aumento)

Bandeira Vermelha

Bandeira Verde (sem aumento)

Bandeira
 Vermelha
30
R$ 4,09
R$ 4,48
R$ 11,89
R$ 12,79
66
R$ 15,44
R$ 16,89
R$ 26,16
R$ 28,14
90
R$ 21,06
R$ 23,03
R$ 35,68
R$ 38,38
100
R$ 23,40
R$ 25,59
R$ 39,64
R$ 42,64
130
R$ 45,63
R$ 49,89
R$ 51,53
R$ 55,43
220
R$ 77,22
R$ 84,43
R$ 87,21
R$ 93,81
250
R$ 97,50
R$ 104,88
R$ 99,11
R$ 106,61
Fonte: Companhia Energética de Minas Gerais - Cemig

Economia de energia

A implantação das bandeiras tarifárias vai permitir que o consumidor gerencie melhor o consumo. Dessa forma, alguns hábitos simples podem ser adotados sem perda do conforto, proporcionando a utilização racional da energia elétrica. Além de reduzir a conta de energia no fim do mês, a população pode ajudar o país a recuperar de um ano em condições hidrológicas desfavoráveis.

Uma das principais medidas é a chave de temperatura do chuveiro para o verão, nesta época do ano. O chuveiro é um dos equipamentos que mais consome energia, devido à sua potência - que é muito alta. Mudando o seletor de temperatura da posição "inverno" para a posição "verão" a potência é reduzida em 30%, proporcionando uma redução no consumo ao final do mês de até 10%.

Outro eletrodoméstico que consome muita energia é a geladeira, devido ao seu tempo diário de uso. Um equipamento em bom estado de uso funciona 12 horas por dia, ou seja, 360 horas por mês, mas é comum encontrar geladeiras, em más condições de conservação, funcionando mais de 600 horas por mês.

Com relação ao ar condicionado, o ideal é que ele seja ligado depois de garantir que o ambiente a ser climatizado esteja totalmente fechado, verificando portas e janelas. O aparelho deve ser dimensionado de acordo com a área do ambiente a ser climatizado.

Essas e outras medidas são importantes para o consumo consciente da energia no Brasil. Seguindo essa tendência, o Programa Energia Inteligente, da Cemig, é focado na eficiência energética e promoção de iniciativas voltadas para uso consciente e eficaz da energia elétrica.