sábado, 5 de dezembro de 2015

Jornal destaca as dez melhores cidades em Desenvolvimento Municipal de MG

Recorte da Reportagem divulgada pelo Jornal O Tempo (04/12/2015)
O Jornal O Tempo, um dos veículos de comunicação de maior credibilidade do estado de Minas Gerais, destacou em reportagem divulgada nessa última sexta-feira, 04,  as dez melhores cidades em Desenvolvimento Municipal de Minas Gerais, baseada no Ranking divulgado pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (FIRJAN). Pela tabela de 2015, Bom Despacho ainda não está posicionada entre as primeiras. 

Conforme a reportagem, a nota é de acordo com os indicadores de Educação, Saúde, Emprego e Renda. A primeira cidade é Extrema, que está situada na região sul do estado de Minas Gerais. Já o melhor município do Centro Oeste  é Lagoa da Prata que ocupa a quarta colocação. 

Recentemente, a Prefeitura de Bom Despacho comemorou a quarta colocação obtida através da Revista Isto É. Tal conquista está exposta em publicidades de  ônibus e em algumas guaritas da cidade. 

Conquanto, Bom Despacho ainda está melhor em desenvolvimento municipal que muitos municípios mineiros. Atualmente pela Tabela da FIRJAN, a cidade Sorriso ocupa as posições de 30 em todo estado de MG e  de 333 de todo Brasil. 

Na véspera do feriado, Polícia Militar Rodoviária reforça alerta sobre os riscos dos pneus ‘perucados’

http://agenciaminas.mg.gov.br/ckeditor_assets/pictures/519/content_aaaaaapneu_percucado.pngRadares, sinais com registro de avanço, multas mais duras. Mesmo com tanta fiscalização, motoristas ainda insistem em cometer infrações que põem risco a própria vida e a dos outros. Exemplo disso são os pneus “perucados”. Vendidos de má fé como remoldados ou de meia vida, na verdade são um improviso perigoso.

Na prática, borracheiros colocam uma capa de borracha para cobrir as partes gastas. O problema é que essa espécie de ‘peruca’ interfere na estabilidade do veículo e ainda pode soltar e causar acidentes graves. O que seduz são os preços. Colocar a peruca  custa 40% do valor de um pneu novo.

José Nathan, presidente do Sindicato Interestadual dos Caminhoneiros, admite ter passado aperto com um pneu desse tipo. Ele fez a troca em uma borracharia de beira de estrada e seguiu viagem. O caminhoneiro carregava madeira de Guanhães para Brasília e, enquanto passava pelo Véu da Noiva, sentiu uma explosão.

O pneu que ele havia comprado cedeu de repente, obrigando-o a fazer uma manobra arriscada para que não capotasse. Mesmo assim, toras com cerca de 200 quilos caíram na pista. Uma senhora e uma criança que estavam na calçada foram arremessadas com a explosão. “Foi sorte ninguém ter morrido. Quem compra pneu sem saber a procedência está arriscando e, na estrada é tudo mais perigoso”, afirma.

Nathan agora prefere investir em pneus novos, mas conta que ainda há quem se arrisque.  Há cinco anos ele presenciou um acidente com “os perucados”. “Um casal estava em uma motocicleta na BR 381, próximo a Betim, quando o veículo bateu em uma carcaça. Eles morreram na hora”, conta o caminhoneiro, que acompanha de perto o assunto desde que sofreu com os “perucados”. 

De acordo com o tenente do Batalhão de Polícia Militar Rodoviária (PMR/MG), Geraldo Donizete, a parte emborrachada desse tipo de pneu cede com o aumento de temperatura ou variação de velocidade. A carcaça pode se desprender na via e causar acidentes.


“Não vale a pena este tipo de economia. A possibilidade de  acidentes é enorme. Isso sem contar que fazer este tipo de intervenção é crime. A utilização de pneus irregulares pode render cinco pontos na carteira e multa de R$ 127,60”.  Por outro lado, a manutenção periódica dos pneus originais garante a segurança de seus usuários, oferecendo rendimento e economia de combustível para motos, automóveis e caminhões.

Ag. Minas

sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Especialistas orientam sobre os riscos do vírus Zika

Vírus conhecido pela medicina desde o fim dos anos 40, o Zika passou a ser assunto nos lares brasileiros depois que foi confirmado que filhos de gestantes infectadas podem nascer com microcefalia, uma malformação irreversível. Segundo a infectologista da Secretaria de Saúde do Distrito Federal, Eliana Bicudo, já foi relatado na literatura médica que o Zika pode ser transmitido pelo leite materno e pelo esperma.

A transmissão mais conhecida deste vírus, que começou a circular fortemente no Brasil este ano, é pelo mosquito Aedes aegypti, também transmissor da dengue e da febre chikungunya. Até o começo de novembro, 18 estados tinham registrado transmissão interna de Zika, onde mais de 17 mil casos foram notificados.

Além de causar microcefalia, já está registrado na literatura médica que o Zika também pode desencadear a síndrome de Síndrome de Guillain-Barré, que é uma reação autoimune do organismo, geralmente relacionada a infecção por alguns vírus ou bactéria.

Segundo o Ministério da Saúde, os sintomas febre, olhos vermelhos, manchas vermelhas com coceira, dores no corpo acometem apenas cerca 20% dos infectados, os outros não percebem que foram contaminados com o vírus. “Aí é que está o perigo, você pode estar com uma doença silenciosa,que trás um risco alto para grávidas e pode transmití-la”, pontuou a especialista.

Para quem tem o quadro típico, o tratamento está baseado nos sintomas, com uso de paracetamol ou dipirona, assim como acontece com a dengue e com febre chikungunya. Normalmente, depois de no máximo sete dias o paciente está totalmente recuperado.

Segundo Eliana, uma grande dificuldade para saber se a microcefalia é em decorrência do vírus Zika é que o vírus só circula no sangue por cerca de cinco a sete dias. “O médico pergunta e a mãe muitas vezes não lembra se teve o quadro, nem sabe se teve”.

O que as pesquisas apontam é que quem teve Zika fica imune ao vírus, porém, não há exames que detectem quem está imune. Segundo a infectologista, agora os pesquisadores buscam se houve uma mutação no vírus, já que efeitos como a microcefalia nunca foram relatados em quase 70 anos de conhecimento do organismo.

O exame para a confirmação da infecção por Zika ainda não chegou à rede privada de laboratórios e, segundo o secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Antônio Nardi, a pasta está buscando formas de baratear o kit de diagnóstico. Por enquanto, segundo Eliana Bicudo, o resultado demora cerca de dois meses.

Como a relação entre o Zika e a microcefalia é muito recente, ainda não se sabe se o vírus pode causar sequelas ao bebê em qualquer período da gestação. “Os primeiros 3 ou 4 meses de gravidez é o período que existe maior risco de que a gestante tendo a infecção pelo vírus Zika venha a produzir uma malformação na criança. Mas como os estudos são muito recentes, não podemos afirmar se,  depois do contato com o vírus, a criança não terá nenhum problema. O ideal que ela tome os cuidados contra a picada do mosquito a gravidez inteira”, alertou o infectologista Dalcy Albuquerque, da Sociedade Brasileira de Infectologia.

O especialista alerta que muitas vezes quem tem os sintomas da doença pode confundir esses sinais com cansaço ou com uma virose leve> Porém, se a paciente for gestante, qualquer sinal deve ser comunicado ao médico.

Não existe vacina contra o Zika: a única forma de evitar a doença é o controle do mosquito transmissor. Por isso, o Ministério da Saúde tem convocado fortemente a população a eliminar depósitos de água parada, a vistoriar suas as casas ao menos uma vez por semana, destruindo possíveis criadouros, e a evitar lixo, entulhos, garrafas e a vedar caixas d'água.

Para as gestantes é recomendado que andem de calças compridas e usem sapatos fechados ou meia, já que o mosquito tem hábitos rasteiros, picando mais pernas e pés. Outra opção recomendada pelo Ministério da Saúde é o uso de produtos repelentes de uso tópico, que podem ser aplicados diretamente na pele. Mas é importante verificar se o produto está registrado na Anvisa e seguir as instruções de uso descritas no rótulo. A consulta de cosméticos repelentes regularizados pode ser feita no site da Anvisa.

Segundo o Ministério da Saúde, o Aedes aegypti tem hábitos diurnos e atuam mais no começo da manhã e no final da tarde.

Ag. Brasil

quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

Polícia Rodoviária Federal apreende caminhão de carga de cigarro roubada em Bom Despacho

Na manhã da última quarta-feira, 02, a Polícia Rodoviária Federal recebeu informações de que teria ocorrido um roubo  de um caminhão que estava carregado  com carga de cigarros entre as cidades de Uberlândia e Araxá e que o veículo seguia rumo a Belo Horizonte. 

Conforme a PRF, foram realizados rastreamentos entre Bom Despacho e Araxá  com o objetivo de recuperar o veículo, sendo que no KM 474 na BR 262, especificamente no pátio do Posto Lombada, foi abordado um caminhão com atitudes suspeitas. 

Ainda segundo a ocorrência, ficou constatado durante a abordagem que  o caminhão transportava a carga e portava a placa correspondente ao que havia sido roubado. Diante do exposto, o motorista foi levado preso e encaminhado a Delegacia de Polícia de Bom Despacho. 

Além da carga de cigarro, também foram encontrados dentro de veículo isqueiros, bebidas, fumo, palha, chiclete e outras caixas vazias de eletrônicos. 

quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

Loja de Placas é assaltada em Bom Despacho

Na manhã da última terça-feira, 02, a PM compareceu a uma loja de placas na Av. Dr. Juca em Bom Despacho, após receber informações que teria ocorrido um assalto no estabelecimento comercial. 

Em relato aos policiais, a vítima afirmou que abriu a loja e  foi ao banheiro, mas  ao ouvir  o barulho de uma moto, retornou à  recepção do estabelecimento, sendo  rendido por  um dos ocupantes do veículo que estava armado. 

Conforme a ocorrência, após ser informado que não tinha dinheiro no caixa, o assaltante deu duas estocadas no rosto da vítima  com o cano do revólver.  

A vítima também relatou que deu falta da sua carteira, que continha R$ 600,00 em dinheiro, documentos pessoais, talão de cheques,  cartões de crédito  e dois aparelhos celulares da loja.  

terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Rodada decisiva da Copa Jornal Fique Sabendo Sub 23 acontecerá no próximo dia 06

No último domingo foi realizada a segunda rodada da Copa Jornal Fique Sabendo de futebol amador Sub 23. No jogo entre Associação x Esplanada, os tricolores levaram a melhor diante do rival e obtiveram o placar  de 2 a 1,  e logo depois, Cristalino e Famorine empataram em 1 a 1. 

Com esses resultados, os 4 clubes participantes entram com chances de chegarem a final do torneio, agendada para o dia 20/12. Isso porque pela tabela de classificação, os 4 times pontuaram e tudo leva a crer que a última rodada será  decisiva para todos. 

O líder da competição é o Famorine com 4 pts e 01 gol de saldo, seguido por Esplanada com 3 pts e 3 gols de saldo, Associação com 3 pts e 0 gol de saldo e Cristalino com 1 pt e - 3 gols de saldo.

Pela situação do campeonato, o Famorine precisa de um empate para chegar a final, possibilidade que também garante o Esplanada, caso a Associação não vença o Cristalino . Já o Colorado precisa vencer e torcer para que o verdão do bairro de Fátima derrote o Celeste. 

A última rodada da fase de classificação da Copa Jornal Fique Sabendo acontece no próximo  dia 06 de Dezembro, domingo, no estádio Pedro Lino da Costa. O primeiro jogo está programado para as 14h30 entre Cristalino x Associação e logo em seguida entre Famorine x Esplanada. 

O torneio é um projeto social do Jornal Fique Sabendo e  conta com o apoio dos vereadores Ricardo Alvarenga, Pedro Paulo, Dr Fernando, das empresas MM Lanches e Dudu Burger, do apoiador Pedro Paulo Pontes, da Liga Municipal de Desportos de Bom Despacho, da Secretaria Municipal de Esportes e Policia Militar.

segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Alunos do PROGEA participam de atividades ambientais


Na data de 27 de Novembro, os mediadores do Programa de Educação Ambiental – PROGEA,  Cb Borges, Sd Lívia e os 55 alunos do 4° ano da Escola Municipal Dona Duca, participantes do programa, realizaram uma visita técnica ao Centro de Educação Ambiental da empresa de madeireira, Arcellor Mittal, no Povoado da Garça, zona rural de Bom Despacho.

Na ocasião, os alunos assistiram palestra sobre preservação dos recursos naturais, realizaram trilha ecológica nas dependências do local, onde as crianças tiveram oportunidade de conhecer a nascente do Rio Picão, atualmente seca, várias espécies de aves, além de visitarem a antiga casa, habitada por Picão Camacho, na época da escravidão. 

O objetivo do Programa é estimular e sensibilizar os estudantes a serem competentes e hábeis na adoção de comportamentos socioambientais que visem contribuir para a preservação ambiental.

Fonte: PMMG

Restos mortais são retirados de sepultura em Bom Despacho

Foto. Blog Experidião Porto
Na manhã do último sábado, 28,  a Polícia Militar compareceu ao Cemitério Velha Necrópole, no centro de Bom Despacho,  após receber informações da zeladora de que uma sepultura havia sido arrombada. 

Conforme relato aos policiais, a zeladora assim que chegou ao cemitério para limpar alguns jazigos, notou que uma uma das sepulturas havia sido aberta, sendo que faltavam ossos como crânio entre outros. 

A perícia foi acionada e compareceu ao local. A Polícia ainda não tem informações sobre os suspeitos. 

domingo, 29 de novembro de 2015

Ladrões invadem casa em Bom Despacho

Na manhã do último sábado, 28, a PM compareceu a uma residência no bairro Palmeiras em Bom Despacho, após receber informações da invasão de dois indivíduos no local. 

Segundo a vítima, uma mulher de 20 anos, os autores estavam encapuzados e armados de revólveres. 

Ainda conforme a vítima, foram levados de sua casa um aparelho roteador da marca Link, R$ 50,00 em dinheiro e 15 bermudas jeans que ela comercializava. Em relato aos policiais, a moradora contou que sua boca foi tapada durante a ação dos bandidos.  

A vítima não possui suspeitas, mas a Polícia segue em rastreamentos dos possíveis autores. 

Bom Despacho deve ficar Alerta à Dengue

Agente de Endemia em Bom Despacho . Foto/Prefeitura de BD
Bom Despacho terá que se preocupar bastante nos próximos dias com o mosquito transmissor da Dengue, Chinkingunia e Zika. Isso porque segundo o Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes Aegypti (LIRAa) feito pelo Ministério da Saúde, a cidade está entre as 3 primeiras  de Minas Gerais que estão com o maior índice de infestação. 

De acordo com reportagem divulgada pelo Jornal Hoje em Dia na última terça-feira, 24, Bom Despacho está com 5,2% de focos de infestação nas residências, sendo que o principal criadouro do mosquito está em domicílios. 

No início de 2015, o Jornal Fique Sabendo entrevistou o Prefeito Fernando Cabral, que na ocasião alertou que a população,  junto com a Prefeitura de Bom Despacho,  teria que combater  o Aedes Aegypti. 

Apesar de haver campanhas, vários agentes de saúde nas ruas, a cidade parece não ter surtido o efeito esperado e nesse momento corre o risco de sofrer mais uma epidemia como já ocorreu em anos anteriores. 

E no final do ano  o risco pode ser ainda maior  devido ás chuvas que caem na região sudeste. Conforme o Infectologita e supervisor do Pronto Socorro do Hospital Emílio Ribas de São Paulo, Ralcyon Teixeira, a chegada o vírus do Zika  é inevitável . 

Mulheres Grávidas

Conforme o Infectologista, as mulheres grávidas devem redobrar a atenção em  contato com o Aedes Aegyti, já que estão mais propensas a 
microcefalia, uma malformação congênita  em que o cérebro do bebê não se desenvolve de maneira adequada e também poderia gerar uma condição com possibilidade de  diversas causas, como agentes químicos e infecções (caso do Zika). Crianças com microcefalia desenvolvem, em 90% dos casos, algum nível de retardamento mental

Fontes para reportagem: Jornal Hoje em Dia e Yahoo Notícias.