sábado, 16 de janeiro de 2016

Governo distribuirá teste único para detectar dengue, zika e chikungunya

O Ministério da Saúde começará a distribuir no fim de fevereiro as primeiras 50 mil unidades do Kit NAT Discriminatório para dengue, zika e chikungunya, que permitirão o diagnóstico simultâneo das três doenças com maior agilidade. Outra qualidade é a redução do custo de aplicação do teste.

“O teste que vamos distribuir vai dizer de maneira objetiva dentro de duas horas qual é a enfermidade que a pessoa está acometida. É importantíssima a informação para as gestantes”, destacou o ministro da Saúde, Marcelo Castro, durante a apresentação do kit hoje (16), na Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

O vice-diretor de Desenvolvimento Tecnológico e Prototipagem do Instituto Carlos Chagas (ICC/Fiocruz-Paraná), Marco Aurélio Krieger informou que o teste no formato que foi produzido é único no mundo. “Não existe nenhum teste disponível, que faça esta avaliação discriminatória neste formato”, contou.

Os kits serão encaminhados a 18 dos 27 laboratórios centrais (Lacen) do Ministério da Saúde, localizados em cada estado do país, que conforme o ministro, estão equipados para receber os 50 mil testes, produzidos pela Fiocruz, no Rio de Janeiro.

Outros três laboratórios estão sendo preparados para receber os testes. A previsão é que até o fim do ano sejam distribuídos 500 mil kits. “A produção dos testes vai ser distribuída continuamente para fazer o diagnóstico. A prioridade para a diferenciação diagnóstica vai ser para as gestantes”, revelou.

De acordo com Marcelo Castro, atualmente, o problema número 1 do Brasil é a microcefalia. “O Brasil tinha, em média, de 2.000 para cá, segundo estatísticas, 150 casos de microcefalia por ano. De outubro para dezembro do ano passado tivemos 3.500 casos aproximadamente. Então é um caso gravíssimo de saúde pública, poucas vezes vivido na história de nosso país”, indicou.

Diante da situação, o ministro defendeu que não podem faltar recursos para combater a doença. Ele informou que este ano estão garantidos R$ 500 milhões para ações específicas relacionadas à microcefalia. “Nós temos a palavra e o compromisso da presidenta Dilma, de maneira explícita, de que não faltarão recursos para o combate à microcefalia no Brasil”, disse.

O ministro Marcelo Castro informou que estão confirmadas três mortes por chikungunya, duas na Bahia e uma em Sergipe, todas em pessoas idosas. Castro disse que as três doenças que serão diagnosticadas com os testes são graves e estão matando.

“Qualquer das três doenças tem que ser tratada com a devida gravidade, os casos mais graves tem que ser internados, têm que ser tratados os sintomas, porque a gente não tem o remédio para tratar dengue, não temos o remédio para tratar a chikungunya, não temos o remédio para tratar a zika”, disse, acrescentando que, por isso, ele acredita que é preciso tomar todas as providências clínicas para combater os sintomas”, apontou.

O presidente da Fiocruz, Paulo Gadelha, informou que se os testes fossem produzidos por laboratórios privados e com aplicações para cada tipo das três doenças custariam entre R$ 900 e mais de R$ 2 mil.

“Na escala que estamos fazendo esse teste vai sair com um custo entre US$18 a US$20. Então, só é possível colocar isso em escala de saúde pública, vai ser feito nos Lacens e nas áreas de referências e para estudos, ele se torna factível como instrumento de saúde pública”, analisou.

Ag. Brasil

Governo de MG divulga calendário de pagamentos para os servidores estaduais nos próximos 3 meses

Reunião que anunciou o calendário de pagamento. 
Na última sexta-feira, 15, o Governo de Minas Gerais divulgou o calendário de pagamentos para servidores estaduais. Conforme a divulgação, os servidores que recebem até R$ 3 mil receberão até o dia quinto dia útil os salários referentes aos meses de Janeiro, Fevereiro e Março. 

Ainda de acordo com o Governo de Pimentel, os servidores que recebem até R$ 3 mil representam cerca de 75% da folha paga, percentual que  corresponde ao número de 477 mil funcionários públicos. E quem tem o salário de R$ 6 mil receberá as devidas parcelas nos dias 12 e 16 do próximo mês. Em março as datas fixadas são 7, 11 e 16 e em Abril serão nos dias 7,12 e 15. 

Dessa forma, os servidores que ganham até R$ 3 mil receberão o salário integralmente, já que os recebem R$ 6 mil, receberão em três parcelas em Fevereiro, Março e Abril. 

Em Bom Despacho, há muitos servidores do estado como policiais ativos e aposentados, profissionais de ensino, do Poder Judiciário e demais instituições como Emater, IMA, IEF, dentre outros.  

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Polícia Militar prende autores por roubo a Taxista em Bom Despacho

Na noite do dia 12 de Janeiro de 2016, por volta das 20h35min, no município de Bom Despacho, um adolescente e uma mulher pegaram um táxi na área central da cidade sentido ao bairro Santa Lúcia e, aproveitando o momento em que transitavam por um local de má iluminação, anunciaram o assalto. 

O condutor assustado, evadiu, abandonando o veículo, que desengrenado desceu pela via pública, parando em uma mata. Dois militares da Quinquagésima Companhia que estavam de folga e à paisana auxiliaram na intervenção policial, abordando um adolescente de 17 anos que portava uma réplica de arma de fogo em sua cintura. 

Uma jovem de 19 anos, também foi conduzida até a Delegacia de Polícia para prestar esclarecimentos, uma vez que estava na companhia do menor em conflito com lei no momento do assalto. Os materiais apreendidos foram encaminhados à Delegacia de Polícia juntamente com o menor.

Assessoria de Comunicação Organizacional do 7° BPM

quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

7ª Cia Ind MAT realiza Operação Fecha Região

Visando o combate a criminalidade, na tarde da última quarta-feira, 13 , Policiais Miilitares da 7ª Cia Ind MAT, realizaram a Operação Férias na BR 494, km 01, nos acessos aos municípios de Nova Serrana, Divinópolis e Pitangui.  

O objetivo da operação foi coibir as infrações e crimes de trânsito na rodovia de acesso ao município de Nova Serrana, bem como a apreensão de armas, drogas, produtos de furto e prisão de foragidos da justiça e  para  potencializar as atividades de polícia ostensiva, com vistas à redução dos índices criminais e ao aumento da sensação de segurança da população.


fonte: PMMG

Prefeito Fernando Cabral tem prazo de 30 dias para apresentar defesa em processo administrativo

Prefeito Fernando Cabral
No dia 23 de Dezembro de 2015, foi publicado pelo Diário Oficial da União, órgão informativo oficial do Governo Federal, que Fernando Cabral, antes gerente sócio da Padrão IX Informática e atualmente Prefeito de Bom Despacho, tem o prazo de 30 dias para apresentar a sua Defesa no processo administrativo do CADE, instaurado pelo órgão  em Julho de 2015. 

O processo administrativo instaurado pelo CADE (Conselho Administrativo de Defesa Ecônomica), órgão integrado ao Ministério da Justiça,  tem o objetivo de apurar as denúncias do Ministério da Educação de que havia suspeitas de cartel em licitações de Tecnologia da Informação entre os anos de 2000 a 2009. A investigação envolveu 15 empresas e 32 pessoas, no qual incluiu  o chefe do  Poder Executivo de Bom Despacho.

Para se ter ideia, o processo foi instaurado quando o MEC, em 2005, abriu um edital de licitação para o serviço de tecnologia da informação. Na época, mais de 30 empresas interessaram em participar, mas somente 2 compareceram ao leilão. Com isso, surgiu a suspeita de formação de cartel, sendo logo apurado por investigações feitas pela Polícia Federal e pelo CADE. 

Em novembro de 2015, quando Jornal Fique Sabendo publicou a notícia do processo administrativo do CADE, o Prefeito Fernando Cabral afirmou à sua reportagem  que quando os fatos ocorreram em 2005, ele já havia se afastado da empresa e logo se mudado para Bom Despacho para trabalhar no segmento de reciclagem. 





terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Prefeitura de Bom Despacho adia inauguração da Estrada do Pica-Pau

Estava tudo pronto para a inauguração da Estrada do Pica-Pau, mas de última hora a Prefeitura de Bom Despacho adiou o evento e promoveu apenas a Corrida de Reis no local. A obra orçada em mais de R$ 2 milhões e com previsão para ser entregue inicialmente em setembro de 2015, terá de esperar  um pouco mais para ser inaugurada. 

No entanto, o trânsito pela via está disponível e os motoristas que trafegam pelo local devem ficar atentos,  pois o trecho é de curvas fechadas  e muito rápido, além de não possuir até o momento a sinalização adequada para o seu trajeto. 

Em resposta ao Jornal Fique Sabendo, a Assessoria de Comunicação afirmou que a obra não terminou. Talvez seja por isso que  não foi inaugurada. 

Anúncio

No final de dezembro de 2015, a Prefeitura de Bom Despacho comunicou que a Estrada do Pica-Pau seria inaugurada no dia 10 de Janeiro de 2016, mas por enquanto, os bondespachenses terão que esperar pela oportunidade de presenciar o evento. 

segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Polícia Militar prende suspeitos por Tráfico de Drogas em Bom Despacho

Na tarde de sábado, por volta das 17h, uma viatura policial compareceu ao Bairro Santa Lúcia em Bom Despacho, após receber informações de que teria 3 jovens com  atitudes suspeitas, sendo  abordados  em seguida pelos policiais. 

De acordo com a ocorrência, os militares descolaram até a residência de um dos abordados, onde foram encontrados quatro buchas de maconha, R$ 20,00, várias sacolas plásticas de chup chup e uma caxinha,  contendo 3 pedaços de maconha prensados. 

Logo depois, os autores foram levados presos e encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil em Bom Despacho. As substâncias também foram apreendidas pelos militares. 

domingo, 10 de janeiro de 2016

Cidadão tapa buracos e manda recado para Prefeito de Bom Despacho

Cidadão tapando buraco na Av. Governador Valadares
Na última semana, um morador do bairro São Vicente em Bom Despacho usou uma charrete com  entulho para tapar alguns buracos na Avenida Governador Valadares. O vídeo foi postado e compartilhado várias vezes na rede social Facebook. 

Atualmente, inúmeras ruas de Bom Despacho estão esburacadas. Em algumas delas a queda de veículos é praticamente inevitável. Um dos pontos mais críticos está na  Avenida Dr. Juca, também no bairro São Vicente. 

Outra região de Bom Despacho que merece atenção é o Bairro Jardim América, onde ruas próximas ao Campo do Operário estão em estado crítico, com várias erosões. Motoristas devem ficar atentos quando transitar pela localidade. 

Operação Tapa Buracos. 

Av. Maria Guerra - Jardim América
Em contato com a reportagem do Jornal Fique Sabendo, a Prefeitura de Bom Despacho, através do assessor especial Ricardo Santos, informou que a Operação Tapa Buracos acontecerá na segunda quinzena de Janeiro

Custo da construção fecha 2015 com alta de 5,5%


Os custos da construção civil subiram em dezembro passado 0,06%, apresentando desaceleração de 0,22 ponto percentual em relação à taxa de novembro, de 0,28%. Com isso, o acumulado no ano ficou em 5,5%, com desaceleração de 0,7 ponto percentual em relação aos 6,2% da taxa acumulada de janeiro a dezembro de 2014.

Os dados fazem parte do Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi), calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em parceria com a Caixa Econômica Federal, e divulgado nesse domingo (8).


Com a desaceleração, o custo nacional do metro quadrado na construção passou de R$ 926,84 em novembro para R$ 963,39 em dezembro. A parcela de materiais, com variação de 0,11%, comparada com o mês anterior (0,41%), registrou queda de 0,30 ponto percentual. O custo médio da mão de obra por metro quadrado se manteve no mesmo valor.

Segundo o IBGE, os resultados de 2015 registraram variação de 3,78% nos preços dos materiais, enquanto o acumulado da parcela do custo referente aos gastos com mão de obra teve alta de 7,55%, ambos inferiores aos números do ano anterior. Em 2014, a parcela dos materiais fechou em 4,9% e a mão de obra em 7,74%.

Por metro quadrado, as despesas com materiais chegaram, em dezembro, a R$ 516,06. Quanto à parcela da mão de obra, o ano fechou em R$ 447,33. Em dezembro de 2014, por metro quadrado, essas despesas estavam em R$ 497,37 no caso dos materiais e em R$ 415,95 no da mão de obra.

Custos por região

Os dados do Sinapi indicam que a Região Norte fechou dezembro e o acumulado dos 12 meses do ano com a maior variação do país. No último mês de 2015, ao apresentar a maior aceleração do ano, os custos da construção civil na região subiram 0,43%, e no acumulado, 7,92%.

O segundo custo mais alto da mão de obra no ano passado foi registrado no Sul, com 7,81%, seguido do Centro Oeste (5,25%), Sudeste (4,95%) e da Região Nordeste, com 4,51%. Quanto aos custos da construção, as regiões ficaram com os seguintes valores por metro quadrado: R$ 995,18 (Norte); R$ 889,98 (Nordeste); R$ 1001,61 (Sudeste); R$ 999,97 (Sul) e R$ 975,71 (Centro-Oeste).

Criado em 1969, o Sinapi tem como objetivo a produção de informações de custos e índices de forma sistematizada e com abrangência nacional, visando não só à elaboração e avaliação de orçamentos, como também ao acompanhamento de custos.

Ag. Brasil