quinta-feira, 17 de março de 2016

POLÍCIA MILITAR LOCALIZA VEÍCULO FURTADO E APREENDE DOIS SUSPEITOS EM BOM DESPACHO


Na manhã de 16 de março de 2016, no município de Bom Despacho, os policiais militares da 50ª Cia PM receberam denúncia de que indivíduos em atitudes suspeitas teriam abandonado um veículo Fiat/Uno, no Bairro Nossa Senhora do Rosário. Rapidamente os militares deslocaram até o local onde depararam com três jovens, que ao visualizarem a guarnição policial, evadiram. 

O veículo encontrava-se no local e, após consulta ao Sistema Informatizado, constatou-se que havia sido furtado em 15/03/2016, na cidade de Bom Despacho. 

Dois adolescentes foram abordados e receberam voz de apreensão, sendo encaminhados à Delegacia de Polícia. O veículo foi removido pelo reboque credenciado.


Assessoria de Comunicação Organizacional do 7º BPM

Sesc abre inscrições para acompanhamento escolar em Bom Despacho

                             ‘PHE’ oferece apoio pedagógico gratuito para estudantes de 6 a 11 anos

O Sesc Bom Despacho está com inscrições abertas para 40 vagas remanescentes para a iniciativa que busca desenvolver capacidades, impulsionar o conhecimento dos estudantes, tudo isso valorizando os momentos lúdicos e as brincadeiras. É oProjeto Habilidades de Estudo (PHE)que oferece acompanhamento pedagógico, atividades extracurriculares, esportivas, culturais e cuidados com a saúde aos estudantes do Ensino Fundamental (de 6 anos a 11 anos), matriculados na rede pública ou que possuam 100% de bolsa integral em escola particular. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas na unidade, localizada à av. Maria da Conceição del Duca (D. Saçã), 150, Jaraguá.

Para participar é preciso que o aluno possua renda familiar mensal bruta de até três salários mínimos, sendo, preferencialmente, dependente de trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo. Durante o PHE, as crianças serão atendidas no Sesc, no contraturno escolar, de segunda à sexta-feira, ampliando assim o tempo dedicado aos estudos.

O PROJETO
A proposta é criar condições para que a criança desenvolva hábitos de estudo, atitudes de cidadania e habilidades para aprimorar a capacidade de ler e interpretar os fatos do mundo, além da oportunidade de convivência e interação, fortalecendo os laços de amizade no dia a dia.

Outro aspecto valorizado é o ato de brincar, uma forma de expressão, de aprendizado e de experiência. Ao longo do ano são desenvolvidas atividades abordando diversos temas, como valores sociais, identidade, expressão corporal, teatro, higiene, meio ambiente e sustentabilidade, pinturas artísticas, reconhecimento do corpo humano, música, natação, contação de histórias, jogos pedagógicos, brincadeiras antigas e de rodas, leitura, entre outros, fazendo da aprendizagem um processo ativo, interessante e significativo.

SERVIÇO
Inscrições para o Projeto Habilidades de Estudo (PHE), em Bom Despacho
Horário: das 8 às 17h
Local: Sesc Bom Despacho (av. Maria da Conceição del Duca (D. Saçã), 150, Jaraguá).
Gratuito

Informações sobre o evento (público): (37) 3521-9486

Ass. Imp. Sesc

Projeto de lei garante reajuste de 11,36% para os profissionais da educação

O governador Fernando Pimentel encaminhou, nesta terça-feira (15/3), à Assembleia Legislativa, em caráter de urgência, projeto de lei que propõe que as tabelas de vencimentos das carreiras do Grupo de Atividades de Educação Básica e os valores dos abonos sejam reajustados em 11,36%, de forma retroativa, a partir de 1º de janeiro de 2016. A nova proposta atende às reivindicações e pontos abordados em constante diálogo com o Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE/MG).

A partir de agora, o projeto de lei aguarda apreciação e depende do Legislativo para que os reajustes da categoria e a correção do valor do piso salarial sejam devidamente incorporados. De acordo com a assessoria de imprensa da ALMG, por ter sido solicitada a apreciação em regime de urgência, os prazos regimentares são reduzidos à metade e o projeto de lei ganha prioridade na tramitação.

Histórico

O projeto de lei honra o compromisso do acordo histórico assinado entre o governador Fernando Pimentel e as entidades representativas dos professores, no ano passado, ao assegurar à categoria a atualização do Piso Salarial Estadual nos mesmos índices de correção do Piso Salarial Profissional Nacional nos anos de 2016, 2017 e 2018 para o Professor Especialista em Educação e Analista Educacional na função de Inspetor Escolar.

Em fevereiro, após entendimento com o Sind-UTE/MG e deputados, o Governo do Estado retirou o projeto que previa aumento do piso por meio de abono e deu início à construção de uma versão que atendesse às demandas da categoria.

Com as novas medidas propostas, o Governo cumpre a determinação contida no art. 3º da Lei nº 21.710, de 2015, agregando a atualização do piso salarial do magistério aos reajustes autorizados nessa mesma Lei para servidores de todas as carreiras do Grupo de Atividades de Educação Básica.

Desde 2015, a atual gestão da administração pública estadual tem mantido intenso diálogo com o sindicato com o único objetivo de valorizar os servidores da Educação. Com transparência e sensibilidade, a cada encontro e debate o Governo reafirma o compromisso de aprimorar as políticas públicas educacionais, com a efetiva participação dos professores por meio de seus representantes legais.

Trâmite


Segundo a assessoria de imprensa da ALMG, o pedido de urgência é uma estratégia adotada para acelerar a tramitação de um projeto na Assembleia, à qual o governador pode recorrer para até dois projetos de lei ao mesmo tempo. Nesse caso, além da redução dos prazos regimentares, deixa de ser obrigatória a publicação de pareceres no Diário do Legislativo. Impacto também na discussão no plenário que, com isso, não pode ultrapassar quatro reuniões consecutivas.

Ag. Minas

Quaresma aquece produção de peixes e vendas crescem até 40% em Minas Gerais

Repasse de tecnologia e assistência técnica estimulam a aquicultura, que se prepara antes para atender demandas da época


A tradicional época da Quaresma movimenta o mercado de peixes e, em Minas Gerais, as vendas, nos principais polos de produção, aumentaram em torno de 30% a 40%. Os índices foram informados pelas cooperativas e piscicultores individuais das regiões de Furnas (Sul de Minas), de Três Marias (Região Central) e dos municípios do Alto Paranaíba e Triângulo Mineiro.

Os piscicultores em questão são produtores de tilápias em tanques-rede e costumam se preparar, antecipadamente, para atender a demanda desse período. “No mês de setembro, a gente aumenta a quantidade de alevinos (peixes recém saídos dos ovos) nos tanques e, no prazo de seis a sete meses, estão prontos para a venda”, aponta o presidente da Cooperativa dos Piscicultores de Morada Nova de Minas (Coopim), Onedino Pereira de Souza.

A cooperativa reúne 20 piscicultores, que produzem 22 toneladas de tilápias, por mês, em tanques-rede instalados no lago da represa de Três Marias. Lá, o quilo do peixe vivo é vendido ao preço médio de R$ 5,50 para frigoríficos e comerciantes da região. Já o quilo do filé, em torno de R$ 25.

Mesmo com a boa oxigenada dada pela Quaresma no mercado de peixes da região, o presidente da Coopim aposta no negócio é como investimento constante, com perspectiva de futuro.“O custo da produção ainda é um desafio para o setor, mas existem compensações, como o fato de o empreendimento dar retorno rápido. Além disso, existem possibilidades de crescimento do mercado porque os brasileiros estão consumindo mais peixe o ano todo”, conclui.

Bom negócio

A produção de peixes é um bom negócio para Dulcinéia Gomes, de São José da Barra, na região de Furnas.  “Nessa época a procura, aqui, cresce em torno de 30%, mas a gente não se apega às demandas só do período. Procuramos seguir um ciclo de produção que atende o mercado o ano todo”, afirma.

A piscicultura transformou a técnica de enfermagem em empreendedora. Dulcinéia entrou no negócio há cinco anos, com poucos tanques-rede e uma produção de 10 toneladas de peixe por ano.

Com a assistência técnica da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG), o empreendimento cresceu e exigiu dedicação exclusiva de Dulcinéia, que teve de deixar o trabalho na área de enfermagem. “Gosto muito da profissão, mas precisei optar por investir na piscicultura que, apesar das dificuldades iniciais, se tornou mais vantajosa para a família, em termos de renda” ressalta a produtora.

Hoje, a agricultora familiar conduz o negócio com o marido e os dois filhos. São 30 tanques-rede que produzem cerca de 60 toneladas de tilápia por ano. O produto é vendido para restaurantes e peixarias da região ao preço de R$ 6 o quilo.

Mercado em Minas

Dados do IBGE mostram que Minas Gerais produziu, em 2014, cerca de 16,5 mil toneladas de peixe, movimentando aproximadamente R$ 98,5 milhões.No estado, o maior polo produtor é a represa de Três Marias, com a criação de tilápias em tanque-rede. De acordo com diagnóstico da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig), divulgado em 2015, a região possui cerca de 100 piscicultores de pequeno e médio porte.

A produção anual na represa chega a 9 mil toneladas e a comercialização do peixe in natura é estimada em R$ 50 milhões por ano. Considerando toda a cadeia produtiva (venda de ração, criação e comércio de alevinos, processamento), o volume de recursos que o setor movimenta, anualmente, ficaria em torno de R$100 milhões

Fomento

A piscicultura tem potencial para crescer mais em Minas Gerais. Para fomentar o setor, segundo a diretora de Aquicultura, Ana Carolina Euler, da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abatecimento (Seapa), um dos desafios é a reformulação da legislação ambiental.

“Em conjunto com a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), estamos pontuando os impactos da atividade na natureza e vamos propor soluções. A intenção é padronizar o licenciamento ambiental aquícola no estado”, observa.  

A diretora de Aquicultura também destaca o trabalho desenvolvido pela Seapa, por meio da Emater-MG, para a capacitação de técnicos e piscicultores com foco na produção e conquista de mercado. Ainda cita as ações do Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) de defesa sanitária de animais aquáticos.

Outra aposta da Seapa, segundo Ana Carolina, é a implantação do Programa de Desenvolvimento Estratégico da Aquicultura em Minas Gerais (ProPeixe), que está em tramitação na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). O programa estabelece mecanismos de fomento e de desenvolvimento da produção aquícola no estado.


Tecnologia

Tecnologias desenvolvidas pela Epamig reforçam a estratégia de estímulos à aquicultura, contribuindo para tornar eficiente a produção de peixes no estado. Essas tecnologias são repassadas tanto para funcionários das empresas e órgãos públicos de assistência técnica, quanto para os produtores e entidades que representam a piscicultura.

Além de pesquisa em criação de tilápia em tanque-rede, a Epamig realiza, no campo experimental de Arcos, no Centro-Oeste mineiro, estudos sobre o sistema de produção de peixes em fluxo contínuo de águas. No mês passado, durante encontro de Piscicultura, o pesquisador da Epamig, Vicente Gontijo, apresentou o modelo para produtores rurais e sindicatos de agricultores da região.

O sistema, de acordo com o pesquisador, tem como vantagens a facilidade de manejo, o aumento da produção, redução de custos, diminuição dos impactos ambientais e da mão de obra. Um manual com o passo a passo para a implantação de uma unidade produtiva está disponível para download no site da Epamig, no menu publicações.

Ag. Minas

terça-feira, 15 de março de 2016

Loja de Material de Construção é furtada em Bom Despacho

Na manhã da última segunda-feira, 14, a Polícia Militar compareceu a Loja ABC de Material de Construção em Bom Despacho, após receber informação de que teria ocorrido um arrombamento no local. 

Em relato à PM, um funcionário contou que indivíduos não identificados entraram no estabelecimento e levaram cerca de R$ 471,80 em dinheiro e mais 3 cheques, sendo no total de R$ 12.406,00. 

De acordo com a ocorrência, o solicitante informou que não possui suspeitos e que segundo os funcionários fatos idênticos já aconteceram outras vezes. 

segunda-feira, 14 de março de 2016

Multidão marca Missa de Translação dos Restos Mortais de Padre Libério em Leandro Ferreira

Imagem do translado dos restos mortais de Padre Libério em Leandro Ferreira 
Na tarde do último sábado, 13, a cidade de Leandro Ferreira, cerca de 35 km de Bom Despacho,  recebeu uma multidão de fiéis para acompanhar  a missa de translação dos restos mortais de Padre Libério à Matriz de São Sebastião. O objetivo da remoção foi analisar os restos mortais do pároco,  que passa por um processo de investigação antes de ser beatificado pelo Vaticano como Santo. Membros de Roma acompanharam todo o  procedimento realizado no Brasil. 

A missa contou a presença de inúmeros fiéis. Estima-se que mais de 20 mil pessoas acompanharam a celebração, presidida pelo Bispo José Carlos Souza Campos, da Diocese de Divinópolis e com a participação de outros padres. 

O pedido de beatificação de Padre Libério aconteceu em 2010, sendo que em 2012,  o Bispo Tarcísio criou o Tribunal para a Causa dos Santos com o objetivo de analisar os processos de beatificação. "Já havia em torno do nome do padre Libério um desejo grande de que esse processo se iniciasse. Mas de fato, oficialmente, o processo só foi aberto em 2012", disse em entrevista ao Portal G1. 

Padre Libério morreu em Divinópolis  em 21 de Dezembro de 1980. Foi velado em Pará de Minas e sepultado em Leandro Ferreira. Desde então, o pároco tem sido ovacionado por inúmeros fiéis da região e também do estado de Minas Gerais . Em Bom Despacho, existem diversos de casos de milagres, relatados por seus  devotos e seguidores. 

Copa Jornal Fique Sabendo já tem 2 times classificados para as semifinais

Público no Parque do Azulão
Na tarde do último domingo, 13, foi realizada a segunda rodada da Copa Jornal Fique Sabendo de futebol amador e aspirantes. Os jogos aconteceram nos estádios Antônio Leite de Oliveira  e Parque do Azulão, sendo em Bom Despacho e no Distrito do Engenho do Ribeiro respectivamente. A rodada definiu dois times classificados para as semifinais. 

Pela Chave B, no Estádio Antônio Leite de Oliveira, se enfrentaram Operário e Cristalino. Na partida da categoria aspirantes, o Operário venceu o adversário por 3 a 1, placar que levou o time da Águia a primeira colocação do grupo com 6 pontos e a garantia da vaga nas semifinais. Na partida da categoria amador adulto, os dois clubes empataram em 1 a 1. O resultado deixou a liderança com a equipe do Bairro São José com 2 pontos, mas ameaçada,  já que o Colorado encara o Esplanada na próxima rodada. Um empate de 3 gols para cada equipe, classifica ambos para a fase seguinte da competição. 

Já pela Chave A, o Ipiranga recebeu o Famorine no Estádio Parque do Azulão, onde recebeu um bom público para acompanhar os jogos. Na categoria aspirantes, a equipe do Engenho do Ribeiro bateu o  rival por 6 a 1 e assim como o Operário, garantiu a vaga nas semifinais. No outro confronto,  dessa vez pela categoria amador, o Azulão derrotou o adversário por 1 a 0 e também se classificou para a próxima fase, pois tem 4 pontos e com isso ficaria no mínimo na segunda colocação em caso de vitória do Recreativo no próximo jogo contra  o Famorine. Já o Verdão do Bairro de Fátima precisa de uma vitória em ambas categorias diante do Recreativo  na próxima rodada para se classificar a fase eliminatória do torneio. 

Esta é a sétima competição de futebol promovida pelo Jornal Fique Sabendo em Bom Despacho. Dessa vez, o torneio tem como patrono o Deputado Fábio Avelar, além dos apoios de Restaurante Paraíso, Liga Municipal de Desportos de Bom Despacho,  Secretaria de Esportes, Vereador Robertão Cordeiro, Polícia Militar,  rádios Ativa, Difusora, Nova Veredas e do blog o ofinodabola10.blogspot.com.