Deputado Fábio Avelar comemora sanção de Lei que institui Polo da Moda e Confecção em Divinópolis

Reunião com diretores da Sinvesd e Acid, em 15/9, em Divinópolis fechando o compromisso por ações a favor do setor confeccionista de Divinópolis e região

O governador Fernando Pimentel sancionou e fez publicar, na sexta-feira (12/1/18), no Diário Oficial do Estado, a Lei 22.895, que institui o Polo da Moda e Confecção de Divinópolis (Centro-Oeste de Minas). A norma, que entra em vigor com a publicação, origina-se do Projeto de Lei (PL) 4.636/17, do deputado Fábio Avelar (Avante) e aprovado em 2° turno pelo Plenário da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) em 19 de dezembro.

Além de Divinópolis, município sede, integram o polo de moda e confecção outros 19 municípios: Aguanil, Araújos, Arcos, Campo Belo, Candeias, Carmo da Mata, Carmo do Cajuru, Carmópolis de Minas, Cristais, Formiga, Igaratinga, Itaúna, Itapecerica, Nova Serrana, Oliveira, Pains, Perdigão, São Sebastião do Oeste e Pedra do Indaiá.

Entre os objetivos do polo estão: o fortalecimento da cadeia produtiva do setor têxtil; o incentivo à produção e à comercialização de vestuário; e a promoção, o desenvolvimento e a divulgação de tecnologias aplicáveis ao setor industrial têxtil. Além disso, a criação do polo contribui para a geração de empregos e para o aumento da renda da população envolvida, principalmente mediante ações voltadas para o setor, observados os princípios do desenvolvimento sustentável.

Deputado Fábio Avelar: “começa uma nova história industrial na região Centro-Oeste de Minas”

O deputado Fábio Avelar comentou a sanção da Lei estadual, de sua autoria, e que beneficia 20 municípios do Oeste de Minas. “O reconhecimento oficial do Polo da Moda e Confecção de Divinópolis, por parte do governo estadual, é uma oportunidade para começar uma nova história industrial na região Centro-Oeste de Minas. Sou autor da Lei estadual 22.451/16, que instituiu o Polo Calçadista de Nova Serrana. Tenho conseguido junto ao Governo de Minas, incentivos para a indústria calçadista como a redução da tributação do ICMS, através do Regime Especial de Tributação (RET), de 3% para 2%, anunciado ainda em 2015.  Mais recentemente (junho de 2016), conseguimos a manutenção da alíquota reduzida do imposto (em 2%). Estas iniciativas, entre outras, proporcionaram que Nova Serrana se tornasse referência em Minas e no Brasil, na geração de empregos e, consequentemente, renda para as famílias. Em Divinópolis e nas cidades que passam a compor o polo da moda, não será diferente. Esta iniciativa conta com a parceria de diretores, lideranças e empresários do Sindicato das Indústrias de Vestuário de Divinópolis (Sinvesd) e da Associação Comercial e Industrial de Divinópolis (ACID). É motivo de muito orgulho poder contribuir com o desenvolvimento econômico de Divinópolis e demais cidades do Oeste de Minas”, disse o parlamentar. (Comunicação da ALMG e Assessoria Fábio Avelar)



Comentários