Bom Despacho é palco da Operação Levanta-Te

Empresa usava documentos falsos para conseguir descontos fiscais em compra de Veículos

Foto/MPMG
Na manhã desta quinta-feira, 11, houve a Operação Levanta-te em Bom Despacho realizada pelos órgãos Ministério Público, Receita Estadual e Polícia Civil. O trabalho das autoridades é parte das investigações que apuram fraudes de concessão de benefícios fiscais a pessoas, que se faziam de deficientes físicos no ato de comprar um automóvel. 
Foto/MPMG

A ação foi realizada  pela Coordenadoria Regional do Centro de Apoio de Operacional das Promotorias de Justiça de Defesa da Ordem Econômica e Tributária (Caoet),  Secretaria Estadual da Fazenda (SEF) e Polícia Civil (PC). Foi expedido um mandado de busca e apreensão de documentos que comprovam a suspeita da fraude dos documentos, além de um mandado de prisão contra empresária dona da empresa que prestava o serviço. 

Segundo o Delegado Fiscal de Uberaba, Dr. João Carlos Aparecido Minto, os descontos fiscais concedidos eram IPI, IOF, ICMS e IPVA. "Como houve a compra de um veículo em Uberaba através desta empresa, conseguimos monitorar a compra do cliente que adquiriu o automóvel", destacou em conversa com parte da imprensa local. 

Ao todo, conforme levamento realizado pelo Ministério Público, houve compra de mais  de 140 veículos através do trabalho da empresa em Minas Gerais, que usava de documentos falsos como laudos médicos para adquirir o produto. Estima-se um prejuízo de mais de R$ 2 milhões na fraude. 











Comentários