Adiado Julgamento de Cassação da Candidatura do Prefeito Fernando Cabral

Juiz Desembargador  que iria votar não comparece a audiência devido falecimento de seu sogro


Imagem do TRE (Foto Internet)
Na última quarta-feira, dia 16, haveria a votação do parecer que pede a cassação da candidatura do Prefeito Fernando Cabral e vice Dr. Bertolino Costa Neto  no Tribunal Regional Eleitoral. Entretanto, o juiz desembargador que iria votar e havia pedido vista para analisar o processo não compareceu ao julgamento devido o falecimento do seu sogro. 

Conforme Jarbas Leandro, um dos advogados da chapa denunciante, a permanência do Prefeito Fernando Cabral no cargo de mandatário da cidade irá depender da sentença proferida pelo colegiado. Ou seja, dependendo do que o Tribunal entender do processo, há possibilidade do chefe do executivo municipal recorrer sem sair do posto. 

Em entrevista concedida ao  Jornal Fique Sabendo, o Prefeito Fernando Cabral declarou que não teme sentença do Tribunal e promete recorrer da sentença junto ao TSE e STF. "Não havendo absolvição, com a tranquilidade de sempre recorrerei ao TSE e talvez ao STF. Afinal, o cargo que eu ocupo está sancionado pela vontade do eleitor", declarou. 

A votação do Juiz Desembargador que pediu vista para votar no  último dia 16, deverá ocorrer no segunda-feira, 21, ás 10 horas da manhã. 


Comentários