terça-feira, 17 de dezembro de 2019

Recurso da Cassação do Prefeito Fernando Cabral terá julgamento em Janeiro de 2020 pelo TRE/MG

Image result for justiça eleitoral mgNo  dia 21 de outubro, o Prefeito Fernando Cabral e seu vice Dr Bertolino Costa Neto tiveram seus respectivos mandados cassados pelo Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais. Após o resultado, que teve 4 votos a favor e 2 contra, o mandatário de Bom Despacho anunciou que iria recorrer da sentença que havia sido julgado em segunda instância. 

Durante o  mês de novembro, o Prefeito Fernando Cabral e seu vice Dr Bertolino Costa Neto apresentaram os embargos declaratórios, um meio jurídico que dá parâmetro legal para recorrer de uma sentença em trânsito julgado na Justiça Eleitoral. E o fato é que os embargos serão julgados a partir de janeiro de 2020, provavelmente depois do dia 20. 

Conforme Jarbas Leandro, advogado da chapa denunciante, o resultado de todo esse dilema acontecerá dentre os dias 21 a 25 de Janeiro. "Creio que até esse dia, a cidade ainda viverá esta expectativa de como ficará a administração municipal para o próximo ano", afirmou em conversa com o Jornal Fique Sabendo. 

Saiba porquê o Prefeito Fernando Cabral foi cassado

No pleito eleitoral de 2016, o Prefeito Fernando Cabral tentou a sua reeleição diante do seu maior adversário, o ex-Prefeito Haroldo Queiroz. Após conseguir uma vitória expressiva nas urnas, mais de 7 mil votos de diferença, foi denunciado pelo seu oponente de que havia usado de poder abusivo econômico , além de ter usado uma coluna semanal em um jornal de grande circulação para vencer a eleição. 

No entanto, depois de 3 anos, o Prefeito Fernando Cabral e seu vice Dr Bertolino foram cassados pelo TRE/MG, com 4 votos a favor. Agora o mandatário e seu vice  aguardam o resultado do recurso da cassação  para continuar no Poder da administração de Bom Despacho. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário