quinta-feira, 30 de janeiro de 2020

TRE/MG agenda julgamento dos embargos da Cassação do Prefeito Fernando Cabral e do Vice Dr Bertolino


Audiência está agendada para acontecer no Próximo dia 10 de Fevereiro no TRE/MG

Resultado de imagem para prefeito fernando cabral e dr bertolino
Dr Bertolino e Fernando Cabral

No dia 21 de outubro de 2019, Bom Despacho recebeu a notícia da cassação dos mandatos do Prefeito Fernando Cabral e do vice-prefeito Dr Bertolino Costa Neto pelo TRE/MG (Tribunal Regional Eleitoral) de Minas Gerais. Denunciado por abuso de Poder Econômico pelo oponente derrotado  nas eleições de 2016, ex-prefeito Haroldo Queiroz, o atual mandatário de Bom Despacho foi julgado com a perda de mandato, junto com o vice. Após o resultado de 4 a 2, ambos  entraram com o pedido de julgamento dos embargos declaratórios, etapa do processo que dá o direito de uma possível reversão da sentença. 

Em meados de dezembro passado, surgiu a informação de que o processo seria retomado após o dia 20 de Janeiro de 2020, data que determinava o fim do recesso dos trabalhos do Poder Judiciário de Minas Gerais. E tudo indica  que o  dia acontecer o julgamento irá chegar, já que no próximo dia 10 de Fevereiro foi colocado na pauta do TRE/MG o julgamento dos embargos declaratórios do Prefeito Fernando Cabral e do vice-prefeito Dr Bertolino Costa Neto. 

A informação foi confirmada pelo advogado da ação da chapa denunciante, Dr. Jarbas Leandro, em conversa com o Jornal Fique Sabendo de Bom Despacho . "Foi colocado em pauta para o dia 10 de Fevereiro o julgamento dos embargos declaratórios do Prefeito Fernando Cabral e do vice-prefeito Dr Bertolino Costa Neto", afirmou em áudio via whatsapp enviada a redação do veículo de comunicação. 

Vale lembrar que o Prefeito Fernando Cabral disputou a sua reeleição com o ex-prefeito Haroldo Queiroz e com o Radialista Maurício Reis respectivamente. Na época, o atual mandatário venceu nas urnas com mais de 17 mil votos, a maior votação para prefeito na história política de Bom Despacho. O principal oponente o acusou de compra de votos através do poder de abuso econômico e uso demasiado de mídia impressa,. já que o Chefe do Executivo possui uma coluna em jornal de grande circulação na cidade. 

terça-feira, 28 de janeiro de 2020

Estão abertas as inscrições para o concurso da Câmara Municipal de Arcos/MG

Resultado de imagem para camara municipal de arcos mg
O Concurso Público se destina ao provimento de 06 vagas para cargos de Nível Superior, Médio e Fundamental Completo do quadro de pessoal da Câmara Municipal de Arcos.

Cargo
Requisitos Exigidos
Vencimento Básico
CH
Vagas AC
Vagas PCD
Total de Vagas
Nível Superior Completo
Advogado da Mesa diretora
Ensino Superior Completo em Direito e registro na Ordem dos Advogados do Brasil
R$3.252,05
30 h/s
1
-
1
Assistente de comunicação
Ensino Superior Completo em Comunicação Social
R$2.805,26
30 h/s
1
-
1
Contador
Ensino Superior Completo em Ciências Contábeis e registro no respectivo conselho de classe
R$3.252,05
30 h/s
1
-
1
Nível Médio Completo
Auxiliar de Contabilidade
Ensino Médio Completo
R$2.087,37
30 h/s
1
-
1
Nível Fundamental Incompleto
Auxiliar de serviços
Ensino Fundamental Incompleto
R$996,94*
30 h/s
2
-
2

NOTAS EXPLICATIVAS: 1) Requisitos Exigidos: Formação realizada em instituição educacional reconhecida pelo Ministério da Educação – MEC. 2) SIGLAS: CH = Carga Horária; H/S = Horas semanais. *Assegurado o salário mínimo, conforme legislação em vigor.

Inscrição

As inscrições se realizarão das 14h00min do dia 27 de janeiro de 2020 às 16h00min do dia 05 de março de 2020, no site www.institutoconsulplan.org.br. Os valores das taxas de inscrição serão: R$ 69,80 para os cargos de NÍVEL SUPERIOR; R$ 58,80 para o cargo de NÍVEL MÉDIO; R$ 54,80 para o cargo de NÍVEL FUNDAMENTAL INCOMPLETO. O pagamento do boleto bancário poderá ser realizado até o dia 06 de março de 2020.

Será permitida ao candidato realizar mais de uma inscrição, desde que para cargos e turnos distintos.

Prova objetiva

As provas escritas objetivas de múltipla escolha e a prova discursiva, esta última apenas para o cargo de Advogado da Mesa Diretora, serão realizadas na cidade de ARCOS/MG, no dia 29 de março de 2020 (domingo), em dois turnos, conforme disposto na tabela a seguir:


Manhã
Início das provas: 8h00
Tarde
Início das provas: 14h00
29 DE MARÇO DE 2020 (DOMINGO)
Auxiliar de Contabilidade Auxiliar de serviços
Advogado da Mesa diretora Assistente de comunicação Contador

Para outras informações, acesse o edital do Concurso publicado no site do Instituto Consulplan, www.institutoconsulplan.org.br. Em caso de dúvidas, entre em contato por e-mail (atendimento@institutoconsulplan.org.br) ou pelo telefone (0800 283 4628).

Assessoria de Comunicação



Militares participam de palestra sobre Saúde Mental

Nesta manhã, 28 de Janeiro de 2020, no auditório do 7º Batalhão de Polícia Militar, em Bom Despacho, durante campanha Janeiro Branco, foi realizada uma palestra acerca da importância da Saúde Mental para a  qualidade de vida.

O Tenente  Coronel QOS Aédel Nagib Assaf, ao desenvolver a atividade com os militares,   enalteceu a necessidade dos profissionais cuidarem  melhor das emoções, sentimentos e relações interpessoais, a fim de propiciar equilíbrio e bem estar nos desafios diários.


ALCO - 7º BPM

BD está com 16,2% de infestação de dengue, maior índice da região

Bom Despacho está com 16,2% de infestação de dengue. O resultado do último levantamento, feito entre 20 e 24 de janeiro, mostra que o Município tem o maior índice da regional de saúde, composta por 54 cidades.
Este ano, oito pessoas tiveram confirmação de dengue. A Secretaria de Saúde aguarda resultado de outros exames. Até o momento, as equipes de epidemiologia já visitaram 2.086 imóveis e notificaram 62. “Estamos trabalhando duro, mas como 97% dos focos estão dentro das residências, a população é fundamental no combate ao mosquito”, destaca o gerente de epidemiologia, Fernando Júnior.
Para evitar que a doença se espalhe, a Prefeitura está reforçando as ações de combate ao Aedes aegypti. “Estamos batendo fumacê em toda a cidade. Sábado começaremos um mutirão de limpeza para ajudar as pessoas a limparem seus quintais. Também estamos fazendo bloqueios de transmissão nas áreas que moram pessoas com suspeita da doença. Estamos fazendo tratamento focal durante as visitas domiciliares e ainda promovendo ações educativas para conscientizar a população”, afirma Júnior.
Recomendações para o combate à dengue, zika e chikungunya – o mosquito da dengue está nas residências. Separando 10 minutos por semana e eliminando a água parada, o cidadão salvará vidas. Também é necessário limpar calhas, ralinhos, vasos de plantas, bebedouros de animais, caixas d'água.

www.bomdespacho.mg.gov

segunda-feira, 27 de janeiro de 2020

Saldo de empregos em Minas Gerais cresceu 19% em 2019

Destaque para o setor de serviços, responsável pela abertura de mais da metade das vagas com carteira assinada no Estado

Resultado de imagem para EMPREGO EM MGHá algo em comum entre restaurantes, salões de beleza, clínicas médicas e lojas de assistência técnica especializada. Todos esses estabelecimentos fazem parte do setor de serviços, o principal responsável pelo avanço do emprego formal em Minas Gerais. De acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), ele gerou 55.213 vagas com carteira assinada de um saldo total de 97.720 postos de trabalho abertos no Estado em 2019.

 Os dados divulgados pelo Ministério da Economia, na última sexta-feira (24/01), mostram uma recuperação do emprego formal em Minas Gerais, mesmo com as dificuldades fiscais enfrentadas pelos municípios mineiros. No acumulado do ano, o Estado registrou 15.801 postos de trabalho a mais que em 2018. Essa diferença representa uma evolução de 19,28% no estoque de vagas abertas.

 A expansão de admissões em relação às demissões deve-se, especialmente, a setores estratégicos para a economia mineira, como a construção civil (7,72%), a indústria extrativa mineral (4,04%) e os serviços (3,43%). A agropecuária, por sua vez, foi o único setor a registrar recuo no número de vagas formais em Minas (-0,93%). Já o comércio fechou o ano com saldo positivo de 1,37% de contratações.

 A economista da Fecomércio MG, Bárbara Guimarães, atribui a reversão do quadro de desemprego a fatores como a inflação controlada, a queda dos juros básicos a 4,5% ao ano e as reformas estruturais aprovadas. “O ambiente de otimismo vivido no ano passado permitiu setores como a mineração – afetada no início de 2019 pela tragédia em Brumadinho – e a construção civil – em baixa desde a crise – elevarem o percentual de contratações no Estado”, avalia.

 Em relação ao comércio, Bárbara considera que o consumo aquecido e a confiança do empresário foram determinantes para a evolução do emprego em Minas. “As medidas de liberalização da economia implementadas no país durante o ano passado motivaram um comportamento mais positivo de quem empreende. Não por acaso, o Índice de Condições Atuais do Empresário do Comércio de Belo Horizonte expandiu 22 pontos percentuais de 2018 para 2019”, quantifica.

Números anteriores à crise

 No Brasil, os resultados do Caged 2019 revelam que 644.079 vagas formais foram geradas, 21,63% a mais que o apurado em 2018. O saldo é o melhor em números absolutos desde 2013, quando o país criou mais de 1,1 milhão de empregos com carteira assinada. Todos os oito setores verificados encerram o ano com estoque positivo, com destaque para os serviços, responsável pela geração de 382,5 mil postos de trabalho, e para o comércio, com 145,4 mil admissões.

 Entre as regiões geográficas do país, os melhores saldos de postos de trabalho formais no ano passado ficaram como a Região Sudeste (318,2 mil), seguida pela Sul (143,2 mil), Nordeste (76,5 mil), Centro-Oeste (73,4 mil) e Norte (32,5 mil). Já em relação aos estados, os desempenhos mais satisfatórios foram registrados em São Paulo (184,1 mil), Minas Gerais, (97,7 mil) e Santa Catarina (71,4 mil).

Opção pós-reforma

 O trabalho intermitente também colaborou para o resultado do Caged em 2019. No período, a modalidade gerou 85,7 mil empregos, 13,3% do total de vagas criadas em todo o país. Os setores de serviços (39,7 mil) e comércio (24,3 mil) foram os destaques dessa forma de trabalho, que permite ao profissional prestar atividades em períodos alternados, conforme a demanda do empregador.

FONTE: FECOMERCIO/MG

sábado, 25 de janeiro de 2020

Corpo de Bombeiros captura Pitbull em Bom Despacho

Na manhã deste sábado, 25, o Corpo de Bombeiros de Bom Despacho foi acionado para capturar um cachorro Pitbull que estava solto nas ruas do Bairro Belvedere. O animal ameaçava a integridade física das pessoas e também de outros animais. 

Segundo a ocorrência, quando os Bombeiros chegaram ao local, o animal já havia atacado outros cães. Ele foi capturado e encaminhado ao Centro de Zoonoses Municipal. 

Logo em seguida, o dono do cachorro foi localizado e encaminhado ao 7º BPM para os possíveis registros de infrações.  

Ligue 193 para maiores emergências e acione o Corpo de Bombeiros, o amigo certo na horas incertas. 





Carreta tomba na BR 262 próximo a Nova Serrana

Na tarde da última sexta-feira, 24, uma carreta com placa de Várzea Grande MT tombou no KM 431 da Rodovia BR 262 próximo a Nova Serrana. No veículo havia 03 pessoas, sendo que uma não resistiu e morreu no local.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, a carreta seguia com sentido capital-interior, mas tombou na pista e arrastou por 30 metros e parou a lateral direita no solo após descer o desnível de 03 metros.

No veículo estavam o condutor de 59 anos e mais duas crianças, sendo uma de 06 que sobreviveu ao acidente e outra de 10 que não  resistiu aos ferimentos.

A PRF informou que foi preciso fazer uma interdição da faixa direita, mas não houve congestionamento.

sexta-feira, 24 de janeiro de 2020

Prefeitura alerta: Bom Despacho está sob risco de chuvas perigosas

Segundo Boletim do IGAM para hoje (24/1), Bom Despacho e toda a região estão sob risco de chuvas fortíssimas, com possível vendaval e granizo. Segundo o mapa traçado pelo Instituto, nossa cidade está na faixa do Estado de Minas que poderá receber entre 150 e 200 mm de chuva nas próximas 24 horas. 

Esta alta concentração de chuva provoca deslizamento de encostas, alagamentos, queda de árvores e de postes. Pode faltar água, energia elétrica e telefone. A força das enchentes pode arrastar carros, pessoas, animais. O sistema de drenagem não é capaz de dar vazão a tal volume.

Em vista disto, a Prefeitura recomenda:

– Só saia de casa se absolutamente necessário.
– Se sua casa está sob risco, transfira-se para a casa um parente ou vizinho.
– A pé ou de carro, não fique perto de árvores, córregos, bueiros.
– Antes das chuvas começarem, limpe calhas e todos os drenos de sua casa.
– Não toque em fios caídos dos postes.
– Em caso de acidentes, ligue para o Corpo de Bombeiros ou a Polícia Militar (190, 193)

O momento recomenda prudência e muita atenção.

www.bomdespacho.mg.gov.br

quarta-feira, 22 de janeiro de 2020

Defesa Civil alerta população sobre mais chuva forte em BD*

Entre hoje (22) e amanhã, há previsão de mais chuva forte para Bom Despacho. A expectativa é que o volume de chuva chegue a 150 milímetros.

“Isso equivale a muita chuva. Por isso, a população deve se prevenir e ter muito cuidado”, destaca o Chefe da Defesa Civil, Coronel Renato Gomides.

*Evite boatos e rumores*. Fique calmo e acalme as pessoas em desespero. Em caso de risco ligue para os Bombeiros (193), Polícia Militar (190) ou Defesa Civil (0800 285 3737). Além disso, siga as instruções emitidas pelos órgãos oficiais.

*Antes da chuva:*
Limpe telhados, calhas, ralos, esgotos. Retire entulhos dos quintais. Não jogue lixo nas ruas. Reforce ou escore muros e paredes pouco confiáveis.

*Durante chuvas fortes:*
Fique atento ao nível de subida das águas. Tenha sempre lanternas e pilhas em condições de uso. Desligue aparelhos elétricos das tomadas e fique longe de janelas. Não retire roupas do varal e use o telefone somente em casos de emergência. Nos casos de maior gravidade com infiltração, rachadura ou barulhos estranhos, saia do local.

*Se estiver no carro durante chuvas fortes:*
Fique em local alto e espere o nível da água baixar. Não pare o carro próximo de postes ou árvores. Cuidado: poças de água podem ocultar crateras. Ao atravessar poças mantenha a aceleração contínua em primeira marcha. Fique longe do carro da frente.

Bom Despacho.mg.gov.br

INPE prevê chuva em Bom Despacho nos próximos dias

Resultado de imagem para bom despacho com chuvaJaneiro é considerado um dos meses que mais chove na região sudeste, devido ao forte  calor que há na região nesta época do ano. E por causa das altas temperaturas, surgem tempestades que podem causar grandes estragos em algumas localidades. Belo Horizonte é o exemplo de como se tem enfrentado este período. 

Em Dezembro de 2019, Bom Despacho também sofreu com as chuvas. Localidades como os Bairros Babilônia, Santa Marta e São José foram os mais afetados pelos temporais. E como há preocupação nesta época do ano com o tempo, o Jornal Fique Sabendo foi em busca de informação para atualizar a população local sobre como será os próximos dias na cidade. 

De acordo com o site do INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) há indícios que haverá chuvas até o final deste mês de janeiro em Bom Despacho. Vale destacar que esta fonte de informação é usada por veículos renomados de comunicação, como Globo e SBT. 

Saiba mais através do link: https://www.cptec.inpe.br/mg/bom-despacho

Prefeito Fernando Cabral explica motivo de seu carro ter sido rebocado em Bom Despacho

Resultado de imagem para carro apreendido do Prefeito fernando cabralAtualmente circula pelas redes sociais a informação de que o carro do Prefeito Fernando Cabral foi rebocado pela Polícia Militar, isso porque teria sido estacionado em local proibido na cidade. Também há informação de que o veículo do mandatário está com mais de  R$ 6 mil de multas. Por causa deste fato, o mandatário explicou através de sua assessoria de imprensa os motivos que levaram o seu veículo ser removido para o Pátio Credenciado do Detran em Bom Despacho. 

Conforme a assessoria de imprensa da Prefeitura de Bom Despacho, o veículo do Prefeito Fernando Cabral recebeu uma multa da Prefeitura de Belo Horizonte em 2018 quando o mandatário de Bom Despacho participava de um protesto dos Prefeitos de Minas Gerais contra o ex-governo de estado, e seu  carro estaria impedido de ser removido no local naquele instante. No entanto, segundo o Chefe do Executivo, esta penalidade foi suspensa, mas admite que no momento de sua remoção,  estava sim estacionado em local proibido. 

A Assessoria de Imprensa também destacou que é para a população de Bom Despacho tomar cuidado com o Fake News desta publicação nas redes sociais da cidade. 

Veja a nota da Assessoria da Prefeitura de Bom Despacho sobre o carro apreendido do Prefeito ao Jornal Fique Sabendo: 

Cuidado com os fake news do ano eleitoral
Prefeito Cabral paga seus tributos em dia: isto é fato.

Cuidado com boatos, notícias falsas e distorcidas. Infelizmente, em ano eleitoral é mais comum que indivíduos de má fé divulguem mentiras para confundir as pessoas e desordenar a cidade. Não caia nessa. O Prefeito Cabral paga seus tributos em dia e neste momento não deve nenhum imposto ou multa de seu veículo. Isto é fato.

No entanto, é verdade que, por descuido do condutor, um veículo de sua propriedade foi estacionado em local proibido. Como ninguém e nenhum veículo está acima da lei, ele foi rebocado, como era certo acontecer. O Prefeito, quando erra, é punido como qualquer outro cidadão. Até aí, é sinal de que vivemos num estado democrático de direito.

Além disso, há uma multa - indevida e por isso suspensa - de quase R$ 6 mil. Foi aplicada quando Cabral esteve em Belo Horizonte, dia 21 de agosto de 2018, para um protesto dos municípios contra o calote de quase R$ 15 milhões que o ex-governo de Minas estava dando em Bom Despacho. Naquele dia, as ruas da capital estavam lotadas de prefeitos e de outras pessoas que participavam das manifestações. Por isso, o carro do Cabral ficou travado no meio da carreata. Este fato gerou a multa, que em seguida foi contestada e suspensa. Portanto, não há débito de multa. Muito menos de tributos. Estão todos em dia. Os de 2020 estão até adiantados.

Portanto, mente quem afirma que o Prefeito deve uma multa de mais de R$ 6 mil reais. Isto é fato.

terça-feira, 21 de janeiro de 2020

'Garis Humanos' continuam conquistando mais público nas Redes Sociais

      Demissão dos trabalhadores gerou comoção na população de BD e número de seguidores cresce constantemente nas suas páginas de redes sociais


Garis Humanos - Jhonata e Alex
Uma dupla de garis foi demitida pela  LMS Construtora, empresa que presta o serviço de limpeza urbana de Bom Despacho. Após ocorrer a demissão dos funcionários  houve muita comoção e reclamação de inúmeros bondespachenses pelas redes sociais. Alex e Jhonata foram despedidos,  mas  ficaram com o carinho e com o apoio  da população local que na sua maior parte se sentiu indignada com a situação, já que eles diariamente trabalham e coletavam o lixo com muita alegria em vídeos exibidos para o público na internet. 

Recentemente, a reportagem do Jornal Fique Sabendo conversou com a dupla para saber o motivo que levou a demissão deles na empresa. "Nós estávamos numa rota que já estávamos adaptados. Nós dois e o motorista sempre trabalhávamos com alegria todos os dias. De repente, um determinado dia, apareceu outro funcionário da empresa e nos informou que que um de nós teria que mudar de rota, eu não aceitei e de imediato tive o meu aviso entregue em mãos", disse Alex ao Jornal. 

Após o aviso ser entregue em mãos, Alex trabalhou alguns dias e logo depois a empresa o comunicou através de um encarregado  que ele não deveria ir mais trabalhar. Já Jhonata, o outro gari da dupla que também foi mandando embora, ficaria no serviço até o final de seu aviso. 

Em resposta à reportagem, a empresa LMS Construtora informou  através de seu departamento jurídico que está seguindo à Legislação Trabalhista. "A empresa LMS, vem através desta se manifestar com o cunho de explicar o porquê da alteração dos quadros funcionais da sua empresa, haja vista existir uma controvérsia com relação a sua equipe sediada no município de Bom Despacho. A razão da alteração do quadro se deu devido ao seu poder discricionário assegurado pela CLT, haja vista a desnecessidade de motivação, com fulcro a melhor adequação de seus serviços laborais tão somente", afirmou. 

Apesar da demissão dos funcionários, os Garis Humanos, como se tornaram conhecidos pelo mundo cibernético, teve seu número de seguidores ampliado nas páginas do Instagram. Antes de serem demitidos , os funcionários tinham cerca de 1500 amigos e agora o número total já ultrapassam mais de 6800. A tendência é que esta quantidade aumente com o tempo, já que as manifestações de apoio aos trabalhadores não param de continuar. 

Veja mais vídeos dos Garis Humanos através do link: https://www.instagram.com/garis_humanos/.

segunda-feira, 20 de janeiro de 2020

Prefeitura oferece 25 vagas de emprego para níveis fundamental, médio e superior

                                       Seleção acontece até o  dia 30 de janeiro



Resultado de imagem para prefeitura de bom despacho mgA Prefeitura Municipal de Bom Despacho divulgou nesta segunda-feira, 20, que está com processo seletivo aberto para a contratação de 25 vagas para 12 cargos sendo para os níveis fundamental, médio e superior. A inscrição pode ser através do link:http://www.bomdespacho.mg.gov.br/ps/module=showme&pss=20200116.161902.2930970

Conforme a divulgação da Prefeitura de BD, os cargos são para  agente de combate a endemias; agente comunitário de saúde; atendente de consultório dentário; auxiliar de saúde bucal; gestores públicos municipais formados em assistência social, enfermagem, farmácia e terapia ocupacional; médico; técnicos em gestão pública municipal com formação em técnico em enfermagem, técnico em higiene dental e cuidador.

Os valores da taxa de inscrição variam em torno de R$ 10, 39 a R$ 88,18. "Se o candidato tem baixa renda ou está cadastrado no CadÚnico, pode requerer isenção na taxa de inscrição até 17h desta segunda-feira, 20.  Para isso, ele deve fazer o pedido na página de inscrições, preencher o Anexo III do edital e enviá-lo para o e-mail pss@pmbd.mg.gov.br", completou a divulgação no site da Prefeitura de BD.




Ministério da Saúde faz alerta sobre febre amarela

Foco é nas regiões Sul e Sudeste após morte de 38 macacos contaminados


Resultado de imagem para FEBRE AMARELA
O Ministério da Saúde alerta quem ainda não se vacinou contra a febre amarela a buscar a imunização contra a doença. O alerta é dirigido especialmente à população das regiões Sul e Sudeste, que estão no centro da atenção dos especialistas depois que 38 macacos contaminados morreram nos estados do Paraná, de Santa Catarina e São Paulo.
Ao todo, 1.087 notificações de mortes suspeitas de macacos foram registradas no país. Os dados são do boletim epidemiológico divulgado nesta quarta-feira (15) pelo Ministério da Saúde, que apresenta o monitoramento da doença de julho de 2019 a 8 de janeiro deste ano. O alerta se dá porque o Sul e o Sudeste são regiões de grande contingente populacional e baixo número de pessoas vacinadas, o que contribui diretamente para os casos da doença.

O público-alvo para vacinação inclui desde crianças a partir de 9 meses de vida até pessoas com 59 anos de idade que não tenham comprovante de vacinação. Neste ano, as crianças passam a receber um reforço da vacinação aos 4 anos de idade.
Casos em investigação
No mesmo período, foram notificados 327 casos suspeitos de febre amarela em humanos. Destes, 50 permanecem em investigação, e um foi confirmado. A vítima, residente do estado do Pará, faleceu.
Atualmente, o Brasil tem registros apenas de febre amarela silvestre, ou seja, transmitida por mosquitos que vivem no campo e em florestas. Os últimos casos de febre amarela urbana (transmitida pelo mosquito Aedes aegyptii) foram registrados em 1942, no Acre.
Monitoramento
Segundo o Ministério da Saúde, o vírus da febre amarela se mantém naturalmente em um ciclo silvestre de transmissão, que envolve macacos e mosquitos silvestres. A pasta realiza um monitoramento para antecipar a ocorrência da doença e, dessa forma, intervir para evitar casos humanos, por meio de vacinação. Além disso, atua de forma a evitar a transmissão por mosquitos urbanos, com o controle de vetores nas cidades. O macaco, principal hospedeiro e vítima da febre amarela, funciona como sentinela, indicando se o vírus está presente em determinada região.
Vacina
A vacina contra a febre amarela está no Calendário Nacional de Vacinação e é distribuída mensalmente aos estados. No ano passado, mais de 16 milhões de doses da vacina foram distribuídas para todo o país. De acordo com Ministério da Saúde, apesar dessa disponibilidade, é baixa a procura da vacina pela população.

Para este ano, a pasta já adquiriu 71 milhões de doses da vacina, o suficiente para atender o país por mais de três anos. Está prevista para 2020 a ampliação gradativa da vacinação contra febre amarela para 1.101 municípios dos estados do Nordeste que ainda não faziam parte da área de recomendação de vacinação. Dessa forma, todo o país passa a contar com a vacina contra a febre amarela na rotina dos serviços.

POLÍCIA MILITAR ENCONTRA ARMAS DE FOGO EM RESIDÊNCIA DE BOM DESPACHO

No último domingo, 19, a Polícia Militar recebeu a informação de que havia armas fogo numa  casa de um suspeito envolvido com furtos ocorridos anteriormente na Zona Rural de Bom Despacho.

 Logo depois, os militares seguiram rumo ao local informado, onde foram encontrados uma espingarda e uma garrucha de  calibre 22. 

De acordo com a PM, os policiais se deslocaram à casa de W.C.S de 47 anos, localizada na Rua Padre João no Bairro Nossa de Fátima em Bom Despacho. No local, foram encontrados pelos militares, uma espingarda polveira e uma garrucha calibre 22. 

Conforme a ocorrência, o suspeito foi levado para a Delegacia de Polícia Civil de Bom Despacho, junto com as armas recolhidas. 




quinta-feira, 16 de janeiro de 2020

Corpo de Bombeiros socorre vítima de atropelamento em Bom Despacho

Na tarde da última quarta-feira, 15, o Corpo de Bombeiros compareceu a rotatória da Rua do Rosário com a Avenida Dr. Roberto em Bom Despacho, para socorrer uma mulher de aproximadamente  40 anos que foi vítima de atropelamento no local. Ela estava atravessando na faixa de pedestre , quando foi surpreendida por um veículo VW Saveiro. 

De acordo com a ocorrência, a motorista do veículo  informou aos militares que não viu a pedestre enquanto a mesma atravessava a via, pois no momento chovia muito no local e por isso não pode evitar o choque. 

Durante a avaliação dos Bombeiros, a vítima se queixava de dores na região da pelve e apresentava escoriações nos braços e nas perna. Ela foi imobilizada e conduzida ao Pronto Atendimento de Bom Despacho. 




quarta-feira, 15 de janeiro de 2020

Até o momento, não foram encontrados lotes de cerveja Belorizontina suspeitos de contaminação em Bom Despacho

Vigilância Sanitária está percorrendo estabelecimentos em busca dos lotes suspensos pelo Estado
Resultado de imagem para cerveja belorizontinaFelizmente, a equipe de Vigilância Sanitária ainda não encontrou cervejas belorizontinas dos lotes suspeitos de contaminação em Bom Despacho. A equipe está percorrendo os estabelecimentos que vendem bebidas alcoólicas  a pedido de nota técnica enviada pelo Estado hoje, 14. A busca continuará nos próximos dias.
“Alguns comerciantes já haviam retirado todos os lotes da cerveja Belorizontina, outros preferiram tirar todos da Backer, antes mesmo da Vigilância Sanitária ter ido ao local”, diz Maria Pessoa, gerente de Vigilância Sanitária.
Lotes interditados– os lotes L1 1348 e L2 1348 da cerveja Belorizontina, da Cervejaria Backer, estão suspensos pelo Estado com a possibilidade de contaminação. Se encontrados no comércio, serão interditados pela Vigilância Sanitária.
Atenção- o Estado aconselhou ainda não consumir cervejas dos demais lotes da marca até que as investigações sobre a contaminação estejam concluídas.
Consumidores que possuam cerveja Belorizontina poderão entregá-la na Vigilância Sanitária (Secretaria de Saúde em frente ao fórum, 3520-1609). O produto poderá ser objeto de análise na investigação.
Já os comerciantes, caso tenham ou venham a encontrar o produto, poderão se reportar à Cervejaria Backer.
Saiba mais sobre o caso-  a crise começou logo após o ano novo, no Bairro Buritis, em Belo Horizonte. Sete pessoas que estavam na região na véspera da virada foram internadas com os mesmo sintomas e uma chegou ao óbito. Os pacientes foram diagnosticados com síndrome nefroneural, causada pela suposta presença de uma substância na cerveja Belorizontina, da cervejaria Backer. Hoje, 14, a Secretaria do Estado confirmou 17 casos da síndrome.

bomdespacho.mg.gov.br

Galoucura de BD promove campanha para arrecadar Material Escolar para crianças carentes

Até o dia 31 de Janeiro de 2020, integrantes da Torcida Organizada Galoucura de Bom Despacho promove uma campanha com objetivo de arrecadar materiais escolares para serem repassadas às crianças carentes da cidade. A ação social já é promovida pelos torcedores a alguns anos e vem dando o resultado esperado. 

De acordo com o integrante Franklin Marabá, um dos integrantes da torcida, a entrega dos materiais arrecadados irá ocorrer no início de Fevereiro, isso para que os alunos não se atrasem durante as atividades iniciais curriculares por falta de material. " Estamos nos empenhando para ajudar a quem mais precisa de estudar na cidade", afirmou. 

"Visando ajudar a nossa comunidade com aquele kit escolar, para fortalecer ainda mais o desenvolvimento no ano letivo na escola. Os trabalhos começaram, aqui levamos torcida muito a sério e 2020 será mais um ano e muita luta, consequentemente muita glória", destacou o post da Galoucura de BD na rede social Facebook. 

Segundo os organizadores da ação social, os materiais a serem doados deverão ser caderno, lápis de escrever, lápis de colorir, régua, borracha, tesoura, cola e demais materiais escolares. "Qualquer quantia em dinheiro também é bem vinda para ajudar na compra dos mesmos. Arrecadações até o dia 31/01", completou o post. 

Os materiais deverão ser entregues aos membros da Galocura de BD até o dia 31 de Janeiro de 2020. 




Governo eleva salário mínimo para R$ 1.045


Resultado de imagem para salario minimo 2020O presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Economia, Paulo Guedes, anunciaram na tarde de hoje (14), em Brasília, que o salário mínimo de 2020 será elevado de R$ 1.039 para R$ 1.045. Uma medida provisória (MP) será editada pelo presidente nos próximos dias para oficializar o aumento.  
"Nós tivemos uma inflação atípica em dezembro, a gente não esperava que fosse tão alta assim, mas foi em virtude, basicamente, da carne, e tínhamos que fazer com que o valor do salário mínimo fosse mantido, então ele passa, via medida provisória, de R$ 1.039 para R$ 1.045, a partir de 1º de fevereiro", afirmou Bolsonaro no Ministério da Economia, ao lado de Guedes. O presidente e o ministro se reuniram duas vezes ao longo do dia para debaterem o assunto. 
No final do ano passado, o governo editou uma MP com um reajuste de 4,1% no mínimo, que passou de R$ 998 para R$ 1.039. O valor correspondia à estimativa do mercado financeiro para a inflação de 2019, segundo o Índice Nacional do Preços ao Consumidor (INPC), calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Porém, o valor do INPC acabou fechando o ano com uma alta superior, de 4,48%, anunciada na semana passada e, com isso, deixou o novo valor do mínimo abaixo da inflação. Por lei, esse é o índice usado para o reajuste do salário mínimo, embora a inflação oficial seja a medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que fechou o ano de 2019 em 4,31%. 
"Nós vamos ter que achar os recursos para fazer isso, mas o mais importante é o espírito que o presidente defendeu, da carta constitucional, que é a preservação do poder de compra do salário mínimo", afirmou Paulo Guedes. Segundo o ministro, com o novo aumento, o impacto nas contas públicas será de cerca de R$ 2,3 bilhões, que poderão ser compensados com R$ 8 bilhões de arrecadação extra prevista pelo governo. 
"Nós já temos, eu prefiro não falar da natureza do ganho, que vai ser anunciado possivelmente em mais uma semana, nós já vamos arrecadar mais R$ 8 bilhões. Não é aumento de imposto, não é nada disso. São fontes que estamos procurando, nós vamos anunciar R$ 8 bilhões que vão aparecer, de forma que esse aumento de R$ 2,3 bilhões vai caber no orçamento", informou o ministro. Ainda segundo ele, caso não seja possível cobrir o aumento de gasto no orçamento para custear o valor do mínimo, o governo não descarta algum contingenciamento.
Até o ano passado, a política de reajuste do salário mínimo, aprovada em lei, previa uma correção pela inflação mais a variação do Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e serviços produzidos no país). Esse modelo vigorou entre 2011 e 2019. Porém, nem sempre houve aumento real nesse período porque o PIB do país, em 2015 e 2016, registrou retração, com queda de 7% nos acumulado desses dois anos.
O governo estima que, para cada aumento de R$ 1 no salário mínimo, as despesas elevam-se em R$ 355,5 milhões, principalmente por causa do pagamento de benefícios da Previdência Social, do abono salarial e do seguro-desemprego, todos atrelados ao mínimo.
Ag. Ebc Brasil