quinta-feira, 30 de abril de 2020

PREFEITURA DE BOM DESPACHO AUTORIZA REALIZAÇÃO DE CELEBRAÇÕES RELIGIOSAS

Justiça do Rio permite cultos religiosos mesmo durante crise de ...A Prefeitura Municipal de Bom Despacho, através do Comitê de Combate e Enfrentamento ao Coronavírus, autorizou nesta quinta-feira, dia 30 de Abril, a realização de cultos, missas e reuniões espíritas. Entretanto, os locais deverão seguir medidas de higienização entre os fiéis, como o uso de máscaras, álcool gel 70% e o distanciamento de 2 metros por pessoa e apresentar um plano de trabalho junto na Secretaria Municipal de Saúde. 

A resolução de  nº 17/2.020 também autoriza a realização de missas, cultos e reuniões espíritas no mínimo três vezes ao dia, desde que cada celebração ocorra dentro de um prazo de 1 hora. Os locais também tem que afixar cartazes dentro do padrão estabelecido que estão no site da Prefeitura de Bom Despacho. 

As práticas de envolvimentos físicos como abraços , apertos de mão, dentre outros, estão  proibidas pela resolução. 

Saiba mais detalhes da Resolução de número 17/2.020, publicada pela Prefeitura Municipal de Bom Despacho sobre a realização dos cultos religiosos


Art. 1º Fica autorizado 1 dia por semana a realização de cultos, missas ou reuniões espíritas com a presença de fieis. § 1º É condição para a realização das atividades religiosas autorizadas no caput do artigo:

 I – apresentar ao Comitê Municipal de Enfrentamento e Monitoramento da COVID-19, na sede da Secretaria Municipal de Saúde ou através do endereço eletrônico: comite.coronavirus@pmbd.mg.gov.br, Plano de Trabalho que contemple: nome da Instituição, CNPJ, endereço, metragem do espaço físico onde acontecerá a celebração, dia e horários que serão realizados os cultos, missas ou reuniões espíritas, nome do responsável e telefone de contato;

 II – permitido a realização de até 3 celebrações no dia estipulado no Plano de Trabalho; 

III – respeitar o tempo máximo de 1 hora de duração de cada celebração;

 IV – respeitar o limite de 4m2 por pessoa; 

V – respeitar a distância mínima de 2 metros de um fiel para o outro; VI – afixar cartaz padrão, disponível no Portal da Prefeitura Municipal de Bom Despacho, com as orientações para uso de máscara e com preenchimento do quantitativo de pessoas permitido nas Instituições Religiosas; VII – obrigatório o uso de máscaras para os fieis, celebrantes e funcionários, ou seja todos que estiverem na instituição religiosa; 

VIII – obrigatório disponibilizar álcool a 70% ou água e sabão para higienização das mãos na entrada e saída; 

IX – obrigatório a higienização dos acentos, mobiliários, instrumentos e piso com álcool a 70%, água e sabão ou água clorada, após cada celebração.

 X – o local deverá estar arejado, com janelas e portas abertas; 

XI – ar condicionados e ventiladores deverão permanecerem desligados; 

XII – controlar o fluxo de pessoas para entrada, inclusive as filas, com distância mínima de 2 (dois) metros e marcação visível do espaço; §

 2º Fica vedada a realização de práticas que envolvam contato físico, como: aperto de mão, abraços e outros. 

§ 3º É recomendado que o grupo de risco e pessoas com sintomas gripais evitem participar das celebrações presenciais, utilizando do recurso da celebração online. 

Art.2o Fica autorizado a abertura de Igrejas, Templos e Centro Espíritas para atendimento individualizado, visitas individualizadas e recebimento de doações e dízimos. 

§ 1º Cabe aos dirigentes organizar o agendamento e o fluxo de fieis, sendo permitido a permanência de no máximo 5 pessoas ao mesmo tempo dentro das Igrejas, Templos e Centro Espíritas. 

§ 2º É obrigatório o uso de máscaras para entrada e permanência de fieis, dirigentes e funcionários; bem como a higienização das mãos com álcool a 70% ou água e sabão na entrada e saída.

 § 3º Durante a transmissão de cultos e missas as igrejas e templos deverão permanecer de portas fechadas, sem a presença de fieis e seguindo as recomendações expressas no Decreto Municipal 8.569 de 24 de abril de 2.020. 



Através do Deputado Fábio Avelar, 7º BPM recebe novas impressoras.

Na tarde do último dia 27 de Abril de 2020, o Deputado Estadual Fábio Avelar esteve na sede 7º Batalhão de Polícia Militar, em Bom Despacho.

Na oportunidade, o parlamentar efetuou a entrega de  cinco impressoras a serem utilizadas no serviço administrativo e operacional.

Tais impressoras melhorarão o aparato tecnológico do 7º BPM e auxiliarão na interpretação de documentos como gráficos e estatísticas dos fenômenos criminais. Assim sendo, teremos condições de assegurar uma melhor qualidade de vida para nossa sociedade.

O Comandante do 7º BPM, Ten Cel Alexandre Barboza de Oliveira, agradeceu pelos bens doados e, ao ressaltar a importância dessa integração, destacou que os equipamentos contribuirão para a melhoria das condições de trabalho dos militares. 

ALCO-7ºBPM

Show de RAÇA NEGRA será dia 22 de Agosto devido a Pandemia

No  próximo dia 15 de maio, estava previsto a realização do Show da Banda Raça Negra em Bom Despacho, porém devido a proibição de eventos que causa aglomerações, a data de apresentação do conjunto musical teve que ser alterado. A apresentação de Luis Carlos e Cia está agendado para o próximo dia 22 de Agosto no Parque de Exposições de Bom Despacho. 

Segundo a organização, a alteração da data segue as orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS), Ministério da Saúde e de decisões decretadas pelo governador do estado de Minas Gerais, Romeu Zema. Diante disso, a organização se respalda na medida provisória de número 948 , de 08 de abril de 2020, que garante o não reembolso dos ingressos já que outra data foi remarcada para a realização do evento, no qual o termo diz que  a sociedade empresarial não deve ser responsabilizada porque  o país se encontra em estado de calamidade pública. 

Conforme o comunicado da Organização nas redes sociais e enviada à redação do Jornal Fique Sabendo de Bom Despacho, os ingressos deverão ser trocados e haverá o comunicado da troca de ingressos dias antes de ocorrer o evento da apresentação da Banda Raça Negra na cidade. "Reafirmamos o compromisso com o interesse público e ressalta a importância das medidas de higiene pessoal e comportamento social para superarmos", destacou os organizadores. 

Mais informações podem ser obtidas através dos telefones: (37) 99962.8959.  

Saque de auxílio emergencial começa a ser liberado hoje

Caixa já creditou até ontem R$ 26,2 bi para 37,2 milhões de pessoas


Bolsa Família: Saiba quando vai receber 2° e 3° parcela do auxílio ...A Caixa Econômica Federal começa a liberar hoje (27) o saque do auxílio emergencial, de forma escalonada, conforme o mês de nascimento do beneficiário. O objetivo da liberação aos poucos é reduzir o número de pessoas nas agências e lotéricas e, assim, evitar aglomerações.

Os recursos creditados na poupança digital já podiam ser utilizados por meio do aplicativo Caixa Tem para pagamentos e transferências, entre outros serviços. Quem indicou conta bancária anterior ou recebeu os R$ 600 em substituição ao Bolsa Família não tem restrição para saque.

Veja o calendário de saque em espécie da poupança digital sem cartão nos canais de autoatendimento e lotéricas:
27 de abril – nascidos em janeiro e fevereiro
28 de abril – nascidos em março e abril
29 de abril – nascidos em maio e junho
30 de abril – nascidos julho e agosto
04 de maio – nascidos em setembro e outubro
05 de maio – nascidos em novembro e dezembro

Balanço

Até as 21h desse domingo (26), a Caixa havia creditado R$ 26,2 bilhões para 37,2 milhões de pessoas, grupo formado por beneficiários do Bolsa Família, aqueles que fizeram inscrição no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) e no aplicativo ou site do auxílio.

Pelo calendário da Caixa, foi iniciado o pagamento da segunda parcela no último dia 23, para os beneficiários nascidos em janeiro e fevereiro. Hoje é a vez dos nascidos em julho e agosto, amanhã (28), a segunda parcela será paga aos nascidos em setembro e outubro e na quarta-feira (29), aos nascidos em novembro e dezembro.

O banco também segue fazendo pagamento para beneficiário do Bolsa Família, conforme calendário normal do programa. Hoje, será feito o pagamento para 921.061 pessoas, com Número de Identificação Social (NIS) final 7. 

Amanhã será creditado o benefício para 917.991 pessoas, com NIS final 8. Na quarta-feira, será feito o pagamento para 920.953 pessoas com NIS final 9, e na quinta-feira (30), será a vez de 918.047 pessoas, com NIS final 0.

Ag. Ebc Brasil

quarta-feira, 29 de abril de 2020

Quadro Atualizado do Coronavirus de Bom Despacho


Prefeitura de Bom Despacho anuncia mais investimentos no Esporte

Município irá construir Poliesportivo no Engenho do Ribeiro e irá reformar Quadra da Vila Gontijo

Quadra da Vila Gontijo
Após anunciar o pacote de quase R$ 7 milhões para asfaltar as ruas de Bom Despacho, a Prefeitura Municipal anunciou na terça-feira, 28, a construção do Poliesportivo no Distrito do Engenho do Ribeiro e  a reforma da quadra do Bairro Vila Gontijo. Ao todo, os investimentos chegarão ao valor de R$ 382 mil. A informação foi confirmada pelo portal da prefeitura. 

Segundo informações do Executivo, o inicio previsto para se iniciar as obras na quadra da Vila Gontijo é  no mês de Maio e com previsão de execução do serviço por 4 meses de duração, mesmo período de construção também para o Poliesportivo no Distrito do Engenho do Ribeiro. 

Conforme a Prefeitura de Bom Despacho, o Poliesportivo do Distrito do Engenho do Ribeiro terá equipamentos esportivos, iluminação de led, arquibancada e vestiários, além de poder oferecer mais comodidade ao público e à comunidade que irão poder prestigiar os eventos que acontecerão no local após a sua construção. Já a quadra da Vila Gontijo receberá cobertura e reforma do piso e dos vestiários. 

Vale lembrar  que Bom Despacho nos últimos anos se destacou no Esporte, por ter conquistado resultados  no estado de Minas Gerais e ter se tornado referência na arrecadação de ICMS esportivo.  "Estamos empenhado em manter o nível de apoio ao esporte que ocorreu nos últimos anos no nosso município ", explicou  o Prefeito Bertolino. 

terça-feira, 28 de abril de 2020

Quadro Atualizado do Coronavirus de Bom Despacho


Corpo de Bombeiros captura cobra em residência de Bom Despacho

Na tarde desta terça-feira, 28, por volta das 15h, o Corpo de Bombeiros de Bom Despacho foi acionado para capturar uma cobra numa residência no Bairro São Francisco . A Jibóia, espécie identificada no local, mede um metro e meio de comprimento.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros de Bom Despacho, ao chegar ao local, a cobra se encontrava enrolada no portão da residência e não  apresentava sinais de agressividade.

Para capturar o animal, os Bombeiros usaram uma pinça e um gancho, sem machucar o animal. Logo depois,  orientaram aos moradores próximos  como capturar animais silvestres, já que é preciso ter conhecimentos técnicos para se fazer tal trabalho.

Governador anuncia compra de 747 ventiladores pulmonares

Equipamentos custarão R$ 43,9 mi e serão pagos pela Samarco, com autorização da Justiça Federal, após petição da AGE-MG



O governador Romeu Zema anunciou, nesta segunda-feira (27/4), a compra de 747 ventiladores pulmonares. O Governo de Minas Gerais, por meio da Advocacia-Geral do Estado (AGE-MG), em uma atuação conjunta com o Ministério Público e com a Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), conseguiu autorização da Justiça Federal para adquirir os equipamentos que serão utilizados no combate ao coronavírus (Covid-19).

O recurso vem de parte da quantia depositada em juízo pela Samarco, a título de garantia do desastre socioambiental causado pelo rompimento de uma barragem da mineradora, em novembro de 2015, em Mariana.

“Em Minas Gerais, trabalhamos dia e noite para combater o coronavírus. Nossa atuação rápida tem surtido resultados. Temos hoje 3% dos leitos de UTI com pacientes com suspeita ou confirmação da doença. Esses respiradores ajudarão muito na continuidade das ações no estado”, afirmou Zema.

O valor da compra será de R$ 43.965.000. Serão dois tipos de equipamentos:

1) 562 servoventiladores para pacientes adultos/pediátricos (modelo Carmel, marca KTK), tendo os seguintes acessórios: um circuito adulto, sensor de fluxo, umidificador, braço articulado, mangueira de O2 e ar. Cada unidade sairá a R$ 70.000;

2) 185 ventiladores de transporte para pacientes adultos, pediátricos e neonatais (modelo Microtak Total, marca KTK), tendo como acessórios um circuito adulto, mangueira de O2 e suporte para ambulância/maca. Cada unidade sairá a R$ 25.000.

A fornecedora será a KTK Ind. Imp. Exp. Com. de Equipamentos Hospitalares, com sede em São Paulo, e o acordo foi homologado pelo juiz Mário de Paula Franco Júnior, da 12ª Vara Federal em Belo Horizonte.

Os respiradores que serão fornecidos pela empresa foram aprovados pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) e, segundo a proposta comercial, a programação para a entrega ocorrerá nos meses de junho, julho e agosto. Metade dos R$ 43.965.000 será paga à vista.

Além da compra dos equipamentos num momento em que governos de todo o planeta disputam ventiladores pulmonares, o Estado de Minas Gerais conseguiu uma economia importante, levado em conta o preço médio praticado no mercado internacional.

Na decisão que deferiu a homologação do acordo, o juiz federal concluiu que "o preço de R$ 70 mil para cada ventilador destinado a uso em CTI, não obstante encontrar-se em patamar acima do que era praticado antes da pandemia mundial da Covid-19, encontra-se muito aquém dos preços orçados na China, praticados na média de R$ 350 mil para cada respirador, sem contabilizar os custos de importação, frete e o risco de transações internacionais fechadas apenas por WhatsApp".

Ag. Minas

domingo, 26 de abril de 2020

PREFEITO DR BERTOLINO VISTORIA OBRA DE DRENAGEM NA RUA CORINTO EM BOM DESPACHO

Uma das ruas mais castigadas pelas chuvas nos últimos tempos em Bom Despacho, está  sendo reparada com um obra de drenagem da Prefeitura Municipal. A Rua Corinto no Bairro Santa Marta, que ficou intransitável durante um longo período,  está neste momento em fase de reconstrução. 

Neste domingo, dia 27 de Abril, o Prefeito Dr Bertolino esteve no local e acompanhou os trabalhos que estão sendo feitos no local. "Estamos nos empenhando a cada dia para que os bondespachenses possam andar em ruas de fácil tráfego. A Rua Corinto tem sido uma de nossas prioridades neste momento", afirmou o Chefe do Executivo em conversa com o Jornal Fique Sabendo. 

A obra de drenagem da Rua Corinto no Bairro Santa Marta em Bom Despacho está orçada em cerca de R$ 300 mil. A previsão de termino de todo trabalho está programado para o próximo mês de maio. 


sábado, 25 de abril de 2020

Polícia Civil de Bom Despacho entrega 900 kg de alimentos

Na última sexta-feira, 25, Policiais Civis da Delegacia Regional de Bom Despacho entregaram 900 kg de alimetos para famílias carentes da cidade.

Os bairros atendidos foram Dona Branca, Babilônia e São Vicente.

 Os policiais presentes na ação foram o Delegado Regional Dr Jose Márcio da Silva, os investigadores Silvano, Paulo Márcio, Márcio Lucas, Juscelino e Wellington.

As doações são oriundas dos policiais civis de toda delegacia regional e demais pessoas da sociedade.

sexta-feira, 24 de abril de 2020

Prefeitura anuncia Recurso de quase R$ 7 milhões para recuperação de ruas de Bom Despacho

Prefeito Dr Bertolino 
Nesta sexta-feira, 24, o Prefeito Dr Bertolino Costa Neto anunciou o pacote de R$ 6.7 milhões para a recuperação de ruas de Bom Despacho. Para a implantação deste recurso, serão realizados o  recapeamento de algumas vias da cidade, tapa buracos e pavimentação de ruas de terra do município. Vale lembrar que algumas vias já estão recebendo reparos por terem sido danificadas no início do ano por causa das chuvas.  

De acordo com informações repassadas pelo Executivo Municipal, deste valor, cerca de R$ 4.540.000 serão usados para a pavimentação de ruas de terra, R$ 1 milhão para o recapeamento de vias que se apresentam em situação precária de tráfego e  R$ 800 mil para a finalização da Operação da Tapa Buraco. 

O Executivo destaca que dentro destes valores,  cerca de R$ 1.370.000 são oriundas de emendas parlamentares, ou seja  de deputados que se interessam pelo desenvolvimento do município. "Estamos preparando algo de extrema importância para o desenvolvimento urbano de Bom Despacho e  todo o município, já que nesta semana iniciamos a recuperação  da rua da entrada do Distrito do Engenho do Ribeiro", afirmou o Prefeito em conversa com o Jornal Fique Sabendo. 

Recentemente, algumas ruas foram recapeadas pela Prefeitura de Bom Despacho, sendo a Avenida Dr Juca, no Bairro do Rosário, e Rua da Fábrica, no Bairro Palmeiras,  além da Avenida Dr Roberto que está recebendo um reparo por ter sido danificada durante as chuvas do início do ano. 

quinta-feira, 23 de abril de 2020

Decreto oficializa abertura de alguns segmentos comerciais em Bom Despacho

Coronavírus — IFBA - Instituto Federal de Educação, Ciência e ...A Prefeitura Municipal de Bom Despacho publicou decreto municipal de número 8.568 que autoriza o funcionamento de alguns segmentos comerciais no município. Dentre os ramos, estão lojas, clínicas de estéticas, salões de beleza,  barbearias, , motéis,  e outros como serviços de contabilidade e imobiliários, escritórios em geral e indústrias. 

Os estabelecimentos devem seguir as recomendações e as medidas conforme a publicação do decreto municipal expedido pelo município de Bom Despacho  nesta quinta-feira, dia 23 de Abril. 

Vale lembrar que desde a quarta-feira, 22, é obrigatório o uso de máscaras em espaços públicos, comerciais.  

Veja as recomendações do Decreto Municipal expedido nesta quinta-feira, dia 23 de Abril:

- Manter a distância mínima de 2 (dois) metros entre atendente e cliente, bem como entre cliente e cliente; 
 – realizar a higienização do balcão com água e sabão, álcool 70% (setenta por cento) ou solução clorada, entre um atendimento e outro. 

 – uso obrigatório de máscaras ou cobertura da boca e nariz para funcionários, clientes e proprietários; 

 – disponibilizar lavatório com água e sabão ou álcool 70% (setenta por cento) na entrada e saída dos estabelecimentos; 

 – caso os empregados façam refeições nos locais de trabalho, o empregador garantirá o fornecimento de água e sabão ou álcool 70% (setenta por cento), para que o empregado possa usar antes das refeições; (...)   no trabalho em galpões ou canteiro de obras, será observada a densidade máxima de 6 (seis) pessoas por 100 m2 (cem metros quadrados) de área;

– controlar o fluxo de pessoas para entrada no estabelecimento, inclusive as filas, com distância mínima de 2 (dois) metros e marcação visível do espaço;”

  – afixar cartaz padrão, disponível no Portal da Prefeitura Municipal de Bom Despacho, com as orientações para uso de máscara e com preenchimento do quantitativo de pessoas permitido no estabelecimento; 
 – respeitar o limite de 1 (uma) pessoa para cada 16 m2 (dezesseis metros quadrados);

– nos estabelecimentos que possuem menos de 16 m2 (dezesseis metros quadrados), o atendimento deverá ser individualizado. 

Para obter mais informações sobre o decreto que autoriza o funcionamento do comércio local, interessados devem acessar o site da Prefeitura de Bom Despacho através do endereço eletrônico: http://www.bomdespacho.mg.gov.br/.

Vereadores aprovam destinação de R$ 3 milhões para Santa Casa

Foi aprovado em Sessão extraordinária nesta quarta-feira (22) o Projeto de Lei que autoriza o Poder Executivo a repassar até R$ 3.050.000,00 ao Lactário Menino Jesus para aquisição de equipamentos para o Centro de Terapia Intensiva (CTI) do Município de Bom Despacho.

De acordo com o Projeto do valor total previsto

R$ 2. 000.000,00  (dois milhões de reais) serão custeados com recursos do Governo Federal, creditados para o Fundo Municipal de Saúde, e R$ 1.050.000,00 (um milhão e cinquenta mil reais) serão custeados com recursos a serem creditados pelo Governo Estadual, por intermédio das seguintes  emendas parlamentares: Senador Rodrigo Pacheco, R$ 1 milhão, Deputado Federal Lafayette Andrada, R$ 500 mil, Deputado Federal Zé Silva, R$ 200 mil, Deputado Federal Diego Andrade, R$ 300 mil e Deputado Estadual Fábio Avelar, R$ 1 milhão e 50 mil.

A Presidente da Câmara, vereadora Joice Quirino destaca a atuação dos vereadores na captação dos recursos para construção do CTI “realmente o trabalho da Frente Parlamentar foi o diferencial no encaminhamento de emendas para nossa cidade. Mais uma vez Bom Despacho mostra sua representatividade frentes aos governos estadual e federal”.

O repasse será aplicado na obra de construção do CTI, que segundo a Direção do hospital “já está avançada com a cobertura pronta com expectativa de conclusão no mês de julho”. O Centro de Terapia Intensiva de Bom Despacho contará com seis salas de cirurgia e dez leitos de terapia intensiva que vão atender toda região.

fonte: Câmara Municipal BD 

quarta-feira, 22 de abril de 2020

PRF prendeu condutor de carga furtada de Leite em pó


No feriado de 21 de abril, na última terça-feira,  a Polícia Rodoviária Federal prendeu o   condutor F.C.C de 42 anos que transportava  uma carga de 25 toneladas .de leite em pó. A prisão do suspeito  ocorreu na rodovia BR 262, próximo a Bom Despacho. O roubo da carga  aconteceu na cidade de Guimarânia em Minas Gerais. 

Segundo os policiais rodoviários, a carga tem o preço estipulado em R$ 500 mil. O autor F.C.C de 42 anos e o veículo foram encaminhados a Delegacia de Polícia Civil, momentos depois do flagrante. 










Uso obrigatório passa ser válido a partir desta quarta-feira em Bom Despacho

Nesta quarta-feira, 22, passou ser obrigatório o uso de máscaras em espaço público, comercial  e em  empresas privadas de públicas da cidade.

A medida segue a uma determinação de Lei estadual que foi sancionada pelo governador Romeu Zema na última sexta-feira. 17,  e também por decreto do município de Bom Despacho.

A recomendação também segue uma orientação da OMS (Organização mundial de Saúde) para evitar a propagação do Coronavirus. Até o momento Bom Despacho não registrou nenhum caso confirmado da doença.

terça-feira, 21 de abril de 2020

4 dicas para investir na saúde financeira de sua empresa em tempos de Covid-19


Economista-chefe da Fecomércio MG aponta sugestões para controlar estoques e gastos, expandir mercado e traçar diagnósticos a fim de salvar empresas

Com a paralisação temporária de uma série de atividades econômicas, milhares de empresários e trabalhadores viram suas rotinas mudarem radicalmente. Muitos estão inativos, devido a ordens do poder público, outros tantos já perceberam a queda no consumo afetar o caixa da empresa. O impacto é maior entre os micros e pequenos negócios, responsáveis por 99,1% dos CNPJs do setor de comércio e serviços em Minas Gerais e por mais de 59% dos empregos formais no Estado.

O cenário traz um alerta aos empresários: é preciso cuidar da saúde financeira do negócio, ainda mais em tempos de Covid-19. “Os empresários precisam se planejar conforme o período de duração da pandemia. Isso significa pensar em diversos cenários futuros, de forma a montar um plano de negócios capaz de minimizar as incertezas, reduzir custos com a paralisação e apontar novas possibilidades de atuação”, explica o economista-chefe da Fecomércio MG, Guilherme Almeida.

Um estudo do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), divulgado em 2016, reafirma a importância do planejamento para os negócios. De acordo com a entidade, as empresas brasileiras que superaram dois anos de existência investiram, em média, 11 meses no planejamento de suas ações antes de chegar ao mercado, enquanto as inativas gastaram apenas oito meses.

Se você trabalha no setor de comércio, serviços e turismo, fique atento às dicas do economista-chefe da Fecomércio MG para driblar a crise:


Faça projeções


Suspensos por decreto, inúmeros estabelecimentos comerciais estão fechados por tempo indeterminado. Diante dessa incerteza, é imprescindível traçar cenários que contemplem diferentes períodos de duração das medidas de isolamento para assim entender os impactos financeiros e operacionais da pandemia. “O empresário pode fazer projeções para 30, 45 e 60 dias, desde que, em cada cenário, ele determine custos e despesas, receitas e movimentações financeiras e de estoque.”


Diminua os custos


A redução da demanda praticamente obriga o empresário a diminuir custos. Mas, engane-se quem pensa logo em cortar pessoal. Segundo Almeida, suspender os serviços não essenciais à retomada das operações pode ser um dos caminhos para economizar. “A empresa também pode renegociar o contrato de aluguel, pedindo a revisão do valor pago ou um período de carência enquanto durar a pandemia. Vale, ainda, negociar mais prazo e formas de pagamento com os fornecedores.”


Controle os estoques


Já observou o volume de produtos guardados, especialmente os sazonais? De acordo com o economista-chefe da Fecomércio MG, a avaliação dos estoques é item essencial, mesmo em tempos de bonança. “Se tiver com produtos parados, sem saída, tente vendê-los pela internet. O lucro auferido permitirá à empresa fazer caixa e ter condições de adquirir novas mercadorias ou mesmo manter em dia aqueles gastos e despesas que não podem ser adiados.”


Expanda sua atuação


As vendas pela internet e por aplicativos estão em alta devido ao isolamento social. Mas, sua empresa usa canais digitais para oferecer produtos/serviços ou ganhar mais visibilidade? “Com o fechamento do comércio por causa do novo coronavírus, o e-commerce cresceu 18,5% na primeira semana de abril, segundo dados da Ebit/Nielsen. Mas se o empresário, porventura, ainda não possui uma loja virtual funcional, com logística de entrega bem definida e atendimento personaliz
ado, ele pode apostar nas redes sociais para fazer o estoque circular”, sugere.

Apenas 3% dos leitos de UTI em Minas Gerais estão ocupados por casos confirmados e suspeitos de coronavírus

Medidas de isolamento social e demais ações garantem, até o momento, números positivos no controle da proliferação da Covid-19

As diversas ações de prevenção e combate ao coronavírus em Minas Gerais seguem apresentando resultados positivos no controle da proliferação da doença. Até o momento, a média de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Sistema Único de Saúde (SUS) pela Covid-19 é de 3%. Além disso, o número de pedidos de internação de pacientes com sintomas da doença vem caindo constantemente nas últimas semanas.

A ocupação de leitos de UTI por pacientes confirmados ou com sintomas da Covid-19 em leitos SUS, segundo dados da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), está em nível controlado. De acordo com o último registro, do dia 18/4, Minas possui 51% dos leitos ocupados, mas, por causa do coronavírus ou suspeita da doença, são 67 pessoas internadas em todo o estado – o que representa 3% da ocupação total de leitos disponíveis em Minas.

O número de leitos de enfermaria ocupados na rede hospitalar estadual também se mantém estável. Segundo os dados do dia 18/4, 55% das vagas estão ocupadas. Mas são 380 as vítimas internadas por Covid-19 ou suspeita da doença, o que representa 3% da ocupação dos leitos clínicos no estado.

Segundo o último boletim epidemiológico da SES-MG, divulgado nesta segunda-feira (20/4), Minas Gerais possui 1.189 casos e 41 óbitos confirmados do coronavírus.

O governador Romeu Zema destacou o trabalho realizado no Estado. Entre as ações de combate à doença em Minas estão as medidas de isolamento social, a suspensão das aulas, a conscientização da sociedade em relação às medidas de prevenção, a desinfecção de espaços públicos e o trabalho para a ampliação do número de leitos no estado, além da ampliação de investimentos na compra de equipamentos. Com estas medidas, o governo já conseguiu adiar a projeção do pico da doença para que Minas consiga se adiantar e se preparar para o atendimento da população, caso seja necessário.

“Temos uma das situações mais bem administradas do país. Isso mostra que as medidas que adotamos surtiram efeito. Estamos trabalhando um protocolo para dar segurança às decisões municipais, sempre tendo como norte os dados colhidos junto à Secretaria Estadual de Saúde”, afirmou o governador.

Números

Até o momento, o estado dispõe de 2.013 leitos de UTI via SUS e mais 50 leitos da Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig). Além disso, em Minas existem outros 1.083 leitos de UTI na rede privada de saúde. Em relação ao número de leitos de enfermaria, há 11.622 leitos clínicos.



Número de Leitos UTI (SUS)
Ocupação total (%)
Ocupação por Covid-19 (%)
2.013
51%
67 leitos (3%)

Número de Leitos Enfermaria (SUS)
Ocupação total (%)
Ocupação por Covid-19 (%)
11.622
55%
380 leitos (3%)


Hospital de Campanha



Estes números não incluem, ainda, o Hospital de Campanha de Minas Gerais, construído no Expominas, em Belo Horizonte.  Lá serão disponibilizados 740 leitos de enfermaria e outros 28 de estabilização. A segunda fase da obra já foi concluída, com a instalação de mobiliários, adequação elétrica, rede de esgoto hospitalar e início da instalação gasométrica. A expectativa é de que ele esteja preparado para receber pacientes, caso seja necessário, no fim de abril.

_____________________________________________
Crédito (foto): Gil Leonardi / Imprensa MG


Ag. Minas

segunda-feira, 20 de abril de 2020

Motociclista se choca com Ônibus em Bom Despacho

Momento resgate da vitima. Foto Redes sociais 
Acidente aconteceu no Bairro São Vicente na tarde desta segunda-feira, 20. Uma mulher de 20 anos era motociclista que se chocou com o ônibus.

Segundo o Corpo de Bombeiros, a vítima estava debaixo do chassi do ônibus, que fazia o itinerario do  transporte coletivo local no momento do acidente.

De acordo com os militares foi preciso fazer o uso de macaco hidráulico para remover a vítima, que apresentava sinais vitais após será retirada debaixo do ônibus. Ela reclamava de dores na bacia.

 A Polícia Militar também acompanhou o resgate da vítima.

CORONAVÍRUS SEGUE SENDO CONTROLADO EM BOM DESPACHO, DIZ PREFEITO BERTOLINO

Nesta segunda-feira, 20, o Prefeito Dr Bertolino de Bom Despacho afirmou que a situação do Coronavírus segue sendo controlado na coletiva de imprensa realizada na sede da CDL/ACIBOM com alguns principais veículos de comunicação da cidade. Ao mesmo tempo, o mandatário informou que caso seja necessário, será implantada uma unidade de tratamento no SESI. 

Vale destacar que Bom Despacho não tem caso confirmado. O caso que se confirmou foi de uma mulher que fez seu tratamento na capital Belo Horizonte há quase um mês. Recuperada, a paciente postou um vídeo nas redes sociais no qual alertou que está bem. Entretanto, o atual chefe do Executivo disse que todo cuidado é pouco para que seja evitado a propagação do vírus na cidade. 

Hidoxicloroquina e Azitromicina

No encontro com os jornalistas locais, o Prefeito Bertolino também destacou que se for necessário será administrado nos pacientes mais graves o uso das substâncias Hidoxicloroquina e Azitromicina para que a cura aconteça o mais rápido possível diante das adversidades que forem surgir. 

Quadro do Covid-19 em BD

Até o momento, Bom Despacho não registra caso confirmado de Coronavírus na cidade. Há 117 casos suspeitos, sendo 28 descartados dos 29 exames feitos. O município também não registrou nenhuma morte suspeita ou confirmada de Covid-19. 



Suspensão de contrato ou redução de jornada vale para domésticas

Veja como fazer o acordo com trabalhadora doméstica


Coronavírus: devo pagar a empregada mesmo sem trabalhar? Veja ...Acordo para suspensão ou a redução de jornada pode ser feita entre empregador e trabalhadora doméstica. A Medida Provisória nº 936, de 1º de abril de 2020, instituiu o programa emergencial cujo objetivo é evitar demissões e garantir a renda dos trabalhadores no período de calamidade pública em decorrência da pandemia de covid-19.
O empregado doméstico tem que ser avisado com 48 horas de antecedência e, durante o período que o empregador não paga salário, o funcionário recebe Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda (BEm).
De acordo com a Secretaria de Trabalho do Ministério da Economia, o trabalhador doméstico receberá o BEm tendo por base a média dos últimos três salários que tiver recebido, conforme registrado pelo empregador no sistema e-Social.
O acordo deve ser registrado no site do Programa Emergencial no endereço https://servicos.mte.gov.br/bem.

O que o empregador tem que fazer

O empregador doméstico deve fazer um contrato escrito, com os termos do acordo: se o salário e jornada de trabalho serão reduzidos em 70%, 50% ou 25%, ou, ainda, se o contrato de trabalho será suspenso. Deve ser definido também o dia em que a redução ou suspensão terá início e o prazo de duração dessa condição. No site do e-Social há modelos de contratos.
O empregador deve se cadastrar no Portal de Serviços do Ministério da Economia e, depois de cadastrado, deve acessar o menu “Benefício Emergencial” -> “Empregador Doméstico” e, então, cadastrar os trabalhadores que receberão o benefício, detalhando a modalidade pactuada (suspensão ou redução salarial). O prazo para esse cadastramento é de 10 dias, contados da data do acordo.

Suspensão do contrato

No eSocial, caso seja feita a suspensão contratual, o empregador deve informar o afastamento temporário para o empregado seguindo estes passos: Menu: Empregados > Gestão dos Empregados > Afastamento temporário > Registrar Afastamento. Deve ser preenchida a data de início e término da suspensão, conforme acordado com o trabalhador, e selecionado o motivo “37 – Suspensão temporária do contrato de trabalho nos termos da MP 936/2020”.
Segundo o portal do eSocial, as folhas de pagamento do período em que o contrato de trabalho está suspenso são consideradas "sem movimento" e não precisam ser encerradas, uma vez que não há guia para recolhimento de tributos a ser gerada.
Se a suspensão não durar o mês inteiro, o eSocial calculará a remuneração referente aos dias em que tenha havido trabalho. Nesse caso, o empregador deverá fechar a folha para que seja gerado o Documento de Arrecadação do e-Social (DAE) relativo às contribuições e depósito do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).
O auxílio-desemprego do programa é de um salário mínimo, ou seja, R$ 1.045. O empregador pode complementar esse valor. Para isso, o empregador deve incluir manualmente o valor da ajuda na folha de pagamento utilizando a rubrica “Ajuda Compensatória – MP 936”. Nesse caso, o empregador deverá fechar a folha do mês, inclusive para poder gerar o recibo de pagamento dessa verba. O valor pago como complementação não é base de cálculo de FGTS, Imposto de Renda, nem contribuição previdenciária, portanto não haverá geração de guia de recolhimento.
Durante a suspensão do contrato, não é possível conceder férias, informar outro afastamento ou mesmo fazer o desligamento do empregado.

Redução de salário e jornada

O empregador deverá informar uma “Alteração Contratual” do trabalhador, com o novo valor do salário. Além disso, precisará ajustar a jornada de trabalho informando os novos dias/horários trabalhados. A informação da alteração deverá ser feita antes do fechamento da folha do mês.
Para informar a redução de salário e jornada, acesse o Menu: Empregados > Gestão dos Empregados > Selecionar o trabalhador > Dados Contratuais > Consultar ou Alterar Dados Contratuais. Clique no botão Alterar Dados Contratuais.
Deve ser informada a “Data de início de vigência da alteração”, ou seja, a data em que começará o período acordado de redução da jornada e salário.
Na tela seguinte, informe o novo valor do salário reduzido, bem como os novos dias/horários de trabalho do empregado e clique em Salvar. O sistema exibirá uma mensagem orientativa sobre a redução do salário. Em seguida, é preciso clicar em OK.
Ao final do período de redução, o empregador deverá retornar o salário e a jornada de trabalho para os valores normais. Para isso, deverá refazer essas passos.
O e-Social alerta que a redução de jornada e salário só pode vigorar enquanto o trabalhador estiver prestando efetivos serviços, ou seja, não vale para períodos de férias e não altera o valor de eventual rescisão de contrato. Nesses casos, será necessário, antes, retornar o salário e a jornada para os valores normais e, só então, programar férias ou informar o desligamento.
Se houver necessidade de retorno ao trabalho ou demissão antes do término do período informado para recebimento do Benefício Emergencial, o empregador deverá se atentar também para registrar o procedimento específico no site https://servicos.mte.gov.br.

Pagamento do benefício

Para receber o benefício, o trabalhador deverá informar o empregador os dados de uma conta de sua titularidade, seja corrente ou poupança.
Caso o trabalhador não informe uma conta, ou haja erros na conta informada pelo empregador, o pagamento será feito em uma conta digital especialmente aberta, em nome do trabalhador no Banco do Brasil ou Caixa Econômica Federal.
Ag. Ebc Brasil

sábado, 18 de abril de 2020

Prefeitura de BD e Comitê autorizaram abertura de parte do comércio com uso de máscaras

COVID-19: Mapa em tempo real da pandemia do Coronavírus criado ...Na última sexta-feira, 17, a Prefeitura Municipal de Bom Despacho, através do Comitê de Enfrentamento ao Covid-19, autorizou a abertura de alguns segmentos comerciais, como lanchonetes, sorveterias, açaiterias. Os estabelecimentos deverão seguir as normas de desinfecção e evitar aglomeração. Empresas de assistência técnica também poderão retomar as atividades, desde que trabalhem com portas fechas e sigam as medidas de segurança. 

De acordo com a Prefeitura de BD, as empresas calçadistas poderão reabrir no próximo dia 22 de abril. Entretanto, precisarão adotar medidas para garantir a segurança de seus funcionários, e evitar a propagação do Covid-19 e assim combater de forma mais efetiva ao Coronavírus.  

Uso de Máscaras

A partir do dia 22 de Abril, também será obrigatório o uso de máscaras sobre o nariz e boca, em todos os espaço públicos, nos estabelecimentos comerciais e serviços com autorização de funcionamento expedido pelo município de Bom Despacho. Vale lembrar que o Governo de Minas Gerais, através do Governador Romeu Zema, sancionou na última sexta-feira, 17,  o uso obrigatório de máscaras no estado. 

Estabelecimentos liberados
A Prefeitura de Bom Despacho também destaca que já estão liberados para atendimento clínicos e consultórios, odontológicos, de fisioterapia, psicologia, fonoaudiologia, nutrição, terapia ocupacional. As consultas da rede pública  e privada, procedimentos eletivos de cirurgia de hospitais conveniados ao SUS.  "A Prefeitura e o Comitê também já liberam, com adoção de medidas de segurança, o funcionamento do setor de construção civil, chaveiros, cartórios, escritórios de contabilidades, oficinas de bicicletas e veículos. O transporte coletivo municipal também está liberado", informou em nota.


Transmissões Religiosas online

Também foi informado que as igrejas e templos religiosos poderão reunir até cinco pessoas para transmissão de suas cerimônias via internet.