domingo, 14 de junho de 2020

Frente Parlamentar: do CTI à Hemodinâmica




Após levantar recursos para construção do CTI na Santa Santa Casa parlamentares se mobilizam para instalação da hemodinâmica em Bom Despacho 

Bom Despacho, sede de microrregião de saúde, é responsável pelo controle, avaliação, regulação e liberação das demandas e cotas dos municípios de referência, sendo a microrregião composta por sete municípios. A necessidade da implantação de um CTI na Santa Casa, “a única porta aberta 24 horas para atendimento na cidade”, mobilizou líderes políticos de Bom Despacho na criação da Frente Parlamentar para construção do Centro de Terapia Intensivo na cidade. 

Com o objetivo de angariar recursos em prol deste grande sonho, os vereadores de Bom Despacho, liderados pela presidente Joice, buscaram emendas parlamentares junto às Câmaras dos Deputados Estadual e Federal". O resultado foi a captação de R$ 6.800.000,00 (Seis milhões e oitocentos mil reais) destinados à obra. “Mais uma vez Bom Despacho mostra seu prestígio político, a atuação da Frente Parlamentar foi diferencial para arrecadar os fundos destinados ao CTI” destaca a Presidente da Câmara.

De acordo com a Direção da Santa Casa a previsão para a conclusão da obra é para o mês de agosto e o centro estará pronto para receber os pacientes. A vereadora Joice Quirino ressalta que “nosso trabalho não terminou, alcançamos nosso primeiro objetivo e trabalharemos agora para mais uma etapa importante dos tratamentos que é a hemodinâmica”.
O exame de hemodinâmica  é solicitado com a finalidade de diagnosticar o estado da circulação das artérias coronarianas, identificar a possibilidade de um infarto agudo do miocárdio ou determinar a exata localização da obstrução que está causando um infarto já estabelecido. Os métodos hemodinâmicos representam um grande aliado para a cardiologia. Ao diagnosticar e localizar uma obstrução arterial por meio de cateterismo, por exemplo, é possível realizar rapidamente o procedimento mais adequado. 

A rapidez entre o diagnóstico e o início do tratamento muitas vezes é um fator fundamental para a sobrevivência do paciente, atualmente o atendimento não é oferecido em Bom Despacho. “O tratamento com recursos da hemodinâmica evita submeter o paciente ao risco de uma cirurgia e permite uma recuperação mais rápida, com redução de sequelas. Ao mesmo tempo, cria a possibilidade de tratamento de pacientes idosos e/ou com doenças crônicas graves. Com esses métodos, não é necessário submeter o paciente a intervenções mais arriscadas” encerra a Presidente da Câmara Joice.

fonte: camarabd.mg.gov.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário