domingo, 7 de junho de 2020

Projeto “Una: Movimente-se” traz treinos básicos para quem está em casa

Atividade é proposta pelo curso de Educação Física e tem por objetivo inserir exercícios físicos no dia-a-dia de quem está em isolamento social

Ficar em casa durante o período de isolamento social não é motivo para não se exercitar. E foi pensando no público de casa que os alunos do curso de Educação da Física da Una Bom Despacho desenvolveram na disciplina de estágio supervisionado treinos básicos que podem ser realizados em casa. As atividades serão disponibilizadas na rede social da instituição de ensino da região centro oeste e dos acadêmicos participantes do projeto.

O Estágio Supervisionado Obrigatório II abrange a área de treinamento esportivo/preparação física, e o Estágio Supervisionado Obrigatório III abrange a área de prescrição de exercícios/avaliação física. Sob coordenação dos professores Carolina Nogueira, Carolina Morais e Gleuber Oliveira, os alunos do 6º, 7º e 8º períodos irão realizar atividades abordando as áreas de prescrição de exercícios/atividades, voltados para públicos de várias faixas etárias de nossa comunidade como crianças, adolescentes, adultos e pessoas idosas.

Os alunos foram divididos em 8 grupos e cada grupo será responsável por um público, a fim de pesquisar, planejar, estruturar, avaliar e aplicar os exercícios. As atividades executadas pelos alunos através de gravações disponibilizadas nos perfis @unabomdespacho, @unadivinopolis e @unanovasserrana , além do perfil pessoal dos alunos e da atlética Alcatéia. Nos vídeos, os estudantes prescrevem, realizam e orientam a comunidade sobre a prática de atividades/exercícios físicos a serem realizados dentro de suas próprias casas nessa época de pandemia. As imagens serão disponibilizadas aos internautas a partir de segunda-feira, 08. 


Rotina e novos hábitos 

De acordo com a professora Carolina Nogueira, para que possamos voltar às nossas rotinas o mais breve possível, o isolamento social é o principal foco no momento. Ela destaca que, naturalmente, essa mudança traz uma alteração significativa na prática de atividade física diária e em todas as atividades que realizamos diariamente e que demandam algum gasto calórico. 

“Ficando em casa, o aumento do comportamento sedentário é natural, como aumentar o período assistindo TV, permanecer durante muitas horas na posição sentada ao realizar o home office em frente ao computador e dormir um período maior de tempo. Assimilando todas essas mudanças, podemos adotar algumas práticas que auxiliem na manutenção e melhora do nosso estado de saúde durante esse período”, explica Carolina.

A professora ainda destaca que o exercício físico atua de maneira determinante em muitas patologias, como exemplo: hipertensão arterial e diabetes, auxiliando no tratamento e no não desenvolvimento de novas doenças. 

“Além disso, ajuda na melhora da imunidade, na regulação da ansiedade e diminuição de sintomas depressivos, fatores que podem ser prejudicados durante o período de isolamento. De acordo com tal situação, é necessário reforçar estratégias que podem ser utilizadas para que possamos nos adaptar e ajustar o nosso nível de atividade física diária pelo tempo que permanecermos em casa”, finaliza.

Ass. Imp. Una Centro Oeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário