sexta-feira, 31 de julho de 2020

Câmara atende solicitação da Fecomércio MG e CNC



As entidades pleitearam a aprovação da emenda n° 8, da MP 944/2020, que autoriza a União ampliar os recursos do Fundo Garantidor de Operações (FGO), vinculado ao Pronampe, em mais R$ 12 bilhões
 
O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou, nesta quarta-feira (29/07), as emendas da Medida Provisória (MP) 944/2020, que instituiu o Programa Emergencial de Suporte a Empregos. A medida concede uma linha de crédito especial para pequenas e médias empresas pagarem a folha salarial durante a pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Segundo o texto, o aporte aprovado é de R$ 17 bilhões. O documento segue agora para a sanção presidencial.
 
Com a decisão, também foi aprovada a emenda nº 8, que autoriza o governo federal a ampliar sua participação no Fundo Garantidor de Operações (FGO) em mais R$ 12 bilhões. O novo aporte servirá de garantia aos empréstimos concedidos por meio do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe). Essa decisão atende a uma solicitação feita pela Fecomércio MG e pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), que atuaram em diferentes frentes na busca por soluções que contribuíssem para a expansão do FGO, com recursos da União.
 
Para fortalecer o Pronampe, a Federação enviou, na última semana, ofícios para toda a bancada mineira de deputados federais, inclusive ao relator do projeto de conversão em lei da Medida Provisória (MP) 944/2020, Zé Vitor (PL-MG). No documento, a Federação solicitava apoio para a aprovação da emenda nº 8, acatada pelo Plenário da Câmara dos Deputados.
 
A entidade destaca que a aprovação da emenda irá contribuir para que milhares de empresários consigam ter acesso aos recursos destinados pelo programa, garantindo a manutenção dos seus negócios durante a pandemia. Além disso, a Fecomércio MG tem promovido diversas ações com CNC em favor do empresariado mineiro. Não à toa, a Federação reforça a importância da atuação da CNC junto ao Ministério da Economia para a fixação de critérios que permitam o rateio dos valores a serem disponibilizados aos Estados, para que assim, de forma coordenada, os recursos possam viabilizar a retomada econômica no país.
 
Na avaliação da entidade, só com união, ações coordenadas e a contribuição de todos, além de respeito às orientações de saúde, será possível restabelecer o desenvolvimento econômico e social do país, assegurando a sobrevivência de milhares de negócios, empregos e renda. Afinal, no Brasil, já são milhões de famílias afetadas pelas consequências econômicas da pandemia de Covid-19.
Fonte: FECOMÉRCIO MG

Quadro Atualizado do Coronavirus de Bom Despacho


quinta-feira, 30 de julho de 2020

Antiga sede da Rural Minas de Bom Despacho será Centro de Fisioterapia do Bairro São Vicente

 


Anúncio  foi oficializado pelo Prefeito Dr. Bertolino nas redes sociais 

Nesta quinta-feira, 30, o Prefeito Dr Bertolino comunicou através das redes sociais que a antiga sede da Rural Minas em Bom Despacho será a nova sede do Centro de Fisioterapia do Bairro São Vicente. O trabalho será realizado em parceria com a Faculdade Una.

Atualmente  o Centro de Fisioterapia está em funcionamento no Conjolo de Vissunga, antigo Sesc de Bom Despacho. E para atender a demanda de atendimento que  a população precisa, a Prefeitura irá instalar mais uma sede para melhor atender a população. Que será  na antiga sede da Rural Minas, que está localizada na Rua Irmã Maria no Bairro São Vicente.

" Bom dia amigos e amigas do Cidade Nova é   com muito  prazer que anuncio  que  celebramos um convênio com a Faculdade Una para que fazemos a reforma da antiga sede da Rural Minas para funcionar uma Fisioterapia de Alto Nível", informou o Prefeito Dr Bertolino.

CAIXA ABRE 60 AGÊNCIAS EM MINAS GERAIS NESTE SÁBADO (1) PARA PAGAMENTO DO AUXÍLIO EMERGENCIAL




Saque em espécie do benefício estará disponível a partir desta data para os nascidos em fevereiro e março

 

A CAIXA abrirá 60 agências em Minas Gerais neste sábado (1), das 8h às 12h, para atendimento aos beneficiários do Auxílio Emergencial. Em todo o país, 717 agências estarão abertas. Os nascidos em fevereiro e março já poderão realizar o saque em espécie do benefício, conforme calendário de saque.

A relação de agências que estarão abertas pode ser conferida no site do banco: 

Pagamento do Auxílio Emergencial:

A partir deste sábado, 7,4 milhões de beneficiários nascidos em fevereiro e março poderão sacar o benefício nos caixas eletrônicos, lotéricas e correspondentes CAIXA Aqui, além de transferir valores para contas da CAIXA ou de outros bancos, de acordo com o Ciclo 1 do calendário de pagamentos: 

 

Os ciclos de crédito em conta e saques em espécie seguem até dezembro para o pagamento das cinco parcelas definidas pelo Governo Federal para o público do CadÚnico e para quem se cadastrou pelo App CAIXA | Auxílio Emergencial ou pelo site 

Atendimento nas agências:

 

A CAIXA reforça que não é preciso madrugar nas filas à espera de atendimento. Todas as pessoas que comparecerem às agências que abrirão neste sábado (1), das 8h às 12h, serão atendidas no mesmo dia. A mesma orientação é válida para o atendimento realizado de segunda a sexta, entre 8h e 14h, em todas as agências do banco.


CAIXA Tem:

 

Os usuários do CAIXA Tem que tiveram contas bloqueadas preventivamente por inconsistência cadastral poderão realizar o envio de documentos por meio do CAIXA Tem para realizar o desbloqueio. O CAIXA Tem apresentará as orientações necessárias que o beneficiário deverá seguir no próprio aplicativo.

 

Já no caso de contas bloqueadas por indícios de fraudes, os usuários serão informados por meio do aplicativo CAIXA Tem para que se dirijam a uma agência de acordo com calendário escalonado por mês de aniversário. 

 

Como movimentar a Poupança Social Digital:

A conta Poupança Social Digital é uma poupança simplificada, sem tarifas de manutenção, com limite mensal de movimentação de R$ 5 mil. A movimentação do valor dos benefícios pode, inicialmente, ser realizada por meio digital com o uso do App CAIXA Tem.

Pelo aplicativo, é possível realizar compras em supermercados, padarias, farmácias e outros estabelecimentos com o cartão de débito virtual e QR Code, por meio de mais de nove milhões de maquininhas de cartão espalhadas por todo o Brasil. O beneficiário também pode pagar contas de água, luz, telefone, gás e boletos em geral.

A partir da data de disponibilização dos recursos para saque ou transferência, também de acordo com o mês de nascimento, os beneficiários poderão transferir os recursos para contas em qualquer banco, sem custo, ou realizar o saque em terminais de autoatendimento e casas lotéricas.

29/07/2020

Assessoria Regional de Imprensa da CAIXA


Quadro Atualizado do Coronavirus de Bom Despacho


quarta-feira, 29 de julho de 2020

PRF de Bom Despacho apreende mais de 120 kg de maconha



_É a terceira apreensão de drogas em menos de um mês na BR262 em Bom Despacho_

Em 29 de julho de 2020, por volta das 07 horas e 40 minutos, a equipe PRF de Bom Despacho-MG visualizou um veículo Vw/Saveiro 1.6, de cor prata, em atitude suspeita. O referido veículo foi  acompanhado até o pátio do Posto Jalé, onde foi abordado. 

O condutor do veículo, de 22 anos, demonstrou nervosismo exacerbado, diante disso, a equipe da PRF conduziu o veículo e seu condutor até a Unidade Operacional da Polícia Rodoviária Federal de Bom Despacho. 

Após realização de buscas minuciosas, foram localizados 140 tabletes de substância análoga a "cannabis sativa lineu - maconha", escondidas em compartimentos ocultos (assoalho, laterais e portas), pesando aproximadamente 123.230 Kg (cento e vinte e três quilos e duzentas e trinta gramas).

Questionado, o condutor informou que foi contratado para levar o veículo com a referida substância da cidade de Uberlândia/MG até a cidade de Nova Serrana/MG; e que receberia a quantia de R$1.800,00 (hum mil e oitocentos reais) para fazer o transporte. 

Diante dos fatos, o condutor foi preso em flagrante delito pelo crime de tráfico de drogas, e encaminhado, juntamente com o veículo e a droga apreendida, para a Delegacia de Polícia Civil de Bom Despacho.

Fonte: PRF 

População ajuda Polícia na apreensão de Drogas no Distrito do Engenho do Ribeiro



Na última terça-feira, 28, a Polícia Militar recebeu denúncia sobre suspeita de tráfico de drogas que ocorria na Praça Padre Augusto no  Distrito do Engenho do Ribeiro, que é pertencente ao município de Bom Despacho. Os militares se deslocaram ao local mencionado e  apreenderam as drogas. 

Segundo a PM, as drogas que foram apreendidas são 12 pedras de crack e 03 buchas de maconha.  Diante do flagrante,  o material apreendido foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Bom Despacho. 

A Polícia destaca que a comunidade contribui com ações de segurança através do Disk Denúncia que é 181.  " Denuncie pessoas e veículos em atitudes suspeitas! O sigilo é garantido", informou. 


Quadro Atualizado do Coronavirus de Bom Despacho


Prefeito Dr Bertolino recebe diretoria da Caixa



Na última terça-feira, 28, o Prefeito Dr Bertolino recebeu a diretoria da Caixa Econômica Federal em seu Gabinete. A expectativa é de que o banco possibilite o financiamento de alguns projetos do município.

"Hoje recebi a diretoria da CEF. Conversamos sobre alguns projetos que podem ser financiados pelo banco e que possibilitarão maior desenvolvimento da nossa cidade. Vem coisa boa por aí", informou seu o Prefeito em seu Instagram.

Vale destacar que a Prefeitura de Bom Despacho tem realizado várias obras e projetos desde que o atual prefeito assumiu o posto no no dia de 04 Abril deste ano.

Além de inúmeras  ruas asfaltadas e benfeitorias em todo município,  a Prefeitura de Bom Despacho já finalizou a primeira etapa da reforma  do Pronto Atendimento Municipal e concluiu a instalação de uma Farmácia na UBS Dr Genésio no Conjolo de Vissunga.

terça-feira, 28 de julho de 2020

CAIXA AMPLIA PRAZO DA PAUSA NA PRESTAÇÃO HABITACIONAL PARA ATÉ 180 DIAS


 

Clientes que optarem pela pausa devem solicitar a prorrogação pelo aplicativo Habitação CAIXA ou demais canais disponibilizados pelo banco

 

A CAIXA disponibiliza, desde a segunda-feira  (27), a possibilidade de ampliação da pausa nas prestações dos créditos habitacionais do Programa Minha Casa Minha Vida (Faixas 1,5; 2 e 3), com recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimos (SBPE) para um período de até 180 dias.

 

A medida faz parte das ações do banco para oferecer aos clientes alternativas para enfrentar os efeitos causados à economia pelo COVID-19. Para o presidente da CAIXA, Pedro Guimarães, “estender a pausa é mais uma medida importante do banco no suporte ao planejamento das famílias brasileiras nesse período de pandemia e à retomada da economia”.

 

 

Regras da pausa e cobrança de encargos:

Os clientes pessoas física e jurídica que já tiveram a pausa temporária de 120 dias concluída podem prorrogar o prazo por mais 60 dias. Quem ainda não optou por essa alternativa também pode solicitar a pausa de 180 dias.

 

Para as empresas, a opção de pausa é válida para os financiamentos à produção de empreendimentos e para os financiamentos de aquisição e construção de imóveis comerciais (modalidade individual). As opções de pagamento parcial dos encargos ou carência também foram estendidas para até 180 dias, porém não podem ser utilizadas em conjunto com a pausa.

 

Durante o período de pausa, o contrato não está isento da incidência de juros remuneratórios, seguros e taxas. Os valores dos encargos pausados são acrescidos ao saldo devedor do contrato e diluídos no prazo remanescente. A taxa de juros e o prazo contratados inicialmente não sofrem alteração

 

 

Quem pode solicitar:

  • Clientes pessoa física com contratos em dia ou com até 180 dias em atraso (clientes que utilizaram o FGTS para reduzir uma parte da prestação também podem optar pela pausa);
  • Clientes pessoa jurídica com contratos em dia ou com atraso de até 60 dias (duas prestações).

 

 

Como solicitar:

Os clientes pessoa física podem solicitar a pausa de 180 dias, ou a prorrogação do período de pausa por mais 60 dias para os contratos já atendidos, pelo aplicativo Habitação CAIXA, pelos telefones 3004-1105 e 0800 726 0505, ou de forma automatizada pelo 0800 726 8068, opção 2 – 4 – 2.

Os clientes pessoa jurídica podem solicitar a pausa para contratos de aquisição e construção de imóveis comerciais pelo número 0800 726 8068, opção 2 – 4, ou com o auxílio do gerente de relacionamento. Para contratos de financiamento à produção de empreendimentos, a solicitação pode ser realizada somente por meio do gerente de relacionamento, que deve ser acionado preferencialmente por meio eletrônico.

 

Canais de atendimento:

  • App Habitação CAIXA: disponível para os sistemas operacionais Android e IOS, pode ser baixado gratuitamente nas lojas GooglePlay ou AppStore.
  • 3004-1105 e 0800 726 0505, opção 7: disponível de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h.
  • 0800 726 8068, opções 2 – 4: disponível de segunda a sexta-feira, em qualquer horário, e aos sábados, de 10h às 16h.

 

 

Balanço:

Até o momento, mais de 2,4 milhões de mutuários já solicitaram a pausa na prestação habitacional. A CAIXA já registrou mais de 2,1 milhões de solicitações pelo aplicativo Habitação CAIXA, além de cerca de 170 mil atendimentos pelo telesserviço. Atualmente, 22 serviços são oferecidos pelo banco por meio do aplicativo e do telefone, para maior comodidade e segurança dos clientes. Saiba mais clicando aqui.


Fonte: Ass. Imp. Caixa 

 

Polícia Militar apreende arma de fogo, munições e drogas em chácara


Na noite do último sábado, 25 de Julho de 2020, durante realização de operação antidrogas, por volta das 22h33, militares receberam informação de que havia uma grande aglomeração de pessoas em uma chácara.

Ao chegarem no local,  foi constatado que havia 45 pessoas na propriedade. No momento da realização de abordagens, foi encontrada,  com um homem de 31 anos, uma arma de fogo, modelo pistola, municiada com 11 cartuchos no carregador. 

Foram executadas buscas no imóvel, que resultaram na localização de 10 munições do mesmo calibre, além de porções de maconha e duas substâncias de ecstasy.

Face ao exposto,  todos os envolvidos no delito receberam voz de prisão e foram conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil junto ao material apreendido.

 ALCO/7ºBPM

Estudantes podem se inscrever no Fies a partir de hoje

Fies: MEC divulga novas datas de inscrição


De hoje até esta sexta-feira (31) estarão abertas, no site do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) as inscrições no processo seletivo para o segundo semestre de 2020. O resultado será divulgado no dia 4 de agosto. Segundo o Ministério da Educação (MEC), o período para complementação da inscrição dos candidatos pré-selecionados será de 4 a 6 de agosto.

As inscrições no programa, que começariam na semana passada, foram adiadas depois que o MEC identificou inconsistências no processamento da distribuição das vagas ofertadas pelas instituições de ensino superior. 

Lista de espera

Quem não for pré-selecionado na chamada única do Fies pode disputar uma das vagas ofertadas por meio da lista de espera. Diferentemente dos processos seletivos do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e do Programa Universidade Para Todos (Prouni), para participar da lista de espera do Fies não é necessário manifestar interesse, a inclusão é feita automaticamente. 

A convocação da lista de espera vai do dia 4 até as 23h59 de 31 de agosto.

Requisitos

Pode se inscrever na seleção do Fies o candidato que tenha participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a partir da edição de 2010, e tenha alcançado nota média nas provas igual ou superior a 450 pontos.

O interessado não pode ter zerado a redação e deve ter renda familiar mensal bruta, por pessoa, de até três salários mínimos.

Programa

O Fies é um programa do MEC que concede financiamento a estudantes em cursos superiores não gratuitos, em instituições de educação superior particulares. O fundo é um modelo de financiamento estudantil moderno, divido em diferentes modalidades, podendo conceder juro zero a quem mais precisa. A escala varia conforme a renda familiar do candidato.

Ag. Ebc Brasil

Quadro Atualizado do Coronavirus de Bom Despacho


segunda-feira, 27 de julho de 2020

Quadro Atualizado do Coronavirus de Bom Despacho


Chapa 02 vence Eleições da Cooperbom




No último domingo, 26, foram realizadas as eleições da Cooperativa Agropecuária de Bom Despacho no Conjolo de Vissunga, antigo Sesc de Bom Despacho. A Chapa 02 encabeçada pelo presidente Fulvinho se saiu vencedora.

O resultado foi divulgado na noite de domingo sendo que a Chapa 02 conquistou 59% dos votos, seguido da Chapa 01 com 22,2 % e Chapa 03 com 18%.

A Chapa vencedora tem como Presidente Fulvinho, filho de Ze Fúlvio Cardoso, que já presidiu a empresa nos anos de 2000 a 2004, Carlos do Deco no cargo de Diretor Administrativo e Enes Filho  como Diretor Comercial.

Casal é preso com 160 kg de Maconha na BR 262 próximo a Bom Despacho




Na tarde do último domingo, 26, por volta das 15h30, a Polícia Rodoviária Federal prendeu uma casal que estava com 160 kg de Maconha. A prisão ocorreu durante o trabalho de fiscalização que é constantemente pelos policiais na rodovia BR 262.

De acordo com os policiais, o casal demonstrou nervosismo ao dar declarações e logo depois  foi feita uma fiscalização minuciosa no veículo, no qual foram encontrados 160 Kg de Maconha.

Segundo a PRF, os autores informaram que a droga foi pega em Uberlândia, há cerca de 400 KM de Bom Despacho,  e seria levada a Vitória da Conquista, interior da Bahia.

O Casal foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Bom Despacho.

sexta-feira, 24 de julho de 2020

Prefeitura realiza Operação Tapa Buracos nos Bairros Jardim dos Anjos e São Geraldo

 

Nesta sexta-feira, 24, a Prefeitura de Bom Despacho realizou a Operação Tapa Buracos nos Bairros São Geraldo e Jardim dos Anjos.

A ação faz parte dentro do pacote de quase RS 7 milhões que foi anunciado pelo Prefeito Dr Bertolino há cerca de 2 meses.

 "Esta operação irá chegar a todos bairros da cidade", informou o Prefeito no seu Instagram nesta sexta-feira.

PRF prende motorista de carreta embriagado



No início da noite da última sexta-feira, 23, p PR volta das 18h30, a  Polícia Rodoviária Federal foi informada de que uma carreta estava em sentido de zigue-zague na rodovia BR 262. Ele foi abordado no durante o trabalho tático.

De acordo com a PRF, foi feito um teste de alcoolemia e foi constatado o consumo de álcool no condutor do veículo, de 60 anos.

Segundo os policiais, o condutor afirmou que tinha cochilado e que  havia ingerido bebida alcoólica durante a viagem.

Diante do flagrante, a PRF deu voz de prisão ao condutor e o encaminhou a Delegacia de Políia Civil de Bom Despacho para as devidas providências.

Quadro Atualizado do Coronavirus de Bom Despacho


quinta-feira, 23 de julho de 2020

Polícia Militar apreende menor por tentativa de roubo e efetua apreensão de outros dois autores de tráfico de drogas





Na noite de 22 de  Julho de 2020, a Polícia Militar  foi acionada, em decorrência de uma tentativa de roubo no Bairro São José.

Conforme relatos, uma mulher de 24 anos transitava pela Rua Monsenhor Otaviano,  quando um indivíduo, conduzindo uma bicicleta , abordou a vítima, agarrando-a pelo pescoço com  o intuito de roubar um celular.  A jovem, no entanto, desvencilhou-se do autor, e este evadiu.

Imediatamente, a PM iniciou intenso rastreamento e localizou o autor do delito, identificado como um menor de idade, 15 anos,  residente em Moema. No momento da abordagem, encontravam se juntos ao menor, um adolescente de 17 anos e um homem de 24 anos.  Foram encontradas 05 buchas de maconha; 01 balança de precisão e diversos materiais para embalar drogas.

Face ao exposto, todos os envolvidos e o material apreendido ficaram à disposição da Polícia Judiciária para as providências decorrentes.


 *ALCO/7ºBPM*

Quadro Atualizado do Coronavirus de Bom Despacho


quarta-feira, 22 de julho de 2020

Carros se chocam em estrada da Zona Rural de Bom Despacho



Na manhã desta quarta-feira, 22, o Samu foi acionado para prestar atendimento de vítimas que se envolveram em um acidente de automóveis numa estrada na Zona Rural de Bom Despacho. Duas mulheres foram levadas para o Pronto Atendimento Municipal.

De acordo com o Samu, duas mulheres com idades de 20 e 49 anos se queixavam de dores Torácicas. Elas foram imobilizadas e encaminhadas ao Pronto Atendimento Municipal.

O Corpo de Bombeiros de Bom Despacho também atuou na ocorrência e prestou atendimento às vítimas do acidente.

Bom Despacho tem novo Secretário de Trânsito

 Coronel Renato Gomides
Nesta terça-feira, 21, a Prefeitura de Bom Despacho anunciou que Renato Gomides, ex-chefe de Gabinete, agora será o Novo Secretário de Trânsito Municipal. Ele assume o lugar de Juliano Milan Toscano, que irá se manter somente no cargo de Secretário de Obras. A mudança já foi publicada no Diário Oficial do Município (DOME). 

Renato Gomides é Capitão Mar  e Guerra _CMG) da Reserva da Marinha,    posto que se assemelha a Coronel no Exército e Aeronáutica  . Ele tem mais de 30 anos de experiência no serviço público e possui mestrado em administração pública da Fundação Getúlio Vargas. Já esteve em missão de paz  pela ONU (Organização das Nações Unidas) nos países Angola e Moçambique em 1994 e no Haiti em 2011, logo após o terremoto. 

Vale lembrar que o Coronel Renato Gomides já era chefe da Defesa Civil do Município desde março de 2019 e agora assume uma das Secretarias mais importantes do município. "vamos dar  continuidade ao excelente trabalho desenvolvido pelo Secretário Juliano e toda a equipe do trânsito, focando na prevenção e orientação da população nos aspectos relacionados à secretaria", destacou em conversa com o Jornal Fique Sabendo. 

Além da formação militar  e  cursos de carreira até o posto de CMG,  Renato Gomides também é formado em Administração pela Universidade Federal do Mato Grosso do Sul,  com pós graduação em Docência do Ensino Superior pela Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Polícia Militar apreende munições e material para acondicionar drogas em Bom Despacho

 

Na noite da última terça-feira, 21, a Polícia Militar de Bom Despacho compareceu à um imóvel no Bairro Alvorada em Bom Despacho para atender uma denúncia anônima.

De acordo com a PM, foi feita uma varredura no local sendo localizados 36 pinos vazios que usados para acondicionar cocaína e mais 05 munições de Calibre 380, intactas. 

Segundo a Polícia, a proprietária de 46 anos informou que o material lhe pertencia. Diante do flagrante, a envolvida foi levada para a Delegacia de Polícia Civil de Bom Despacho.

Quadro Atualizado do Coronavirus de Bom Despacho


terça-feira, 21 de julho de 2020

Quadro Atualizado do Coronavirus de Bom Despacho


Ministério da Saúde habilita 1.018 leitos para 26 cidades mineiras



Habilitação é fruto dos esforços do Governo de Minas junto à União para enfrentamento da covid-19 no estado

 

Para fortalecer ainda mais a assistência à saúde dos mineiros neste momento de pandemia, o Ministério da Saúde (MS) habilitou 1.018 leitos de Hospitais de Pequeno Porte (HPP) de Minas Gerais, num total de R$ 18,324 milhões de recursos repassados em parcela única ao Estado. São 26 cidades beneficiadas com a habilitação, que é fruto dos esforços do Governo de Minas junto à União para o enfrentamento da covid-19 no estado. 

Os mais de 1 mil leitos de HPP habilitados são imprescindíveis para o controle da contaminação pelo coronavírus. Isso porque, segundo a superintendente de Rede de Atenção à Saúde da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), Karina Taranto, esses leitos de enfermaria servem para evitar que pacientes que não estejam contaminados sejam levados para unidades hospitalares onde há infectados pelo vírus, preservando-os de uma contaminação.

“É o que chamamos de retaguarda para enfrentamento da covid-19. São hospitais que estão mais próximos dos domicílios dos pacientes e evitam que aqueles que necessitam de leitos e não estão com a covid-19, sofram uma contaminação cruzada em unidades que estejam atendendo pessoas contaminadas pelo coronavírus”, explica Karina.

A estratégia de retaguarda faz parte do Plano de Prevenção de Contingenciamento em Saúde da covid-19 do Estado, traçado desde o início da pandemia. Antes de habilitados pelo MS, os 1.018 leitos já atendiam os usuários dos SUS que necessitavam desse tipo de assistência. Com a habilitação, os hospitais passam a receber recursos federais para a continuidade do funcionamento desses leitos.

Confira neste link as cidades que tiveram leitos habilitados pelo Ministério da Saúde.

 

Mapeamento

Desde o início da pandemia, o governo estadual mapeou as instituições que poderiam servir de retaguarda no enfrentamento do coronavírus. São, ao todo, 72 cidades mineiras com leitos de hospitais de pequeno porte submetidos pelo Governo de Minas à habilitação no Ministério da Saúde.

Um dos critérios do MS para priorizar a liberação das habilitações, segundo comenta Karina Taranto, é, geralmente, para locais onde a contaminação esteja mais acelerada.


Ag. Minas

segunda-feira, 20 de julho de 2020

Prefeitura de Bom Despacho investe quase R$ 200 mil para reformar Praça da Matriz



A Prefeitura Municipal de Bom Despacho, através da Secretaria Municipal de Obras, está reformando a Praça da Matriz,  um dos pontos mais frequentados da cidade. Vale lembrar que recentemente o local recebeu iluminação de Led. 

Conforme o Executivo, a reforma da Praça da Matriz ficará em quase R$ 200 mil. O local receberá mais acessibilidade, iluminação e com isso o reforço de mais segurança. "Tudo isso, mantendo as características originais desse cartão postal, que inclui calçamento com pedras portuguesas e belos jardins", destacou o portal da Prefeitura de BD.

Construída no final da década de 70, a Praça da Matriz é considerado o principal cartão postal da cidade. Com a  Igreja  Matriz de Nossa Senhora do Bom Despacho, o lugar se tornou uma das referências de lugares mais bonitos da Região Centro Oeste de Minas Gerais. 


Ocorrências de queimadas no sistema elétrico mais que dobram em Minas Gerais

Queimadas em Minas aumentam 31% em 2019, em relação a 2018 | Minas ...

 

Situação tende a piorar nos próximos meses, com o período seco. Somente no ano passado, 687 mil clientes foram afetados

 

O número de clientes prejudicados por ocorrências no sistema elétrico na área de concessão da Cemig aumentou mais de 100% em maio deste ano, quando comparado ao mês anterior. Somente nos cinco primeiros meses de 2020, a companhia registrou 45 ocorrências que afetaram o fornecimento de energia elétrica para 7.499 unidades consumidoras em Minas Gerais.

 

E com a chegada do período seco, a partir do fim do primeiro semestre, as ocorrências devem aumentar. Por isso, a Cemig alerta sobre os riscos que essa prática causa ao sistema elétrico e também ao meio ambiente.

 

Além de queimar postes e cabos condutores, as queimadas podem causar curtos-circuitos que irão interromper o fornecimento de energia, podendo prejudicar hospitais, postos de saúde, indústrias e as pessoas que, mais do que nunca devido ao isolamento social, estão dependendo do insumo.

 

“O aquecimento dos cabos e equipamentos da rede elétrica podem levar ao desligamento de linhas de transmissão, linhas de distribuição e subestações, e pior, causar graves acidentes com pessoas que estão próximas a estas áreas. Portanto, são muitos os transtornos causados para quem depende da energia elétrica que é interrompida pelas queimadas”, explica o gerente de Saúde e Segurança do Trabalho da Cemig, João José Magalhães Soares.

 

João José Magalhães destaca que as queimadas podem causar muitos transtornos e prejudicar o fornecimento para hospitais e centros de saúdes, tão importantes nesta época de pandemia.

 

"Uma das grandes preocupações da Cemig é a possibilidade de falta de energia especialmente em hospitais e centros de saúde que, em função do avançar da COVID-19 no Estado, cria uma necessidade ainda maior de manutenção do fornecimento de energia  com qualidade e sem interrupções, principalmente por possível ação indevida de queimadas próximo às suas instalações. As queimadas quando atingem o sistema elétrico da Cemig e danificam equipamentos tornam o restabelecimento mais demorado, o que pode trazer transtornos para todos", alerta.

 

Constantemente, a Cemig realiza ações preventivas, investindo na limpeza de faixas de servidão, com poda de árvores e arbustos e remoção da vegetação ao redor dos postes e torres. A companhia também realiza inspeções em suas linhas de transmissão, para identificar e mitigar riscos potenciais para tentar evitar as ocorrências proporcionadas pelas queimadas.

 

Fazer queimada é crime e as pessoas podem denunciar práticas ilegais, de maneira anônima, ligando gratuitamente para o telefone 181.

 

Plataforma de Monitoramento


Em junho, a Cemig e a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) lançaram a plataforma Apaga o Fogo! (http://www.apagaofogo.eco.br) que tem o objetivo de reduzir as interrupções no fornecimento de energia elétrica causadas por incêndios e de auxiliar na preservação de áreas de proteção ambiental. A aplicação dessa tecnologia deve representar um importante aliado no combate e prevenção de futuros focos de incêndio nas áreas monitoradas.

 

De acordo com o gerente do projeto e engenheiro de tecnologia da Cemig, Carlos Alexandre Meireles do Nascimento, o sistema disponibiliza em tempo real imagens que são processadas por meio de algoritmos de inteligência artificial de forma autônoma e também por internautas que poderão auxiliar na identificação e validação precoce dos focos de fumaça e na evolução do incêndio.

 

“Dessa forma, as áreas de preservação ambiental poderão ser supervisionadas 24 horas por dia, e ainda podem contar com uma ampla colaboração dos internautas. O objetivo do projeto é reduzir os registros de incêndio nos grandes centros urbanos e, para a Cemig, melhorar a qualidade dos serviços, por meio da redução das interrupções no fornecimento de energia elétrica causadas por incêndios próximos às redes de transmissão e distribuição da empresa”, explica.

 

Além da Cemig e da UFMG, o Projeto Apaga o Fogo! tem parcerias com a startup Gaia, responsável pelos algoritmos de inteligência artificial para detecção automática de fumaça e fogo, com a empresa Raro Labs, que desenvolveu a plataforma web Apaga o Fogo!, e com a Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM), que atua na concepção e na montagem da rede que integra as câmeras com a Internet. O projeto é financiado pelo Programa de Pesquisa & Desenvolvimento da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), que determina que empresas de energia apliquem 0,5% da sua receita operacional líquida em projetos de inovação. 


fonte: CEMIG

Produtores rurais de BD aprenderam cultivo sustentável e integrado de hortaliças e peixes


Agora, Prefeitura montará 10 unidades de produção. Por meio delas, muitas famílias terão renda extra e a cidade ganhará com alimentos mais saudáveis.

Para aumentar a renda de famílias e pequenos produtores afetados pela crise da pandemia, sábado (18), a Prefeitura lançou um projeto de cultivo por aquaponia, que consiste em unir num mesmo sistema a produção de hortaliças e peixes.

O projeto modelo foi implantado na Fazenda Vilaça, onde 20 pessoas aprenderam mais sobre a técnica. “Com esse projeto mudaremos muita coisa em nossa cidade. Agora é colocar em prática”, disse feliz Andréia Dias, que é umas das produtoras que fez parte da primeira turma do curso de aquaponia.

Andréia

Ênio

“Aprimorarei minhas atividades com o plantio de hortaliças e ainda criarei peixes”, elogiou o produtor, Ênio Gonçalves.

O instrutor do curso, Juliano Jáber aprovou a turma com louvor. “Todos se mostraram muito interessados. Parabenizo a Prefeitura por implantar na cidade um modelo de cultivo sustentável, que une a produção de diferentes alimentos saudáveis”, afirmou.

Juliano

Segunda etapa do projeto – na segunda etapa do projeto, a Prefeitura montará 10 unidades de cultivo por aquaponia na Fazenda Moreiras. Do curso de sábado, serão selecionadas as 10 famílias que trabalharão nas unidades. “Todo o processo terá apoio dos técnicos da Prefeitura, mas as famílias ficarão com a renda da comercialização das hortaliças e peixes”, destacou o agrônomo da Prefeitura, Leanderson Rever.

Além de ajudar essas famílias, essas unidades serão modelo para agricultores que queiram implantar esse sistema em suas propriedades.


fonte: bomdespacho.mg.gov.br

Polícia Militar encontra drogas em lote vago no Bairro São Vicente



No último sábado, 18, a Polícia Militar de Bom Despacho encontrou drogas em um  lote vago no Bairro São Vicente. Um rapaz de 21 anos foi preso.

Segundo a PM, houve uma denúncia anônima sobre  tráfico de drogas e de imediato os militares se deslocaram ao local suspeito. Quando chegaram se depararam com um jovem de 21 anos que foi detido e abordado.

De acordo com informações repassadas pela Assessoria de Comunicação Organizacional do Sétimo Batalhão da PM, foram localizados 24 pedras menores de crack e 04 pedras maiores e porção da mesma substância, que já estavam prontas para a revenda ilegal.

Conforme o BO, o jovem e as drogas foram apreendidos e encaminhados  para a Delegacia de Polícia Civil de Bom Despacho.

domingo, 19 de julho de 2020

ALMG mantém calamidade pública em Minas até o fim de 2020


Plenário também ratifica novos decretos de calamidade em mais 31 cidades mineiras, por causa da pandemia de Covid-19.

A Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), durante reunião de Plenário na manhã desta sexta-feira (17/7/20), aprovou em turno único o Projeto de Resolução (PRE) 105/20 que mantém calamidade no Estado, até o dia 31 de dezembro deste ano, em função da pandemia causada pelo coronavírus e suas consequências para a saúde pública e a economia mineira.

O pedido de manutenção havia sido enviado pelo governador Romeu Zema, ao Legislativo, no início de julho, juntamente com o primeiro relatório trimestral contendo informações sobre a evolução da receita e da despesa do Estado, assim como as medidas adotadas pelo Poder Executivo durante a vigência do estado de calamidade pública.

O primeiro decreto de calamidade no Estado foi reconhecido pela ALMG no último dia 23 de março, por meio da aprovação do PRE 20/20. O referido texto já previa que a situação de calamidade poderia se estender até o fim do ano, mas havia a previsão de que o cenário fosse revisto até o dia 20 de julho.

Leia a matéria na íntegra.


Fonte ALMG