domingo, 18 de abril de 2021

Santa Casa de Bom Despacho esclarece fato sobre Troca de Corpos enterrados


No último sábado, dia 17 de Abril,  uma paciente de Bom Despacho morreu no Hospital Santa Casa, entretanto, seu funeral teve outro corpo, sendo uma paciente de Martinho Campos, que também estava internada na instituição e não resistiu. Entretanto, diante do fato, a família da bondespachense publicou nas redes sociais videos e áudios sobre a troca, que gerou muita discussão na cidade neste final de semana. 

Em nota, a Direção do Hospital informa que a troca dos corpos ocorreu por erro do serviço funerário, já que todos os falecidos seguem um  protocolo do Ministério de Saúde, tanto para as vítimas de Covid-19  como para  outras causas de morte. No esclarecimento, a Instituição diz 'realizou, conforme protocolo interno, todo o preenchimento da documentação necessária para dar andamento no processo funerário. Ainda dentro do protocolo da instituição, as pacientes são devidamente identificadas (3 identificações junto ao corpo) para que o serviço funerário possa dar o devido andamento em seu processo'. 

De acordo com o comunicado, a  troca de corpos aconteceu por erro da funerária  contratada pela família da paciente bondespachense e que a responsabilidade de conferência  de retirada de corpo é do serviço funerário.   "O que ocorre é que quando o serviço funerário, contratado pela família da paciente R.C.M.D.O (Bom Despacho),  foi realizar a retirada do corpo da paciente, retirou a declaração de óbito na recepção, recebeu a chave do necrotério, porém não realizaram a conferência das identificações da paciente e retiraram o corpo da paciente M.M.D.S (Martinho Campos) ", afirmou. 

Caso de Polícia

Deve-se destacar que  no dia 17 de Abril, sábado, mesma data que aconteceu ambas mortes,  a direção da  Instituição procurou a Polícia Militar para relatar o caso, sendo que se colocou a disposição para abertura da lápide para constatar qual o corpo estava sepultado.  Porém, família da falecida da cidade de Martinho Campos informou que tal ato poderia acontecer neste domingo, dia 18 de Abril. A bondespachense foi devidamente enterrada e o hospital garantiu que  seguiu as devidas identificações. 

Veja a Nota Esclarecimento emitida pela Direção da Santa Casa: 






Um comentário:

  1. Quer dizer que se entrega a chave do necrotério para alguém da funerária e não vai ninguém da instituição ver quais corpos estão sendo retirados? Eu teria até vergonha de publicar uma nota dessas!

    ResponderExcluir