quinta-feira, 20 de maio de 2021

Conheça Seu Santo Onofre, de Ex-Caminhoneiro a um dos Empresários de Bom Despacho

 


     Um dos empresários  de Bom Despacho, este é Antônio Francisco de Souza, mais conhecido como Seu Santo Onofre. Sua história de sucesso começa quando ainda era criança, época que juntava tudo o que ganhava para concretizar o desejo de ser caminhoneiro.  Ainda menino, quando  morava numa fazenda rodeada de ribeirões na região da cidade de Moema,  via sempre na beira da estrada os caminhões passando e por isso  para manter vivo o sonho de ter um Caminhão, vendia alguns produtos de fabricação caseira para juntar seus ganhos e comprar seu veículo em algum dia futuramente. Aos 15 anos de idade, logo em 1964,  mudou-se para Brasília  com o objetivo de trabalhar  como servente e conseguir o dinheiro que precisava para continuar com a chama do desejo acesa. "Eu conhecia um pessoal que morava lá, porém sempre morei em pousadas para me manter sempre trabalhando", contou. 


Santo Onofre na sua empresa


Logo depois,  Antônio (Santo Onofre) partiu para Pirinópolis, cidade do interior do estado de Goiás e ali  trabalhou como calceiro de ruas. Aos 17 anos retornou para Moema, há cerca de 22 quilômetros de Bom Despacho.  Em 1968, já estava  na estrada com o seu primeiro caminhão, porém como ainda não sabia dirigir, precisou-se sentar no  banco de passageiro e pagar um outro motorista para  transportar as cargas. Tempo depois, o mesmo veículo não oferecia as mesmas condições de uso, gerava custo de manutenção e por isso resolveu vendê-lo a um amigo, que não conseguiu honrar as devidas obrigações. 

Diante do prejuízo, Antônio foi recrutado para trabalhar na empresa Andrade Gutierrez, um das empresas mais tradicionais de Minas Gerais, que atua no setor da construção civil e infraestrutura. Durante o período de contratação para o seu novo emprego, Antônio precisou passar por procedimentos de seleção  antes de ser efetivado na empresa.  Contratado, liderou um comboio de 36 caminhões, que partiu de Belo Horizonte (MG) para Belém do Pará. Na capital paraense, ele  enfrentou junto com os companheiros mais um viagem de Balsa sob os rios Rio Negro e Solimões até chegar na capital Amazonense, Manaus, para enfim   trabalharem no início de umas das obras mais históricas do Brasil, que foi a  construção da Rodovia BR 319, conhecida também como  Transamazônica, que liga aos estados de Amazonas, Roraima e Rondônia. 

Com 06 meses de trabalho na empreiteira, já se propôs a mudar de cargo  com objetivo de juntar mais ganhos e comprar o seu novo veículo  transportador de carga. E por lá ficou  3 anos até conseguir comprar seu novo  caminhão.  Já  em 1974, após seu retornar às terras de Moema e região, seu Antônio se casou com Maria do Carmo Sousa, com quem teve 05 filhos, todos homens, que são Eron Geraldo, Samuel Vicente, Sérgio Moisés, Eduardo Diogénes e Leonardo Antônio. 

Origem do apelido Santo Onofre

Antônio conta  que lá para os meados de 1976, quando ainda  transportava carvão,  numa carvoaria próxima a cidade de João Pinheiro, uma funcionária do local disse: "Seu Antônio é tão Feio, que parece o Santo Onofre". 

Um ano depois de ganhar o novo apelido, que carrega consigo até os dias de  hoje, o caminhoneiro já almejava outras formas de trabalhar, como montar um Posto de Molas ou uma Madeireira. E justamente em 1987,  deixava os caminhos rodoviários  do Brasil para fundar a Madeireira Santo Onofre, isso porque se tonou  mais conhecido no 'Trecho', com este novo chamado. 

Criação do Posto de Molas Santo Onofre

Na época, mesmo  se dando bem na Madeireira, seu Santo Onofre queria voltar ter o contato com os caminhoneiros. E por causa deste desejo, começou a buscar informações para criar seu Posto de Molas, e afirma que conversou com outros empresários do setor. "Cheguei a ser bastante criticado e aconselhado a não abrir o negócio, porém vendi a Madeireira com 03 caminhões e mais 180 metros cúbicos de madeira", comentou 

E no ano de 1991, diante de novos desafios que estavam por vir, seu Antônio fundou o Posto de Molas Santo Onofre, antes localizado na Avenida Bandeirantes, Bairro Jardim América em Bom Despacho. Anos depois, no ano de  1997  visualizou  um terreno de frente ao antigo Posto Rodão, com metragem suficiente  para enfim ampliar sua loja e melhorar o atendimento com os caminhoneiros que diariamente trafegavam pela Rodovia Br 262. E anos depois, repassou a empresa para os filhos administrarem o seu negócio. 

Quase 30 anos depois, hoje a empresa está prestes a inaugurar um  outro espaço, de frente ao atual. O objetivo é oferecer  mais conforto e  mais comodidade aos seus clientes, que são os caminhoneiros, a quem seu Santo Onofre os considera 'Amigos Companheiros de Estrada". 

Nenhum comentário:

Postar um comentário