quinta-feira, 18 de novembro de 2021

Vereador Fernando Cabral emite nota sobre sua Candidatura Cassada pelo TSE



 Nota sobre o Afastamento do Vereador Fernando Cabral


O TSE determinou meu afastamento da Câmara de Vereadores. Acato sem ressentimento. No entanto, vou recorrer tanto ao próprio TSE quanto ao STF. A decisão contraria os fatos e vai contra as posições assumidas pelo TSE em processos análogos. 


Estou tranquilo e esperançoso. 


Tranquilo, porque meu afastamento se deve a questões técnicas de registro de candidatura e não a qualquer deslize que eu tenha cometido. Tanto assim que meu registro agora anulado foi antes aprovado por um juiz singular e sete desembargadores. Eles, como eu, entenderam que minha candidatura era válida e legal.


Estou também esperançoso porque, com o recurso, o próprio TSE poderá reconhecer seus erros e corrigir a injustiça que está cometendo. Se não o fizer, o STF poderá fazê-lo. É o que espero.


É lastimável que a justiça funcione com este grau de imprevisibilidade. É também lastimável – mas compreensível – que a oposição use isto para tentar me desabonar com boatos que vão muito além da notícia. Infelizmente, na política brasileira fake-news fazem parte da politicagem.


Seja como for, por mais esdrúxulas que sejam as decisões da justiça, temos que respeitá-las e cumpri-las. Isto é marca de civilização.


Quanto à vereança, neste ano cumpri minhas obrigações com o cidadão de Bom Despacho. Espero poder continuar a fazê-lo no futuro breve. Mas, independentemente disto, o bom-despachense pode ter certeza que continuo e continuarei trabalhando em prol de nossa cidade. Ser vereador é um adorno que me honra, mas não é um título necessário para que eu possa fazer o que precisa ser feito.


Agradeço aos eleitores bom-despachenses que por duas vezes me elegeram prefeito e por duas vezes me deram a maior votação da história de Bom Despacho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário