quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Cemig informa desligamento programado para execução de obras de melhoria em Bom Despacho


A Companhia Energética de Minas Gerais - Cemig informa que está promovendo melhorias no sistema elétrico do município de Bom Despacho, visando assegurar a qualidade do serviço prestado aos clientes da região, o que também propociará o desenvolvimento do município.

A Empresa esclarece que para a execução das obras na cidade, é necessário realizar interrupções programadas no fornecimento de energia em alguns pontos, em dias e horários variados. Os clientes das áreas atingidas são informados antecipadamente.

A Cemig informa que realizará um desligamento programado amanhã, sexta-feira (01/03), das 12h às 15h30 atingindo parcialmente o bairro Jaraguá.

Também será realizada interrupção programada na segunda-feira (04/03) de 8h às 11h atingindo parte do bairro Jardim América, das 09 às 13h afetando parcialmente as áreas rurais de Alves, Quebra Cocão e Passagem. De 14 às 17h abrangendo os bairros Novo Horizonte e Santa Marta e de 15h às 17h parte do bairro São José.

Na terça-feira (05/03) o desligamento afetará parcialmente de 08h às 13h os bairros Novo Horizonte, Santa Marta e São Vicente. E de 09h às 13h30 parte dos bairros Boa Vista e Bela Vista.

Na quarta-feira (06/03) a interrupção programada de 08h às 11h atingirá parcialmente os bairros Ozanan e São Francisco e das 12h às 17h parte dos bairros Dom Joaquim, Jardim América e Novo Dom Joaquim.

Na quinta-feira (07/03) serão afetados, de 08h às 12h, pelo desligamento programado parte dos bairros Ozanan, São Francisco e São Lucas e das 14h às 18h Novo Horizonte e Santa Marta.

As obras que serão realizadas durante todo o ano ainda incluem projetos de reforma e melhoria de redes, em diversos bairros e áreas rurais de Bom Despacho aumentando a qualidade e a confiabilidade do fornecimento de energia elétrica, reduzindo a incidência de interrupções acidentais do fornecimento de energia e minimizando o conflito da rede com a arborização urbana.

fonte: Cemig



MULHER É PRESA COM 99 PEDRAS DE CRACK EM BOM DESPACHO


No dia 21 de Fevereiro de 2013, os militares teleatendentes do COPOM do 7º BPM receberam denúncia anônima de que um indivíduo conhecido no meio policial por comercializar entorpecentes estava com uma quantia significativa de drogas escondida dentro de casa, promovendo uma grande movimentação de usuários e que sua mãe, ex-presidiária, era quem recebia e vendia a mercadoria ilícita.
                                    
Em seguida, foi repassado às guarnições os detalhes desta denúncia, que ao certificarem da veracidade das informações, deslocaram até a referida residência e após dialogarem com a avó do suspeito, esta franqueou a entrada dos militares, iniciando intenso trabalho de buscas.
                                    
Foi localizada e apreendida no quarto do autor a quantia de 99 pedras de crack embaladas, prontas para o comércio, vários celulares e outros materiais de procedência duvidosa. A mãe do autor foi presa em flagrante delito pelo envolvimento com o tráfico de drogas, entretanto seu filho não se encontrava no momento da abordagem.
                                    
Todo material e a autora ficaram à disposição da autoridade de polícia judiciária.

Assessoria de Comunicação Organizacional – 7º BPM


Prefeito anuncia construção de 250 novas casas populares em Bom Despacho


O Prefeito Fernando Cabral anunciou terça-feira (27/2) a construção de 250 novas casas populares em Bom Despacho. As casas serão construídas com recursos do programa Minha Casa, Minha Vida.
O anúncio foi feito após reunião do Prefeito com o superintendente regional da Caixa, Constantino Dias Neto, o gerente regional, Tarcísio Antônio Lopes e o gerente geral de Bom Despacho, Fábio Campos de Paulo.
Pessoas com renda familiar de até R$ 1.600,00 pagarão prestações de aproximadamente 30 reais durante dez anos”, informou o prefeito Fernando Cabral.
A administração municipal prevê que o programa seja implantado ainda este ano.
Folha de Pagamento
Durante a reunião do Prefeito com os dirigentes da Caixa Federal ficou também decidido que a Caixa fará a automação da folha de pagamentos e a emissão de contracheques para os servidores municipais.
fonte: http://www.bomdespacho.mg.gov.br/noticias/prefeito-anuncia-construcao-de-250-novas-casas-populares-em-bom-despacho/

sábado, 23 de fevereiro de 2013

Prefeito exige apreensão de veículos com IPVA atrasado

O prefeito Fernando Cabral recebeu nesta semana no seu gabinete a chefe da Aministração Fazendária de Bom Despacho Maria Lúcia Araújo Machado e do gestor governamental Sérgio Murilo Costa. O encontro foi para discutir a relação da dívida de IPVA atrasados na cidade. 

Bom Despacho tem uma  frota estipulada em 18.788. Deste montante, cerca de 9.740 estão com o documento atrasado, de 2008 a 2012.  O valor estimado é de  R$ 951. 072,00 dos donos dos veículos. Como metade deste imposto pertence ao município, o Prefeito pretende arrecadar através de fiscalização em parceria com a Polícia Militar. 

"Depois de o veículo ser apreendido sua liberação só pode ser feita com o pagamento das dívidas e das despesas de reboque e pátio", explicou em blog Fernando Cabral. 



sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Irmã confirma morte de Flávio e agradece apoio em rede social

Érica Luciano, irmã de Flávio Assis, confirmou a morte do irmão através do Facebook nesta noite.  Encontrado na tarde desta sexta-feira, 22, o corpo do gerente estava totalmente carbonizado. A Polícia chegou ao seu paradeiro, após receber uma denúncia anônima. 

"Queridos amigos do Face, é com muita dor no coração que venho comunicar o falecimento do meu irmão, agradeço a todos pelas orações, peço que continuem pois eu e minha família vamos precisar mto. Agradeço por todos aqueles que compartilharam e nos ajudou com as buscas", disse Érica em depoimento no facebook. 


De acordo com informações, a PC abriu inquérito para investigar as causas de sua morte. A família nega envolvimento com drogas. 

Flávio Assis era formado em Administração de Empresas. No ano passado, foi proprietário de uma pizzaria em Bom Despacho. Ele morreu aos 35 anos. 













Polícia localiza carro de gerente com corpo carbonizado dentro


A Polícia Civil de Bom Despacho está neste momento para o bairro Arraial dos Lobos, naquela cidade da região Centro-Oeste do Estado, onde foi localizado queimado o carro do gerente comercial, Flávio Assis Luciano, de 35 anos.

Segundo a família, ele está desaparecido desde a noite do dia 18 de fevereiro. O carro de Flávio, o Gol prata Geração 5, placa HLG-6827, está com a frente amassada e foi encontrado queimado.

De acordo com a Polícia Militar, primeira a chegar ao local, um corpo foi encontrado carbonizado dentro do carro, mas somente por meio do exame de necropsia será possível fazer a identificação.

Na tarde desta sexta-feira (22) a família planejava distribuir cem panfletos com fotos do gerente comercial.

No ano passado Flávio de Assis foi obrigado a fechar uma pizzaria por causa de dívidas. A polícia suspeita que a causa da morte esteja ligada a dívidas com drogas, mas a família nega esta versão.

A Policia Civil abriu inquéiro para investigar o caso. Uma das suspeitas é de que tenha havido um sequestro, mas não houve pedido de pagamento de resgate.


 Celso Martins - Do Hoje em Dia

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Família procura bondespachense desparecido

Flávio de Assis, desparecido desde 19/02
Já faz dois dias que o bondespachense Flávio de Assis está desparecido. A família diz que ele saiu no seu carro Gol prata, modelo G5, no dia 19, terça-feira às 19 horas. Até o momento nada de seu paradeiro foi desvendado.

Os internautas de BD estão fazendo campanha para que  Flávio possa ser encontrado. Caso alguém saiba de seu paradeiro, entre em contato através do telefone: (37) - 3522-1555 ou ligar no 190.

Carros elétricos dobráveis integrados aos trens, ônibus e metrô


Amigo leitor, prezada internauta, vocês que sofrem diariamente com as agruras do trânsito de uma grande cidade como São Paulo, por exemplo, travada por engarrafamentos quilométricos e repleta de veículos, imaginem a seguinte situação: poder contar com um sistema de aluguel de um carro elétrico de 2,63 metros de comprimento, com capacidade para dois passageiros e que, uma vez dobrado, encolhe para 1,5 metro. Loucura? Futurismo digno de Hoolywood? Nada disso!

No sentido de minimizar os congestionamentos e otimizar os transportes alternativos, a capital da Alemanha, Berlim, colocará em testes durante 2013 o projeto CityCar, desenvolvido pela start-up espanhola Hiriko em parceria com o Massachusetts Institute of Technology (MIT), que recebeu investimentos de US$ 87 milhões (cerca de R$ 174 milhões), segundo informações do repórter Marcio Orsolini, do jornal O Estado de S.Paulo.

A novidade chega à Berlim por meio da empresa Deutsche Bahn, administradora dos transportes na cidade, para integrá-lo às redes de trem, metrô, ônibus e bondes. Atualmente, o projeto está em fase de testes na cidade espanhola Vitória-Gasteiz, onde nasceu a ideia.
A velocidade máxima do carro chega a 90 km/h e ele pode ser usado por 120 quilômetros antes de precisar ser novamente ligado na tomada. A recarga dura pouco: em duas horas, o carro já está pronto para nova viagem.
Além da capital alemã, o carro compacto deve chegar a Barcelona, na Espanha, e Malmö, na Suécia, nos próximos anos. Apesar de existirem alguns projetos similares pela região, o CityCar é o primeiro a ser fabricado em larga escala.
Inicialmente, estima-se que serão fabricadas 9 mil unidades anuais até 2015 para que a população o alugue, em um modelo similar ao das bicicletas que também ganham força em São Paulo e boa parte do mundo. Os preços ainda estão indefinidos.
Os carros serão lançados em conjunto com a instalação da infraestrutura de carregamento. "O uso compartilhado de veículos elétricos leves, combinado com as redes de transporte público, pode de fato contribuir significativamente para a redução do congestionamento urbano e a poluição", afirma o engenheiro eletricista norte-americano Praveen Subramani, do MIT, que liderou a equipe de desenvolvimento do CityCar.
Criação do projeto
O projeto foi concebido em 2003, como parte da pesquisa do núcleo de Cidades Inteligentes no MIT, que também desenvolve bicicletas elétricas - essas ainda numa fase anterior à dos carros, mas que também chegarão à população nos próximos anos.

Portal Ecodesenvolvimento.

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

PM APREENDE DEZ PAPELOTES DE COCAÍNA COM QUATRO ADOLESCENTES


No dia 18 de Fevereiro de 2013, os militares durante radiopatrulhamento ordinário na cidade de Bom Despacho, foram acionados pelo COPOM, o qual recebeu uma denúncia anônima, relatando que quatro rapazes estavam procurando uma arma de fogo em um loteamento no Bairro Jardim América.
            
Após as informações repassadas, os militares deslocaram para o local da denúncia e abordaram os quatro adolescentes, como medida de segurança e sob fundada suspeita, realizaram busca pessoal nos rapazes, porém nada de ilícito foi encontrado.
           
Logo em seguida, os militares iniciaram uma busca nas imediações do local onde estavam os suspeitos, sendo encontrado no meio do capim, dez papelotes de uma substância análoga à cocaína. Diante dos fatos, os autores foram apreendidos e encaminhados juntamente com o material ilícito à Autoridade de Polícia Judiciária para demais providências.


Assessoria de Comunicação Organizacional do 7º BPM

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Horário de Verão termina no próximo domingo


O Horário de Verão 2012/2013 termina à zero hora do próximo domingo (17/2). Dessa forma, à meia-noite do sábado (16/2), os relógios deverão ser atrasados em uma hora. Em vigor desde 21 de outubro do ano passado, essa edição teve 119 dias de duração e contemplou as regiões Sudeste, Sul e Centro-Oeste, além do estado do Tocantins.

De acordo com o gerente de Operação de Geração e Transmissão da Companhia Energética de Minas Gerais - Cemig, Henrique Siqueira de Castro, as demais localidades das regiões Norte e Nordeste não adotam o Horário de Verão, devido à proximidade da Linha do Equador, o que faz com que a duração dos dias não apresente alterações significativas ao longo do ano. Assim, a medida tem efeito praticamente nulo nesses estados. Ainda segundo o especialista, o objetivo do Horário de Verão é reduzir a demanda de energia no País, principalmente, no horário de pico, que vai das 18 horas às 22 horas. Nesse período, a iluminação pública é ativada e as famílias retornam para casa, aumentando assim o consumo de energia elétrica com a utilização de eletroeletrônicos, chuveiros e demais aparelhos.

Desde 2008, por meio do Decreto 6.558, foram fixadas datas para seu início e término: definiu-se que, todos os anos, a medida entra em vigor sempre à zero hora do terceiro domingo de outubro e se estende ao terceiro domingo de fevereiro. No ano em que houver coincidência entre o domingo previsto para o término do Horário de Verão e o domingo de carnaval, o encerramento ocorre no domingo seguinte.

Minas Gerais

Na área de concessão da Companhia Energética de Minas Gerais – Cemig, verificou-se, segundo balanço preliminar, uma redução de 4% na demanda máxima, ou seja, no pico diário da carga que ocorre no período das 18 horas às 22 horas, o que corresponde a cerca de 320 MW, semelhante à redução verificada no ano passado. Essa potência equivale a:

·         geração a plena carga de 2,4 usinas do porte da Usina Térmica de Igarapé (131MW);
·         geração de 4,8 geradores da usina de Três Marias, também a plena carga (66 MW cada);
·         30% da carga de pico de todo o Triângulo Mineiro com seus 66 municípios;
·         15% da carga de pico da Região Metropolitana de Belo Horizonte (34 municípios e 5,4 milhões de habitantes);
·         demanda de pico de uma cidade de 750 mil habitantes, população equivalente à soma das cidades de Juiz de Fora e Sete Lagoas.

No consumo, estima-se que a economia de energia registrada no Horário de Verão dos últimos dois anos tenha se mantido no período atual, chegando a 0,5%, o que representa 31 MWmed (megawatts médios). “Essa economia de energia é suficiente para abastecer a cidade de BeloHorizonte durante dez dias”, afirma Henrique Siqueira de Castro.
Para os consumidores residenciais e comerciais, a economia é percebida na menor utilização da iluminação artificial. Eles poderiam ter um consumo de até 5% a mais na fatura mensal de energia, caso não houvesse o Horário de Verão.

No Brasil

A economia no sistema elétrico interligado brasileiro, de acordo com avaliações do Operador Nacional do Sistema Elétrico – ONS, deverá ser de 4,6% de redução na demanda máxima, superando o valor de 2.555 MW, o que equivale à soma do dobro da carga de Brasília, 75% da carga de Curitiba e 75% da carga de Feira de Santana.

Já a redução do consumo de energia deverá atingir 254 MWmed, correspondentes à soma de 25% do consumo de Brasília, 10% do consumo de Curitiba e 10% do consumo de Feira de Santana. Os valores oficiais serão divulgados duas semanas após o término do Horário de Verão, pelo ONS.

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

PRF diz que houve queda de acidente no Carnaval 2013

A Polícia Rodoviária Federal realizou a Operação Carnaval nas estradas neste ano. De acordo com a PRF houve uma queda de 18%  de mortes em relação ao número de acidentes ocorridos no mesmo período de 2012. A redução se deve, segundo o Ministério da Justiça, a Lei Seca, que passou ser mais rigorosa desde o início desde ano. 


A operação aconteceu  no período de 8 a 13 de fevereiro. Foram registrados 3.149 acidentes, com 157 mortes e 1.793 feridos. Em 2012, a Polícia Rodoviária Federal contabilizou 3.499 acidentes, com 192 mortes e 2.207 feridos.
No balanço  com a frota de veículos, outro índice utilizado pela PRF para medir a violência nas rodovias federais, a queda do número de mortes é de 24%. Também foi registrada queda de 25% no total de feridos e de 17% no total de acidentes - a maior redução da taxa de acidentes por frota nos últimos 10 anos. Atualmente, a frota brasileira é 76,1 milhões de veículos. Em 2012, era de 70,5 milhões.
A operação também registrou um aumento de 183% do uso de bafômetro. 

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

"Dívida de R$ 15 milhões e falta de tempo inviabiliza Carnaval em BD"diz Prefeitua

Cartaz do Carnaval de BD em 2012
Não é desta vez que a  administração do Prefeito Fernando Cabral irá promover a festa mais popular de Bom Despacho, o Carnaval. "Com uma dívida de R$ 15 milhões e  a falta de tempo hábil inviabilizou a realização", diz a Prefeitura em email enviado a redação do Jornal Fique Sabendo. 

Além disso, a Prefeitura tem um débito de mais de R$ 47 mil a ser pago ao ECAD ( Escritório de Arrecadação e Distribuição) referente a carnavais anteriores e a Festa do Centenário. De acordo com a Secretaria de Cultura, a festa poderá ser promovida somente em 2014. 

Ainda de acordo com a Prefeitura, a prioridade no momento é custear as despesas das áreas de saúde, educação e transporte escolar. Com a não realização do Carnaval, os inúmeros foliões de BD irão as cidades mais próximas como Abaeté, Pompéu e Lagoa da Prata, e nelas deixarem um pouco de suas finanças.  

Estima-se que centenas de bondespachenses sairão de Bom Despacho durante o Carnaval.