domingo, 17 de junho de 2018

Polícia Militar de Bom Despacho apreende menor infrator no Bairro São Vicente

Na noite do último sábado, 16, em patrulhamento realizado pelo GEPMOR da Polícia Militar no bairro São vicente em Bom Despacho, foi avistado um menor, que ao  notar a presença policial no local, passou a caminhar mais rápido até entrar em um estabelecimento comercial. 

Segundo a Polícia, o  menor de 16 anos foi abordado em frente a um bar, e que os policiais fizeram varredura do trajeto onde ele teria  percorrido até chegar ao estabelecimento. Neste trabalho de buscas, foram encontrados 06 pedras de crack e mais R$ 40,00 em dinheiro. 

Conforme a ocorrência, o menor infrator foi apreendido pelos policiais em flagrante e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Bom Despacho, junto com a droga e o dinheiro recolhidos. 

sexta-feira, 15 de junho de 2018

Prefeitura de BD divulga horário de expediente durante os jogos do Brasil na Copa do Mundo

Nesta sexta-feira, dia 15 de Junho,  a Prefeitura Municipal de Bom Despacho divulgou como será o funcionamento de seu expediente durante os jogos da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 2018. No dia 22 de junho por exemplo,  quando o Brasil enfrenta a Costa Rica às 09h, as portas serão abertas somente a partir das 12h. Já no dia 27, jogo que a Canarinho terá a Sérvia pela frente às 12h, não haverá mais funcionamento para o restante do dia. 

No entanto, o Pronto Atendimento (PA) e o serviço de coleta de lixo serão mantidos normalmente. A Prefeitura também informa que as linhas de transporte coletivo Aeroporto/São José de 15h e 16h, Ana Rosa de 15h15 e 16h15 e Nossa Senhora Aparecida de 15h e 16h também não irão funcionar nestes horários durante os jogos do Brasil nesta primeira fase da Copa do Mundo de 2018. 

Com relação aos possíveis jogos do Brasil durante a  fase eliminatória, a Prefeitura  não divulgou os horários de funcionamento, isso porque ainda depende dos resultados da Seleção  nesta primeira fase da competição. 

terça-feira, 12 de junho de 2018

Prefeitura de Bom Despacho diz que já recebeu mais de mil inscrições para o próximo concurso

Image result for concurso prefeitura de bom despacho mg
Sede Administrativa da Prefeitura de Bom Despacho
No último dia 28 de Maio, se iniciou as inscrições do Concurso da Prefeitura Municipal de Bom Despacho. O certame oferece mais de 230 Vagas. Apesar dos salários oferecidos terem sido considerados baixos por algumas categorias de nível susperior, já foram registradas mais de mil inscrições, segundo o site do município. O período de inscrição termina no próximo dia 26 de Junho. 

Vale destacar que os salários variam em torno de R$ 1.286,89 até R$ 2.138,73, sendo para os cargos que exigem nível médio, técnico e superior. O dia da prova para os candidatos está agendado para o dia 29 de Julho de 2018. "É a oportunidade de seguir carreira em uma Prefeitura de credibilidade, que paga em dia ou adiantado", afirma o site da Prefeitura de BD. 

Para ter mais conhecimento sobre o edital e as vagas disponibilizadas pelo concurso, o candidato deverá acessar o site da Prefeitura de Bom Despacho, que é www.bomdespacho.mg.gov.br e também pelo site da  Universidade de Lavras, que é www.unilavrasconcursos.com.br. 

Acesso Gratuito

O candidato que não tiver acesso a internet para se inscrever no concurso da Prefeitura Municipal de Bom Despacho, poderá comparecer a biblioteca municipal  e efetuar a sua inscrição, entretanto conforme se predispõem os itens 5.1.9 e 5.1.10 do referido edital, não deverá imprimir o boleto e sim anexar o seu arquivo para impressão em outro local. "Às pessoas que não tiverem acesso à Internet, será disponibilizado um computador para que possam realizar inscrições e os demais atos do concurso público, sendo de exclusiva responsabilidade do candidato realizar os respectivos procedimentos nos termos deste Edital. O computador estará disponível no seguinte local, dia e horário: Biblioteca Municipal, situada na Avenida Ari Marques, 355, Centro – Bom Despacho-MG, durante o horário de expediente do setor, das 7h às 18h, exceto aos sábados, domingos e feriados". 

Professores ganham 25% menos que profissionais de outras áreas

Image result for professores brasilProfessores de escolas públicas ganham, em média, 74,8% do que ganham profissionais assalariados de outras áreas, ou seja, cerca de 25% a menos, de acordo com o relatório do 2º Ciclo de Monitoramento das Metas do Plano Nacional de Educação (PNE). Divulgado no último dia 7 pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o relatório mostra que essa porcentagem subiu desde 2012 quando era 65,2%.
Equiparar o rendimento médio bruto mensal dos professores de nível superior com o dos demais profissionais de formação equivalente até 2020 é uma das metas do PNE, sancionado por lei em 2014. O plano estabelece metas e estratégias para melhorar a educação desde o ensino infantil até a pós-graduação e deve ser integralmente cumprido até 2024. Até lá, entretanto, estão previstos dispositivos intermediários que viabilizarão a execução da lei.
Apesar de ter havido um crescimento na equiparação salarial, o relatório faz uma ressalva: o salário dos demais profissionais teve perda real de 11,1% entre 2012 e 2017. Nesse período, os professores tiveram um acréscimo real na renda de 2%, experimentando “modesto avanço”, segundo o texto.

Os salários brutos mais altos constatados em 2017 eram os do Distrito Federal, R$ 6.661,07 e de Roraima, R$ 4.743,04. Os menores eram os do Ceará, R$ 2.555,37 e Alagoas, R$ 2.754,91. No ano passado, o piso dos professores era R$ 2.135,64.
Atualmente, o piso é R$ 2.298,80. Trata-se do mínimo a ser pago para profissionais em início de carreira, com formação de nível médio e carga horária de 40 horas semanais.
O relatório mostra ainda que muitos professores não são formados na área que lecionam. Em 2016, na educação infantil, 53,4% não tinham formação superior adequada à área que atuam. No ensino fundamental, o percentual chegava a 49,1% nos anos finais, do 6º ao 9º ano e 41% nos anos iniciais, do 1º ao 5º ano. No ensino médio, 39,6% não tinham formação adequada.
Pelo PNE, até 2024, todos os professores têm que ter a formação adequada a área que lecionam.
Queda no investimento
O investimento público em educação caiu do equivalente a 6% do Produto Interno Bruto (PIB), soma das riquezas produzidas pelo país, em 2014 para 5,5% do PIB em 2015 - últimos dados disponíveis. Considerando apenas os gastos públicos com educação pública, esse investimento foi equivalente a 5% do PIB. Os dados estão também no relatório divulgado hoje.
A meta estipulada pelo PNE é o investimento anual equivalente a pelo menos 10% do PIB em educação pública a partir de 2024. O plano estabelece ainda a meta intermediária de investimento de 7% do PIB em 2019. De acordo com o relatório, para a meta de 2019 ser atingida, será necessário o incremento de aproximadamente R$ 120 bilhões nos recursos para educação pública.
Em 2015, a União foi responsável por 28,6% do total das despesas educacionais do país, enquanto os estados e o DF participaram com 31,7% e os municípios, com 37,2% dos gastos. Os demais 2,5% são provenientes de receitas parafiscais, que não constam no orçamento dos entes.

A maior parte dos gastos é no ensino fundamental (48,9%), seguido pelo ensino médio, com 13,8%, educação infantil, com 12,5% e educação profissional, com 4,9%. O investimento no ensino superior equivale a 19,8% do total, incluindo as despesas com ensino, pesquisa e extensão em graduação, pós-graduação, além de despesa com hospitais universitários.

Ag. Brasil

Vereadoras de Bom Despacho cobram substituição de médico em férias na UBS do Bairro São Vicente

Image result for ubs bairro sao vicente bom despacho mg
UBS Bairro São Vicente de Bom Despacho (MG).
Recentemente, as vereadoras Cessão Queiroz e Dra. Rose Delegada reivindicaram junto ao Poder Executivo de Bom Despacho, a substituição de médico que está de férias na UBS (Unidade Básica de Saúde) do Bairro São Vicente . Existem reclamações de moradores da região que estão sem atendimento por causa da ausência do profissional para atender a demanda. 

Conforme divulgação da Câmara Municipal, as vereadoras solicitaram ao Executivo, que o problema seja resolvido de forma imediata, para que os moradores não sofram mais com esta ausência. “A População atendida na unidade do São Vicente está indignada, pois segundo informações o médico daquela unidade está de férias e não houve designação de outro para atendimento” justificaram  as parlamentares no site do Legislativo local.

O Plenário aprovou as solicitações feitas pelas vereadores, que foram enviadas a Prefeitura de Bom Despacho, para que seja solucionado o problema. 

segunda-feira, 11 de junho de 2018

MEC aumenta teto de financiamento de mensalidades pelo Fies

Com a mudança, a quantia financiável passa a ser de R$ 7 mil por mês

Image result for bolsas fies 2018
O Ministério da Educação (MEC) ampliou o teto do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). A partir do segundo semestre desse ano, a quantia financiável passa de R$ 30 mil por semestre para R$ 42.983, o que representa um aumento de 43% no valor financiável da mensalidade. Isso significa que o programa vai custear cursos com mensalidade de até R$ 7 mil. O anúncio foi feito hoje (6) pelo ministro da Educação, Rossieli Soares da Silva. 
O Fies concede financiamento a estudantes em cursos superiores não gratuitos, com avaliação positiva nos processos conduzidos pelo MEC. Segundo o ministro, a ampliação vai permitir um maior financiamento de cursos mais caros, como os de medicina. 
Com a ampliação do teto do financiamento, o programa retorna ao patamar anterior ao Novo Fies. O ministro disse que a decisão de retomar o limite antigo foi tomada após a percepção de que as mudanças do Novo Fies trouxeram mais segurança ao programa. Uma delas foi que a instituição de ensino superior privada é agora obrigada a oferecer ao estudante beneficiado pelo Fies a menor mensalidade da turma em que se encontra. 
Além disso, a pasta passa a garantir pelo menos 50% de financiamento do curso escolhido. As mudanças valem para a modalidade 1, o chamado Fies público. Neste ano, 100 mil vagas serão ofertadas nessa modalidade. Elas têm juro zero e são financiadas diretamente pelo governo. 
“O sistema permitia financiamento menor que 50%. Em alguns casos, chegava a 8%. Não conectava com o jovem ou com a família que precisava do financiamento”, diz Silva. A intenção, segundo ele, é aumentar a atratividade do programa. As vagas são destinadas a estudantes com renda familiar per capita de até três salários mínimos, ou seja, R$ 2.862.

Segundo o ministro, a estimativa da pasta é que cerca de 25% dos estudantes sejam beneficiados, aqueles que conseguiriam financiamento abaixo dos 50%. Os alunos que já contrataram financiamentos inferiores no primeiro semestre e quiserem ampliar para 50% poderão fazê-lo ao renovar o Fies no segundo semestre. 
Seleção
De acordo com balanço divulgado hoje pela pasta, no processo seletivo do primeiro semestre foram firmados 35.866 contratos do Fies. Outros 16.351 estão em contratação no âmbito do processo seletivo para vagas remanescentes. No total, em 2018, serão ofertadas 310 mil vagas em todas as modalidades do Fies, sendo 155 mil no segundo semestre. 
O processo seletivo para as vagas do segundo semestre deve começar em meados de julho. Está aberto o processo seletivo para as vagas remanescentes do primeiro processo seletivo do ano. Atualmente, 2,7 milhões de estudantes são beneficiados pelo Fies. 

Ag. Brasil

quinta-feira, 7 de junho de 2018

Deputado Fábio Avelar vota a favor de Projeto que propõe a redução do combustível em Minas Gerais


Projeto é analisado e aprovado pela Comissão de Desenvolvimento Econômico, da qual o Deputado é membro efetivo, da ALMG.


O Deputado Fábio Avelar participou, nessa terça-feira, dia cinco de junho, de uma reunião da Comissão de Desenvolvimento Econômico, na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) para discutir a proposição que altera Projeto de Lei n°3.807/2016. Na ocasião, foram discutidos todos do pontos da proposta de redução da alíquota do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) sobre a gasolina, o álcool e o gás natural veicular (GNV) no Estado. A proposta foi aprovada e segue agora para a Comissão de Fiscalização Financeira e Orçamentária.

Membro Efetivo da Comissão, o deputado Fábio deixou claro seu apoio e empenho para a redução dos impostos em Minas Gerais, votando a favor da Proposição. “Essa Comissão acabou de aprovar uma matéria de muita importância para o cidadão mineiro. Minas Gerais é o estado com a maior malha viária do Brasil e o escoamento de toda a produção, seja ela industrial ou do pequeno produtor, é feita por meio rodoviário. Toda e qualquer variação nos preços desses combustíveis acabam impactando diretamente no preço final dos produtos, uma vez que, com o combustível mais barato, o produtor gasta menos com o frete, com o deslocamento e escoamento da mercadoria. Isso sem falar no trabalhador que utiliza o seu veículo para se deslocar, ou até mesmo para trabalhar”, afirmou o deputado durante a reunião.

O deputado Fábio Avelar ainda utilizou na reunião seu próprio exemplo, ao afirmar que sabe o quanto o valor do combustível tem influência na vida de todos. “Sei o quanto o valor do combustível impacta na vida do trabalhador mineiro, até por que vivo isso na pele. Eu não utilizo do auxílio-moradia e, por isso, rodo quase 300 Km por dia, vindo para a ALMG e voltando para Nova Serrana”, disse ele.

A aprovação de tal medida, pela Comissão de Desenvolvimento Econômico, certamente será de grande valia para Minas Gerais como um todo.

O PL, que foi aprovado pela Comissão, na forma do substitutivo nº 2, segue agora para apreciação da Comissão de Fiscalização Financeira e Orçamentaria da ALMG.

A proposta, que prevê a alteração no Projeto de Lei n°3.807/2016, favorece os consumidores, especialmente, os taxistas, motoristas de aplicativos e vans que utilizam o GNV como combustível. As porcentagens do imposto seriam alteradas: de 31% para 29% para a gasolina, de 16% para 14% para o álcool e de 18% para 12% para o gás veicular.



quarta-feira, 6 de junho de 2018

BOM DESPACHO SEDIA SEMINÁRIO DE ASSUNTOS PREVIDENCIÁRIOS

Pessoas presentes no Evento
Entre os dias 06, 07 e 08 de Junho deste ano, Bom Despacho é  palco do terceiro Seminário de RPPS (Regimes Próprios de Previdência Social) de Minas Gerais. Cerca de 150 convidados de outras da cidades da região e do estado estão presentes no evento, que aborda temas previdenciários do funcionalismo público. 

Em Bom Despacho, o evento é organizado pelo BDPREV (Instituto Municipal de Previdência de Bom Despacho) com o apoio da Prefeitura Municipal. "Voltado a dirigentes dos Institutos que administram os recursos municipais e estaduais de previdência do funcionalismo público, o seminário tem como objetivo o aprimoramento dos controles e gestão destas entidades e contará com as maiores autoridades e profissionais do segmento", destacou o presidente do BDPREV, Antônio Zeferino dos Santos, em nota ao Jornal Fique Sabendo. 

No cronograma do seminário, foram programadas palestras  ministradas por profissionais capacitados para a abordagem do tema. São mais de 72 horas relacionadas aos assuntos da Previdência Social no Brasil. "Além das palestras técnicas o Seminário tem uma ampla programação social, que tem como principal meta a ser alcançada a permuta de informações e o estreitamento das relações entre os dirigentes dos institutos participantes que permitiu a troca de conhecimentos e um relacionamento maior entre todos", afirmou Zeferino. 

O terceiro Seminário de RPPS de Minas Gerais acontece no Sesc Laces de Bom Despacho. 

terça-feira, 5 de junho de 2018

Número de endividados e inadimplentes recua no país em maio


Related imageO percentual de famílias endividadas no país ficou em 59,1% em maio deste ano, menos do que os 60,2% de abril deste ano e os 60,7% de maio do ano passado. Os dados são da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), divulgada hoje (5) pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).
O total de inadimplentes, ou seja, de famílias com dívidas ou contas em atraso, também recuou para 24,2% em maio deste ano. A taxa é inferior aos 25% do mês anterior e aos 25,5% de maio do ano passado.
Outro indicador que mostrou melhora foi o percentual de famílias sem condições de pagar suas dívidas, que diminuiu para 9,9% em maio deste ano, até os 10,3% de abril deste ano e os 10,1% de maio de 2017.
“A redução do endividamento, observada nos últimos meses, reflete um ritmo menor de recuperação do consumo das famílias e maior cautela na contratação de novos empréstimos e financiamentos”, disse a economista da CNC Marianne Hanson.
O cartão de crédito continua sendo o principal tipo de dívida, apontado por 75,7% das famílias entrevistadas. Em seguida, vêm os carnês (16,3%) e, em terceiro lugar, o financiamento de carro (11,1%).
A proporção das famílias que se declararam muito endividadas também diminuiu para 13,4%, o menor patamar desde novembro de 2015. Em abril, eram 13,4%. Já em maio de 2017, somavam 14,3%.
O tempo médio de atraso para o pagamento de dívidas foi de 64,4 dias em maio de 2018, acima dos 62,6 dias do mesmo período do ano passado. Em média, o comprometimento com as dívidas foi de 7,1 meses.
 Ag. Minas

Sétimo Batalhão realiza Operação de Combate a Incêndios e Depredação de Coletivos

Polícia Militares do Sétimo BPM que trabalham na Operação. 
Desde a última segunda-feira, 04,  o Sétimo Batalhão da Polícia Militar de Minas Gerais realiza a Operação de combate a incêndios e depredação de coletivos. A ação criminosa tem ocorrido em algumas cidades do interior do estado. Além dos ônibus, agências bancárias também têm sido alvos dos bandidos. 

Segundo a Polícia Militar, na noite desta segunda-feira, 04, foram registrados ataques nos municípios de Itajubá, Luz, Passos, Tupaciguara, Uberaba, Uberlândia e Varginha. Imprensa local de outras cidades também noticiou as ações criminosas, mas ainda não chegou a ser confirmada pela PMMG

Até o momento  conforme a Assessoria de Comunicação Organizacional do Sétimo Batalhão, nenhum suspeito foi preso na região que a unidade opera. Entretanto, já existe a informação de que 40 pessoas envolvidas com organizações criminosas já foram ouvidas pelas autoridades que trabalham no caso em todo estado. 

O Governador do Estado de Minas Gerais Fernando Pimentel determinou que as forças de segurança priorizem e investiguem os responsáveis pelos ataques. O porta-voz da Polícia Militar de Minas Gerais, Major Flávio Santiago, afirmou que 'a hipótese de participação de organizações criminosas ganhou força após áudios atribuídos a bandidos serem compartilhados pelas redes sociais'. 

segunda-feira, 4 de junho de 2018

Polícia Militar recupera motocicleta furtada em Bom Despacho

Na manhã do último domingo, 03, a Polícia Militar recebeu a informação de que havia um veículo suspeito nas imediações da Cascalheira, local da cidade  onde  há geralmente envolvimento  de tráfico de drogas. 

Após o  recebimento da denúncia,  policiais  seguiram rumo ao local pela Rua Abaeté no Bairro São Vicente em Bom Despacho, onde localizaram uma motocicleta Honda CG vermelha, que estava com queixa de furto. 

Conforme a  Polícia Militar, a motocicleta encontrada foi apreendida e removida ao Pátio Credenciado pelo Detran, para ser posteriormente entregue ao seu proprietário. 

sexta-feira, 1 de junho de 2018

Bom Despacho comemora 106 Anos de Emancipação

Image result for bom despacho 106 anosNesta sexta-feira, dia primeiro de junho, Bom Despacho comemora 106 anos de história de emancipação política. A data também é comemorada por Divinópolis, que também completa 106 anos. Este ano, devido a paralisação das aulas da rede pública de ensino, a cidade não contará com o tradicional Desfile Cívico que ocorre todos os anos. 

Vale destacar que a história da cidade começou no final do século 19, quando três portugueses  fugiram do Marquês de Pombal em Portugal, mas antes passaram pelo Santuário de Nossa Senhora do Bom Despacho, onde pediram que sua viagem fosse abençoada pela mãe dos pecadores gentios. 

Atualmente Bom Despacho tem cerca de 60 mil habitantes, que moram no seu perímetro urbano e rural, porém no último censo registrado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) em julho de 2017, ficou registrado que o número populacional da cidade é de 50.042 residentes no município. 

Dentre a sua economia se destaca a força do agronegócio, já que é uma das localidades de Minas Gerais que mais produz leite, além de ter sido referência em segurança pública, como ocorreu até em 2008 quando o Segundo Comando Regional da Polícia Militar de Minas Gerais ainda se concentrava na cidade, entretanto ainda se concentra o Sétimo Batalhão da corporação. 

Dos locais turísticos, pode se ressaltar a Igreja Matriz de Nossa Senhora do Bom Despacho, Fonte da Biquinha, Sesc Laces, além da Vila Militar, antiga vila de moradores  da rede ferroviária construída na década de 20.