sábado, 27 de outubro de 2012

Prefeito Haroldo recupera direitos políticos

O prefeito Haroldo Queiroz e o cantor Zezé de Camargo recuperaram os seus direitos políticos nesta semana. O julgado em 2ª instância  o mandatário da cidade conseguiu uma vitória expressiva no tribunal por 6 votos a zero. 

Com a decisão, o prefeito da cidade poderá se candidatar a deputado estadual, caso não haja empecilho para que isso aconteça nas eleições de 2014. 

A assessoria de Haroldo Queiroz comemorou o resultado. 

Veja a Nota da Assessoria de Haroldo


"As duas ações interpostas pelo Ministério Público de Bom Despacho, através do promotor Giovane Avelar (a primeira que tornaria o prefeito Haroldo Queiroz e o cantor Zezé di Camargo inelegíveis por 8 anos, e a segunda, impondo uma multa de 25 mil reais para os dois), que foram julgadas procedentes pela juíza eleitoral Dra. Sônia, acabaram de ser julgadas pelo Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais, em Belo Horizonte, ontem, dia 25 de outubro, às 15:00 horas. O resultado, já esperado pelos advogados de Haroldo Queiroz e Zezé di Camargo, foi o seguinte: 6 desembargadores (unânimidade), decidiram pelo arquivamento dos processos. A alegação dos juízes foi a de que em momento algum o cantor Zezé di Camargo mencionou o nome do vereador Fernando Cabral e não existe, em todo o processo, nenhum indício de que fora o prefeito Haroldo Queiroz quem teria mandado o cantor fazer o seu pronunciamento pessoal, que na verdade era apenas a sua manifestação pessoal e a sua liberdade de expressão. Além disso, o feito não estava no período eleitoral. Outro fato relevando para a decisão do colegiado foi a de que o prefeito Haroldo Queiroz sequer foi ouvido pela juíza. Sendo assim o prefeito Haroldo Queiroz e o cantor Zezé di Camargo foram absolvidos por unânimidade."

Nenhum comentário:

Postar um comentário