https://securepubads.g.doubleclick.net/gampad/adx Jornal Fique Sabendo Bom Despacho : Segurança Digital

Segurança Digital



                                Orvile Júnior


NOVO MALWARE VULTUR - A AMEAÇA QUE USA TÁTICAS ENGANOSAS PARA ATACAR DISPOSITIVOS MÓVEIS

Nos últimos dias, nós especialistas em segurança cibernética temos alertado sobre a propagação de um novo malware denominado Vultur, que está se espalhando rapidamente entre dispositivos móveis. Este malware tem um modus operandi sofisticado, utilizando táticas enganosas para infectar smartphones e tablets. Nesta matéria, examinaremos em detalhes o que é o malware Vultur, como ele opera e as medidas que os usuários podem tomar para se proteger.

O que é o Malware Vultur?

O Vultur é um malware de tipo trojan, que se infiltra em dispositivos móveis, principalmente Android, disfarçado como aplicativos legítimos ou jogos. Uma vez instalado, ele se oculta, tornando-se difícil de ser detectado pelo usuário.

Modus Operandi do Vultur:

O Vultur opera de maneira sorrateira, realizando várias ações prejudiciais nos dispositivos infectados:
1. Roubo de Dados Sensíveis: O malware é capaz de roubar dados sensíveis armazenados nos dispositivos, como informações de login, dados bancários e detalhes pessoais.
2. Exibição de Anúncios Intrusivos: Uma das táticas mais comuns do Vultur é a exibição incessante de anúncios intrusivos, muitas vezes em forma de pop-ups, que interferem na experiência do usuário e diminuem o desempenho do dispositivo.
3. Instalação de Aplicativos Maliciosos Adicionais: O Vultur pode baixar e instalar aplicativos adicionais sem o consentimento do usuário, aumentando ainda mais o risco de infecção e comprometimento do dispositivo.

Como se Proteger do Malware Vultur:

Para proteger seus dispositivos móveis contra o malware Vultur e outras ameaças similares, os usuários podem adotar as seguintes medidas preventivas:

1. Fontes Confiáveis: Baixe aplicativos apenas de fontes confiáveis, como a Google Play Store, e evite instalar aplicativos de fontes desconhecidas ou não verificadas.
2. Atualizações de Segurança: Mantenha sempre o sistema operacional e os aplicativos do dispositivo atualizados, instalando prontamente todas as atualizações de segurança disponíveis.
3. Verificação de Antivírus: Utilize softwares antivírus confiáveis e realize verificações periódicas em seus dispositivos para identificar e remover ameaças em potencial.
4. Permissões de Aplicativos: Revise cuidadosamente as permissões solicitadas pelos aplicativos antes de instalá-los e restrinja o acesso a informações sensíveis sempre que possível.
5. Cautela ao Navegar: Evite clicar em links suspeitos ou abrir anexos de e-mails de remetentes desconhecidos, pois eles podem conter malware ou phishing.

O malware Vultur representa uma séria ameaça à segurança dos dispositivos móveis, comprometendo a privacidade dos usuários e prejudicando sua experiência de uso. É crucial que os usuários estejam cientes dessas ameaças e tomem medidas proativas para proteger seus dispositivos contra o Vultur e outras formas de malware. Ao adotar práticas de segurança cibernética robustas e permanecer vigilante, os usuários podem reduzir significativamente o risco de infecção e proteger seus dados pessoais e financeiros, em caso de dúvidas procure um Perito Crimes Cibernéticos.

Consultoria e Assessoria:

Orvile Júnior
www.instagram.com/empodereseti
(37) 99938-0008

Orvile Júnior é Diretor Executivo da Empodere-se Tecnologia, uma empresa líder no Brasil em soluções abrangentes para segurança digital. Com vasta experiência em perícia computacional forense, investigação cibernética e recuperação de dados.

Atendemos ainda marcas nacionais e internacionais nos mais diversos segmento, pois contamos ainda com Investigação Cibernética e Perícia Computacional Forense, possuo certificação BlackBelt pela UPSkills que adiciona uma expertise ainda mais especializada em tecnologia e criptografia, capacitando-me a lidar com desafios complexos nesse campo em escala global e certificação internacional Especialista Certificado em Segurança de Rede (CNSS), pela ICSI (International CyberSecurity Institute), somos registrados na ANADIP (Associação Nacional dos Detetives e Investigadores Privados do Brasil) sob nº A-000398/20 e A.D.B (Associação dos Detetives do Brasil) nº 856/57; Professor Internacional pela ITIC (International Teacher Identity Card) validada, pela UNESCO/ONU sob nº T 055 200 714 641 M nas áreas de Tecnologia, Segurança da Informação e Criptografia, Despachante Documentalista em 12 (doze) áreas pelo CRDD/MG (Conselho Regional dos Despachantes Documentalistas de Minas Gerais) sob nº 03323; Técnico em Administração com Habilitação no CRA-MG (Conselho Regional de Administração de Minas Gerais) sob nº 15-000527/D; Auxiliar do Conselho de Justiça Federal (AJG); Perito registrado no Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios – TJDFT; Perito registrado no Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais – TJMG como Órgão Técnico e Científico na área de Perícia Forense Computacional, Grafotécnica e Documentoscopia; Jornalista, Repórter Fotográfico e Diagramador com registro profissional sob nº 0022709/MG, pelo SJP (Sindicato dos Jornalistas Profissionais) e FENAJ (Federação Nacional dos Jornalistas).

Nenhum comentário:

Postar um comentário