Prefeitura instala Tachões em ruas de BD e não obedece norma do CONTRAN

A Prefeitura Municipal de Bom Despacho instalou tachões em várias ruas da cidade. Recentemente, no plenário da Câmara Municipal,  o vereador Zé Ivo questionou a utilização das conhecidas tartaruguinhas, já que é proibido pelo Contran, órgão nacional  que normatiza as leis  de trânsito no Brasil. 

Para o vereador Zé Ivo, a utilização dos tachões é proibida por lei, e  que cada peça custa em média R$ 50,00. " É lamentável que os cidadãos de Bom Despacho pagam por algo que foi feito errado na cidade", destacou  em plenário, na primeira reunião do segundo semestre de 2014. 

Entre as vias que foram instalados os tachões estão as  Rua Pitangui, Enfermeira Jona Darc as Avenidas Governador Valadares e Martinho Campos. 

O CONTRAN (Conselho Nacional  publicou, no dia 25 de novembro de 2009, a resolução Nº 336, que altera a Resolução nº 39, de 21 de maio de 1998, que estabelece os padrões e critérios para a instalação de ondulações transversais e sonorizadores. Com esta nova resolução fica proibida a utilização de tachas e tachões, aplicados transversalmente à via pública, como sonorizadores e dispositivos redutores de velocidade.

Há poucos dias, a Prefeitura Municipal de BD reformou vários quebra-molas que foram construídos fora do padrão exigido pela Lei. Agora, enfrenta várias reclamações de inúmeros motoristas por causa dos tachões. 

Leia a norma através do link:

Informações através dos sites: Trânsito em Foco e via-seguras.com

Comentários