Cronista de Bom Despacho é homenageado por Governo de Minas

Colunista do Jornal Fique Sabendo recebeu a Medalha de Mérito da Defesa Civil 


Juliano recebendo cumprimento do Governador de MG Alberto Pinto Coelho
Para homenagear personalidades e instituições que prestam relevantes serviços à comunidade mineira em assuntos da defesa civil, o governador de Minas Gerais, Alberto Pinto Coelho, entregou no dia 20 de novembro de 2014, no Palácio Tiradentes, em Belo Horizonte, a Medalha de Mérito de Defesa Civil para 46 agraciados. Instituída em 1984 por meio de decreto do governador Tancredo Neves, a Medalha é uma homenagem para aqueles que se envolvem, sobretudo, em ações humanitárias em momentos em que a natureza provoca tragédias, bem como naqueles em que os indivíduos atuam para minimizar esses danos.

Dentre os homenageados, está o bom-despachense Juliano Cardoso de Azevedo, jornalista, professor universitário, escritor e cronista do Jornal Fique Sabendo. Filho da professora Maria Dalva Azevedo e do comerciante, já falecido, Júlio Cardoso da Cunha, o homenageado recebeu a condecoração pelos trabalhos jornalísticos feitos na TV Alterosa, onde é Chefe de Redação. “Receber essa honraria é um presente pessoal, pois acredito que meu desempenho profissional serve como instrumento de transformação social. O papel do jornalista é fazer com que o cidadão tenha acesso às informações que vão ajudá-lo a ser melhor. Em situações de risco, em que o sujeito está exposto a acidentes, a tragédias, e onde a Defesa Civil atua, a notícia deve ser usada como prevenção, para salvar vidas”, declarou Juliano Azevedo. 

Juliano Azevedo recebendo cumprimentos da PMMG
A solenidade faz parte das comemorações do 51º do Gabinete Militar do Governador e as medalhas também foram entregues pelo Cel PM Alex de Melo, Chefe do Gabinete Militar do Governador e Coordenador Estadual de Defesa Civil. Ao saudar os agraciados, Alberto Pinto Coelho também exaltou o papel de voluntários, pessoas que estão no anonimato que prestam socorro às vítimas e evitam mortes. "São esses exemplos, muitos deles de figuras anônimas, que construirão o futuro de Minas e da nossa Pátria", disse o governador.








Comentários