Para evitar falta de abastecimento, Copasa afirma que investe quase R$ 9 milhões em Bom Despacho

Image result for investimentos copasa para bom despacho mgApós a crise hídrica que Bom Despacho viveu durante o ano de 2017, a população está na  expectativa de que esta situação não seja mais vicenciada na cidade. Recentemente, a Câmara Municipal recebeu alguns representantes  da empresa para apresentarem os investimentos a serem feitos no município para evitar qualquer falta de abastecimento de água. 

Segundo a Copasa (Companhia de Saneamento de Minas Gerais), a empresa está investindo R$ 8,7 milhões para o enfrentamento de qualquer crise hídrica que possa ocorrer na cidade. Dentre as ações, estão as perfurações de 08 poços artesianos, cerca de 7,7 km de redes, além de uma barragem que está sendo construída próximo ao Rio Capivari, na altura da Ponto José Bento. 

No na região mais populosa de Bom Despacho, setor que mais sofreu com a falta de água na época da crise hídrica em 2017, a Copasa se prepara para construir  um grande reservatório. "Está prevista também a instalação de um reservatório no bairro São Vicente. Com capacidade de mais de 500 metros cúbicos de água, a estrutura atenderá a região mais populosa da cidade, com cerca de 20 mil habitantes. Esse reservatório qualificará a distribuição do abastecimento em toda a cidade, sem sobrecarregar o sistema operante. A estimativa é de que o reservatório esteja pronto até setembro deste ano", finalizou a empresa em resposta ao Jornal Fique Sabendo. 

Ainda vale destacar que a Copasa também pretende instalar o Poço Antônio Bernardes, que terá a vazão de 10,4 litros por segundo e uma adutora de 3,1 km será instalada para levar água para os bairros Conjunto Habitacional Simeão Ferreira de Souza, Liberdades, Nossa Senhora Aparecida e Jardins.

Comentários